Santas e Santos de 08 de junho

  1. SANTO EFRÉM

Santo Efrém, no DIRETÓRIO DA LITURGIA DA CNBB, dia 08 de junho; no Martirológio Romano, dia 09 de junho. Diácono e doutor da Igreja, que exerceu o mi­nis­tério da pre­gação e do en­sino da dou­trina sa­grada pri­mei­ra­mente em Ní­sibe, sua pá­tria; de­pois, re­fu­gi­ando-se com os seus dis­cí­pulos em Edessa, no Os­roene, hoje na Tur­quia, após a in­vasão de Ní­sibe pelos Persas, aí es­ta­be­leceu os fun­da­mentos de uma es­cola te­o­ló­gica. Con­sa­grou-se ao mi­nis­tério com a pa­lavra e com os es­critos e tornou-se tão cé­lebre pela sua aus­te­ri­dade de vida e dou­trina es­pi­ri­tual, que me­receu, pelos ex­ce­lentes hinos que compôs, ser cha­mado a cí­tara do Es­pí­rito Santo. († 378)

Obs: Santo Efrém, no DIRETÓRIO DA LITURGIA DA CNBB, dia 08 de junho, é lembrado também dia 08 de junho na Folhinha do Coração de Jesus.

Conforme o Martirológio Romano-Monástico de 08 de junho, em Edessa, na Síria, no ano da graça de 373, o nascimento no céu de Santo Efrém (também na Folhinha do Coração de Jesus), diácono e Doutor da Igreja. Teólogo zeloso da ortodoxia e poeta de grande talento, compôs em honra de Cristo e da Virgem Maria inumeráveis cantos litúrgicos, que lhe valeram o cognome de “Harpa do Espírito Santo”. (R).

– Ver “Efrém da Síria ou Efrém, o Sírio (em siríaco: ܐܦܪܝܡ ܣܘܪܝܝܐ; romaniz.: Mor/Mar Afrêm Sûryāyâ; em grego: Ἐφραίμ ὁ Σῦρος; romaniz.: Ephraem Syrusc. 306 — 9 de junho de 373) foi um prolífico compositor de hinos e teólogo do século IV, venerado por cristãos do mundo inteiro, especialmente pela Igreja Ortodoxa Síria, como um santo. Nascido em Nísibis, foi discípulo de Tiago de Nísibis na famosa escola da cidade

FESTA  LITÚRGICA: 28 de janeiro (Igreja Ortodoxa OrientalIgreja Católica Oriental); 7º sábado antes da Páscoa (Igreja Ortodoxa Síria); 9 de junho (Igreja Católica Apostólica Romana e Comunhão Anglicana)
18 de junho (Igreja Maronita)”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Efr%C3%A9m_da_S%C3%ADria

– Ver “do Ofício das Leituras, memória de Santo Efrém: Dos Sermões de Santo Efrém, diácono – (Sermo 3, De fine et admonitione, 2.4-5: ed. Lamy, 3,216-222) (Séc.IV)

A economia divina é imagem do mundo espiritual

“Fazei resplandecer, Senhor, o dia radioso do vosso conhecimento e dissipai da nossa mente as trevas noturnas, para que, iluminada, ela vos sirva renovada e pura. O nascer do sol indica aos mortais o início dos seus trabalhos; preparai, Senhor, a morada da nossa alma, para que nela permaneça o esplendor daquele dia que não conhece fim. Concedei, Senhor, que contemplemos em nós mesmos a vida da ressurreição e que nada consiga afastar o nosso espírito de vossas alegrias. Imprimi, Senhor, em nossos corações o sinal daquele dia que não se rege pelo movimento do sol, infundindo-nos uma constante orientação para vós.

Diariamente vos abraçamos nos sacramentos e vos recebemos em nosso corpo; tornai-nos dignos de sentir em nós mesmos a ressurreição que esperamos. Com a graça do batismo, conservamos escondido em nosso corpo o tesouro que nos destes, tesouro que aumenta na mesa dos vossos sacramentos; fazei-nos viver sempre na alegria da vossa graça. Possuímos em nós, Senhor, o memorial que recebemos de vossa mesa espiritual; concedei-nos a graça de possuirmos, na renovação futura, a realidade plena que ele nos recorda.

