Santas e Santos de 09 de abril

1.   Em Ale­xan­dria, no Egipto, São Má­ximo, bispo, que, du­rante o tempo em que era pres­bí­tero, acom­pa­nhou no exílio e na con­fissão da fé São Di­o­nísio, a quem su­cedeu na sede episcopal. († 282). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/M%C3%A1ximo_de_Alexandria

2.   Também em Ale­xan­dria, Santo Edésio, irmão de Santo An­fiano, que, no tempo do im­pe­rador Ma­xi­mino, cen­surou aber­ta­mente o juiz por en­tregar ao le­no­cínio as vir­gens con­sa­gradas a Deus, e por isso foi preso e tor­tu­rado pelos sol­dados e lan­çado ao mar, mor­rendo por Cristo Nosso Senhor. († 306). Em Alexandria, neste mesmo dia, Santo Edésio (também na Folhinha do Coração de Jesus de 08 de abril) mártir, quando do imperador Maximiano Galero. Quando tentava reprimir um ato indigno de um juiz ímpio, repreendendo-o por condenar à prostituição virgens consagradas a Deus, foi prêso por soldados, Ievado a cruéis suplícios e atirado ao mar pela fé no Senhor Jesus, no ano de 306. Conforme o Martirológio Romano-Monástico de 08 de abril, no ano do Senhor de 306, a paixão de Santo Edésio. Versado nas ciências profanas assim como nas sagradas, reagiu com energia quando soube das sevícias exercidas pelo governador de Alexandria contra as virgens cristãs. Sua corajosa intervenção foi recompensada com a palma do martírio. (M). Ver página 213: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

3.   Em Sir­mium, na Pa­nónia, hoje Sremska Mi­tro­vica, na Sérvia, São De­mé­trio (também na Folhinha do Coração de Jesus), mártir, que é pi­e­do­sa­mente ve­ne­rado em todo o Ori­ente, es­pe­ci­al­mente em Tessalónica. († s. III/IV)

4.   Em Ce­sa­reia, na Ca­pa­dócia, hoje Kay­seri, na Tur­quia, Santo Eup­sí­quio, mártir, que, por ter des­truído o templo da deusa For­tuna, so­freu o mar­tírio no tempo do im­pe­rador Ju­liano Apóstata. († c. 362)

5.   Em Le Mans, na Gália Li­o­nense, hoje na França, São Li­bório, bispo. († s. IV)

6.   Em Amida, na Me­so­po­tâmia, hoje Diyar­bakir, na Tur­quia, Santo Acácio (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que, para res­gatar os persas ca­tivos e su­jeitos a duros su­plí­cios, per­su­adiu o clero e chegou a vender aos ro­manos os vasos sa­grados da Igreja. († s. V). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em 688, na Mesopotâmia, Santo Acádio (ou Acácio), bispo, que para resgatar prisioneiros de guerra mandou fundir e vender os vasos sagrados da sua igreja. (M)

7.   Em Mons, na Nêus­tria, hoje na Bél­gica, Santa Val­de­trudes, que era irmã de Santa Al­de­gundes, es­posa de São Vi­cente Ma­del­gário e mãe de quatro santos, e, imi­tando seu es­poso, se con­sa­grou a Deus e tomou o há­bito mo­nás­tico num ce­nóbio por ela fundado. († 688). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, rm 688, Santa Valdetrudes, mãe de família cristã. Depois de ter criado seus quatro filhos, todos honrados como santos, abraçou uma vida de oração na solidão, na qual várias vocações a ela se juntaram, o que originou a fundação de um mosteiro em torno do quan se formou a cidade de Mons, na região do Hainaut (Bélgica). (M). Ver também Santa Valtrudes às páginas 214-215: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

8.   Em Jumièges, também na Nêus­tria, hoje na França, Santo Hugo, bispo de Rouen, que go­vernou si­mul­ta­ne­a­mente o mos­teiro de Fon­te­nelle e as Igrejas de Paris e de Baieux e, fi­nal­mente, re­nun­ci­ando a estas fun­ções, di­rigiu o mos­teiro de Jumièges. († 730). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano de 730, São Hugo, sobrinho de Carlos Magno e primo-irmão de Pepino, o Breve. Consagrou sua vida ao serviço da Igreja e do monaquismo como abade de Fontenelle, e posteriormente como bispo de Paris e de Bayeux. (M)

