Santas e Santos de 19 de junho

1. São Ro­mu­aldo (também na Folhinha do Coração de Jesus), ana­co­reta e pai dos monges Ca­mal­du­lenses, que, ori­gi­nário de Ra­vena, as­pi­rando à vida e dis­ci­plina ere­mí­tica, per­correu a Itália du­rante vá­rios anos, edi­fi­cando pe­quenos mos­teiros e pro­mo­vendo por toda a parte com in­fa­ti­gável di­li­gência a vida evan­gé­lica dos monges, até que ter­minou pi­e­do­sa­mente os seus tra­ba­lhos no mos­teiro de Val di Castro, no Pi­ceno, ac­tual re­gião das Marcas, na Itália. († 1027).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de São Romualdo, abade, morto em Val de Castro na Itália central, no ano da graça de 1027. “Sedento do Deus vivo e presente no deserto, abandonou o mosteiro beneditino de Santo Apolinário em Classe, perto de Ravena, sua cidade natal, três anos depois de sua profissão. Suas experiências pessoais e “a inspiração do Espírito Santo que presidia o seu coração” conduziram-no a organizar em Camaldoli, na Toscana, uma nova forma de vida eremítica, que ele considerava como uma expansão da ascese cenobítica. Com São Bruno, ele é venerado como Pai dos eremitas do Ocidente. (R).

– Ver páginas 73-90: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

– Ver também “São Romualdo (956Ravena – 19 de junho de 1027Convento de Val de Castro[1][2]) foi o fundador da Ordem dos Camaldulenses e a maior figura do “Renascimento do ascetismo eremita” no século XI.[3] Descendente dos duques de Orseoli, sua família não tinha vínculos com a religião…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Romualdo_de_Ravena

2.   Em Milão, na Li­gúria, hoje na Lom­bardia, também re­gião da Itália, a co­me­mo­ração dos santos Ger­vásio (também na Folhinha do Coração de Jesus) e Pro­tásio, már­tires, cujos corpos Santo Am­brósio en­con­trou e tras­ladou neste dia com grande so­le­ni­dade para a nova ba­sí­lica por ele edificada. († trasl. 386).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Milão, a paixão dos Santos Gervásio e Protásio, martirizados por causa de sua fidelidade ao batismo. Seus corpos foram descobertos por Santo Ambrósio no dia 19 de junho de 386, e seu culto chegou à Gália, onde um grande número de igrejas lhes foi consagrado. (M).

– Ver páginas 49-52 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… A tradição conta que Gervase e seu irmão gêmeo Protase, filhos dos santos Vitalis e Valéria, sofreram decapitação por causa da fé. Dizem que Gervase foi espancado até a morte com um chicote com ponta de chumbo, e Protase foi decapitado. São considerados os primeiros mártires de Milão desde que Santo Ambrósio , guiado por uma visão, desenterrou seus restos mortais em 386 (ver Cidade de Deus de Santo Agostinho, 22). São Paulino de Nola em sua Vida de Santo Ambrósio diz que os próprios mártires apareceram a Santo Ambrósio em uma aparição…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune19.html

3*.   Nos montes Vosgos, na Bor­gonha da Aus­trásia, ac­tu­al­mente na França, São Deus­dado (ou Deodato) bispo de Ne­vers, que, se­gundo consta, fundou um mos­teiro no lugar mais tarde de­sig­nado com o seu nome. († c. 679).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 680, São Deodato, bispo de Nevers, que fundou na região dos Vosges um mosteiro sob a regra de São Columbano. Nas proximidades, foi se formando a cidade que posteriormente tomou seu nome. (X)