Nós vos pedimos que, através daquela beleza espiritual que a vossa vontade imortal faz resplandecer até nas criaturas mortais, nos leveis a compreender retamente a beleza da nossa própria dignidade.

A vossa crucifixão, ó Salvador dos homens, foi o termo da vossa vida corpórea; concedei-nos que, pela crucifixão do nosso espírito, alcancemos o penhor da vida espiritual. Vossa ressurreição, ó Jesus, faça crescer em nós o homem espiritual; e os sinais dos vossos sacramentos sejam para nós um espelho para conhecê-lo. Vossa economia divina, ó Salvador dos homens, é imagem do mundo espiritual; dai-nos correr nele como homens espirituais.

Não priveis, Senhor, a nossa mente da vossa revelação espiritual, e não afasteis de nossos membros o calor da vossa suavidade. A natureza mortal, que se oculta em nosso corpo, leva-nos à corrupção da morte; infundi em nossos corações o vosso amor espiritual, para que afaste de nós os efeitos da mortalidade. Concedei, Senhor, que caminhemos velozmente para a nossa pátria celeste e, como Moisés no alto monte, possamos contemplá-la desde já através da revelação. AMÉM!”: https://www.facebook.com/260890654330701/posts/690733464679749/

– Ver ainda Santo Efrém da Síria.

Também conhecido como

  • Efrém de Edessa
  • Efrém, o Sírio
  • Efraem…
  • Efraim…
  • Ephraem Syrus
  • Diácono de Edessa
  • Harpa do Espírito Santo
  • Jefrem Sirin
  • Sol dos Sírios

Memorial

Perfil

Pode ter sido filho de um padre pagão . Trazido à  por São Tiago de Nísibis , e batizado aos 18 anos. Ajudou a evangelizar Nísibis, Mesopotâmia. Pode ter participado do Concílio de Nicéia em 325 . Diácono . Pregador . Tinha uma grande devoção à Santíssima Virgem Maria . Em 363 Nísibis foi cedida à Pérsia ; uma grande perseguição aos cristãos começou, e Eprem liderou um êxodo dos fiéis para Edessa. Fundou uma escola teológica em Edessa. Escreveu homilias, hinos e poesias . Ajudou a introduzir o uso de hinos no culto público. Lutou contra o gnosticismo e o arianismo por meio de seus escritos , incluindo poemas e hinos. Proclamou Doutor da Igreja em 1920 .

Nascer

Morreu

Canonizado

Significado do nome

  • frutífero ( hebraico )

Patrocínio

Representação

informação adicional

Leituras

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, deComentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém

Citação MLA

– Ver também (Outro Santo Efraim em 08 de junho): 425 Santo Efraim, Patriarca de Antioquia. Defendeu o ensinamento da Igreja Ortodoxa sobre a união de duas naturezas a divina e a humana da Pessoa de nosso Senhor Jesus Cristo; um sírio distinguido por sua virtude, piedade e compaixão por todos os miseráveis, ​​milagre do omophorion (Omofório é uma vestimenta litúrgica usada por bispos das igrejas seguidoras do rito oriental. É uma faixa de tecido, originalmente lã, decorada com cruzes e vestida pelos bispos abaixo do pescoço, à volta dos ombros durante os rituais litúrgicos. Wikipédia)
Um general militar sob os imperadores Anastácio (491-518) e Justino (518-527)
 O santo foi distinguido por sua virtude, piedade e compaixão para todos os indigentes.
No ano de 526 o Senhor puniu Antioquia pelos cristãos que caíram nas heresias de Nestório e Eutiques. Um terremoto destruiu esta magnífica cidade. Um grande número de habitantes pereceu. Patriarca Euphrasios foi esmagado sob uma coluna caída.
O imperador convocou Efraim para supervisionar a restauração da cidade em ruínas. Entre os trabalhadores estava um bispo que deixou sua sede por razões desconhecidas. Ele predisse a Efraim sua eleição ao trono patriarcal e pediu-lhe que não abandonasse os atos de caridade e lutasse firmemente contra os hereges. No ano de 527 Efraim foi de fato eleito para o trono patriarcal. Ele governou seu rebanho com firmeza e sabedoria pelo exemplo de sua vida. Ele também a defendeu contra os ensinamentos heréticos por meio de seus sermões e cartas.
O evento a seguir dá uma ideia de sua fé. Perto de Herakleia havia um estilita praticando o ascetismo, que havia caído em heresia. 

