Santas e Santos de 07 de agosto

1. Me­mória dos santos Sisto II (também na Folhinha do Coração de Jesus de 07 de agosto), papa, e companheiros, már­tires. O papa São Sisto, quando ce­le­brava os santos mis­té­rios e en­si­nava aos ir­mãos os man­da­mentos ce­lestes, por força do edito do im­pe­rador Va­le­riano foi ines­pe­ra­da­mente preso pelos sol­dados e de­go­lado no dia seis de Agosto; com ele so­freram o mar­tírio quatro diá­conos, que foram se­pul­tados com o pon­tí­fice em Roma, no ce­mi­tério de Ca­listo, junto à Via Ápia. No mesmo dia também os santos Aga­pito e Fe­li­cís­simo, seus diá­conos, pa­de­ceram o mar­tírio no ce­mi­tério de Pre­tex­tato, onde também foram se­pul­tados. († 258).

– Anotação de 06 de agosto: Em Roma, junto à Via Ápia, no ce­mi­tério de Ca­listo, a paixão de São Sisto II, papa, e seus com­pa­nheiros (dia 07 de agosto, também na Folhinha do Coração de Jesus), cuja me­mória se ce­lebra amanhã. († 258).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, de 07 de agosto, em 258, São Xisto II, papa, vítima do segundo edito do imperador Valeriano contra os cristãos. Segundo um testemunho de seu tempo, foi preso enquanto celebrava a liturgia juntamente com quatro diáconos, no cemitério de Calixto, em Roma. (R).

– Ver, no VIDAS DOS SANTOS, São Sixto, Papa Santos Felicíssimo, Agapito e Companheiros: quatro Diáconos, Janeiro, Magno, Vicente e Estêvão e outros dois, Felicíssimo e Agapito. Um sétimo, Lourenço, foi morto alguns dias depois. Ver páginas 187-189: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “… Papa Sisto II (em latimSistus) foi o vigésimo quarto Papa, de 31 de Agosto de 257 até 6 de Agosto de 258. Ele morreu como mártir, durante a perseguição do imperador Valeriano.[1]

Sisto II procurou unir a igreja cristã em torno dos sacramentos e da palavra de Deus. Perdoou os delatores, fortaleceu o espírito dos condenados pelo “crime capital de professar a fé em Jesus Cristo”. Reatou as relações com os bispos africanos e da Ásia Menor, interrompidas pela controvérsia sobre o batismo dos hereges. Efetuou o translado dos restos de São Pedro e São Paulo.

Teria sido Sisto o primeiro papa a enviar um missionário para a evangelização da Gália, o bispo São Peregrino”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Sisto_II

2. São Ca­e­tano de Thiene (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, que em Ná­poles, na Cam­pânia, re­gião da Itália, se de­dicou pi­e­do­sa­mente a obras de ca­ri­dade, es­pe­ci­al­mente em favor dos en­fermos in­cu­rá­veis, pro­moveu as­so­ci­a­ções para a for­mação re­li­giosa dos leigos e ins­ti­tuiu os Clé­rigos Re­grantes para a re­no­vação da Igreja, re­co­men­dando aos seus dis­cí­pulos a norma de imitar a pri­mi­tiva vida apostólica. († 1547).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Nápoles, no ano de 1547, a volta para Deus de São Caetano de Thiene, sacerdote. Fundou, junto com João Pedro Caraffa, o futuro Papa Paulo IV, uma congregação de clérigos regulares conhecidos como Teatinos, chamados a viver na comunhão fraterna e no ministério apostólico. Contribuiu assim com o recrudescimento católico italiano do século XVI. (R).

– Ver páginas 192/3-205 (Obs. Faltam as páginas 192/193): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver  “… Caetano de Thiene (em italianoGaetano di ThieneVicenzaoutubro de 1480 — Nápoles7 de agosto de 1547) foi um sacerdote católico italiano, beatificado em 8 de outubro de 1629 pelo papa Urbano VIII canonizado em 1671 pelo papa Clemente X. Ele fundou em Roma a congregação de clérigos regulares chamados Teatinos.[1] É conhecido como Santo da Providência, Patrono do pão e do trabalho. É padroeiro dos gestores administrativos, assim como das pessoas que buscam trabalho e dos desempregados. A festa de São Caetano é celebrada pelos católicos no dia 7 de agosto…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Caetano_de_Thiene

3.   Em Augs­burgo, na Récia, ac­tu­al­mente na Ale­manha, Santa Afra, mártir, que, con­ver­tida de uma vida de pe­cado à fé cristã, se­gundo se narra, ainda não bap­ti­zada foi lan­çada ao fogo por dar tes­te­munho de Cristo. († 304).

