Santas e Santos de 01 de abril

OBSERVAÇÃO SOBRE O MÊS DE ABRIL

Ver “Abril é o quarto mês do calendário gregoriano e tem 30 dias. O seu nome deriva do Latim Aprilis, que significa abrir, numa referência à germinação das culturas. Outra hipótese sugere que Abril seja derivado de Aprus. Outra versão é que se relaciona com Afrodite, nome grego da deusa Vênus, que teria nascido de uma espuma do mar que, em grego antigo, se dizia “abril”.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Abril

=================================================

1.   Em Roma, a co­me­mo­ração dos santos már­tires Ve­nâncio, bispo, e com­pa­nheiros da Dal­mácia e da Ís­tria, isto é, Anas­tásio, Amaro, Pau­li­niano, Télio, As­tério, Sep­tímio, An­ti­o­quiano e Gaiano, que a Igreja ve­nera na mesma festividade. († s. III/IV)

2.   Em Tes­sa­ló­nica, na Ma­ce­dónia, ac­tu­al­mente na Grécia, as santas Ágape e Quiónia, vir­gens e már­tires, que, na per­se­guição de Di­o­cle­ciano, por re­cu­sarem comer das carnes dos ani­mais sa­cri­fi­cados aos ídolos, foram en­tre­gues ao go­ver­nador Dul­cécio e con­de­nadas à fogueira. († 304)

3.   Na Pa­les­tina, Santa Maria Egip­cíaca, que era uma fa­mosa pe­ca­dora de Ale­xan­dria e, pela in­ter­cessão da Virgem Maria, se con­verteu a Deus na Ci­dade Santa e se con­sa­grou a uma vida pe­ni­tente e so­li­tária além do Jordão. († s. V). No séc. V, Santa Maria Egipcíaca (Santa Maria do Egito na Folhinha do Coração de Jesus de 02 de abril) que renunciou a uma vida de escândalos após ter recebido a graça de adorar a Santa Cruz em Jerusalém, e depois retirou-se para a solidão do deserto da Palestina (Conforme o Martirológio Romano-Monástico – M).

– Ver também págs. 37-45: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

– Ver “Maria do Egito ou Santa Maria Egipcíaca ou Santa Maria Egípcia (c. 344 – c. 421 ou 422) foi uma asceta dos séculos IV e V que se retirou para o deserto após uma vida de prostituição. É venerada como patrona das mulheres penitentes, em especial na Igreja Copta, mas também na Igreja CatólicaIgreja Ortodoxa e Igreja Anglicana. A Igreja Ortodoxa celebra o seu dia festivo no dia do seu «descanso», em 1 de abril e no “Domingo de Santa Maria do Egito“, o sexto domingo da Grande Quaresma.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Maria_do_Egito

4.   Em Lau­conne, perto de Amiens, na Gália, hoje na França, São Va­lé­rico, pres­bí­tero, que atraiu muitos com­pa­nheiros à vida eremítica. († s. VII). No séc. VII, São Valério, sacerdote, venerado na abadia construída sobre seu túmulo na Picardia (Conforme Martirológio Romano-Monástico – M). Ver também págs. 17-21: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

5.   Em Ard­pa­trick, na pro­víncia de Munster, na Ir­landa, São Celso, bispo de Ar­magh, que pro­moveu di­li­gen­te­mente a re­no­vação da Igreja. († 1129)

6.   Em Gre­noble, ci­dade da Bor­gonha, na França, Santo Hugo (também na Folhinha do Coração de Jesus, Hugo de Grenoble), bispo, que se em­pe­nhou na re­forma de cos­tumes do clero e do povo e, du­rante o seu epis­co­pado, mo­vido pelo ar­dente amor à so­lidão, ofe­receu ao seu an­tigo mestre São Bruno e com­pa­nheiros o ermo de Char­treuse, do qual foi o pri­meiro abade; du­rante quase cin­quenta anos di­rigiu esta Igreja com o seu ad­mi­rável exemplo de caridade. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1132, São Hugo, bispo de Grenoble, que aplicou a reforma da Igreja iniciada por Gregório VII e beneficiou o renascimento do monaquismo, ao estabelecer a Ordem Beneditina em Chalais e conduzindo São Bruno e seus companheiros ao deserto da Grande Cartuxa. (M). Ver também págs. 09-16: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf  († 1132)

7*.   No mos­teiro cis­ter­ci­ense de Bon­ne­vaux, lo­ca­li­dade do Del­fi­nado, na França, o Beato Hugo, abade, cuja ca­ri­dade e pru­dência pro­moveu a con­ci­li­ação entre o papa Ale­xandre III e o im­pe­rador Fre­de­rico I. († 1194)

