Santas e Santos de 10 de julho

1.   Em Roma, os santos már­tires Félix e Fi­lipe, no ce­mi­tério de Pris­cila; Vital, Mar­cial e Ale­xandre, no ce­mi­tério dos Jor­danos; Si­lvano no ce­mi­tério de Má­ximo e Ja­nuário no ce­mi­tério de Pre­tex­tato. Na sua me­mória con­junta se alegra a Igreja Ro­mana, que, no mesmo dia glo­ri­fica o triunfo de todos eles e se sente pro­te­gida com a in­ter­cessão de tantos exem­plos de santidade. († data inc.).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no século II, o martírio dos Santos Januário, Filipe, Silvano, Alexandre, Vital e Marcial, que enfrentaram a morte exortados pela própria mãe Santa Felicidade.

– Ver: Santa Felicidade e seus sete filhos: páginas 341-345: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

– Ver Santa Felicidade de Roma (festa em 23 de novembro): https://pt.wikipedia.org/wiki/Felicidade_de_Roma

Ver também página 213: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

07 DE MARÇO: Me­mória das santas már­tires Per­pétua e Fe­li­ci­dade, presas em Car­tago com ou­tros jo­vens ca­te­cú­menos no tempo do im­pe­rador Sep­tímio Se­vero: Per­pétua, mu­lher pa­trícia de cerca de vinte e dois anos de idade, era mãe de uma cri­ança de peito; Fe­li­ci­dade, sua es­crava, es­tando grá­vida, se­gundo as leis devia ser con­ser­vada até dar à luz; mas, apesar das dores de parto, mos­trava-se se­rena di­ante das feras. Pas­saram ambas do cár­cere para o an­fi­te­atro, de rosto alegre, se­guras de que iam para o Céu. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória das Santas Perpétua e Felicidade (também na Folhinha do Coração de Jesus), martirizadas no anfiteatro de Cartago no dia 7 de março de 203. De condições sociais diferentes, estas duas jovens mães de família, ainda catecúmenas, enfrentaram a morte com mais coragem do que às dores do parto, na esperança de que não seriam mais elas, mas Cristo, que sofreria então nelas e por elas. (R). Ver sua história mais detalhada, juntamente com outros companheiros, nas págs. 226-243: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%204.pdf(† 203)

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Perp%C3%A9tua_e_Felicidade

– Ver 23 DE NOVEMBRO: Em Roma, no ce­mi­tério de Má­ximo, junto à Via Sa­lária Nova, Santa Fe­li­ci­dade, mártir. († data inc.).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, receberam a coroa do martírio Santa Felicidade, em Roma, no séc. II e Santa Lucrécia, virgem de Mérida, no séc. IV. (M).

– Sobre Santa Felicidade, o VIDAS DOS SANTOS relata seu martírio e o de sete de seus filhos: Januário, Félix, Filipe, Silano, Alexandre, Vital e Marcial. Ver página 213: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver também sua história e lenda: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Felicidade_de_Roma e

https://pt.wikipedia.org/wiki/Felicidade_de_Roma

– Ver “Felicidade de Roma (em latimFelicitasc. 101 – 165) é uma das primeiras mártires cristãs venerada como santa. Além do nome, a única coisa certa que sabemos sobre ela é que seu corpo foi enterrado na Catacumba de Máximo, na Via Salária, em 23 de novembro[1]. Porém, as lendas posteriores a seu respeito a retratam como mãe de sete filhos mártires cuja festa é celebrada em 10 de julho. Na Igreja Ortodoxa, sua festa é celebrada em 7 de fevereiro (25 de janeiro no calendário juliano).”: Felicidade de Roma – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

2.   Na Via Au­rélia, a nove mi­lhas de Roma, as santas Ru­fina e Se­gunda, mártires. († data inc).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no séc. III, na via Cornélia, as Santas Rufina e Segunda, virgens e mártires. Uma basílica, que foi muito frequentada, foi levantada sobre seu sepulcro. (M)

– Ver “Também em Roma, na perseguição de Valeriano e Galieno, as santas virgens e mártires Rufina e Segunda, irmãs. Depois de serem submetidos a tormentos, e um ter sua cabeça esmagada com uma espada, a outra decapitada, elas partiram para o céu. Seus corpos são guardados com a devida homenagem na basílica de Latrão, próximo ao batistério.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly10.html#975

3.   No ter­ri­tório de Sa­bina, hoje no Lácio, re­gião da Itália, as santas Ana­tólia e Vi­tória, mártires. († data inc).