Aprendendo sobre o asceta, Efraim foi até ele e o exortou a se reunir à Igreja Ortodoxa. O estilo não era agradável. Ele decidiu assustar o patriarca e se ofereceu para acender uma grande fogueira, para que ambos pudessem entrar no fogo. A fogueira estava pronta, mas o estilista não se atreveu a entrar nela. O patriarca orou ao Senhor Jesus Cristo para mostrar que sua fé era a correta e, removendo sua omoforion, colocou-a na fogueira. Depois de três horas a lenha foi consumida, mas o omophorion do santo foi retirado ileso. O estilita foi convertido de sua heresia e reunido à Igreja.
Efraim adormeceu no Senhor no ano 425.

Entre seus trabalhos, Efraim defendeu o ensinamento da Igreja Ortodoxa sobre a união de duas naturezas, a divina e a humana, na Pessoa de nosso Senhor Jesus Cristo…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune08.html#425_Saint_Ephraim_Patriarch_of_Antioch

2. Em Aix-La-Pro­vence, na Pro­vença, re­gião da Gália, na ac­tual França, São Ma­xi­mino, a quem se atri­buem os iní­cios da fé cristã nesta cidade. († data inc.)

– Ver “Livro dos Santos – MAXIMINO – 8 de junho”:

Artigo

Santo ) Mártir ( 8 de junho ) ( século I ) Uma tradição que data dos tempos mais remotos afirma que este São Maximino, o primeiro Bispo de Aix na Provença, era palestino, um dos discípulos de Nosso Senhor, e que acompanhava os Santos Marta e Madalena, com seu irmão Lázaro, ao sul da França. O corpo de São Maximino foi consagrado na igreja da pequena cidade vizinha que leva seu nome; mas foi posteriormente traduzido para a Catedral de Aix. Outra tradição acrescenta que São Maximino foi o cego de nascença a quem Cristo deu a visão (Jo 9).

Citação MLA

3. Em Ruão, também na Gália, hoje na França, São Gil­dardo, bispo. († d. 511).

– Ver “São Gildardo, bispo e confessor” página 152 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

4. Em Sois­sons, também na Gália, hoje na França, São Me­dardo, bispo de Saint-Quentin, que, de­pois de ter sido ar­ra­sada a sua ci­dade, trans­feriu a sede epis­copal para Noyon, onde tra­ba­lhou com todo o em­penho para con­verter o povo das su­pers­ti­ções pagãs à dou­trina de Cristo. († 561).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 560, São Medardo, que foi sagrado bispo de Noyon por São Remígio de Reims. Sua fama teve tamanha repercussão, que a rainha Radegunda, depois de abandonar a corte, quis receber dele o véu das religiosas. Uma abadia foi erigida sobre seu túmulo, em Soissons. (M).  

– Ver páginas 148-151 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver ainda “… Saint Medard (São Medardo) é o patrono dos cervejeiros, camponeses, prisioneiros (Roeder), colheitas de milho e safra (White). Ele é invocado em nome de idiotas e lunáticos, bem como para fecundidade, tanto na procriação como nos campos, para chuvas e vinhas, e contra o mau tempo e dor de dente (Roeder)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune08.html

– Ver ainda “… São Medardo é considerado protetor das tempestades, dos trabalhadores do campo e daqueles que sofrem dores de dentes enxaquecas…”: https://www.calendarr.com/brasil/dia-de-sao-medardo/

4.   Em Fano, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, São For­tu­nato, bispo, que se de­dicou di­li­gen­te­mente à re­denção dos cativos. († s. VI f.)

