Santas e Santos de 02 de outubro

Me­mória dos santos Anjos da Guarda (também na Folhinha do Coração de Jesus), que, es­pe­ci­al­mente cha­mados à con­tem­plação do rosto de Deus, foram também en­vi­ados pelo Se­nhor em au­xílio dos ho­mens, para que os acom­pa­nhem e acon­se­lhem com a sua in­vi­sível mas so­lí­cita presença. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, comemoração dos Santos Anjos da Guarda, mensageiros de Deus encarregados de zelar pelas pessoas e comunidades humanas. (R). Ver páginas 226-227: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Anjo_da_guarda

2.   Em Ni­co­média, na Bi­tínia, hoje Izmit, na Tur­quia, Santo Eleu­tério, mártir. († s. III/IV). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Nicomédia, Santo Eleutério, soldado, martirizado junto com vários companheiros. Acusados falsamente de terem incendiado o palácio do imperador Diocleciano, foram eles mesmos provados por Deus como o ouro na fornalha. (M).

3*.   Em Nu­mância, na His­pânia Car­ta­gi­nense, São Sa­túrio, eremita. († 606)

4.   Em Sain-Leger, no ter­ri­tório de Arras, na Nêus­tria, ac­tu­al­mente na França, a paixão de São Le­o­de­gário (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo de Autun, que, de­pois de ter sido sub­me­tido a vá­rios su­plí­cios e lhe va­zarem os olhos, foi in­jus­ta­mente con­de­nado à morte por Ebroíno, mor­domo do rei Te­o­do­rico. Com ele ve­nera-se a me­mória de seu irmão São Ge­rino, mártir, que, dois anos antes, por ordem do mesmo Ebroíno, morreu lapidado. († 679-680 e 677). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 680, São Leodegário. Filho de uma família da aristocracia franca, havia sido educado na corte de Clotário II. Tornando-se monge, e depois bispo de Autun, sofreu inicialmente o exílio, e depois a decapitação, por haver reprovado aos grandes deste mundo seus hábitos dissolutos e suas injustiças. Diversas localidades trazem ainda hoje o seu nome. (M). Ver 228-262:  http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf

5*.   Em An­dage, na flo­resta das Ar­denas, na Aus­trásia, hoje Saint-Hu­bert, na Bél­gica, São Be­re­giso, abade, que fundou neste lugar um mos­teiro de Có­negos Re­grantes, ao qual pre­sidiu com diligência. († d. 725)

6*.   Na Récia, em ter­ri­tório da ac­tual Suíça, Santo Ur­si­cino, bispo de Chur e pri­meiro abade do mos­teiro de Di­sentis por ele fundado. († s. VIII)

7.   Em Cons­tan­ti­nopla, hoje Is­tambul, na Tur­quia, a co­me­mo­ração de São Teó­filo, monge, que, por de­fender o culto das sa­gradas ima­gens, foi cru­el­mente tor­tu­rado e exi­lado por Leão o Isáurico. († c. 795). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Constantinopla, no séc. VIII, em Constantinopla, no séc. VIII, São Teófilo, monge, torturado por ter defendido, contra Leão Isauriano, o culto das santas imagens. (M)

8*.   Em Na­ga­sáki, no Japão, os be­atos Luís Yakichi e Lúcia, es­posos, e seus fi­lhos André e Fran­cisco, már­tires, que mor­reram por Cristo: a mãe e os fi­lhos foram de­go­lados na pre­sença do pai, que de­pois foi quei­mado vivo. († 1622). Ver páginas 263-264: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf

9*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Jorge Ed­mundo René, pres­bí­tero e mártir, que, sendo có­nego de Vé­zelay, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, foi con­de­nado ao ca­ti­veiro na sór­dida ga­lera por ser sa­cer­dote e aí morreu co­berto de chagas infectadas. († 1794)

10.   Em Cas­tres, na França, Santa Joana Emília Villeneuve, que fundou a Con­gre­gação de Nossa Se­nhora da Ima­cu­lada de Cas­tres, des­ti­nada à for­mação hu­mana e cristã dos mais desfavorecidos. († 1854)

