Santas e Santos de 11 de dezembro

1. São Dâ­maso I (também na Folhinha do Coração de Jesus), papa, que, em tempos muito di­fí­ceis, reuniu nu­me­rosos sí­nodos para de­fender a fé de Ni­ceia contra os cismas e as he­re­sias, es­ti­mulou São Je­ró­nimo para tra­duzir em latim os li­vros sa­grados e honrou pi­e­do­sa­mente os se­pul­cros dos már­tires, ador­nando-os com suas ins­cri­ções em verso. († 384).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 384, o nascimento no céu de São Dâmaso, papa. Deu seu apoio ao patriarca de Alexandria, expulso pelos hereges. Confiou a São Jerônimo a tradução da Bíblia para o latim e desenvolveu o culto dos mártires romanos, ornando seus túmulos com inscrições em versos. (R).

Ver páginas 200-210: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Papa_Dâmaso_I

– Ver “Dâmaso (em latimDamasusCivitas IgaeditanorumLusitânia305 — RomaItália11 de dezembro de 384) foi o 37.º Papa da Igreja Católica de 1 de Outubro de 366 até a data da sua morte, 11 de dezembro de 384..”: Papa Dâmaso I – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

2.   No ter­ri­tório de Amiens, na Gália Bél­gica, ac­tu­al­mente na França, os santos Vi­to­rico e Fus­ciano, mártires. († c. s. III).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no final do séc. III, o martírio dos Santos Vitórico e Fusciano, decapitados em Amiens, depois de haverem confirmado seu credo diante do juiz. (M).

– Ver página 217: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

3.   Em Pi­a­cenza, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, São Sa­bino, bispo, que con­verteu mul­ti­dões à fé em Cristo, fundou mos­teiros de vir­gens e de­fendeu ener­gi­ca­mente a ver­dade nicena. († c. s. IV).

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Sabino_de_Placência

Ver “Sabino (320/330 – Placência11 de dezembro de 420) foi um bispo católico italiano. É também venerado como santo da Igreja Católica…”: Sabino de Placência – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

4.   Em Cons­tan­ti­nopla, hoje Is­tambul, na Tur­quia, São Da­niel Estilita, pres­bí­tero, que, de­pois de viver no ce­nóbio e su­portar muitos tra­ba­lhos, se­guindo o exemplo de vida de São Si­meão per­ma­neceu no alto de uma co­luna até à morte, du­rante trinta e três anos e três meses, im­per­tur­bável ao frio, ao calor ou aos ventos. († 493).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no começo do séc. V, São Daniel Estilita, que, segundo a liturgia bizantina, “havia se tornado, ele próprio, uma coluna de paciência”. (M).

Ver páginas 195-199: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf  

Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Daniel,_o_Estilita

– Ver “Santo Daniel, o Estilita (409 – 493) é um santo da Igreja OrtodoxaIgreja Católica e Igreja Católica Oriental…”: Daniel, o Estilita – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

5*.   No mos­teiro de Him­merod, perto de Tré­veris, na Ale­manha, o Beato David, monge, que, sendo débil de corpo, foi re­ce­bido em Cla­raval por São Ber­nardo, que de­pois o en­viou com ou­tros ir­mãos à Ale­manha para fundar um novo mos­teiro e aí se en­tregou dia e noite à oração e às boas obras. († 1179).

– Ver páginas 212-213: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

6*.   Em Sena, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, o Beato Franco Líppi, ere­mita da Ordem dos Car­me­litas, in­signe pela grande aus­te­ri­dade da sua vida. († 1292).

– Ver páginas 214-217: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

7*.   No ter­ri­tório de Ca­me­rino, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, o Beato Hu­go­lino Magalótti (também na Folhinha do Coração de Jesus), ere­mita, da Ordem Ter­ceira de São Francisco. († 1373)

8 *.   Em Sant’Ân­gelo in Vado, também no Pi­ceno da Itália, o Beato Je­ró­nimo (Je­ró­nimo Ra­nuzzi), pres­bí­tero da Ordem dos Ser­vitas de Maria, que na so­lidão e no si­lêncio al­cançou a sa­be­doria da santidade. († c. 1468)

9 *.   Em Na­ga­sáki, no Japão, os be­atos Mar­tinho Lum­breras Peralta e Mel­chior Sán­chez Pérez, pres­bí­teros da Ordem de Santo Agos­tinho e már­tires, os quais, logo que che­garam a esta ci­dade, foram apri­si­o­nados, lan­çados numa cela obs­cura e fi­nal­mente quei­mados vivos. († 1632)

10*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, o Beato Artur Bell, pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores e mártir, que, no rei­nado de Carlos I, só pelo facto de ser sa­cer­dote, foi con­de­nado à pena ca­pital e so­freu o pa­tí­bulo de Tyburn. († 1643)

11 *.   Em El Saler, lo­ca­li­dade pró­xima de Va­lência, na Es­panha, a Beata Maria do Pilar Vil­la­longa Vilallba, virgem e mártir, que, du­rante a per­se­guição re­li­giosa, com o seu mar­tírio se­guiu os passos de Cristo. († 1936)

12♦.  Em Go­radze, na Bósna-Her­ze­go­vina, as be­atas María Julia Ivanisevic e quatro Companheiras, re­li­gi­osas pro­fessas do Ins­ti­tuto das Fi­lhas da Di­vina Ca­ri­dade e már­tires, que se em­pe­nhavam ar­do­ro­sa­mente ao apos­to­lado de âm­bito ecu­mé­nico, pas­toral e ca­ri­ta­tivo, até que, ata­cadas pela feroz vi­o­lência de mi­li­ci­anos e fi­nal­mente fu­zi­ladas, deram a vida pela sua in­tré­pida fi­de­li­dade a Cristo. São estes os seus nomes: Ber­ch­mana Lei­denix,  Kri­zina Bo­janac, An­tónia Fabjan e Ber­na­dete Banja. († 1941)