– Ver São Fortunato de Fano, bispo. “… A primeira notícia de seu episcopado vem de uma carta em que São Gregório Magno o autoriza a vender os vasos sagrados para pagar as dívidas contraídas no resgate dos prisioneiros. O fato é relatado pelo Barônio sob o ano de 596.
Sua Vida, escrita por Giovanni, abade de Nonantola no século XII, conservada no arquivo capitular de Fano, publicada pelos bolandistas, informa-nos, entre outras coisas, que o corpo – do qual ele não menciona o primeiro sepultamento – foi transferido para uma igreja construída em sua homenagem fora da Porta Maggiore na Via Flaminia (de cuja existência e localização não é possível ter provas mais seguras), depois na catedral. Esta transferência teria ocorrido em 743 sob o bispo Pietro I. Em 1113, devido ao incêndio da catedral, as relíquias de Fortunato, juntamente com as de São Urso e São Eusébio, co-proprietários de Fano, foram reconhecidas e colocado sob o altar-mor pelo bispo Pedro II.
Em 1639 o altar-mor foi enriquecido com mármore pelo bispo Ettore Diotallevi e a urna do santo foi reconstruída. A última pesquisa foi realizada pelo bispo Antonio III Severoli em 1791; os ossos foram fechados no sarcófago, que traz a inscrição:
CORPUS SANCTI FORTUNATI EPI
e na parte inferior a data de 1113; a cabeça foi colocada em um relicário artístico. A parte posterior do altar foi revestida de mármore nos últimos tempos: um baixo-relevo representa o santo em trajes pontifícios; uma inscrição traz estas palavras:
FORTUNATUS POST MORTEM VIVIT
PASTOR PRO NOBIS ORET
OU SANCTE FORTUNATE INTERCEDE ET DEPRECARE
PRO PATRIA APUD COMMUNEM REGEM ET DOMINUM.
A festa é comemorada no dia 8 de junho.
Autor: Vittorio Bartoccetti…”: http://santiebeati.it/dettaglio/56430

5.   Em Metz, na Aus­trásia, ac­tu­al­mente na França, São Clo­dolfo (também na Folhinha do Coração de Jesus) ou Clodoaldo, bispo, filho de Santo Ar­nolfo e con­se­lheiro do rei. († c. 660).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 660, São Clodoaldo (ou Clodolfo). Segundo uma carta de São Desidério (ou Didier) de Cahors, “só se ouviu falar bem dele, que exortava a todos a seguir os bons exemplos de seu pai, Santo Arnoldo”. (M).  

– Ver “São Clodolfo, bispo de Metz e confessor” página 153 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Clodulfo (696 ou 697) foi bispo de Métis aproximadamente de 657 a 697.

Clodulfo era filho de Arnulfo, bispo de Métis, e irmão mais novo de Ansegiselprefeito do palácio da Austrásia… Ele morreu em 8 de Junho de 696 ou 697 em Métis e foi sepultado na igreja de Santo Arnulfo. Em Nivelles ele foi localmente venerado como Santo Clou, especialmente por sua ligação com Santa Gertrude…”: Clodulfo de Métis – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

6.   Em York, na In­gla­terra, São Gui­lherme Fitzherbert, bispo, homem afável e pa­cí­fico, que, in­jus­ta­mente de­posto da sua sede epis­copal, se re­co­lheu entre os monges de Win­chester e, res­ti­tuído à sua sede, per­doou aos ini­migos e res­ta­be­leceu a paz entre os cidadãos. († 1154).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1154, São Guilherme. Sobrinho do rei Estêvão da Inglaterra, foi eleito arcebispo de York, mas logo caiu em desgraça. Após sete anos de paciência e de humilhações, foi reabilitado graças à intervenção do Pontífice Romano. (M).

