Santas e Santos de 05 de agosto

De­di­cação da ba­sí­lica de Santa Maria (também na Folhinha do Coração de Jesus), em Roma, no monte Es­qui­lino, que o papa Sisto III ofe­receu ao povo de Deus em me­mória do Con­cílio de Éfeso, no qual a Virgem Maria foi pro­cla­mada Mãe de Deus. († c. 434). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma Dedicação da Igreja de Santa Maria Maior, quarta basílica patriarcal da Cidade Eterna, consagrada à Mãe de Deus, logo depois do Concílio de Éfeso. (R)  

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, festa de Nossa Senhora das Neves, padroeira da Arquidiocese de João Pessoa e de todo o Estado da Paraíba. Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_das_Neves .

– Também ver: https://www.google.com/search?q=Nossa+Senhora+das+Neves&oq=Nossa+Senhora+das+Neves&aqs=chrome..69i57j0l5.12446j0j8&sourceid=chrome&ie=UTF-8

– Também ver pág. 169: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

2.   Em Cha­lons-sur-Marne, na Gália Bél­gica, ac­tu­al­mente na França, São Mémio, ve­ne­rado como o pri­meiro bispo desta cidade. († s. III-IV). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. III, São Mêmio, primeiro bispo de Charlon-Sur-Marne, que plantou a semente do Evangelho naquela região. (M). Ver página 167: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

3.   Em Teano, na Cam­pânia, re­gião da Itália, São Páris, bispo, que é con­si­de­rado o pri­meiro a ocupar esta sede episcopal. († s. IV)

4.   Em Autun, na Gália Li­o­nense, hoje na França, São Cas­siano (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo. († s. IV)

5.   Em Na­zi­anzo, na Ca­pa­dócia, hoje Ne­nízi, na Tur­quia, Santa Nona, que foi es­posa do bispo São Gre­gório o Velho e mãe dos santos Gre­gório o Teó­logo, Ce­sário e Gorgónia. († 374). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Capadócia, perto de 374, Santa Nona, que convertera seu marido ao catolicismo. São Gregório Teólogo, seu filho, admirava muito sua sólida piedade e sua devoção ao domingo, dia do Senhor. (M). Ver página 168: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

6.   Em Ás­coli Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, Santo Emídio (também na Folhinha do Coração de Jesus), ce­le­brado como o pri­meiro bispo desta ci­dade e mártir. († s. IV)

7*.   Em Vi­viers, na Gália, hoje na França, São Ve­nâncio, bispo. († d. 535)

8*.   Em Trem­blevif, lo­ca­li­dade hoje cha­mada Saint-Vi­âtre, na re­gião de So­logne, na Gália, hoje também na França, São Vi­ador, eremita. († s. VI)

9.   Em Ma­ser­field, lo­ca­li­dade pos­te­ri­or­mente de­no­mi­nada Oswestry em sua honra, na re­gião de Sh­rews­bury, na In­gla­terra, Santo Os­valdo (também na Folhinha do Coração de Jesus), mártir, que, sendo rei da Nor­túm­bria e in­signe mi­litar, mas so­bre­tudo amigo da paz, di­fundiu in­can­sa­vel­mente a fé cristã neste ter­ri­tório e, no com­bate contra os pa­gãos, foi morto em ódio a Cristo. († 642). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Inglaterra, no ano da graça de 642, Santo Osvaldo, rei da Nortúmbria. Batizado no mosteiro de São Columbano, ao reconquistar seu reino, cristianizou-o, colaborando com a fundação da abadia de Lindsfarne (M). Ver páginas 162-166: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

10*.   Em Mon­te­gra­naro, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, o Beato Fran­cisco Zan­fre­díni, po­pu­lar­mente cha­mado “Cecco de Pê­saro”, da Ordem Ter­ceira de São Fran­cisco, que, do­ando todos os seus ha­veres aos po­bres, viveu du­rante quase cin­quenta anos numa er­mida, por ele edi­fi­cada, e foi para todos um exemplo de pe­ni­tência, oração e boas obras. († c. 1350)

11.   Em San Se­ve­rino, também no Pi­ceno, Santa Mar­ga­rida, viúva. († c. 1395)

12*.   Num barco an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Pedro Miguel Noël, pres­bí­tero de Ruão e mártir, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, foi apri­si­o­nado na ga­lera em con­di­ções de­su­manas por causa do seu sa­cer­dócio e, con­ta­mi­nado por uma en­fer­mi­dade, con­sumou o martírio.

(† 1794)

13♦.   Em Más Llanes, na Ca­ta­lunha, re­gião da Es­panha, o Beato Ed­mundo Ângelo (Pedro Masó Lla­gos­tera), re­li­gioso da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e mártir, que pelo mar­tírio se tornou par­ti­ci­pante na vi­tória de Cristo. († 1936)

14♦.   Em Ma­drid, na Es­panha, os be­atos már­tires Ma­xi­mino Fer­nández Marinas, Vítor Garcia Ceballos e Ma­nuel Mo­reno Martínez, pres­bí­teros, e Edu­ardo Gon­zález Santo Domingo, re­li­gioso, todos da Ordem dos Pre­ga­dores e már­tires, que, na mesma per­se­guição, me­re­ceram re­ceber a su­blime palma do martírio. († 1936)

15♦.   Em Fu­ente la Hi­guera, na Ca­ta­lunha, também na Es­panha, os be­atos Ga­vino Olaso Zabala, pres­bí­tero da Ordem de Santo Agos­tinho e com­pa­nheiros, már­tires, que, opri­midos pela vi­o­lência dos ini­migos da Igreja, foram ao en­contro do Senhor. São estes os seus nomes: Emílio Ca­mino Noval, Anas­tásio Díez Garcia, Ân­gelo Pérez Santos, Ci­priano Polo Garcia, Fi­lipe Barba Cha­morro, Vítor Gai­tero Gon­zález, pres­bí­teros da Ordem de Santo Agos­tinho; e Lu­ciano Ramos Vil­la­fruela, Luís Blanco Ál­varez e Ubaldo Re­villa Ro­drí­guez, re­li­gi­osos da mesma Ordem. († 1936)

16. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no Egito, o martírio dos irmãos Santos Cantídio e Cantidiano, apedrejados por causa de sua fé; e São Sobel, trespassado por uma flecha. (M)

17. Santa Afra e seus companheiros. Ver páginas 156-161: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

18. Outros santos do dia 05 de agosto: págs. 156-170, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi publicado.

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3.VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4.Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5.Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6.Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.