– Ver “SÃO DEODATO … BISPO DE NEVERS (679 dC?). CONHECIDO em sua terra natal como Dié e Didier, São Deodato era anteriormente amplamente venerado na França e nada menos que nove traduções de suas relíquias foram registradas entre 1003 e 1851. Ele se tornou bispo de Nevers cerca de 655, e em 657 participou do Sínodo de Sens, juntamente com Santo Amandus de Maestricht, Santo Eligius de Noyon, Santo Ouen de Rouen, Santo Paládio de Auxerre e Santo Faro de Meaux. Depois de ocupar a cadeira episcopal por vários anos, ele renunciou, retirando-se para os Vosges para levar uma vida solitária… Deodatus of Jointures, OSB B (AC) (também conhecido como Didier, Dié) Nasceu no oeste da França; morreu em 19 de junho, c. 680. ”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune19.html

4*.   No mos­teiro de Fé­camp, na Nêus­tria, também na ac­tual França, Santa Quil­do­marca (Ildemarca), aba­dessa, que aco­lheu be­nig­na­mente e prestou as­sis­tência a São Le­o­gário, mu­ti­lado por Ebroíno. († c. 682)

– Ver Santa Hildemarca de Fécamp

Também conhecido como

  • Childemarque
  • Childomarca
  • Hildemarque
  • Ildemarca
  • Quildomarca

Memorial

Perfil

Monja beneditina no convento de Santa Eulália em Bordeaux , França . Convidado por São Wandrille para governar o mosteiro que fundou em Fécamp. Abadessa . Ela acolheu São Leodegarius de Autun e ajudou a cuidar dele de volta à saúde após sua mutilação e exílio .

Morreu

  • c. 682 de causas naturais
  • mosteiro foi destruído por invasores normandos em 842 , e suas relíquias se dispersaram

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

5.   Em Sa­ra­goça, na His­pânia, São Lam­berto, mártir. († c. s. VIII)

– Ver São Lambert de Saragoça

Sabemos dele o que conta uma lenda baseada em tradições populares; estava a serviço de um mestre pagão que, depois de discutir com ele o Deus dos cristãos, um dia lhe ordenou, enquanto lavrava a terra, que aceitasse o culto dos ídolos sob pena de decapitação, o que ele fez quando Lambert recusou.
Reza então a lenda que Lamberto pegou-lhe na cabeça com as mãos e caminhou seguido dos bois, com quem lavrava, até à igreja de S. Encrazia indicando assim o local onde queria ser sepultado. De resto apenas suposições, como a de que morreu durante a perseguição de Diocleciano, analisando o nome poderia ter sido francês e que provavelmente sofreu o martírio na época em que Saragoça era dominada pelos muçulmanos.
Em 1389 foram redescobertos os túmulos dos 18 mártires de Saragoça chamados “Os inumeráveis” e colocados na cripta da igreja de s. Encrazia di Zaragoza e junto com eles as relíquias do titular e de S. Lamberto, o culto reacendeu-se para todos, após um longo período em que se perdeu a memória.
O papa holandês Adriano VI, de passagem por Saragoça, quis venerar as relíquias de S. Lamberto, talvez pela devoção que trouxe a S. Lamberto di Maastrich sua cidade natal; nessa ocasião, o papa tirou a mandíbula de um mártir, da qual brotou milagrosamente sangue, uma parte dela ainda está preservada em um relicário de vidro.
O próprio papa em 1522 deu permissão e apoio para que um mosteiro com seu nome fosse construído no local tradicional do martírio. Este mosteiro foi destruído em 1808 durante a guerra pela independência da Espanha contra a França.
A festa que outrora era em 19 de junho foi colocada pelo Barônio no Martirológio Romano em 16 de abril, no mesmo dia em que são comemorados os “18 mártires de Saragoça“.
O nome de origem lombarda significa “ilustre no país”.

Autor: Antonio Borelli: http://santiebeati.it/dettaglio/49650

VER 16 DE ABRIL

– Ver MÁRTIRES DE SARAGOÇA

Memorial

Artigo

Grupo de dezoito mártires assassinados em 304 em Saragoça , Espanha , nas perseguições de Diocleciano e do prefeito Dacean.