– Ver “São Guilherme de York, bispo e confessor” página154 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

7*.   Em Lon­dres, o Beato João Davy, diá­cono da Car­tuxa desta ci­dade e mártir, que, no rei­nado de Hen­rique VIII, por causa da sua fi­de­li­dade à Igreja e ao Pon­tí­fice Ro­mano, foi du­ra­mente tor­tu­rado no cár­cere e aí morreu de fome. († 1537)

8.   Em Am­bi­a­tibes, na ilha de Ma­da­gáscar, o São Tiago Berthieu, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus e mártir, que, tanto na paz como na guerra, tra­ba­lhou in­can­sa­vel­mente pelo Evan­gelho e, apesar de ter sido ex­pulso três vezes das mis­sões, preso por ho­mens ar­mados e re­pe­ti­da­mente ins­tado sem êxito à apos­tasia, foi fi­nal­mente as­sas­si­nado em ódio à fé cristã. († 1896).

São Jacques Berthieu. Ver “São Jacques Berthieu (27 de novembro de 1838 em PolminhacCantalFrança – 8 de junho de 1896 em AmbiatibeMadagáscar), foi um sacerdote jesuíta francês, missionário em Madagáscar. Morreu pela fé cristã durante a rebelião de 1896.

É o primeiro mártir de Madagáscar a ser beatificado. Foi canonizado pelo Papa Bento XVI em 21 de outubro de 2012.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jacques_Berthieu

– Ver também “Jacques (Tiago) Berthieu foi beatificado em 17 de Outubro de 1965 pelo Papa Paulo VI durante o Concílio ecumênico Vaticano II. É celebrado no dia 8 de Junho na Província Jesuíta da França e em 04 de Fevereiro nas outras províncias da Companhia.

Foi canonizado em outubro de 2012, pelo Papa Bento XVI, junto com Pedro CalungsodJoão Batista PiamartaMaria Carmen SallésMariana CopeCatarina Tekakwitha e Ana Schäffer.”: http://www.santosebeatoscatolicos.com/2015/06/sao-tiago-berthieu-presbitero.html

9*.   No Porto, ci­dade de Por­tugal, a Beata Maria do Di­vino Co­ração de Jesus (Maria Droste zu Vis­che­ring), virgem, da Con­gre­gação das Irmãs da Ca­ri­dade do Bom Pastor, que pro­moveu ad­mi­ra­vel­mente a de­voção ao Sa­grado Co­ração de Jesus. († 1899).

– Ver “A Irmã Maria do Divino Coração (Münster8 de setembro de 1863 – Porto8 de junho de 1899), nascida Maria Droste zu Vischering, foi uma personalidade da mais elevada nobreza alemã e santa católica, religiosa da Congregação de Nossa Senhora da Caridade do Bom Pastor e Madre Superiora do Convento do Bom Pastor do Porto, mais conhecida por ter influenciado o Papa Leão XIII a efectuar a consagração do Mundo ao Sagrado Coração de Jesus. O próprio Papa Leão XIII chamou a essa consagração solene “o maior acto do meu pontificado”.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Maria_do_Divino_Cora%C3%A7%C3%A3o

10*.   Em Kuzhik­kat­tus­sery, no Ké­rala, es­tado da Índia, a Beata Maria Te­resa Chi­ramel Mankidiyan, virgem, emi­nente pela sua vida ere­mí­tica e aus­tera pe­ni­tência, que pro­curou a Cristo nos mais po­bres e nos mais aban­do­nados e fundou a Con­gre­gação das Irmãs da Sa­grada Família. († 1926)

11*.   Em Cá­gliari, na Sar­denha, o Beato Ni­colau de Ges­túri (João Medda), re­li­gioso da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos, que, sempre pronto para ajudar os in­di­gentes, com o exemplo da sua vir­tude e da sua bon­dade es­ti­mulou muitos ou­tros à prá­tica da ca­ri­dade para com os pobres. († 1958)

