Santas e Santos de 26 de agosto

1.   Co­me­mo­ração de São Melquí­sedec, rei de Salém e sa­cer­dote do Deus Al­tís­simo, que saudou Abraão, aben­ço­ando-o quando re­gres­sava da vi­tória e, ofe­re­cendo ao Se­nhor um sa­cri­fício santo, uma ví­tima ima­cu­lada, é con­si­de­rado como pre­fi­gu­ração de Cristo, rei de paz e de jus­tiça, e, porque é apre­sen­tado sem ge­ne­a­logia, pre­a­nuncia o sa­cer­dote eterno.

2.   Em Roma, no ce­miério de Ba­sila, junto à Via Sa­lária An­tiga, São Ma­xi­mi­liano, mártir. († data inc.)

3.   Em Sa­lona, na Dal­mácia, hoje Split, na Croácia, Santo Anas­tásio, pi­so­eiro, mártir. († data inc.)

4.   Em Ce­sa­reia, na Mau­ri­tânia, hoje Cher­chell, na Ar­gélia, São Vítor, mártir, que, con­de­nado à morte, se­gundo a tra­dição foi cru­ci­fi­cado num sábado. († s. III/IV). Ver páginas 225-226: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

5.   Em Bér­gamo, na Trans­pa­dânia, hoje na Lom­bardia, re­gião da Itália, Santo Ale­xandre, mártir. († s III/IV)

6.   Em Au­xerre, na Gália Li­o­nense, ac­tu­al­mente na França, Santo Eleu­tério, bispo. († s. VI)

7♦.   Em Yat­sushiro, no Japão, o Beato Jo­a­quim Wa­ta­nabe Jirozaemon, pai de fa­mília e mártir. († 1606)

8*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, no li­toral da França, o Beato Tiago Retouret, pres­bí­tero da Ordem dos Car­me­litas e mártir, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, foi ar­re­ba­tado do con­vento de Li­moges e me­tido na esquá­lida ga­lera, onde, aban­do­nado pelos per­se­gui­dores quase sem roupa, morreu de hipotermia. († 1794)

9.   Em La Puye-en-Vélay, perto de Poi­tiers, também na França, Santa Joana Isabel Bi­chier des Âges (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, ajudou Santo André Hu­berto Four­nier a exercer clan­des­ti­na­mente o seu mi­nis­tério e, res­ti­tuída a paz da Igreja, fundou a Con­gre­gação das Fi­lhas da Cruz, des­ti­nada à edu­cação dos po­bres e à as­sis­tência aos enfermos. († 1838)

10.   Em Belém, ci­dade da Terra Santa, Santa Maria de Jesus Crucificado (Maria Ba­ou­ardy), virgem da Ordem das Car­me­litas Des­calças, que, en­ri­que­cida com dons mís­ticos, uniu à vida con­tem­pla­tiva uma sin­gular caridade. († 1878)

11.   Em Líria, ci­dade da pro­víncia de Va­lência, também na Es­panha, Santa Te­resa de Jesus Jornet Ibars, virgem, que, para a as­sis­tência aos an­ciãos, fundou o Ins­ti­tuto das Ir­mã­zi­nhas dos An­ciãos De­sam­pa­rados. († 1897). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Líria, perto de Valência, na Espanha, em 1897, Santa Teresa de Jesus Jornet-e-Ibars. Nascida na Catalunha de uma família de agricultores, consagrou-se inicialmente ao ensino, e depois fundou, juntamente com algumas companheiras, o “Instituto das Irmãzinhas dos Idosos Abandonados” que já contava com cinquenta e oito casas quando da sua aprovação em 1887. (X)

12*.   Em Va­lência, também na Es­panha, o Beato Am­brósio de Benaguacil (Luís Valls Ma­ta­males), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos e mártir, que, pelo seu sangue der­ra­mado du­rante a per­se­guição, me­receu en­trar no con­vívio eterno. († 1936)

13*.   Em Al­berca de Dénia, na pro­víncia de Ali­cante, também na Es­panha, o Beato Pedro de Be­nisa (Ale­xandre Más Gi­nestar), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos e mártir, que, na mesma per­se­guição, foi co­roado no mar­tírio por Cristo. († 1936)

14*.   Em Es­plu­gues, po­vo­ação pró­xima de Bar­ce­lona, também na Es­panha, o Beato Félix Vivet Trabal, re­li­gioso da So­ci­e­dade Sa­le­siana e mártir, que, na mesma per­se­guição, me­receu en­trar no grande ban­quete celeste. († 1936)

15♦.   Em Má­laga, também na Es­panha, os be­atos For­tu­nato Me­rino Vegas, pres­bí­tero, e Luís Gu­tiérrez Calvo, re­li­gioso, ambos da Ordem de Santo Agos­tinho e mártir, que na mesma per­se­guição foram as­sas­si­nado em ódio à fé crista. († 1936)

16♦.   Em Dehesa de la Villa, perto de Ma­drid, também na Es­panha, a Beata Maria dos Anjos Gi­nard Martí (Ân­gela Ben­dita), virgem da Con­gre­gação das Irmãs Ze­la­doras do Culto Eu­ca­rís­tico de Palma de Mai­orca e mártir, que me­receu as­so­ciar-se às núp­cias eternas com seu Es­poso, Jesus Cristo. († 1936)

17*.   Na for­ta­leza de Kharsk, perto de Tomsk, na Si­béria, re­gião da Rússia, a Beata Lou­rência (Le­o­cádia Ha­rasymiv), virgem da Con­gre­gação das Irmãs de São José, que, du­rante a per­se­guição da fé na sua pá­tria, foi en­car­ce­rada neste campo de con­cen­tração, onde a sua cons­tância na fé e a pu­reza de vida foram co­ro­adas com a sua morte gloriosa. († 1952)

18*.   Em Roma, a Beata Maria Bel­trame Quattrócchi, mãe de fa­mília, que, pas­sando a vida com o seu es­poso numa pro­funda e feliz co­mu­nhão de fé e de ca­ri­dade para com o pró­ximo, ilu­minou a fa­mília e a so­ci­e­dade com a luz de Cristo. († 1965)

 19. São Zeferino(também na Folhinha do Coração de Jesus). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano de 217, o sepultamento de São Zeferino, papa, que governou a Igreja Católica durante dezoito anos com o apoio de seu diácono Calixto, e lutou vigorosamente contra os hereges que ameaçavam desunir a comunidade cristã (M)

20. Santa Isabel Richier (também na Folhinha do Coração de Jesus).

21. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VI, Santo Irieix, filho de Santa Pelágia e fundador de um mosteiro no Limousin, região na qual diversas localidades ainda trazem seu nome (X).

22. Santa Pelágia. Ver página 227-228: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

23. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 543, o nascimento no céu de São Cesáreo, monge de Lérins, eleito mais tarde, bispo de Arles. Fez-se o advogado da população galo-romana junto aos francos, presidiu importantes concílios provinciais e estimulou a instituição monástica redigindo duas regras, nas quais tenta uma síntese das tradições egípcia e agostiniana (F). Ver São Cesário, bispo de Arles, páginas 234-256: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

24. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Normandia. Em 1070, o Bem-Aventurado Heluíno. Após ter portado armas até os quarenta anos, este nobre flamengo vestiu o hábito monástico para militar por Cristo. Fundou para seus discípulos a abadia do Bec, que foi enriquecida mais tarde por vários santos bispos e doutores da Igreja. (X)

25. Outros santos do dia 26 de agosto: págs. 222-231, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2015.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi publicado.

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.