Santas e Santos de 05 de julho

Santo An­tónio Maria Zacarias (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, que fundou a Con­gre­gação dos Clé­rigos Re­grantes de São Paulo ou Bar­na­bitas, para pro­mover a re­no­vação moral dos fiéis, e, em Cre­mona, na Lom­bardia, partiu deste mundo ao en­contro do Salvador. († 1539). ). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Cremona, na Itália, no ano da graça de 1539, o nascimento para Deus de Santo Antônio-Maria Zacaria. Doutor em medicina aos vinte e dois anos fundou, depois de seus estudos teológicos, a Congregação dos Clérigos Regulares de São Paulo, os barnabitas, aos quais ele recomendava “servir sem recompensa e combater sem a garantia de suprimentos” (M). Ver páginas 205-207: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

– Ver também: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ant%C3%B4nio_Maria_Zaccaria

2.   Em Réggio Ca­lá­bria, também na Itália, Santo Es­têvão de Niceia, bispo e mártir. († c. 78)

3.   Em Ci­rene, na Líbia, Santa Ci­prila, mártir, que, se­gundo a tra­dição, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Di­o­cle­ciano, su­portou muito tempo em sua mão car­vões a arder com in­censo, para evitar que, dei­tando fora as brasas, desse a im­pressão de que ofe­recia o in­censo aos deuses; de­pois, cru­de­lis­si­ma­mente di­la­ce­rada, or­nada com o pró­prio sangue partiu deste mundo ao en­contro do Esposo. († s. IV). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Líbia, no séc. IV, Santa Ciprila, mártir. (M)

4.   Co­me­mo­ração de Santo Ata­násio de Jerusalém, diá­cono da Igreja da Santa Res­sur­reição e mártir, as­sas­si­nado pelo monge he­ré­tico Te­o­dósio, por ter cen­su­rado a sua im­pi­e­dade e de­fender o santo Con­cílio de Calcedónia. († 451/452). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto dde 451, o martírio de Santlo Atanásio, diácono de Anástasis, assassinado pouco depois do Concílio de Calcedônia pelos eutiquianos, depois de haver confessado Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem (M). Ver página 202: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

5.   Co­me­mo­ração de São Do­mécio o Médico, ere­mita no monte Kurós, na an­tiga Arménia. († s. V). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Síria, São Domécio, médico e mártir, por cuja intercessão um judeu que implorou sua ajuda, obteve a graça da saúde corporal, assim como da espiritual (M).

6*.   No monte Ad­mi­rável, perto de An­ti­o­quia, na Síria, hoje An­takya, na Tur­quia, Santa Marta, mãe de São Si­meão Es­ti­lita o Jovem. († 551)

7*.   No mos­teiro de Santa Maria de Ter­reto, perto de Réggio Ca­lá­bria, na Itália, São Tomás, abade. († 1000)

8*.   No Monte Athos, na Grécia, Santo Ata­násio, he­gú­meno, homem hu­milde e pa­cí­fico, que ins­ti­tuiu na Grande Laura uma forma de vida cenobítica. († c. 1004). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no século seguinte (X), Santo Atanásio Atonita (também na Folhinha do Coração de Jesus), que se esforçou para introduzir a vida cenobítica estudita, fundando uma laura que se tornou célebre e redigindo uma Regra, ou “Typicon”,  que proporcionou a expansão do monaquismo do Monte Athos ao longo de muitos séculos. Os católicos de rito oriental festejam São Pedro Hagiorita no dia 12 de junho e Santo Atanásio Estudita no dia 05 de julho. Ver páginas 203-204: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IX, São Pedro Hagiorita. De origem grega, passara sua mocidade junto à corte imperial de Constantinopla. Após um cativeiro de nove anos entre os árabes, chegou a Roma, onde fez profissão monástica. Depois, partiu para o Monte Atos, onde levou vida hesicasta até sua morte. (X). Ver: São Pedro do Monte Athos. Ver páginas 260-261 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

9*.   Em Wex­ford, na Ir­landa, os be­atos Ma­teus Lambert, Ro­berto Meyler, Edu­ardo Che­e­vers e Pa­trício Cavanagh, már­tires – pa­deiro, o pri­meiro, e ma­ri­nheiros os ou­tros – que, por causa da sua fi­de­li­dade à Igreja Ro­mana e do au­xílio pres­tado aos ca­tó­licos, no rei­nado de Isabel I foram en­for­cados e esquartejados. († 1581)

10*.   Em Ox­ford, na In­gla­terra, os be­atos már­tires Jorge Nichols e Ri­cardo Yaxley, pres­bí­teros, Tomás Belson, can­di­dato ao sa­cer­dócio, e Hun­fredo Pritchard, que, con­de­nados à morte no tempo da mesma rainha, uns porque eram sa­cer­dotes que en­traram na In­gla­terra, ou­tros porque lhes pres­taram au­xílio, so­freram todos o su­plício do patíbulo. († 1589)

11.   Perto de Hu­an­geryin, lo­ca­li­dade pró­xima de Ning­jin­xian, no Hebei, pro­víncia da China, as santas irmãs Te­resa Chen Jinxie e Rosa Chen Aixie, vir­gens e már­tires, que, du­rante a per­se­guição mo­vida pelos «Yihe­tuan», para sal­va­guar­darem a honra da vir­gin­dade e a sua fé cristã, re­sis­tiram co­ra­jo­sa­mente às bár­baras de­pra­va­ções e à feroz cru­el­dade dos per­se­gui­dores e foram tres­pas­sadas pelos golpes das lanças dos seus verdugos. († 1900)

12. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VII, São Numeriano. Filho de um senador de Treves, entrou muito jovem para o mosteiro de Ramiremont, que abandonou junto com seu irmão para ir para Luxeuil. Nomeado para a Sé Episcopal de Treves, favoreceu a fundação de diversos mosteiros (M).

13. Santo Agatão, na Folhinha do Coração de Jesus.

24. Outros santos do dia 05 de JULHO, páginas 194-208:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre o dia 05 de julho, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/5_de_julho

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004

ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 517-519:  Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver! Querida Mãe Maria, protegei-nos! São José, Anjos e Santos, intercedei por nós! Amém!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA.

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.