12. São Salustiano, na Folhinha do Coração de Jesus

– Ver também “Salustiano de Jerusalém foi o patriarca de Jerusalém entre 486 e 493. Salustiano foi envolvido numa discussão entre os monges que viviam sob o guia São Sabas. Os monges revoltosos fizeram acusações contra o santo que Salustiano considerou falsas, porém o patriarca entendeu que a comunidade onde Sabas vivia não poderia permanecer sem um padre e convenceu-o a aceitar a ordenação[1] em 491.[2] Além disso, Salustiano fez de Sabasexarca de todos os monges da Palestina que viviam isolados em suas celas.[1] Quando Salustiano morreu, os monges foram reclamar com Elias I, seu sucessor, novamente sem sucesso.[1]

Ele era um opositor do monofisismo e lutou contra os monges que fizeram dos mosteiros da Palestina a sua base de operações.[3]… Sobre MONOFISISMO, ver ‘Monofisismo (do grego μονο- [«único»] e ϕύσις [«natureza»]) é o ponto de vista cristológico que defende que, depois da união do divino e do humano na encarnação histórica, Jesus Cristo, como encarnação do Filho ou Verbo (Logos) de Deus, teria apenas uma única “natureza”, a divina, e não uma síntese de ambas… Conforme: https://pt.wikipedia.org/wiki/Monofisismo’”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Salustiano_de_Jerusal%C3%A9m

– Outro São Salustiano. Ver “Alguns relatos o listam como um mártir, enquanto outros relatam que ele era um eremita. Sallustian of Sardinia (RM). São Sallustian é venerado na Sardenha desde os tempos antigos, mas nada se sabe ao certo sobre sua vida. Alguns martirologistas afirmam que ele é um mártir; outros, um eremita (beneditinos).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune08.html

13. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, Santo Héracles, bispo que favoreceu a implantação do cristianismo no território de Sens, no momento do batismo de Clóvis (M).

– Ver Santo Heráclio de Sens.

Memorial

Perfil

Bispo de Sens , França . Testemunhou o batismo de Clóvis em 25 de dezembro de 496 . Construiu a abadia de São João Evangelista em Sens .

Morreu

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

14. Bem-Aventurado Pacífico de Cerano, confessor. Ver páginas 155-156 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… 1482 Bd Pacífico de Cerano
Nasceu em Novara, no Piemonte, no ano de 1424. Seus pais morreram quando ele era muito jovem e foi educado na abadia beneditina de sua cidade natal. Ele então tomou o hábito no convento franciscano da estrita observância, com cerca de vinte e um anos de idade, e tornou-se um dos eclesiásticos mais cultos de seu tempo. Após sua ordenação, trabalhou principalmente como pregador na Itália, realizando muitas missões bem-sucedidas entre os anos de 1452 e 1471. Seu trabalho evangelístico foi interrompido por uma visita à Sardenha, onde foi com uma comissão do Papa Sisto IV para corrigir certas desordens e irregularidades que se infiltrou na igreja. Ele foi induzido a escrever um tratado sobre teologia moral, que foi publicado em Milão em 1475 e foi por muito tempo considerado o trabalho padrão sobre esse assunto. embora visando explicações simples, inteligíveis a todos. Ele o intitulou Sometta di Pacifica Coscienza , mas era comumente conhecido como Somma Pacifica. Ele retomou seu trabalho missionário, trabalhando principalmente no norte da Itália e usando como sede o convento de Vigevano, que havia fundado na diocese de Novara…

… Ele foi para a Sardenha, mas mal havia começado a pregar a cruzada quando adoeceu. Morreu em Sassari em 4 de junho de 1482. Atendendo a seu pedido, seu corpo foi levado de volta a Cerano, onde depois foi construída uma igreja em sua homenagem. O culto de Bd Pacifico foi confirmado em 1745.