– Ver dia 05 de agosto: Santa Afra e seus companheiros. Ver páginas 156-161: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

4.   Em Arezzo, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, São Do­nato, o se­gundo bispo desta sede, do qual o papa São Gre­gório Magno louva a vir­tude e a efi­cácia da oração. († s. IV)

5.   Em Cha­lons, na Gália Bél­gica, hoje na França, São Do­na­ciano, bispo. († s. IV)

6.   Em Ruão, também na Gália Bél­gica, hoje na França, São Vi­trício (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo, que, ainda sol­dado, por ter dei­xado o exér­cito no tempo do im­pe­rador Ju­liano para se­guir a Cristo, foi sub­me­tido pelo tri­buno a muitas tor­turas e con­de­nado à morte; mas, al­can­çando a li­ber­dade, de­pois de ter sido con­sa­grado bispo, con­duziu à fé cristã as fo­gosas po­pu­la­ções dos Mo­rinos e dos Nér­vios, na Gália Setentrional. († c. 410).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. V, São Vitrício, amigo de São Martinho. Missionário nas regiões de Artois e de Flandres, organizou as primeiras paróquias rurais da diocese de Rouen, da qual foi bispo. (M)

7*.   Em Be­sançon, na Bor­gonha, também na ac­tual França, São Do­nato, bispo, que compôs uma Regra para as Vir­gens se­gundo os en­si­na­mentos dos santos Bento, Co­lum­bano e Cesário. († d. 658)

8*.   No ter­ri­tório da Ve­nécia, hoje na re­gião do Vé­neto, na Itália, o Beato Jordão Forsaté, abade, que fundou mos­teiros em Pádua e, não tendo po­dido, apesar de todos os es­forços, evitar a ruína da sua pá­tria, foi para o exílio onde viveu de modo ir­re­pre­en­sível e, dei­xando ad­mi­rável exemplo de vir­tude con­su­mada e de sa­be­doria, ador­meceu pi­e­do­sa­mente no Senhor. († c. 1248)

9*.   Em Mes­sina, na Si­cília, re­gião da Itália, Santo Al­berto dégli Abbáti, pres­bí­tero da Ordem dos Car­me­litas, que pela sua pre­gação con­verteu muitos ju­deus a Cristo e, du­rante o cerco da ci­dade, foi in­ter­me­diário providente. († c. 1306/1307).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Sicília, no ano do Senhor de 1306, Santo Alberto, sacerdote carmelita, que por sua palavra e por seus milagres operou inúmeras conversões, sobretudo entre os judeus. (M).

– Ver “… Santo Alberto da Sicília ou Santo Alberto de Trapani foi um religioso carmelita católico italiano.

Nasceu em Trapani e cedo entrou num convento carmelita da sua terra natal. Em 1280 foi eleito provincial dos carmelitas da Trapani. Mais tarde (1287), foi transferido para Messina. Em 1296 foi eleito provincial dos carmelitas da Sicília. Morreu em 1307.

Distinguiu-se como pregador mendicante e pelo seu amor à oração. No século XVI estabeleceu-se que em todas as igreja da Ordem do Carmo deveria ter um altar a ele dedicado…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Alberto_da_Sic%C3%ADlia

10*.   Em Sas­so­fer­rato, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, também re­gião da Itália, o Beato Al­berto, monge da Ordem dos Ca­mal­du­lenses, in­signe pela sua vida aus­tera e pela fiel ob­ser­vância da Regra. († 1350)

11*.   Em L’Áquila, no ter­ri­tório dos Ves­tinos, também na ho­di­erna Itália, o Beato Vi­cente, re­li­gioso da Ordem dos Me­nores, ilustre pela sua hu­mil­dade e es­pí­rito de profecia. († 1504)