Morreu

  • sepulturas redescobertas em 1389 na cripta sob a igreja de San Encrazia em Saragoça

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

6*.   Em Cal­ta­gi­rona, na Si­cília, re­gião da Itália, a tras­la­dação do Beato Ger­lando, ca­va­leiro da Ordem de São João de Je­ru­salém, que se de­dicou com toda a di­li­gência e bon­dade ao au­xílio das viúvas e das cri­anças órfãs. († c. 1271)

– Ver Beato Gerlando d’Alemagna

As fontes mais antigas afirmam que o Beato Gerlando di Alemagna, presumivelmente de origem polonesa, foi cavaleiro da Ordem dos Hospitalários de São João de Jerusalém, posteriormente chamados de Cavaleiros de Malta. Chegado à Sicília na época do imperador Frederico II Barbarossa, radicou-se na igreja da Madonna del Tempio, a poucos quilômetros de Caltagirone, da qual se tornou guardião, atividade de acordo com sua Ordem à qual pertence. Com amor, tornou-se o protetor das viúvas e dos órfãos, e ao mesmo tempo se engajou em duras práticas de penitência.
Ele morreu por volta do ano de 1279 e foi enterrado em sua pequena igreja. Imediatamente nasceu um culto popular ao santo cavaleiro, então cerca de cinquenta anos depois, em 19 de junho de 1327, seus restos mortais foram transferidos para a basílica de San Giacomo Maggiore em Caltagirone. Seu crânio ainda hoje está preservado aqui em uma caixa de prata, que é exibida para veneração pública em várias ocasiões, enquanto o resto do corpo é encontrado no relicário da basílica.
A festa do Beato Gerlando ocorre no aniversário da transferência, sendo desconhecida a data do falecimento.

Autor: Fabio Arduino: http://santiebeati.it/dettaglio/92695

7.   Em Flo­rença, na Etrúria, hoje na Tos­cana, re­gião da Itália, Santa Ju­liana Fal­co­niéri (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, que fundou a Ordem Ter­ceira dos Servos de Maria, cha­madas “Man­te­latas” por causa do seu há­bito religioso. († c. 1341).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Florença, no ano do Senhor de 1341, Santa Juliana de Falconieri, que fundou o ramo feminino da Ordem Religiosa dos Servos de Maria, com o nome de “Mantellate”. (M).

– Ver páginas 42-46 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver

SANTA JULIANA FALCONIERI

Também conhecido como

  • Giuliana Falconieri

Memorial

Perfil

Filho único de uma rica família nobre florentina de Chiarissimo e Riguirdata Falconieri. Sobrinha de Santo Aleixo Falconieri . Seu pai morreu Juliana era muito jovem, e seu tio Alexis teve uma grande influência sobre ela. Dada a problemas gástricos crônicos ao longo de sua vida. A lenda diz que ela nunca olhou para um espelho, nunca olhou para o rosto de um homem, tremeu com a menção do pecado e desmaiou ao ouvir fofocas escandalosas.

Juliana recusou um casamento arranjado aos 14 anos. Tornou-se servidora terciária em 1285 , tomando o hábito de seu diretor espiritual, São Filipe Benizi . Ajudou a formar, e serviu como primeira superiora da Ordem Serva de Maria ( Monjas Servas , as Servas Manteladas), que foi formalmente estabelecida em 1304 , e seu primeiro convento fundado em 1305 .

Na sua morte , incapaz de receber a Sagrada Comunhão por causa de vômitos constantes, ela pediu ao padre que estendesse um corporal sobre seu peito e colocasse a Hóstia sobre ele. Logo depois, a Hóstia desapareceu, Juliana morreu , e a imagem da cruz que estava na Hóstia foi encontrada em seu peito.

