Santas e Santos de 05 de novembro

São Zacarias e Santa Isabel (também na Folhinha do Coração de Jesus). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Palestina, no começo da era cristã, os santos pais do Precursor, Zacarias e Isabel. São Lucas relata que “ambos eram justos diante de Deus, e de modo irrepreensível seguiam todos os mandamentos e estatutos do Senhor (Lc 1,6). (M). Ver páginas 196-204: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Isabel_(Bíblia)

1.   Em Ce­sa­reia da Pa­les­tina, São Do­nino, mártir, que, ainda jovem mé­dico, no tinício da per­se­guição de Di­o­cle­ciano foi con­de­nado ao tra­balho nas minas de Mís­miya, onde, de­pois de so­frer cruéis ve­xa­ções, foi lan­çado ao fogo por ordem do pre­feito Ur­bano, no ano quinto da per­se­guição, por per­ma­necer firme na con­fissão da fé. († 307). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Cesaréia da Palestina, em 307, o martírio de São Donino, jovem médico, que foi provado como o ouro na fornalha ao sofrer o suplício pelo fogo. (M)

2.   Também em Ce­sa­reia da Pa­les­tina, a co­me­mo­ração dos santos Teó­timo, Fi­loteu e Ti­móteo, már­tires, que, sendo ainda jo­vens, foram con­de­nados aos jogos de circo para di­versão da plebe e de­pois, com Santo Au­xêncio, já an­cião, lan­çados às feras. († 307)

3*.   Na Apúlia, re­gião da Itália, São Marcos, bispo de Ecano. († c. s. IV)

4.   Em Tré­veris, na Re­nânia da Aus­trásia, ac­tu­al­mente na Ale­manha, São Fi­bício, bispo. († c. 450). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. V, a morte dos Santos Magno, bispo de Milão; Dominador, bispo de Bréscia; e Fibício, bispo de Treves. (M)

5*.   Na Bre­tanha Menor, ac­tu­al­mente na França, São Guet­noco, ve­ne­rado como irmão dos santos Vin­valeu e Jacuto. († s. VI)

6*.   No ce­nóbio de Chelles, junto de Meaux, na Gália Li­o­nense, também na ho­di­erna França, Santa Ber­tila, sua pri­meira abadessa. († c. 705). Conforme o Martirológio Romano-Monástico,  na diocese de Meaux, perto de 710, Santa Bertília, monja de Jouarre, escolhida pela rainha Santa Batilde como a primeira abadessa de Chelles. Voltou para Deus depois de um abaciado de quarenta anos. (X). Ver páginas 205-206: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

7.   Em Be­ziers, na Gália Nar­bo­nense, igual­mente na França, São Ge­raldo, bispo, homem de ad­mi­rável hon­radez e sim­pli­ci­dade, que, sendo có­nego re­gular, foi cons­tran­gido a aceitar o epis­co­pado, em cuja dig­ni­dade se mos­trou ainda mais humilde. († 1123)

8*.   Em Cons­tan­ti­nopla, hoje Is­tambul, na Tur­quia, o Beato Gó­midas Keu­mur­gian (Cosme de Car­bo­niano), pres­bí­tero e mártir, que, sendo pai de fa­mília, nas­cido e or­de­nado na Igreja da Ar­ménia, por se manter firme na con­fissão e pro­pa­gação da fé ca­tó­lica pro­fes­sada no Con­cílio de Cal­ce­dónia, so­freu muitas tri­bu­la­ções e fi­nal­mente foi de­go­lado en­quanto re­ci­tava o Sím­bolo niceno. († 1707). Ver Bem-Aventurado Gomidas Keumurdjian, nas páginas 210-212: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

9.   Perto do rio Hung Yen, no Ton­quim, hoje no Vi­etnam, São Do­mingos Mâu, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir, que, na per­se­guição do im­pe­rador Tu Duc, por mos­trar pu­bli­ca­mente a coroa do Ro­sário e exortar os cris­tãos à pro­fissão da fé, foi con­du­zido ao su­plício da de­ca­pi­tação, orando com as mãos juntas como quem sobe ao altar. († 1858)

10*.   Em Parma, na Itália, São Guido Maria Confórti (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que, como bom pastor, velou sempre pela de­fesa da Igreja e da fé do seu povo e, mo­vido pela so­li­ci­tude da evan­ge­li­zação dos povos, fundou a Pia So­ci­e­dade de São Fran­cisco Xavier. († 1931)

11*.   Em Ma­drid, na Es­panha, o Beato João An­tónio Burró Más, re­li­gioso da Ordem de São João de Deus e mártir, que, por causa do seu tes­te­munho evan­gé­lico, foi as­sas­si­nado du­rante a per­se­guição contra a Igreja. († 1936)

12*.   Em El Saler, lo­ca­li­dade pró­xima de Va­lência, também na Es­panha, a Beata Maria do Carmo Viel Ferrando, virgem e mártir, que na mesma per­se­guição con­sumou o com­bate glorioso. († 1936)

13*.   Na for­ta­leza de Hof, na Ale­manha, o Beato Ber­nardo Lichtenberg, pres­bí­tero e mártir, que, ao ver ofen­dida a dig­ni­dade de Deus e dos ho­mens, orava pu­bli­ca­mente pelos ju­deus de­su­ma­na­mente tor­tu­rados e de­tidos; por isso foi en­viado para o campo de con­cen­tração de Da­chau e, du­rante a vi­agem para o ca­ti­veiro, foi bar­ba­ra­mente opri­mido por iní­quas ve­xa­ções e morreu co­ra­jo­sa­mente por Cristo. († 1943)

14*.   No campo de con­cen­tração da ci­dade de Abez, na Si­béria, pro­víncia da Rússia, o Beato Gre­gório Lakota, bispo de Pr­zemysl e mártir, que, du­rante a ig­nóbil per­se­guição contra a fé cristã na sua pá­tria, su­pe­rando os tor­mentos cor­po­rais, morreu in­tre­pi­da­mente por Cristo. († 1950)

15. São Galácio (também na Folhinha do Coração de Jesus), São Galacião e Santa Episteme ou Epistema. Ver páginas 212-213: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

16. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1624, o martírio do Bem-aventurado Caio. Este coreano, conquistado para a religião cristã, colocou-se a serviço dos jesuítas como catequista, mas foi preso durante uma viagem missionária e condenado a ser queimado vivo. (X). Ver página 214: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

17. Outros santos do dia 05 de novembro: págs. 196-214, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XVII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre o dia 05 de novembro, ver ainda: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/5_de_novembro

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.