13♦.   Em La Al­dehuela, lo­ca­li­dade da re­gião de Ma­drid, na Es­panha, Santa Maria (Mirabilia) Ma­ra­villas Pidal y Chico de Guzmán (Ma­ra­vi­lhas de Jesus), virgem da Ordem das Car­me­litas Des­calças, que fundou vá­rios mos­teiros bem como cen­tros de as­sis­tência socio-ca­ri­ta­tiva, con­ci­li­ando a vida con­tem­pla­tiva com uma ge­ne­rosa caridade. († 1974)

14. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 342, São Bársabas, higúmeno, que por ter confessado a fé cristã diante do governador do rei dos persas, teve a cabeça cortada, juntamente com dez de seus monges. (M)

– Ver “… EM sua lenda fictícia Barsabas é chamado de abade na Pérsia, que teve sob ele doze monges. No início da perseguição por Sapor, todos foram presos e levados acorrentados a Istachr, uma cidade perto das ruínas de Persépolis. Depois de tentar em vão fazê-los apostatar por meio de torturas, às quais um ser humano dificilmente sobreviveria, o governador os condenou a perder a cabeça. Os mártires foram alegremente ao local da execução, cercados por soldados e seguidos por uma multidão de pessoas, e a matança começou. Um mazdeano, viajando assim com sua esposa e filhos, viu o venerável abade cantando louvores a Deus e tomando cada monge pela mão, como se fosse entregá-lo ao carrasco; ele viu também uma cruz de fogo brilhando acima dos corpos dos mortos. O homem ficou tão impressionado que desceu do cavalo e sussurrou para Barsabas pedindo para ser admitido em sua sagrada companhia. O abade consentindo, ele passou por suas mãos após o nono monge, e foi decapitado, o carrasco não o conhecia. Por fim, o venerável Barsabas entregou o pescoço à espada. O exemplo de seu marido levou sua esposa e família a se tornarem cristãs.
É difícil entender o que induziu Barônio a incluir esse alegado mártir persa no martirológico romano. Ele é totalmente desconhecido no Ocidente, e a sinaxia de Constantinopla mal menciona seu nome em 11 de dezembro. Na sinaxária Etíope, sua história é contada em setembro. Embora a história seja diferente, Barsabas parece apenas um dupleto de São Simeão Barsabae, em 21 de abril…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayDecember11.html

15. São Pedro de Sena,(na Folhinha do Coração de Jesus).

– Ver “… PETER TECELANO era um cidadão de Siena e criador de pentes de profissão. Depois de viver alguns anos feliz com sua esposa, ela faleceu, deixando-o sem filhos, e ele ingressou na ordem terceira de São Francisco, decidido a dedicar ao próximo o tempo e o dinheiro que não eram mais necessários para sua própria casa. Sua vida foi bastante isenta de acontecimentos exteriores, como os que qualquer artesão piedoso pode levar. Trabalhava muito e por longas horas, e à noite ia a alguma igreja para rezar, onde meditando sobre o seguimento de nosso Senhor por São Francisco concebeu o desejo de estar ainda mais associado aos seus filhos religiosos.
    O guardião dos Frades Menores, portanto, deu-lhe permissão para viver em uma cela contígua à enfermaria, onde continuou a exercer suas atividades quase até o fim da vida. Ele costumava visitar os enfermos no hospital de Nossa Senhora della Scala e tinha um forte senso de seus deveres públicos e privados como cidadão: uma vez, quando foi deliberadamente preterido na cobrança de um imposto de guerra, ele se avaliou e fez questão de pagar o que lhe parecia devido.
    Bd Peter atingiu um alto grau de oração contemplativa e recebeu graças espirituais, que eram difíceis de esconder, de modo que muitos conheceram sua santidade. Sacerdotes e teólogos igualmente como irmãos leigos e companheiros de trabalho valorizaram sua opinião e conselho, mas não por si mesmo: “Você está levantando muito vento para este pobre pó”, disse ele a um que o elogiou. Em sua opinião, um de seus principais defeitos era a tagarelice, que levou quatorze anos de trabalho árduo para reduzi-la e criar o hábito de silêncio que buscava.
Ele viveu até uma idade muito avançada e, enquanto morria, previu as calamidades que em breve cairiam sobre Pistoia e Florença, bem como sobre sua própria cidade. Ele foi sepultado na igreja franciscana e peregrinos vieram de toda a Itália para orar e ser curados de suas enfermidades em seu túmulo. Este culto foi aprovado em 1802…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayDecember11.html

16. São Massona, bispo de Mérida. Ver página 211: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2021.pdf

17. Outros santos do dia 11 de dezembro: págs. 195-219: VIDAS DOS SANTOS – 21.pdf (obrascatolicas.com)            

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XXI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

 * “E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 11 de dezembro: 11 de dezembro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Todas da internet, foram consultadas no dia de hoje)

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi eCaterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS  939-941: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayDecember11.html

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, ANJOS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PELO E PARA O SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DESANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio,lembrado em 10 de fevereiro)

Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

“… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar (Santo Antão, lembrado em 21 de outubro)

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guia para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

“Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

“…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

“… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”.  SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES. (SANTO ABRAÃO, ERMITÃO, 27 DE OUTUBRO), conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

“Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carne … Santa Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayNovember02.html

* Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!

* qPAI, ABRACE-NOS! JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS UNA!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

EM NOME DE JESUS, PAI! AMÉM!

* Ver o blog https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.