Nascer

Morreu

Beatificado

Canonizado

Patrocínio

Representação

informação adicional

Citação MLA

– VER DIA 17 DE FEVEREIRO: SETE FUNDADORES DOS SERVITAS

SERVITAS:

Também conhecido como

  • Confraria de Nossa Senhora
  • Ordem dos Servos de Maria
  • Frades Servos
  • Os Sete Santos Fundadores

Memorial

Sobre

Nomeada a quinta ordem mendicante pelo Papa Martinho V , foi fundada em 1233 por

Na festa da Assunção da Bem-Aventurada Virgem Maria , em 1240 , os Fundadores tiveram uma visão de Nossa Senhora . Ela segurava na mão o hábito preto, e um anjo próximo trazia um pergaminho onde se lia Servos de Maria . Maria disse-lhes,

“Vocês fundarão uma nova ordem e serão minhas testemunhas em todo o mundo. Este é o seu nome: Servos de Maria. Esta é a sua regra: a de Santo Agostinho . E aqui está o seu sinal distintivo: o escapulário preto, em memória dos meus sofrimentos.”

De seu primeiro estabelecimento em La Camarzia, perto de Florença , Itália , eles se mudaram para o Monte Senário, mais isolado, onde a própria Santíssima Virgem lhes conferiu o hábito, instruindo-os a seguir a Regra de Santo Agostinho e admitir associados. A aprovação oficial foi obtida em 1249 ; confirmado em 1256 ; suprimido em 1276 ; definitivamente aprovado em 1304 ; e novamente por Brief em 1928 . A ordem foi tão rapidamente difundida que em 1285 havia 10.000 membros com casas na Alemanha , França , Itália e Espanha ., e no início do século XIV contava com 100 conventos , além de missões em Creta e na Índia . A Reforma reduziu a ordem na Alemanha , mas floresceu em outros lugares. Novamente encontrando reveses políticos no final do século 18 e início do século 19 , no entanto, prosperou, sendo estabelecido na Inglaterra em 1867 , e na América em 1870 . Os Servitas fazem votos solenes e veneram de modo especial as Sete Dores de Nossa Senhora . Cultivam tanto a vida interior como a ativa, dando missões e ensinando .

Uma filiação, professando exclusivamente a vida contemplativa é a dos Eremitas do Monte Senário . Reintegrado na França , 1922 . As freiras de clausura , formando uma Segunda Ordem, são afiliadas aos Servitas desde 1619 , quando a Beata Benedita di Rossi chamou as freiras de sua comunidade de Servas eremitas . Eles foram estabelecidos na Inglaterra , Espanha , Itália , Tirol e Alemanha .

Uma Ordem Terceira, a Mantellate, fundada por Santa Juliana Falconieri sob São Filipe Benizi , c. 1284 , tem casas na Itália , França , Espanha , Inglaterra , Canadá e Estados Unidos . Terciários seculares e uma confraria das Sete Dores são outros ramos.

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

8*.   Em Pê­saro, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, também re­gião da Itália, a Beata Mi­que­lina(dia 20 de junho na Folhinha do Coração de Jesus), viúva, que dis­tri­buiu pelos po­bres todos os seus bens e, to­mando o há­bito da Ordem Ter­ceira de São Fran­cisco, passou o resto da sua vida como men­diga, com grande hu­mil­dade e dis­ci­plina austera. († 1356).

– Bem-aventurada Miquelina de Pesaro… Faleceu em 19 de junho de 1356. Ver páginas 55-56 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também: https://www.facebook.com/ConferenciadaFamiliaFranciscanadoBrasil/photos/bem-aventurada-miquelina-de-pesarovi%C3%BAva-da-terceira-ordem-1300-1356-aprovou-seu-/1250565738445552/

9*.   Em Lon­dres, na In­gla­terra, os be­atos már­tires Se­bas­tião Newdigate, Hun­fredo Mid­dle­more e Gui­lherme Exmew, pres­bí­teros da Car­tuxa desta ci­dade, que, no rei­nado de Hen­rique VIII, me­tidos no cár­cere por per­se­ve­rarem fir­me­mente fiéis à Igreja de Cristo, pas­saram de­zas­sete dias presos a umas co­lunas com ar­golas de ferro, sempre de pé, até que, fi­nal­mente, le­vados ao su­plício da forca na praça de Ty­burn, con­su­maram o martírio. († 1535)

10*.   Também em Lon­dres, o Beato Tomás Woodhouse, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus, que, or­de­nado no tempo da rainha Maria a Ca­tó­lica, pos­te­ri­or­mente, du­rante a per­se­guição da rainha Isabel I, es­teve mais de doze anos preso por causa da fé, de­di­cando-se a re­con­ci­liar com a Igreja ca­tó­lica os com­pa­nheiros de ca­ti­veiro, até que, en­for­cado no pa­tí­bulo de Ty­burn, re­cebeu a coroa do martírio. († 1573).

