Santas e Santos de 18 de agosto

1.   Em Pa­les­trina, no Lácio, re­gião da Itália, Santo Aga­pito, mártir. († data inc.).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Preneste, cidade a leste de Roma, o martírio de Santo Agapito. Seu culto aparece em sacramentário muito antigos. Uma basílica foi elevada sobre seu túmulo no séc. IV. (M).

– Ver “…Agápito ou Agapito (em italianoAgapito; em latimAgapitus) é um mártir cristão venerado como santo morto em 18 de agosto, provavelmente em 274[2], uma data que as edições mais recentes do Martirológio Romano afirmam que é incerta[3].

De acordo com sua lenda, Agápito, com apenas 15 anos de idade, que pode ter sido um membro da família nobre dos Anícios de Palestrina[2] foi condenado à morte por ordem do prefeito Antíoco e do imperador Aureliano por ser cristão[2]. Foi atirado às bestas na arena de Palestrina. Quando elas se recusaram a atacá-lo, Agápito foi decapitado”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ag%C3%A1pito_de_Palestrina

2.   Em Útica, na África Pro­con­sular, ac­tu­al­mente na Tu­nísia, os santos már­tires da “Massa Cândida”, que, mais nu­me­rosos que os peixes re­co­lhidos na rede pelos Após­tolos, se­guindo fi­el­mente o seu bispo Qua­drato, pro­fes­saram una­ni­me­mente a fé em Cristo Filho de Deus e por Ele acei­taram ge­ne­ro­sa­mente o martírio. († s. III-IV)

3.   Em Mira, na Lícia, ac­tu­al­mente na Tur­quia, São Leão, mártir. († s. III-IV)

4. Em Roma, junto à Via La­bi­cana, Santa He­lena ou Elena (também na Folhinha do Coração de Jesus), mãe do im­pe­rador Cons­tan­tino, que se em­pe­nhou ge­ne­ro­sa­mente em ajudar os po­bres e fre­quen­tava a igreja ano­ni­ma­mente in­te­grada na mul­tidão dos fiéis; fez a pe­re­gri­nação a Je­ru­salém, para en­con­trar os lu­gares do Nas­ci­mento, Paixão e Res­sur­reição de Cristo e honrou com ve­ne­rá­veis ba­sí­licas o pre­sépio e a cruz do Senhor. († c. 329).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 330, Santa Helena, mãe de Constantino. Convertida ao cristianismo juntamente com seu filho, que foi o primeiro imperador romano cristão, fez uma peregrinação à Terra Santa e teve a alegria de descobrir e venerar as preciosas relíquias da Cruz do Salvador, em cujo local mandou construir uma basílica. (M).

– Ver páginas 33-38: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver “Flávia Júlia Helena (em latimFlavia Iulia Helena; Drepanon, 250 – Constantinopla330), também conhecida como Santa HelenaHelena Augusta, e Helena de Constantinopla , foi a primeira mulher de Constâncio Cloro, e mãe do imperador romano Constantino.[1] Como nunca recebeu o título oficial de ‘Imperatriz de Roma’ como esposa do imperador, a maior parte dos historiadores defende que Helena nunca foi casada oficialmente com Constâncio, tendo sua união recebido apenas um reconhecimento superficial. De acordo com a tradição cristã, teria sido ela quem descobriu o local de crucificação de Jesus Cristo, tendo sido lá erguida a Basílica do Santo Sepulcro.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Helena_de_Constantinopla

5.   Em Metz, na Gália Bél­gica, ac­tu­al­mente na França, São Fir­mino (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo. († s. IV).

6*.   Em Arles, na Pro­vença, também na ac­tual França, Santo Eónio, bispo, que de­fendeu dos erros de Pe­lágio a sua Igreja e re­co­mendou ao seu povo como su­cessor São Ce­sário, que ele tinha or­de­nado presbítero. († 502)

7.   Na Bi­tínia, na ac­tual Tur­quia, o pas­sa­mento de São Ma­cário, he­gú­meno do mos­teiro de Pe­le­cete, que, no tempo do im­pe­rador Leão V, su­portou muitas tri­bu­la­ções pela de­fesa das sa­gradas imagens. († 850)

8*.   No mos­teiro de Cava de’ Tir­réni, na Cam­pânia, re­gião da Itália, o Beato Le­o­nardo, abade, ex­tra­or­di­nário homem de paz. († 1255)

9*.   Em Ra­vena, na Fla­mínia, hoje na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, o Beato Rei­naldo de Concorezzo, bispo, ilustre pelo seu zelo, pru­dência e caridade. († 1321)

