Santas e Santos de 30 de maio

1.   Em Porto Torres, na Sar­denha, re­gião da Itália, São Ga­vino, mártir. († c. s. IV)

2.   Em Ce­sa­reia da Ca­pa­dócia, hoje Kay­seri, na Tur­quia, os santos Ba­sílio e Emélia ou Emília, que foram os pais dos santos bispos Ba­sílio Magno, Gre­gório de Nissa e Pedro de Se­baste e de Santa Ma­crina, virgem. Estes santos es­posos, no tempo do im­pe­rador Ga­lério Ma­xi­miano, foram des­ter­rados e ha­bi­taram nas so­li­dões do Ponto e, ter­mi­nada a per­se­guição, mor­reram em paz, dei­xando aos fi­lhos a he­rança das suas virtudes. († 349 e 372)

3.   Em Pavia, na Lom­bardia, re­gião da Itália, Santo Anas­tásio, bispo, que, aban­do­nando a he­resia ariana, pro­fessou fir­me­mente a fé ca­tó­lica. († c. 680). . Santo Exuperâncio, bispo de Ravena, no séc. V;  e Santo Anastácio, bispo de Pavia, no séc. VII (M), conforme o Martirológio Romano-Monástico.

4.   Em Ghéel, no Bra­bante, ter­ri­tório da Aus­trásia, ac­tu­al­mente na Bél­gica, Santa Dimpna, virgem e mártir. († s. VII/IX)

5.   Em Ter­vu­eren, também no Bra­bante, hoje na Bél­gica, o pas­sa­mento de Santo Hu­berto, bispo de Ton­gres e de Ma­as­tricht, dis­cí­pulo e su­cessor de São Lam­berto, que se de­dicou com todas as suas forças a di­fundir o Evan­gelho no Bra­bante e nas Ar­denas, de onde er­ra­dicou os cos­tumes pagãos. († 727)

6.   Em Se­vilha, na Es­panha, São Fer­nando III, rei de Cas­tela e de Leão, pru­dente na ad­mi­nis­tração do reino, cul­ti­vador das artes e das ci­ên­cias e ze­loso na pro­pa­gação da fé. († 1252)

– Ver páginas 305-316: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

7.   Em Ruão, na Nor­mandia, re­gião da França, Santa Joana d’Arc, virgem, cha­mada a Don­zela de Or­leães, que, de­pois de com­bater va­lo­ro­sa­mente pela pá­tria, foi fi­nal­mente en­tregue ao poder dos ini­migos, que a con­de­naram num jul­ga­mento iníquo a ser quei­mada na fogueira. († 1431)

– Ver páginas 325-332: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

8.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, São Lucas Kirby, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a per­se­guição da rainha Isabel I, de­pois de muitos tor­mentos, foi sus­penso na trí­plice forca de Ty­burn. Com ele pa­de­ceram no mesmo pa­tí­bulo os be­atos pres­bí­teros e már­tires Gui­lherme Filby, Lou­renço Johnson, bem como Tomás Cottam, da Com­pa­nhia de Jesus. († 1582)

9*.   Também em Lon­dres, trinta anos mais tarde, os be­atos Gui­lherme Scott, da Ordem de São Bento, e Ri­cardo New­port, pres­bí­teros e már­tires, que, no rei­nado de Jaime I, por causa do sa­cer­dócio, o pri­meiro morreu es­tran­gu­lado com uma corda, e o se­gundo es­quar­te­jado à es­pada en­quanto es­tava ainda vivo. († 1612)

10.   Em Kam­pala, no Uganda, São Ma­tias Ka­lemba, cha­mado «Mo­lumba» ou «Forte», mártir, que, aban­do­nando o culto ma­o­me­tano, de­pois do Bap­tismo em Cristo ab­dicou do ofício de juiz e pro­pagou de­di­ca­da­mente a fé cristã; por isso, no tempo do rei Mwanga, foi sub­me­tido a cruéis tor­turas e, sem pos­si­bi­li­dade de con­forto algum, en­tregou o es­pí­rito a Deus. († 1886)

11.   Em Sa­vona, na Itália, o pas­sa­mento de São José Marello, bispo de Ácqui, no Pi­e­monte, que fundou a Con­gre­gação dos Oblatos de São José, de­di­cada à for­mação moral e cristã da juventude. († 1895)

12♦.   Em Bor­déus, na França, a Beata María Ce­lina da Apre­sen­tação da San­tís­sima Virgem Maria (Joana Ger­maine Cas­tang), virgem da Ordem de Santa Clara. († 1897)

13♦.   Em Snyatin, na Ucrânia, a Beata Marta Maria Wiecka, virgem da Com­pa­nhia das Fi­lhas da Ca­ri­dade de São Vi­cente de Paulo. († 1904)

14.   No campo de con­cen­tração de Bu­chenwald, na Tu­ríngia, re­gião da Ale­manha, a paixão do Beato Otão Neururer, pres­bí­tero e mártir, que, por ter con­ven­cido uma jovem ca­tó­lica a não si­mular o ma­tri­mónio com um homem já ca­sado e membro das forças de se­gu­rança do ne­fasto re­gime hostil a Deus e aos ho­mens, foi me­tido no cár­cere, onde, apesar de todo o gé­nero de tri­bu­la­ções, pros­se­guia clan­des­ti­na­mente o seu mi­nis­tério, até que, pen­du­rado de uma viga com os pés para cima e a ca­beça para baixo, con­sumou o seu martírio. († 1940)

15. São Venâncio, confessor. Ver página 317: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

16. São Cadoc e São Fricor, confessores. Ver página 318: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

17. São Mauguille, confessor. Ver páginas 319-320: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

19. Santo Isaac, abade e confessor. Ver páginas 321-324: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%209.pdf

20. São Batista Varani, na Folhinha do Coração de Jesus.

21. Em Roma, em 274, São Félix, papa, que estabeleceu o costume de celebrar missas sobre os túmulos dos mártires, conforme o Martirológio Romano-Monástico.

22. Outros santos do dia 30 de maio: págs. 305-333 (vol.09):

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi publicado.

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.