Santas e Santos de 20 de outubro

1.   Co­me­mo­ração de São Cor­nélio, cen­tu­rião, que, em Ce­sa­reia da Pa­les­tina, foi bap­ti­zado por São Pedro, como pri­mí­cias da Igreja dos gentios.

2.   Em Agen, na Aqui­tânia, ac­tu­al­mente na França, São Ca­prásio, mártir. († c. 303).

– Ver páginas 363-364: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

3.       Em Aus­sonce, no ter­ri­tório de Reims, na Nêus­tria, também na ac­tual França, São Sin­dolfo, ere­mita, que se­guiu a vida so­li­tária, so­mente co­nhe­cido por Deus. († c. 600)

4*.     Em Salz­burgo, na Ba­viera, hoje na Áus­tria, São Vital, bispo, que, ori­gi­nário da Ir­landa, foi dis­cí­pulo de São Ru­perto, com­pa­nheiro nas suas vi­a­gens e imi­tador dos seus tra­ba­lhos e vi­gí­lias; es­co­lhido por ele como seu su­cessor, con­verteu à fé de Cristo a po­pu­lação de Pinsgau. († c. 730)

5.       Em Cons­tan­ti­nopla, hoje Is­tambul, na Tur­quia, Santo André cha­mado «in Crisi» ouCa­la­bita”, monge e mártir, o qual, nas­cido na ilha de Creta, por de­fender o culto das santas ima­gens, no tempo do im­pe­rador Cons­tan­tino Co­pró­nimo foi re­pe­ti­da­mente fla­ge­lado e tor­tu­rado até à morte e fi­nal­mente pre­ci­pi­tado do alto da mu­ralha da cidade. († 767)

6*.     Em Troyes, junto ao rio Sena, na França, Santo Ade­raldo, ar­ce­diago, que ilus­trou a Regra ca­no­nical com as suas pa­la­vras e o seu exemplo, mesmo quando era pri­si­o­neiro dos Sar­ra­cenos na Terra Santa. († c. 1002)

7*.     Em Sa­vigny, na Nor­mandia, também na França, Santa Ade­lina, pri­meira aba­dessa do mos­teiro de Mor­tain, que fundou com a ajuda de seu irmão São Vital. († c. 1125).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Normandia, no ano da graça de 1125, a Bem-Aventurada Adelina. Irmã de São Vital, abade de Savigny, foi a primeira abadessa o mosteiro das Damas Brancas, fundado por Guilherme de Mortain. (X)

8*.     Em L’viv, na Ru­ténia, na ac­tual Ucrânia, o Beato Tiago Strepa, bispo de Halic, da Ordem dos Me­nores, ilustre pela sua so­li­ci­tude pas­toral e vir­tudes apostólicas. († 1409)

9.       Em Tre­viso, na Itália, Santa Maria Ber­tila (Ana Fran­cisca Bos­cardin), virgem da Con­gre­gação das Irmãs de Santa Do­ro­teia dos Sa­grados Co­ra­ções, que num hos­pital velou so­li­ci­ta­mente pela saúde cor­poral e es­pi­ri­tual dos enfermos. († 1922).

Santa Maria Bertilla Boscardin. Ver “Maria Bertilla Boscardin, nascida Anna Francesca (… Brendola6 de outubro de 1888 – Treviso20 de outubro 1922) foi uma religiosa italiana que pertence à Congregação das Irmãs Mestras de Santa Doroteia, filhas dos Sagrados Corações, em Vicenza, o Papa João XXIII a proclamou santa em 1961…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Maria_Bertilla_Boscardin