Bem-aventurado Tomás Woodhouse, mártir. Ver página 57 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

11.   Em Wuyi, lo­ca­li­dade pró­xima da ci­dade de Shen­xian, no Hebei, pro­víncia da China, os santos Re­mígio Isoré e Mo­desto An­dlauer, pres­bí­teros da Com­pa­nhia de Jesus e már­tires, que na per­se­guição de­sen­ca­deada pelos se­gui­dores dos «Yihe­tuan», foram mortos en­quanto oravam di­ante do altar.  († 1900)

– Ver SÃO MODESTE ANDLAUER

Memorial

Perfil

Oitavo filho de Joseph Andlauer, um padeiro , e Françoise Barbe Bisch. Batizado em 23 de maio de 1847 na igreja de São Pedro e São Paulo, em Rosheim, França . Estudou no Colégio Episcopal de Saint-Etienne em Estrasburgo , França . Juntou-se aos jesuítas em outubro de 1872 em Saint-Acheul, França . Ordenado em Arras, França , em 22 de setembro de 1877 . Ensinou alemão em faculdades na Françacidades de Amiens, Lille e Brest. Missionário na China , chegando em 22 de novembro de 1882 . Aprendeu as línguas da região, serviu em vários locais, trabalhou com Saint Rémi Isoré e tornou-se Chefe da Missão em Weishein (Wei Xian), China . Assassinado durante as perseguições anti – ocidentais e anti – cristãs doBoxer Rebellion quando uma multidão armada invadiu a aldeia e executou qualquer um que admitisse ser católico . Mártir .

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

– Ver SÃO RÉMI ISORÉ

Também conhecido como

  • Rémigius Isoré

Memorial

Perfil

Filho mais velho de uma família piedosa. Seu pai lecionou na escola primária , um irmão tornou-se padre , uma irmã se juntou às Filhas de São Vicente de Paulo . Remigious sentiu um chamado para o sacerdócio desde tenra idade. Entrou na Saint Francis School em 1865 aos 13 anos, e no seminário de Cambrai , França , em 1871 , aos 19. Lecionou a escola primária em Roubaix, França , em 1873 , aos 21 anos. Em 1876 , aos 24 anos, ingressou no noviciado jesuíta em Saint Acheul, e logo foi designado para ensinar o ensino médio em La Providence. A partir de 1881 , ele sentiu o chamado para o trabalho missionário e foi designado para trabalhar na China . Ele chegou em Xian, Hebei em 1882 , e passou um ano aprendendo chinês . Ordenado em 31 de julho de 1886 na Catedral de Xian . Lecionou na escola pública em Zhangjiazhuang. Reitor da escola em Guangpingfu. Pároco de Zhoujiazhuang , País de Wei.Martirizado durante a Rebelião dos Boxers . Um dos Mártires da China .

Nascer

Morreu

Venerado

Beatificado

Canonizado

informação adicional

Leituras

Ouvi dizer que é muito difícil converter o chinês e, portanto, nunca, jamais, quis ir para a China. Uma espécie de ressentimento se infiltrou em meu coração com a própria palavra, China. Mas o Provincial me iluminou. Compreendi que era a vontade de Deus que eu fosse para a China. Alegria e gratidão então encheram meu coração. – São Remígio

Citação MLA

– Ver MÁRTIRES DA CHINA

Memorial

Mártires perfilado

Informações adicionais

Citação MLA

12♦.   Em Roma, a Beata He­lena Aiello, re­li­giosa mís­tica e fun­da­dora da Con­gre­gação das Re­li­gi­osas Mí­nimas da Paixão de Nosso Se­nhor Jesus Cristo. († 1961)