12*.   Em Gondar, na Etiópia, os be­atos Aga­tân­gelo de Vendôme (Fran­cisco Nourry) e Cas­siano de Nantes (Gon­çalo Vaz Lopes-Neto de Nantes), pres­bí­teros da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos e már­tires, que, na Síria, Egipto e Etiópia pro­cu­raram re­con­ci­liar os cris­tãos se­pa­rados com a Igreja ca­tó­lica; mas, por ordem do rei da Etiópia, foram sus­pensos das ár­vores com os seus pró­prios cor­dões fran­cis­canos e fi­nal­mente ape­dre­jados até à morte. († 1638)

13*.   Em Len­castre, na In­gla­terra, os be­atos Mar­tinho de São Félix (João Wo­od­cock), da Ordem dos Frades Me­nores, Edu­ardo Bamber e Tomás Whi­taker, pres­bí­teros e már­tires, que, por serem sa­cer­dotes e en­trarem nos do­mí­nios do rei Carlos I, so­freram o su­plício da forca. († 1646)

14*.   Em York, também na In­gla­terra, o Beato Ni­colau Post­gate, pres­bí­tero e mártir, que, no rei­nado de Carlos II, que por ser sa­cer­dote e ter exer­ci­tado clan­des­ti­na­mente o seu mi­nis­tério entre os po­bres du­rante cerca de cin­quenta anos, foi sus­penso no patíbulo. († 1679)

15*.   Em Gorka Du­chowna, ci­dade pró­xima de Poznam, na Po­lónia, o Beato Ed­mundo Bo­ja­nowski, que se de­dicou ar­do­ro­sa­mente à ins­trução dos po­bres e po­pu­la­ções ru­rais se­gundo os pre­ceitos do Evan­gelho e fundou a Con­gre­gação das Es­cravas do Ima­cu­lado Co­ração da Mãe de Deus. († 1871)

16.   Em Co­lima, no Mé­xico, São Mi­guel de la Mora, pres­bí­tero e mártir, que, du­rante a per­se­guição contra a Igreja, por ser sa­cer­dote foi co­roado com o martírio. († 1927)

17♦.   Em Los Yé­banes, pró­ximo de To­ledo, na Es­panha, os be­atos Te­o­dósio Rafael (Di­o­doro López Her­nando), Carlos Jorge (Dal­mácio Bel­lota Pérez) e Eus­tá­quio Luís (Luís Vil­la­nueva Mon­toya), re­li­gi­osos da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e már­tires, que, du­rante a per­se­guição contra a Igreja, re­ce­beram dos ho­mens a morte, mas de Deus a vida eterna. († 1936)

18. Santo Hiperéquio, monge. Ver páginas 206-207: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

– Ver “…St. Hyperechios um “Pai do Deserto”. Eremita egípcio, chamado de “Pai do Deserto”. Uma coleção de seus ditados está em uso…https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust07.html

19. São Domécio, da Pérsia.Ver “… Domécio da Pérsia (em latimDomitius) foi um mártir e santo cristão. De acordo com a tradição, foi apedrejado durante o reinado do imperador romano Juliano, o Apóstata, com dois companheiros[2] em NísibisMesopotâmia.[2]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dom%C3%A9cio_da_P%C3%A9rsia

20. Outros santos do dia 07 de agosto, páginas: 192-209 (faltam páginas 192-193 no link): http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2014.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 07 de agosto, ver ainda: 7 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA:

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi eCaterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS  613-616: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livrariaon line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust07.html

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Virgem Maria, socorra-nos, proteja-nos

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! Obrigado! Amém!

PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA PARA LUTAR COM ENTUSIASMO

E FORÇA DE VONTADE,

POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO,

MESMO EM SITUAÇÕES DIFÍCEIS E ESPINHOSAS,

PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ

DE BONS COSTUMES E SANTIDADE!

LIVRA-NOS DA CERVIZ DURA E DO CORAÇÃO EMPEDERNIDO!

EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!

AMÉM!

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DESANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio,lembrado em 10 de fevereiro)

“Ó meu Deus, “sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

“Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo,na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

“Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

“…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

* Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!

* PAI, ABRACE-NOS! JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS UNA!

MÃEZINHA MARIA, VELE POR NÓS!

EM NOME DE JESUS, PAI! AMÉM!

* Ver o blog https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.