9.   No lugar de São Vi­cente, pró­ximo de Bri­vi­esca, em Cas­tela, re­gião da Es­panha, Santa Cas­silda, virgem, que, tendo nas­cido na re­li­gião ma­o­me­tana, ajudou com­pas­si­va­mente os cris­tãos en­car­ce­rados e de­pois se­guiu a vida cristã na so­lidão eremítica. († 1075). Ver também páginas 218-219: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Santa_Cacilda

10*.   Em Au­reil, no ter­ri­tório de Li­moges, na França, São Gauquério, que foi có­nego re­gular e res­plan­deceu para o clero como exemplo de vida comum e zelo das almas. († 1140)

11*.   Junto ao monte Se­nário, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, o Beato Ubaldo de Sansepolcro, pres­bí­tero da Ordem dos Servos de Maria, que foi con­du­zido da mi­lícia ter­restre ao ser­viço de Maria por São Fi­lipe Benízi. († 1315)

12*.   Em Tana, na Índia ori­ental, o Beato Tomás de Tolentino, pres­bí­tero da Ordem dos Me­nores e mártir, que, tendo par­tido para anun­ciar o Evan­gelho no im­pério da China, quando pas­sava pelas terras dos Tár­taros e dos In­di­anos, co­roou a sua missão com glo­rioso martírio. († 1321)

13*.   Em Bri­che­rásio, junto de Pi­ne­rolo, no Pi­e­monte, re­gião da Itália, o Beato An­tónio Pa­vóni, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir, que, ao sair da igreja onde pre­gara contra a he­resia, foi bar­ba­ra­mente trucidado. († 1374). Ver páginas 220-221: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

14♦.   Em Dax, na Aqui­tânia, re­gião da França, a Beata Mar­ga­rida Rutan, virgem da Con­gre­gação das Fi­lhas da Ca­ri­dade de São Vi­cente de Paulo e mártir. († 1794)

15*.   No campo de con­cen­tração de Aus­chwitz, perto de Cra­cóvia, na Po­lónia, a Beata Ce­les­tina Faron, virgem da Con­gre­gação das Pe­quenas Servas da Ima­cu­lada Con­ceição e mártir, que, du­rante a ocu­pação mi­litar da Po­lónia, foi en­cer­rada no cár­cere por causa da sua fé em Cristo e, ator­men­tada por cruéis su­plí­cios, al­cançou a glo­riosa coroa do martírio. († 1944).

16♦.   Em Sal­vador da Baía, no Brasil, a Beata Lin­dalva Justo de Oliveira, virgem da Com­pa­nhia das Fi­lhas da Ca­ri­dade de São Vi­cente de Paulo e mártir. († 1993). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lindalva_Justo_de_Oliveira

– Ver também: http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294

NO DIA 07 DE JANEIRO, VER: Bem-Aventurada Lindalva Justo de Oliveira (também na Folhinha do Coração de Jesus).Ver: http://filles-de-la-charite.org/pt/history/saints-and-blessed-daughters-of-charity/blessed-lindalva-justo-de-oliveira/

– Ver também: https://pt.aleteia.org/daily-prayer/domingo-7-de-janeiro/

– Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lindalva_Justo_de_Oliveira

Ver também dia 09 de abril: Em Sal­vador da Baía, no Brasil, a Beata Lin­dalva Justo de Oliveira, virgem da Com­pa­nhia das Fi­lhas da Ca­ri­dade de São Vi­cente de Paulo e mártir. († 1993). Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lindalva_Justo_de_Oliveira

– Ver também: http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294

17. Santa Maria de Cleofas (também na Folhinha do Coração de Jesus):  ver páginas 216-217: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Maria_de_Cle%C3%B3fas

18. São Badêmio, mártir. Ver páginas 222-223: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

19. Na África do Norte os Santos Mártires de Massília, cuja paciência foi louvada por Santo Agostinho. Sua menção figura no mais antigo calendário de Cartago (Conforme o Martirológio Romano-Monástico – M)

20. Outros santos do dia 09 de abril: Págs. 214-226 (vol.6): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito. 

– Sobre o dia 09 de abril, ver ainda: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/9_de_abril

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 314-316: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Um comentário em “Santas e Santos de 09 de abril

  1. Santos e santas de Deus rogai por nós e pelo mundo inteiro. HOJE ESPECIALMENTE PARA MINHA FILHA CAÇULA FLÁVIA, 35 ANOS E O AMIGO MOACYR 70. QUE VIVAM MUITOS ANOS DE VIDA, SAÚDE E FELICIDADES!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.