– Ver “… Durante o ataque aéreo após o desastre de Caporetto em 1917, a irmã Bertilla teve um cuidado imperturbável com seus pacientes, especialmente aqueles que estavam doentes demais para serem levados para um local seguro. Ela atraiu a atenção admirada das autoridades de um hospital militar, especialmente do capelão Peter Savoldelli e do oficial Mario Lameri, em Viggiú, perto de Como, quando as irmãs foram evacuadas para aquele local para cuidar dos soldados feridos. Mas a superiora local, que não apreciava o seu trabalho, designou-a para a lavanderia, de onde foi resgatada quatro meses depois por uma madre geral mais perspicaz, Azelia Farinea.
Em 1919, ela foi encarregada da ala de isolamento infantil de Treviso. Em 1922, sua saúde, que estava fragilizada por 12 anos devido a uma dolorosa doença interna, falhou totalmente, necessitando de uma operação séria à qual ela não sobreviveu.
A vida de Santa Bertilla foi um simples registro de trabalho árduo e dedicado. Sua diligência e cuidado amoroso causaram uma profunda impressão. Uma placa memorial descreveu a santa como “uma alma escolhida pela bondade heroica … um redutor angelical do sofrimento humano neste lugar”.

Multidões se aglomeraram em seu primeiro túmulo em Treviso. Depois que seu túmulo em Vincenza se tornou o local de peregrinação e milagres de cura foram atribuídos à sua intercessão. Isso levou à sua canonização em 1961 na presença de uma multidão que incluía membros de sua família e pacientes que ela cuidou (Attwater, Benedictines, Farmer, Walsh) …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayOctober20.html

10*.   Em Viena, na Áus­tria, o Beato Tiago Kern (Fran­cisco Ale­xandre Kern), pres­bí­tero da Ordem Pre­mons­tra­tense, que, ainda aluno se­mi­na­rista, mo­bi­li­zado du­rante a pri­meira guerra mun­dial, foi fe­rido em com­bate; de­pois en­tregou-se com grande so­li­ci­tude ao mi­nis­tério pas­toral, que exerceu por breve tempo; efec­ti­va­mente, afec­tado por uma longa e pe­nosa en­fer­mi­dade, su­portou-a com grande for­ta­leza de ânimo, acei­tando se­re­na­mente a von­tade de Deus. († 1924)

11. Santo Artêmio (também na Folhinha do Coração de Jesus). Ver Santo Artêmio, duque do Egito e vários outros mártires sob Juliano o apóstata “… Um sermão de São João Damasceno … dá-nos a conhecer três outros mártires, condenados à morte por Juliano, durante sua permanência ,em Antioquia: são os santos Eugênio e Macário (VER 20 DE DEZEMBRO), sacerdotes, e santo Artênio, ou Artêmio, antigo governador do Egito…”, às páginas 348-362: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

– Ver “… Artêmio (português brasileiro) ou Artémio (português europeu) de Antioquia, conhecido como Chalita na tradição maronita, foi um general do Império Romano que por seu favor imperial foi agraciado em 360 com a posição de duque do Egito (dux Aegypti), um posto administrativo-militar da província…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Art%C3%AAmio_de_Antioquia

– Ver “… Santo Artemius foi enviado pelo imperador Constâncio para trazer as relíquias do santo apóstolo André de Patras e as relíquias do santo apóstolo Lucas de Tebas da Beócia para Constantinopla. As sagradas relíquias foram colocadas na Igreja dos Santos Apóstolos sob a mesa de oblação. O imperador o recompensou tornando-o governante do Egito.
O imperador Constâncio foi sucedido no trono por Juliano, o Apóstata (361-363). Juliano, em seu desejo de restaurar o paganismo, era extremamente antagônico aos cristãos, enviando centenas para a morte. Em Antioquia, ele ordenou a tortura de dois bispos que não queriam abandonar a fé cristã.
Durante esse tempo, Santo Artêmio chegou a Antioquia e denunciou publicamente Juliano por sua impiedade. O enfurecido Juliano sujeitou o santo a terríveis torturas e jogou o Grande Mártir Artemius na prisão. Enquanto Artemius estava orando, Cristo, rodeado por anjos, apareceu a ele e disse: “Coragem, Artemius! Eu estou com você e preservarei você de todo dano que for infligido a você, e eu já preparei sua coroa de glória. Visto que você Me confessou perante as pessoas na terra, então devo confessá-lo perante Meu Pai Celestial. Portanto, tenha coragem e regozije-se, você estará Comigo no Meu Reino. Ouvindo isto, Artêmio de Antioquia se alegrou e ofereceu glória e ação de graças a Ele… No dia seguinte, Juliano exigiu que São Artemius honrasse os deuses pagãos. Encontrando-se com a recusa inabalável, o imperador recorreu a novas torturas. O santo suportou tudo sem um único gemido. O santo disse a Juliano que seria recompensado com justiça por sua perseguição aos cristãos. Juliano ficou furioso e recorreu a torturas ainda mais violentas, mas elas não quebraram a vontade do santo. Finalmente, o Grande Mártir Artemius foi decapitado.
Suas relíquias foram enterradas por cristãos. Após a morte de Santo Artêmio, sua profecia sobre a morte iminente de Juliano, o Apóstata, tornou-se realidade.
Juliano deixou Antioquia para uma guerra com os persas. Perto da cidade persa de Ctesiphon, Juliano encontrou um velho persa, que concordou em trair seus compatriotas e guiar o exército de Juliano. O velho enganou Juliano e liderou seu exército para o deserto Karmanita, onde não havia comida nem água. Cansado de fome e sede, o exército de Julian lutou contra novas forças persas.
A retribuição divina alcançou Juliano, o Apóstata. Durante a batalha, ele foi mortalmente ferido por uma mão invisível e uma arma invisível. Julian gemeu profundamente, disse: “Você conquistou, Galileu!” Após a morte do imperador apóstata, as relíquias do Grande Mártir Artemius foram transferidas com honra de Antioquia para Constantinopla. St Artemius é invocado por quem sofre de hérnias…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayOctober20.html

