Santas e Santos de 07 de dezembro

Me­mória de Santo Am­brósio (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo de Milão e doutor da Igreja, que des­cansou no Se­nhor na noite santa da Páscoa de quatro de Abril, mas é ve­ne­rado neste dia, em que, ainda ca­te­cú­meno, foi eleito para di­rigir esta cé­lebre sede epis­copal, quando exercia o ofício de pre­feito da ci­dade. Ver­da­deiro pastor e mestre dos fiéis, exer­citou de modo sin­gular a ca­ri­dade para com todos, de­fendeu va­lo­ro­sa­mente a li­ber­dade da Igreja e a recta dou­trina da fé contra os ari­anos e ins­truiu na pi­e­dade o povo com os seus co­men­tá­rios e hinos sagrados. († 397). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de Santo Ambrósio, bispo e Doutor da Igreja. Era alto funcionário romano em Milão, e ainda catecúmeno, quando foi eleito bispo por aclamação do povo cristão, sendo consagrado em 7 de dezembro de 374. Pôs então seus talentos de orador a serviço do Evangelho, com o cuidado de promover a liturgia cristã e a virgindade consagrada e defender a justiça social e a liberdade da Igreja em face ao poder imperial. (R). Ver páginas 77-107: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

Ver também dia 04 de abril: Em Milão, na Li­gúria, hoje na Lom­bardia, re­gião da Itália, o se­pul­ta­mento de Santo Am­brósio, bispo, que no dia de Sá­bado Santo foi ao en­contro de Cristo triun­fante. A sua me­mória ce­lebra-se a sete de De­zembro, dia da sua ordenação. († 397)

– Ver “Aurélio Ambrósio (em latimAurelius Ambrosius; ca. 340 – Mediolano4 de abril de 397), mais conhecido como Ambrósio, foi um arcebispo de Mediolano (moderna Milão) que se tornou um dos mais influentes membros do clero no século IV. Ele era prefeito consular da Ligúria e Emília, cuja capital era Mediolano, antes de tornar-se bispo da cidade por aclamação popular em 374. Ambrósio era um fervoroso adversário do arianismo. Tradicionalmente atribui-se a Ambrósio a promoção do canto antifonal, um estilo no qual um lado do coro responde de forma alternada ao canto do outro, e também a composição do Veni redemptor gentium, um hino natalino.”: Ambrósio – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

2.   Em Spo­leto, na Úm­bria, re­gião da Itália, São Sa­bino, ve­ne­rado como bispo e mártir. († c. 300)

3.   Na Síria, Santo Ate­no­doro, mártir, que, se­gundo a tra­dição, no tempo do im­pe­rador Di­o­cle­ciano e do go­ver­nador Elêusio, foi tor­tu­rado pelo fogo e ou­tros su­plí­cios e fi­nal­mente con­de­nado à pena ca­pital; mas, tendo o algoz caído por terra, ne­nhum outro ousou tomar a es­pada para o de­golar, e ele ador­meceu no Se­nhor em oração. († c. 304)

4.   Em Teano, na Cam­pânia, re­gião da Itália, Santo Ur­bano, bispo. († s. IV)

5.   Na Pa­les­tina, São João o Silencioso ou He­si­caste, que, re­nun­ci­ando ao epis­co­pado de Co­lónia, na an­tiga Ar­ménia, viveu como monge na laura de São Sabas, em ser­viço hu­milde dos ir­mãos e em aus­tera so­lidão e silêncio. († 558)

6.   Em Fa­re­mou­tiers, no ter­ri­tório de Meaux, na Gália, hoje na França, Santa Fara (também na Folhinha do Coração de Jesus), aba­dessa, que, de­pois de ter go­ver­nado o mos­teiro du­rante muitos anos, foi fi­nal­mente as­so­ciada ao coro das vir­gens que se­guem o Cor­deiro de Deus. († 657)

7.   No On­tário, es­tado do Ca­nadá, a paixão de São Carlos Garnier, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus e mártir, que foi gra­ve­mente fe­rido numa in­cursão de pa­gãos quando ele der­ra­mava a água do Bap­tismo sobre os ca­te­cú­menos e morreu a golpes de ma­chado. A sua me­mória ce­lebra-se a de­za­nove de Ou­tubro, jun­ta­mente com a dos ou­tros companheiros. († 1649)

8.   Em Sa­vona, no li­toral da Itália, Santa Maria Jo­sefa Ros­sello (Be­ne­dita Ros­sello), virgem, que fundou o Ins­ti­tuto das Fi­lhas de Nossa Se­nhora da Mi­se­ri­córdia e se con­sa­grou to­tal­mente à sal­vação das almas, con­fi­ando só em Deus. († 1880). Ver páginas 109-110: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

– Ver também: https://en.wikipedia.org/wiki/Maria_Giuseppa_Rossello

VER TAMBÉM 03 DE OUTUBRO: SANTA MARIA JOSEFA

9. Santo Eutiquiano (também na Folhinha do Coração de Jesus). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no ano do Senhor de 283, Santo Euticiano, papa, que governou a Igreja durante um longo período de paz. Foi o último bispo de Roma a ser enterrado na célebre catacumba de Calixto. (M)

10. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, receberam a palma do martírio, durante os sécs. IV e V, os Santos Policarpo e Teodoro, no Oriente; bem como Servo, na África. (M). Ver página 110: VIDAS DOS SANTOS – 21.pdf (obrascatolicas.com)

11. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Irlanda, São Buto, abade. O mosteiro mais importante que dirigiu, e que é um dos mais antigos centros de oração daquele país, tomou mais tarde o seu nome. (X)

12. São Martinho, abade. Ver página 108: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf  

13. Outros santos do dia 07 de dezembro: págs. 77-111: VIDAS DOS SANTOS – 21.pdf (obrascatolicas.com)            

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 07 de dezembro, ver ainda: 7 de dezembro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

 1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 931-933:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DAI-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR! DAI-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS EM VÓS! AMÉM!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.