Santas e Santos de 06 de agosto

Festa da Trans­fi­gu­ração do Senhor (também na Folhinha do Coração de Jesus), na qual Jesus Cristo, Filho Uni­gé­nito, em quem o Eterno Pai pôs toda a sua com­pla­cência, di­ante dos após­tolos Pedro, Tiago e João, com o tes­te­munho da lei e dos pro­fetas, ma­ni­festou a sua glória, para sig­ni­ficar que a nossa hu­milde con­dição de servos por Ele as­su­mida foi pela graça glo­ri­o­sa­mente re­no­vada, e pro­clamar até aos con­fins da terra que a imagem de Deus, plas­mada no homem criado, em­bora cor­rom­pida em Adão, foi res­tau­rada em Cristo. Ver páginas 419-422: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%207.pdf

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Transfiguração_de_Jesus

2.   Em Roma, junto à Via Ápia, no ce­mi­tério de Ca­listo, a paixão de São Sisto II, papa, e seus com­pa­nheiros (dia 07 de agosto, também na Folhinha do Coração de Jesus), cuja me­mória se ce­lebra amanhã. († 258). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, de 07 de agosto, em 258, São Xisto II, papa, vítima do segundo edito do imperador Valeriano contra os cristãos. Segundo um testemunho de seu tempo, foi preso enquanto celebrava a liturgia juntamente com quatro diáconos, no cemitério de Calixto, em Roma. (R). Ver, no VIDAS DOS SANTOS, São Sixto, Papa Santos Felicíssimo, Agapito e Companheiros: quatro Diáconos, Janeiro, Magno, Vicente e Estêvão e outros dois, Felicíssimo e Agapito. Um Sétimo, Lourenço, foi morto alguns dias depois. Ver páginas 187-189: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

3.   Em Al­calá de He­nares, na His­pânia Car­ta­gi­nense, hoje na Es­panha, os santos ir­mãos Justo e Pastor, már­tires, que, ainda cri­anças, dei­xando na es­cola as ta­belas de es­cri­tura, cor­reram es­pon­ta­ne­a­mente ao en­contro do mar­tírio, onde o go­ver­nador or­denou que fossem presos e fus­ti­gados; e en­co­ra­jando-se um ao outro com re­cí­procas exor­ta­ções, foram de­go­lados com a es­pada, dando a vida por Cristo. († 304). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Espanha, no ano da graça de 304, a paixão dos Santos Justo e Pastor, patronos celestes de Alcalá e Madrid e titulares da catedral de Norbonne. Estes dois jovens foram torturados sem julgamento, por causa de sua fé. (M). Ver página 190: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

4.   Em Roma, junto de São Pedro, o se­pul­ta­mento de Santo Hor­misdas (também na Folhinha do Coração de Jesus, Hormidas), papa, que, como bom pro­motor da paz, con­se­guiu que no Ori­ente fosse re­sol­vido o cisma de Acácio e no Oci­dente fossem res­pei­tados pelos novos povos os di­reitos da Igreja. († 523). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no ano do Senhor de 523, Santo Hormisdas, papa, que teve a alegria de recuperar o imperador bizantino para a doutrina ortodoxa do Concílio de Calcedônia. (M). Ver páginas 171-186: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

5*.   Em Sa­vona, na Li­gúria, re­gião da Itália, o Beato Oc­ta­viano, bispo e irmão do papa Ca­listo II, que, tanto no claustro como na cá­tedra epis­copal, res­plan­deceu no ser­viço de Deus e dos irmãos. († 1132)

6*.   No ter­ri­tório do Lu­xem­burgo, o Beato Ge­ce­lino, ere­mita, que viveu num bosque, sem tecto nem roupa, con­fiado em Deus que faz cair a neve como lã. († c. 1138)