– Ver “… Elena Aiello (10 de abril de 1895 – 19 de junho de 1961) foi uma freira católica romana italiana e fundadora das Irmãs Mínimas da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo.[1] Aiello juntou-se às Irmãs do Preciosíssimo Sangue, mas foi forçada a sair devido à grave saúde que logo a manteve confinada em sua casa, onde ela começou a ter visões de Jesus Cristo e de Nossa Senhora, bem como de santos como Francisco de Paula.[2][3][4][5]

Sua beatificação foi celebrada em 14 de setembro de 2011…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Elena_Aiello

13. No Martirológio Romano-Monástico, São Ursicino, médico de Ravena, condenado à morte sob o reinado de Nero. Achava-se a ponto de apostatar, quando os encorajamentos de São Vital o incitaram a dar o testemunho supremo de sua fé e sua caridade (M).

– Ver “… São Ursicino, médico em Ravena condenado por ser cristão.

    Em Ravena, São Ursicino, mártir, que permaneceu constante através de muitos tormentos na confissão do martírio ao ser decapitado.Médico martirizado em Ravena condenado por ser cristão durante a perseguição do imperador Nero. Sua fé começou a vacilar, mas ele encontrou novas forças através do encorajamento de São Vital e enfrentou sua morte com determinação. Ursicinus de Ravenna M (RM) Diz-se que Santo Ursicinus foi um médico em Ravena que, ao ser condenado à morte pela fé, vacilou, mas foi encorajado pelo soldado São Vital e aceitou o martírio. Na arte, Ursicinus é um bispo cristão primitivo em uma alva, casula e estola, com um livro na mão e uma lâmpada pendurada sobre ele (Roeder) …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune19.html#67_Saint_Ursicinus_physician_in_Ravenna

