Santas e Santos de 12 de novembro

Me­mória de São Jo­safat , também na Folhinha do Coração de Jesus (João Kun­cewicz), bispo de Po­lotsk e mártir, que in­citou com in­ces­sante zelo o seu povo à uni­dade ca­tó­lica, cul­tivou com pi­e­doso amor o rito bi­zan­tino-es­lavo e, em Wi­tebsk, na Bi­e­lo­rússia, então sob a ju­ris­dição da Po­lónia, cru­el­mente per­se­guido por uma mul­tidão ini­miga, morreu pela uni­dade da Igreja e de­fesa da ver­dade católica. († 1623). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Vitebsk, na Rússia Branca, em 1623, o martírio de São Josafá. Nascido na ortodoxia, converteu-se à Igreja Rutena Unificada. Primeiro noviço do mosteiro basiliano da Santíssima Trindade de Vilna, na Lituânia, foi ali higúmeno e arquimandrita. Eleito arcebispo de Polosk, trabalhou sem descanso pela união das Igrejas, mas pagou com a própria vida a sua adesão à fé romana. (R)

2.   Em An­cira, na Ga­lácia, hoje An­cara, na Tur­quia, São Nilo, abade, que, con­si­de­rado dis­cí­pulo de São João Cri­sós­tomo, di­rigiu muito tempo um mos­teiro e di­fundiu nos seus es­critos a dou­trina ascética. († c. 430). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 430, São Nilo, discípulo de São João Crisóstomo e fundador de um novo centro de oração na Galácia. (M)

3.   Em Mull, ilha da Es­cócia, São Ma­cário, bispo, oriundo da Ir­landa, que é con­si­de­rado dis­cí­pulo de São Co­lumba e fun­dador desta Igreja. († s. VI in.)

4*.   Em Vi­enne, na Bor­gonha, ac­tu­al­mente na França, Santo He­sí­quio, bispo, que foi pro­mo­vido da dig­ni­dade se­na­to­rial à dig­ni­dade epis­copal. Foram seus fi­lhos, nas­cidos an­te­ri­or­mente, Santo Apo­li­nário, bispo da Igreja de Va­lence, e Santo Avito, que lhe su­cedeu na sede de Vienne. († d. 552)

5.   Nos montes da re­gião de Co­golla, perto de Berceo, na ac­tual Es­panha, Santo Emi­liano, pres­bí­tero, que, de­pois de muitos anos de vida ere­mí­tica e algum tempo de mi­nis­tério cle­rical, abraçou a vida mo­nás­tica e se tornou cé­lebre pela sua ge­ne­ro­si­dade para com os po­bres e pelo dom da profecia. († 574). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 574, a volta para Deus de Santo Emiliano, monge ibérico. Um mosteiro que tomou seu nome se desenvolveu no lugar onde o santo terminou seus dias. (M). Ver páginas 364-365: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

6.   Em Co­lónia, na Aus­trásia, ac­tu­al­mente na Ale­manha, São Cu­ni­berto (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que, de­pois das in­va­sões dos bár­baros, res­taurou na ci­dade e em toda a re­gião a vida da Igreja e a pi­e­dade dos fiéis. († 663). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 663, São Cuniberto, bispo que reorganizou a igreja de Colônia e protegeu o monaquismo. (M)

7.   Em Da­venter, na Frísia, na ac­tual Ho­landa, São Le­buíno ou Li­vino (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, que, sendo monge oriundo da In­gla­terra, se de­dicou a anun­ciar aos ha­bi­tantes desta re­gião a paz e a sal­vação de Cristo. († c. 775)

8.   Em Ka­si­mierz, junto ao rio Warta, na Po­lónia, os santos Bento, João, Ma­teus e Isaac, már­tires, que, en­vi­ados a pro­pagar a fé na­quela re­gião da Po­lónia, foram de­go­lados de noite por al­guns la­drões. Com eles se co­me­mora também Cris­tiano, seu servo, que foi en­for­cado no te­lhado de uma capela. († 1003). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Polônia, em 1003, o martírio de cinco monges camaldulenses: Bento, João, Isaac, Mateus e Cristiano, todos mortos quando celebravam o Ofício Divino. (M)

9*.   Em Pisa, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, o Beato João Cíni, ape­li­dado «da Paz», que passou do ser­viço mi­litar ao ser­viço di­vino na Ordem Ter­ceira de São Francisco. († c. 1335)

10.   Em Al­calá de He­nares, na Es­panha, São Diogo, re­li­gioso da Ordem dos Me­nores, que, tanto nas ilhas Ca­ná­rias como no ce­nóbio de Santa Maria de Ara Caéli, em Roma, se dis­tin­guiu pela sua hu­mil­dade e ca­ri­dade no cui­dado dos enfermos. († 1463)

11.   Em Tu­liman, ci­dade do Mé­xico, São Mar­ga­rido Flores, pres­bí­tero e mártir, que, na grande per­se­guição contra a Igreja, por ser sa­cer­dote foi preso e fu­zi­lado, co­ro­ando assim a vida com um nobre martírio. († 1927)

12*.   Em Al­cúdia de Carlet, lo­ca­li­dade da pro­víncia de Va­lência, na Es­panha, o Beato José Medes Ferrís, mártir, a quem, du­rante a per­se­guição contra a fé cristã, pela sua in­tré­pida fi­de­li­dade, o Se­nhor con­cedeu a re­com­pensa eterna. († 1936)

13. São Paterno, monge e mártir. Ver página 366: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

14. Outros santos do dia 12 de novembro: págs. 343-368: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XVII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre o dia 12 de novembro, ver ainda: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/12_de_novembro

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.