8*.   Em Caith­ness, na Es­cócia, São Gil­berto, bispo, que cons­truiu em Dor­noch a igreja ca­te­dral e fundou hos­pí­cios para os po­bres; ao morrer, re­co­mendou o que sempre ob­servou na sua vida: não pre­ju­dicar nin­guém, su­portar com pa­ci­ência as cor­rec­ções di­vinas e não in­co­modar ninguém. († c. 1245)

9*.   Em York, na In­gla­terra, o Beato João Bretton, mártir, pai de fa­mília, que, no rei­nado de Isabel I, foi vá­rias vezes in­cri­mi­nado pela sua per­se­ve­rante fi­de­li­dade à Igreja Ro­mana e por fim, fal­sa­mente acu­sado de alta traição, morreu estrangulado. († 1598)

10*.   Em Bréscia, na Lom­bardia, re­gião da Itália, São Luís Pavóni (Ludovico Pavoni, na Folhinha do Coração de Jesus) pres­bí­tero, que se con­sa­grou com grande so­li­ci­tude à for­mação dos jo­vens mais po­bres, pro­cu­rando es­pe­ci­al­mente educá-los se­gundo a moral cristã e ori­entá-los para os tra­ba­lhos pro­fis­si­o­nais, fun­dando para isso a Con­gre­gação das Fi­lhas de Maria Imaculada.  († 1848)

11.   No Fun­chal, ci­dade do ar­qui­pé­lago da Ma­deira, em Por­tugal, o Beato Carlos de Áustria (Carlos I de Habs­burgo), que con­tri­buiu di­li­gen­te­mente, pela sua con­dição régia, para o for­ta­le­ci­mento do reino de Deus.  († 1922)

12.   Em Gua­da­la­jara, re­gião de Ja­lisco, no Mé­xico, os be­atos Ana­cleto Gon­zález Flores (José), Jorge Rai­mundo Vargas González, Luís Pa­dilla Gómez (José Di­o­nísio), e Rai­mundo Vi­cente Vargas González, mártires. († 1927)

13. BEM-AVENTURADOS TOMÉ DE TOLENTINO, TIAGO DE PÁDUA, PEDRO DE SIENNE E DEMÉTRIO DE GEóRGIA, MÁRTIRES. Ver páginas 22-23: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

14. Em Constantinopla, em 830, São Macário, higúmeno, que suportou grandes tribulações na defesa do culto das santas imagens (Conforme Martirológio Romano-Monástico – M). Ver também pág. 24: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

15. No ano da graça de 1100, o Bem-Aventurado Lanzão, prior de São Pancrácio de Lewes, perto de Londres, mosteiro que esteve à frente da província inglesa de Cluny (Conforme Martirológio Romano-Monástico – X).

16. No mesmo dia, em Roma, Santa Teodora (também na Folhinha do Coração de Jesus) irmã do mui célebre mártir Santo Hermes; sofreu o martírio durante o reinado de Adriano e quando Aureliano era juiz. Foi enterrada perto do irmão, na via Salária, não longe da cidade. Ver pág. 25: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

17. São Melitão de Sardes. Ver “Melitão de Sardes (em latimMelito), também Melitão, o Eunuco, (m. c. 180) foi o bispo de Sardes, uma cidade perto de Esmirna, na Anatólia ocidental; e uma grande autoridade na igreja primitiva.[1] Sua lista de livros do Antigo Testamento é uma das mais antigas conhecidas.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Melit%C3%A3o_de_Sardes ou https://pt.wikipedia.org/wiki/Melit%C3%A3o_de_Sardes

– Ver também São Militão, pág. 23: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%206.pdf

18. Outros santos do dia 01 de abril: págs. 09-25 (vol.6): VIDAS DOS SANTOS – 6.pdf (obrascatolicas.com)

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”. 

R/: Demos graças a Deus!” 

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito. 

– Sobre 01 de abril, ver ainda:  1 de abril – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA: 

1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/ 

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINA 295-297: 

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf 

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf 

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997 

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com 

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular. 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES) 

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver! 

Querida Mãe Maria, proteja-nos! 

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! 

Amém! 

* PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A SUA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, SEU FILHO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM! 

* OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. 

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA: 

barpuri@uol.com.br 

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS! 

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho) 

* “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro) 

* “Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém! 

* “Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021) 

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!” 

Ver: 

https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO! 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.