– Ver “Vitória, Anatólia e Audax são três jovens, duas moças e um rapaz, venerados como mártires e santos pela Igreja Católica e pela Igreja Ortodoxa. Vitória e Anatólia são mencionadas no Martirológio Romano (sem Audax) na data de 10 de julho[1]. Anatólia foi mencionada pela primeira vez na “De Laude Sanctorum”, composta em 396 por Vitríciobispo de Ruão (330-409). Ela e Vitória aparecem juntas no Martyrologium Hieronymianum na data de 10 de julho. Vitória é mencionada também, sozinha, em 19 de dezembro[2]. As duas aparecem em mosaicos na Basílica de Sant’Apollinare Nuovo, em Ravena, entre as santas Paulina e Cristina. Uma “Passio SS. Anatoliae et Audacis et S. Victoriae”, do século VI, que acrescentou o nome de Audax, foi mencionada por Adelmo (m. 709) e Beda (m. 735), que listaram as três em seus martirológios. César Barônio lista Anatólia e Audax em 9 de julho e Vitória, em 23 de dezembro[2]….”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Vit%C3%B3ria,_Anat%C3%B3lia_e_Audax

4.   Na África Se­ten­tri­onal, os santos Ja­nuário e Ma­rinho, mártires. († data inc)

5.   Em Icónio, na Li­caónia, hoje Kónya, na Tur­quia, Santo Apo­lónio de Sardes, mártir, que, se­gundo consta, so­freu o mar­tírio da crucifixão. († data inc)

6.   Em Ni­có­polis, na an­tiga Ar­ménia, os santos Leôncio, Mau­rício (também na Folhinha do Coração de Jesus), Da­niel, An­tónio, Ani­ceto, Si­sino e ou­tros már­tires, que no tempo do im­pe­rador Li­cínio e do go­ver­nador Lí­sias foram tor­tu­rados com vá­rios suplícios. († s. IV)

7.   Na Pi­sídia, na ac­tual Tur­quia, os santos Bi­anor e Sil­vano, mártires. († s. IV).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IV, o martírio de vários cristãos que derramaram seu sangue por fidelidade a Cristo: Leôncio, Maurício e Daniel, na Armênia; Bianor, Silvano e Apolônio, na Ásia Menor (M).

8*.   Em Nantes, na Bre­tanha Menor, na ho­di­erna França, São Pas­cário, bispo, que re­cebeu Santo Her­me­lando com doze com­pa­nheiros, cha­mados do con­vento de Fon­ta­nelle, e o en­viou para a ilha de Indre, a fim de lá fundar um mosteiro. († s. VII)

9.   Em Ta­mise, na Flan­dres, hoje na Bél­gica, Santa Amal­berga, a quem São Wi­li­brordo impôs o véu das vir­gens consagradas. († 772)

10*.   Em Pe­rúgia, na Úm­bria, re­gião da Itália, São Pedro Vin­cióli, pres­bí­tero e abade, que re­cons­truiu a igreja em ruínas de São Pedro e junto dela fundou um mos­teiro, no qual, su­por­tando com pa­ci­ência muitas opo­si­ções, in­tro­duziu a ob­ser­vância cluniacense. († 1007).

– Ver páginas 359-360: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

11.   Em Odense, na Di­na­marca, São Ca­nuto, mártir, que, du­rante o seu reino, ani­mado por ar­dente zelo, di­fundiu o culto di­vino, con­tri­buiu para pro­mover a si­tu­ação e ac­ti­vi­dade do clero e, de­pois de ter fun­dado as Igrejas de Lund e de Odense, foi as­sas­si­nado por al­guns súb­ditos rebeldes. († 1086).