10*.   Em Mântua, na Lom­bardia, também re­gião da Itália, a Beata Paula Montáldi, virgem, aba­dessa da Ordem das Cla­rissas, cé­lebre pela sua de­voção à Paixão do Se­nhor, as­si­dui­dade na oração e aus­te­ri­dade de vida. († 1514)

11*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato An­tónio Banassat, pres­bí­tero e mártir, um pá­roco que, du­rante a per­se­guição da Re­vo­lução Fran­cesa, foi preso em ódio à fé cristã e morreu de fome e inanição. († 1794)

12*.   Em Val­de­moro, perto de Ma­drid, na Es­panha, o Beato Fran­cisco Árias Martin, pres­bí­tero e mártir, um no­viço da Ordem de São João de Deus, que, du­rante a per­se­guição re­li­giosa, em breve tempo con­sumou o ca­minho da perfeição. († 1936)

13*.   Em Bar­bastro, perto de Hu­esca, também na Es­panha, os be­atos Jaime Fal­ga­rona Vi­la­nova e Ata­násio Vi­daur­reta Labra, re­li­gi­osos da Con­gre­gação dos Mis­si­o­ná­rios Fi­lhos do Ima­cu­lado Co­ração de Maria e már­tires na mesma perseguição. († 1936)

14*.   Em Alcañiz, lo­ca­li­dade da pro­víncia de Te­ruel, também na Es­panha, o Beato Mar­tinho Mar­tínez Pascual, pres­bí­tero e mártir, agre­gado à Ir­man­dade dos Sa­cer­dotes Ope­rá­rios Di­o­ce­sanos, que na mesma per­se­guição e no mesmo dia, re­cebeu a coroa de glória. († 1936)

15*.   Em Ra­fel­bunyol, lo­ca­li­dade da pro­víncia de Va­lência, também na Es­panha, o Beato Vi­cente Maria Iz­qui­erdo Alcón, pres­bí­tero e mártir, morto em ódio à fé cristã na mesma perseguição. († 1936)

16♦.   Em Val­depeñas, lo­ca­li­dade da pro­víncia de Ciudad Real, também na Es­panha, os be­atos már­tires Félix Gon­zález Bustos, Pedro Bui­trago Mo­rales e Justo Aré­valo y Mora, pres­bí­teros da di­o­cese de Ciudad Real, e cinco religiosos da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs, que na mesma per­se­guição e no mesmo dia, re­ce­beram a coroa de glória. Estes são os seus nomes: Aga­pito Leão (Re­mígio Ân­gelo Ol­lala Aldea), Dâ­maso Luís (An­to­lino Mar­tínez Mar­tínez), Jo­safat Roque (Ur­bano Corral Gon­zález), Júlio Afonso (Va­le­riano Ruiz Peral), La­dislau Luís (Isidro Muñoz An­tolin), re­li­gi­osos da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs. († 1936)

17♦.   Em La Te­jera, perto de Tineo, nas As­tú­rias, também na Es­panha, os be­atos Ce­les­tino José Alonso Villar, Gre­gório Díez Pérez e Tiago Franco Mayo, pres­bí­teros, e Abílio Sáiz López, re­li­gioso, todos da Ordem dos Pre­ga­dores e már­tires, que, opri­midos pela vi­o­lência dos ini­migos da Igreja, foram ao en­contro do Senhor. († 1936)

18♦.   Em Seo de Urgel, ci­dade da Ca­ta­lunha, também na Es­panha, o Beato Jacob Samuel (José Hen­rique Cha­mayou Oulés), re­li­gioso da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e mártir, que pelo mar­tírio na mesma per­se­guição se tornou par­ti­ci­pante na vi­tória de Cristo. († 1936)

19♦.   Em San Boy de Llu­sanés, perto de Bar­ce­lona, também na Es­panha, os be­atos Ho­no­rato Alfredo (Agos­tinho Pedro Calvo), e Ole­gário Ângelo (Eu­daldo Rodas Más), re­li­gi­osos da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e már­tires, que, na mesma per­se­guição, der­ra­maram o seu sangue por Cristo. († 1936)

20♦.   Em Tor­rijos, perto de To­ledo, também na Es­panha, o Beato Li­bério Gon­zález Nombela, pres­bí­tero da di­o­cese de To­ledo e mártir, que, du­rante a mesma per­se­guição contra a fé, ter­minou a sua vida se­guindo a Cristo até à morte. († 1936)

21*.   Em San­tiago do Chile, Santo Al­berto Hur­tado Cruchaga, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus, que fundou uma obra para que os po­bres sem tecto e os va­ga­bundos, so­bre­tudo as cri­anças, pu­dessem en­con­trar uma ver­da­deira e fa­mi­liar habitação. († 1952).