7.   Em Bo­lonha, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, o dia natal (aniversário da morte) de São Do­mingos de Gusmão, pres­bí­tero, cuja me­mória se ce­lebra no dia oito deste mês. († 1221). No Martirológio Romano-Monástico, de 08 de agosto, memória de São Domingos de Gusmão, sacerdote, morto em Bolonha no dia 06 de agosto de 1221. Originário da Província de Burgos, na Espanha, tomou aos vinte e oito anos o hábito dos cônegos regulares de Osma. Após ter esta estabelecido um convento de religiosas em Prouille, perto de Toulouse, fundou nesta cidade a Ordem Mendicante dos Frades Pregadores, para a difusão, através da pregação, da verdade contemplada e aprofundada pelos estudos Teológicos. (R). Conforme o Martirológio Romano e o Martirológio Romano Italiano de 08 de agosto, memória de São Domingos de Gusmão, presbítero, cónego de Osma, cidade da província de Sória, na Espanha, que humildemente se dedicou ao ministério da pregação nas regiões perturbadas pela heresia dos Albigenses e viveu voluntariamente nas privações da pobreza, falando sempre com Deus ou de Deus. Desejoso de encontrar uma nova forma de propagar a fé, fundou a Ordem dos Pregadores, para renovar na Igreja a forma de vida apostólica, mandando aos seus irmãos que se dedicassem ao serviço do próximo com a oração, o estudo e o ministério da palavra. Morreu em Bolonha, cidade da Itália, no dia seis de Agosto. Ver VIDAS DOS SANTOS: págs. 94-123: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver também, a prática e a instituição do Santo Rosário por São Domingos, às páginas 109-123: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver ainda “Palavras de João Paulo II sobre o Rosário”: https://www.acidigital.com/rosario/papa.htm                                                                               e ainda “O Rosário do Papa João Paulo II incluindo os mistérios luminosos”:  http://www.derradeirasgracas.com/2.%20Segunda%20P%C3%A1gina/As%20Devo%C3%A7%C3%B5es/3.%20ORA%C3%87%C3%95ES%20GERAIS/O%20Ros%C3%A1rio%20do%20papa%20Jo%C3%A3o%20Paulo%20II.htm

– e mais, a CARTA APOSTÓLICA ROSARIUM VIRGINIS MARIAE”: http://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/apost_letters/2002/documents/hf_jp-ii_apl_20021016_rosarium-virginis-mariae.html

OBSERVAÇÃO: SÃO JOÃO PAULO II ERA DOMINICANO.

8*.   Em Mon­te­videu, no Uru­guai, a Beata Maria Fran­cisca de Jesus (Ana Maria Ru­batto), virgem, que, em Loano, ci­dade pró­xima de Sa­vona, na Itália, fundou o Ins­ti­tuto das Irmãs Ter­ciá­rias Ca­pu­chi­nhas e, par­tindo para a Amé­rica La­tina, se de­dicou to­tal­mente ao ser­viço dos pobres. († 1904)

9*.   Perto de Gandia, no ter­ri­tório de Va­lença, na Es­panha, o Beato Carlos López Vidal, mártir, que, du­rante a per­se­guição contra a fé, al­cançou a glória celeste. († 1936)

10♦.   Em Roda-Holot, na Ca­ta­lunha, também na Es­panha, o Beato Adolfo Jaime (An­tónio Serra Hortal), re­li­gioso da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e mártir, que, no tempo da per­se­guição, me­receu passar à fe­li­ci­dade eterna. († 1936)

11♦.   Em Ta­la­vera de la Reina, pró­ximo de To­ledo, também na Es­panha, o Beato Sa­tur­nino Or­tega Montealegre, pres­bí­tero da di­o­cese de To­ledo e mártir, que, du­rante a mesma per­se­guição contra a fé cristã, der­ramou o seu sangue por Cristo. († 1936)

12*.   Perto de Mu­nique, ci­dade da Ba­viera, na Ale­manha, o Beato Tadeu Dulny, mártir, que, du­rante a ocu­pação mi­litar da Po­lónia, por causa da sua fé em Cristo foi de­por­tado para o campo de con­cen­tração de Da­chau e, de­pois de ter­rí­veis su­plí­cios, partiu deste mundo para a glória celeste. († 1942)

13. Na Folhinha do Coração de Jesus, Santo Estêvão, abade. Ver no VIDAS DOS SANTOS “Os mártires de São Pedro de Cardenha (Duzentos)”, mais Santo Estêvão. Ver página 193: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

14. Na Folhinha do Coração de Jesus, São Tiago, eremita.

15. Outros santos do dia 06 de agosto: págs. 171-192 (falta essa página no link), em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi publicado.

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3.VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4.Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5.Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6.Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.