– Ver “Canuto IV (em dinamarquêsKnud 4. den Hellige; c.1043 — 17 de Julho de 1086), também conhecido como Canuto, o Santo (em dinamarquêsKnud den Hellige), foi rei da Dinamarca entre 1080 e 1086. É o santo padroeiro da Dinamarca.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Canuto_IV_da_Dinamarca

12*.   Em Orange, na Pro­vença, re­gião da França, as be­atas Santa Sofia (Maria Ger­trudes Ri­pert d’Alau­zier) e Inês de Jesus (Sílvia Inês de Ro­millon), vir­gens da Ordem de Santa Úr­sula e már­tires du­rante a Re­vo­lução Francesa. († 1794)

13.   Em Dong-Hoi, ci­dade do Anam, hoje no Vi­etnam, os santos An­tónio Nguyen Huu (Nam) Quynh e Pedro Nguyen Hhac Tu, már­tires, que eram ca­te­quistas e foram es­tran­gu­lados no tempo do im­pe­rador Minh Mang por causa da sua fé cristã. († 1840)

14*.   Em Da­masco, na Síria, os be­atos már­tires Ma­nuel Ruiz (Emanuel

Ruiz), pres­bí­tero e com­pa­nheiros, sete da Ordem dos Frades Me­nores e três ir­mãos da Igreja Ma­ro­nita, que, en­tre­gues frau­du­len­ta­mente aos ini­migos por um traidor, foram sub­me­tidos à tor­tura de vá­rios su­plí­cios e con­su­maram o seu mar­tírio pela fé cristã com morte gloriosa. São estes os seus nomes: Car­melo Volta, Pedro Soler, Ni­colau Al­berca, En­gel­berto Kol­land, As­cânio Ni­canor, pres­bí­teros; Fran­cisco Pi­nazo e João Diogo Fer­nández, re­li­gi­osos da Ordem dos Frades Me­nores; Fran­cisco, Mooti (Abdul-Muti) e Ra­fael Mas­sabki (também na Folhinha do Coração de Jesus) ir­mãos de sangue. († 1860).

– No Martirológio Romano-Monástico, em Damasco, o martírio de Oito Franciscanos e Três Maronitas, que testemunharam Cristo diante do Islamismo (X).

– Ver Os Bem-Aventurados Mártires de Damasco: páginas 361-366: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

– Ver “… 1860 – Mártires de Damasco 8 franciscanos e 3 mártires maronitas mortos em um levante druso em 1860 em Damasco, Síria. Recusaram-se a aceitar a fé muçulmana, eles foram executados O Papa Pio XI os beatificou em 1926 .”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly10.html#975

15♦.   Em Rocca Priora, pró­ximo de Roma, o Beato Luís Novarese, pres­bí­tero, fun­dador dos Si­len­ci­osos Ope­rá­rios da Cruz, de­di­cados es­pe­ci­al­mente ao apos­to­lado entre os enfermos. († 1984)

16. Bem-Aventurado Pacífico, confessor. Guilherme Divini, depois Frei Pacífico. Ver páginas 346-358: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

17. Outros santos do dia 10 de JULHO, páginas 341-367:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 10 de julho, ver ainda: 10 de julho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA:

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 531-533: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

7. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly10.html#975

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Virgem Maria, socorra-nos, proteja-nos

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! Obrigado! Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A  MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A SUA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, SEU FILHO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO:

MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE   SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES.

ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro)

“Ó meu Deus, “sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.”  (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

* “Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”,
mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: Meios de se preparar para uma boa morte …: Na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado...”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!

PAI, ABRACE-NOS! JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO! DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS UNA! MÃEZINHA MARIA, VELE POR NÓS! EM NOME DE JESUS, PAI! AMÉM!

-Ver o blog

https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.