– Ver “… São Luis Alberto Hurtado Cruchaga, S.J. (Viña del Mar22 de janeiro de 1901 — Santiago do Chile18 de agosto de 1952), conhecido como Padre Hurtado, foi um sacerdote jesuíta chileno, fundador do Lar de Cristo… Em 18 de agosto de 1952, faleceu vítima de um câncer no pâncreas.

O Padre Hurtado foi beatificado por João Paulo II em 16 de outubro de 1994 e canonizado por Bento XVI em 23 de outubro de 2005. A ele são atribuídos dois milagres: a recuperação de María Alicia Cabezas Urrutia, vítima de morte cerebral parcial, devido a três hemorragias cerebrais e infarto cerebral, e a recuperação de Vivianne Galleguillos Fuentes, também com problemas cerebrais devido a um acidente automobilístico…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Alberto_Hurtado

– Ver “…O Hogar de Cristo /o.’ɣaɾ.ðe.’kɾis.to/ (“Lar de Cristo”, em português) é uma instituição de beneficência pública chilena, criada por um sacerdote jesuíta chamado Santo Alberto Hurtado, em 19 de outubro de 1944, quem fora declarado santo em 2005 pelo Papa Bento XVI. Atualmente, a Fundação atende mensalmente a mais de 25 mil pessoas em pobreza extrema nas mais de 500 obras que tem no país todo. O Hogar de Cristo é dirigido pelo Padre Pablo Walker e é parte das obras da Companhia de Jesus no Chile…”: Hogar de Cristo – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

22. Santo Ângelo D’Agostini (também na Folhinha do Coração de Jesus).

23. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, o martírio dois Santos Florêncio e Lauro, talhadores de pedras, perseguidos por causa de sua fé cristã. Seu culto ainda é popular na Albânia e na Rússia. (M)

24. Bem-Aventurado Aimon Taparelli, dominicano. Ver páginas 40-41: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

– Ver “…  O texto favorito de Bd Haymo era: “Servir a Deus é reinar”; ele escreveu essas palavras na parede de sua cela, e de uma forma mais simples acima da porta da igreja dos frades em Savigliano: “A salvação consiste em servir a Deus; tudo o mais é ilusão.” Sua própria longa vida foi simplesmente um comentário sobre aquele texto: todo o seu tempo ele estava servindo a Deus diretamente ou servindo ao próximo por amor a Deus; e quando o mundo estava demais com ele, ele se retirava para um tempo de contemplação ininterrupta para uma montanha perto de Saluzzo…

… Em 13 de agosto de 1495, ao recitar o ofício do dia, ele chegou às palavras: “Os santos se regozijarão na glória”, e teve a impressão de que um coro de anjos respondeu: “Eles se alegrarão em suas camas”, e imediatamente teve a premonição de que sua morte estava próxima. E assim foi. Dois dias depois, quando ele disse seu ofício e recebeu os últimos sacramentos, ele apertou um crucifixo contra o peito e morreu silenciosamente. Ele tinha cem anos. O povo imediatamente se aglomerou para venerar seu corpo, e o culto que então começou foi confirmado em 1856.”:  https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust18.html

25. Santa Clara de Montefalco. Ver página 39: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

25. Outros santos do dia 18 de agosto: págs. 33-43, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes , muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 18 de agosto, ver ainda: 18 de agosto – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA:

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIAN6 – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi eCaterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS  644-646: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livrariaon line – www.editorapermanencia.com
  6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayAugust18.html

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Virgem Maria, socorra-nos, proteja-nos

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! Obrigado! Amém!

PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA PARA LUTAR COM ENTUSIASMO

E FORÇA DE VONTADE,

POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO,

MESMO EM SITUAÇÕES DIFÍCEIS E ESPINHOSAS,

PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ

DE BONS COSTUMES E SANTIDADE!

LIVRA-NOS DA CERVIZ DURA E DO CORAÇÃO EMPEDERNIDO!

EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!

AMÉM!

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DESANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio,lembrado em 10 de fevereiro)

“Ó meu Deus, “sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

“Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo,na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

“Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

“…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

* Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!

* PAI, ABRACE-NOS! JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS UNA!

MÃEZINHA MARIA, VELE POR NÓS!

EM NOME DE JESUS, PAI! AMÉM!

* Ver o blog https://vidademartiressantasesantos.blog/E

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.