14. Bem-aventurado Odon de Cambrai, Bispo e Confessor.Ver páginas 53-54 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “… 1113 O Beato Odo de Cambrai. Fundou uma comunidade de beneditinos; um dos eruditos mais erudito do seu tempo OSB B (AC)
Nasceu em Orléans, França; Saint Odo era o diretor da escola da catedral de Tournai. Por volta de 1090, seu coração foi convertido pela leitura de Santo Agostinho sobre o livre arbítrio. Ele então fundou uma comunidade de beneditinos na abadia abandonada de São Martinho em Tournai. Em 1105, foi promovido a bispo de Cambrai, mas, ao recusar receber a investidura secular, foi exilado na abadia de Anchin, onde morreu. Odo foi um dos eruditos mais erudito de seu tempo (os beneditinos) .
BD ODO, BISPO DE CAMBRAI
Dos estudiosos ilustres que ensinaram nas grandes escolas francesas do século XI, um dos mais instruídos e influentes foi Odo, depois bispo de Cambrai. Não se sabe onde foi educado, mas ele era natural de Orleans e, ainda jovem, escreveu um poema sobre a Guerra de Tróia que obteve considerável popularidade. Ele lecionava há vários anos em Toul quando os cônegos de Tournai lhe deram o cargo de escolástico – na verdade, diretor – na escola da catedral. Lá ele logo demonstrou um gênio para o ensino e uma habilidade na disputa que, combinada com uma personalidade poderosa e atraente, atraiu para ele jovens não apenas das cidades vizinhas, mas também da Normandia, Saxônia e Itália. Seguidor de Boécio e expoente da filosofia realista, ele lutou com tanto sucesso contra o nominalismo ensinado por Raimbert de Lille que acabou conquistando a maioria dos seguidores de Raimbert. Além de filosofia, retórica e dialética, ele também ensinava astronomia, e muitas vezes era visto sentado nos degraus da catedral em uma noite estrelada, demonstrando a seus alunos a posição das constelações e o movimento dos planetas.
Imerso em estudos seculares, Odo tinha pouco ou nenhum tempo de sobra para a teologia ou os escritos dos pais. Estava há cinco anos em Tournai quando algumas palestras que dava sobre Boécio o levaram a consultar pela primeira vez o livro de Santo Agostinho sobre o livre arbítrio. Quase desde o início, isso prendeu sua atenção e, enquanto lia, foi reduzido às lágrimas e dominado por uma sensação de futilidade de sua carreira passada. Foi um caso de conversão repentina e completa. Imediatamente restringiu seus tempos de instrução, deu todo o seu dinheiro aos pobres, começou a passar longas horas na igreja e embarcou em mortificações tão severas que logo se assemelhava a um esqueleto ambulante. Obviamente, ele não ficaria satisfeito com uma vida secular, e o bispo e os cidadãos de Tournai, ansiosos para mantê-lo no meio deles, concedeu-lhe a abadia abandonada de São Martinho. No início, ele e alguns de seus ex-alunos viveram lá como cônegos, mas depois de três anos, a conselho de seu amigo Aimeric, abade de Anchin, ele lhes deu a regra beneditina.
Odo era abade de São Martinho há treze anos quando, em 1105, foi escolhido bispo de Cambrai no lugar de Gaucher, a quem o Papa Pascoal II havia excomungado e deposto por simonia e por ter aceitado a investidura de Henrique IV. O partido do imperador, no entanto, estava em ascensão em Cambrai, e não até sua morte, um ano depois, Odo poderia obter a posse de sua sé. Mesmo assim, ele foi incapaz de mantê-lo. Em pouco tempo foi levado ao exílio porque se recusou a aceitar o anel e a cruz de Henrique V. Encontrou refúgio com Aimeric em Anchin, onde se ocupou em escrever livros. Ele parece ter retornado a Cambrai por um breve período no final de sua vida, mas morreu e foi enterrado em Anchin. Entre seus numerosos escritos, pode-se citar uma exposição do cânon da Missa, um tratado sobre o pecado original, outro sobre a vinda do Messias, harmonia dos evangelhos e um saltério poliglota em quatro idiomas.
Embora não haja uma longa biografia de data inicial, temos uma carta de Amand de Castello, prior de Anchin, que dá um esboço da carreira de Odo, e outro relato atribuído a Herman de Tournai. Estes foram impressos em Pertz, MGH., Scriptores , vol. xv, pp. 942-945, e vol. xiv, pp. 210-221, e cf. págs. 274-318. Ver especialmente Histoire littéraire de la France , vol. viii, pp. 399-400; Berlière, Monasticon BeIge, vol. i, págs. 273-275; Auger, Etudes sur les Mystiques des Pays’ Bas , pp. 66-71, e três artigos de Labis na Revue Catholique de Louvain, vol. xiv (1856)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune19.html#1113_Blessed_Odo_of_Cambrai_founded_a

15. VER SANTAS E SANTOS DO DIA 19 DE JUNHO (alguns destacados acima):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Romualdo de Ravena (Memorial Opcional) — Adleida de Bérgamo Arnaldo de Liniberio Culmácio de Arezzo Deodato das Juntas Deodato de Nevers Francisco de Pinerolo Gaudêncio de Arezzo Gerlando d’Alemagna Gervase Hildegrin de Châlons-sur-Marne Hildemarca de Fecamp Inocente de Le Mans Julia Falconieri Lambert de Saragoça Lupo de Bérgamo Michelina de Pésaro Modeste AndlauerNazário de Koper Odo de Cambrai Prótase Rémi Isoré Thomas Woodhouse Zósimo da Úmbria — Mártires de Maiorca Mártires de Tyburn Humphrey Middlemore Sebastian Newdigate William Exmew — Abgar V Buonmercato Ferrara Candida de Milazzo Childomarca Fecamp Elena Aiello
todos esses memoriais em uma única página

16. Outros santos do dia 19 DE JUNHO: páginas: 42-58 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 19 de junho, ver ainda: 19 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 479-481: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf  e 

https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk

  (este site mostra os santos do dia, em inglês. Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEMDADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO! AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subjugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (amor a Deus e ao próximo).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.