11*.   Em Lião, na França, o Beato An­tónio Che­vrier, pres­bí­tero, que fundou a Obra da Pro­vi­dência do Prado, para pre­parar sa­cer­dotes des­ti­nados a en­sinar aos jo­vens po­bres a dou­trina cristã. († 1879)

12*.   Em Fi­a­na­rantsoa, ci­dade de Ma­da­gáscar, o Beato João Beyzym, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus, que exerceu nesta ilha uma in­tensa ac­ti­vi­dade junto dos le­prosos, a quem prestou as­sis­tência cor­poral e es­pi­ri­tual com ar­dente caridade. († 1912)

13*.   Pró­ximo de Cas­tellón, no li­toral da Es­panha, os be­atos Fran­cisco Car­celler Galindo, da Ordem dos Có­negos Re­grantes das Es­colas Pias, e Isi­doro Bover Oliver, da Ir­man­dade de Sa­cer­dotes Ope­rá­rios Di­o­ce­sanos, pres­bí­teros e már­tires, que, du­rante a per­se­guição re­li­giosa, con­su­maram o seu mar­tírio fu­zi­lados junto ao muro do ce­mi­tério em ódio ao sacerdócio. († 1936)

14*.   Em Sax, lo­ca­li­dade pró­xima de Ali­cante, também na Es­panha, os be­atos Elias e João Bap­tista Car­bo­nell Mollá, pres­bí­teros e már­tires, dois ir­mãos que foram fu­zi­lados na mesma per­se­guição contra a Igreja. († 1936)

15*.   Em Silla, po­vo­ação pró­xima de Va­lência, também na Es­panha, a Beata Maria Gua­da­lupe (Maria Fran­cisca Ri­cart Olmos), re­li­giosa da Ordem dos Servos de Maria e mártir, que, na mesma per­se­guição, pelo seu tes­te­munho de Cristo re­cebeu a coroa de glória. († 1936)

16♦.   Em Ma­drid, ci­dade da Es­panha, os be­atos már­tires Hen­rique Sáiz Aparício, pres­bí­tero, e Pedro Ar­to­lo­zaga Mellique, re­li­gioso, ambos da So­ci­e­dade Sa­le­siana, que, na cruel per­se­guição re­li­giosa, al­can­çaram a palma do mar­tírio por Cristo e pela Igreja. († 1936)

17♦.   Em Jaén, também na Es­panha, Bar­to­lomeu Blanco Márquez, re­li­gioso da So­ci­e­dade Sa­le­siana e mártir, as­sas­si­nado na mesma per­se­guição em ódio à fé. († 1936)

18*.   Em Sta­nis­lawow, ci­dade da Po­lónia, a Beata An­to­nina Kra­to­chwil, virgem da Con­gre­gação das Irmãs das Es­colas de Nossa Se­nhora e mártir, que, du­rante a guerra, por causa da sua fé foi en­cer­rada no cár­cere, onde morreu ví­tima das tor­turas su­por­tadas por Cristo Esposo. († 1942)

19♦.   Em Aiud, ci­dade do dis­trito de Alba, na Ro­ménia, o Beato Szi­lard Bogdanffy, bispo de Oradea Mare e mártir, que, de­pois de cruéis tor­mentos e nu­me­rosas pri­sões du­rante o do­mínio de um re­gime hostil à Igreja e à dig­ni­dade hu­mana, so­freu o mar­tírio por causa da fé. († 1953)

20. São Custódio, também na Folhinha do Coração de Jesus.

21. São Domingos Spadafora, também na Folhinha do Coração de Jesus.

22. Outros santos do dia 02 de outubro: págs. 226-, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2017.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou portuguêsda época em que o livro foi escrito.

– Sobre o dia 02 de outubro, ver ainda: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/2_de_outubro

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular

Um comentário em “Santas e Santos de 02 de outubro

  1. Santo anjo do Senhor, meu zelozo e guardador, Deus que a Ti me confiou, a piedade divina sempre me rege, me guarde me governe, me ilumine, AMÉM

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.