12. Santa Iria (também na Folhinha do Coração de Jesus).

– Ver: “Iria de Tomar (também conhecida como Santa Iria, embora este seja igualmente o nome de uma santa de origem grega) é uma mártir lendária da cidade de Nabância (próxima da moderna Tomar)…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Iria_de_Tomar

– Ver “Lenda de Santa Iria”: https://www.youtube.com/watch?v=52k6dmzXRVI

13. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Inglaterra, perto de 740, Santo Aca, bispo. Grande amigo de São Beda, o Venerável, acompanhou São Wilfrido a Roma, e depois em sua missão à Frísia, sucedendo-o na Sé episcopal de Exham em 709. (X).

– Ver página 366: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

– Ver “… SANTOS ACCA E ALCMUND DE HEXHAM

Nosso santo Padre Acca quando jovem se juntou à família de Bosa, bispo de York, e mais tarde tornou-se discípulo do grande St. Wilfrid, bispo de York e mais tarde de Hexham. Por treze anos ele acompanhou seu professor em suas viagens pela Inglaterra e pelo continente, e foi uma testemunha em seu santo repouso. E quando Wilfrid morreu, em 709, ele se tornou seu sucessor como abade e bispo de Hexham na Nortúmbria. O Venerável Beda chamou Acca de “ o mais querido e mais amado de todos os bispos da terra…

…  Em 732, Acca se aposentou ou foi expulso de sua sé, e mais tarde tornou-se bispo de Whithorn no sul da Escócia. Ele morreu em 20 de outubro de 740 e foi enterrado perto da parede leste de sua catedral em Hexham. Partes de duas cruzes de pedra colocadas em seu túmulo ainda sobrevivem…”… Nosso santo Padre Alcmund foi bispo de Hexham de 767 a 781, repousou em 7 de setembro de 781 e foi sepultado ao lado de Santo Acca…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayOctober20.html

14. Outras santas e santos do dia 20 de outubro: págs. 343-367, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2018.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XVII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

 “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 20 de outubro: 20 de outubro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA:

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi eCaterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS  819-820: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayOctober20.html

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Virgem Maria, socorra-nos, proteja-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! Obrigado! Amém!

PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS A GRAÇA, AMADO PAI, DE LUTAR COM ENTUSIASMO, CORAGEM E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS, SOBRETUDO, A DOCILIDADE DAS OVELHAS. PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DESANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio,lembrado em 10 de fevereiro)

Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guia para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

“Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

“…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

* Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!

* PAI, ABRACE-NOS! JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS UNA!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

EM NOME DE JESUS, PAI! AMÉM!

* Ver o blog https://vidademartiressantasesantos.blog/MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.