Um relato do Bd Pacifico é fornecido em um apêndice ao volume i de junho do Acta Sanctorum . Ele também é proeminente em Scnptores , de Wadding , e nos Annales Ordinis Minorum , vol. xiv. Ver mais adiante, a Miscellanea Franciscana , vols. iii e vii, e Auréole Séraphique de Leon (Eng. trans.), vol. ii, pp. 352-355. Pequenas vidas separadas foram publicadas por M. Cazzola e por outro escritor, que permanece anônimo…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune08.html#1482_Bl._Pacificus_of_Cerano_Franciscan

15. Santa Eustadíola, abadessa. Ver páginas 157-158 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… Eustadiola (594–684) foi uma santa, viúva e abadessa. Ela nasceu de pais ricos e politicamente poderosos em Bourges, França . Ela se casou devido à pressão de sua família, mas ficou viúva ainda jovem, o que lhe deu a independência financeira e social para viver o que as Santas Mulheres da Idade das Trevas, séculos depois, chamaram de “vida religiosa semi-aposentada”. [1]Ela doou sua riqueza aos pobres, fundou igrejas, mosteiros e conventos e usou sua riqueza e influência para expandir e decorar os edifícios. Eustadiola foi abadessa do convento que fundou em Bourges e viveu como asceta durante 70 anos. Muitos milagres e curas foram atribuídos a ela. Seu dia de festa é comemorado em 8 de junho…”: https://www.catholic.org/saints/saint.php?saint_id=3267

16. Santa Melânia a velha. Ver ‘Melânia, a Velha (340 – 410) foi uma nobre romana do final do século IV e começo do V venerada como santa pela Igreja”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Mel%C3%A2nia,_a_Velha

– Ver “Santa Melânia, anciã. Santa Melânia entrou no convento e entrou na vida eterna lá em 410. Sua neta, Melania, a Jovem, é comemorada em 31 de dezembro.”: São Melania, a | Arquidiocese cristã ortodoxa antioquiia (antiochian.org)

– Ver também “… uma mulher patrícia da família Romana Valerii. Ela foi uma das primeiras matronas romanas a fazer uma peregrinação à Terra Santa, onde fundou um mosteiro no Monte das Oliveiras, em Jerusalém. Melânia, a Velha, Viúva (AC), morreu em Jerusalém c. 400-410. Esta Melânia, patrícia romana da família Valerii, era avó paterna da santa com o mesmo nome.  … na palestina, era associada a São Jerônimo. Melânia deixou a Itália para sempre após a invasão visigótica. Ela tinha uma personalidade um tanto dominadora e seu relacionamento com a neta nem sempre foi fácil. A relação com São Jerônimo foi um confronto de titãs (Attwater, Benedictines). Santa Melânia é retratada na arte como uma viúva orando em uma caverna com um pote d’água, pão e um cajado de peregrino perto dela (Roeder) …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune08.html

17. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 08 DE JUNHO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Nossa Senhora do DomingoArmand de Zierikzee Bron de Cassel Calíope Clodulfo de Metz Dolcelinus Engelbert de Schäftlarn Eustadiola de Moyen-Moutier Fortunato de Fano Gildard de Rouen Giorgio Porta Giselberto de Cappenberg Heráclio de Sens István Sándor Jacques Berthieu John Davy John RainuzziMadalena da Conceição Maria Droste zu Vischering Mariam Thresia Chiramel Mankidiyan Maximino de Aix Medard de Noyon Melânia, a Velha Muirchu Pedro de Amer Roberto de Frassinoro Salustiano Selyf da Cornualha Sira de Troyes Victorino de Camerino Guilherme de York — Ilga de Schwarzenberg Nicola da Gesturi
todos esses memoriais em uma única página

18. Outros santos do dia 08 DE JUNHO: páginas: 148-158 – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959 – NÃO TEM LINK

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 08 de junho, ver ainda: 8 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje);

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 457-458: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google)  

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída…”

Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder
Inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração
adorável. Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra; concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração. Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las. Amém.
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!