Santas e Santos de 21 de setembro

Festa de São Ma­teus (também na Folhinha do Coração de Jesus), Após­tolo e Evan­ge­lista, de­no­mi­nado Levi, que, cha­mado por Jesus para O se­guir, deixou a sua função de pu­bli­cano ou co­brador de im­postos e, ad­mi­tido entre os Após­tolos, es­creveu um Evan­gelho, no qual se pro­clama es­pe­ci­al­mente que Jesus Cristo é filho de David, filho de Abraão, Aquele que levou à ple­ni­tude a pro­messa do An­tigo Testamento. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, festa de São Mateus, Apóstolo e Evangelista. Também chamado Levi, filho de Alfeu, é o publicano de Cafarnaum que respondeu ao chamado de Jesus, deixando tudo para o seguir. A tradição é unânime em reconhecer nele o autor do primeiro Evangelho, ao menos em sua primitiva redação aramaica. (R). Ver páginas 350-357: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

2.   Co­me­mo­ração de São Jonas, pro­feta, filho de Amitai, cujo nome foi dado a um livro do An­tigo Tes­ta­mento; a sua saída do ventre da ba­leia é evo­cada no pró­prio Evan­gelho como sinal da Res­sur­reição do Se­nhor (cf. Mt 12, 40). Ver páginas 358-367: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

3.   Na Grécia, a co­me­mo­ração de São Qua­drato, dis­cí­pulo dos Após­tolos, que, se­gundo a tra­dição, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Adriano, con­gregou com a sua fé e zelo pas­toral a Igreja dis­persa pelo terror e apre­sentou ao pró­prio im­pe­rador um livro em de­fesa da re­li­gião cristã, em con­for­mi­dade com a dou­trina apostólica. († s. II)

4.   Em Roma, junto à Via Sa­lária An­tiga, São Pân­filo, mártir. († data inc.). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia receberam a coroa o martírio São Panfílio, em Roma; Santo Isaac, em Chipre: e Santo Eusébio, na Fenícia. (M)

5.   Em Valle del Bac­cano, na Via Cássia, a vinte mi­lhas da ci­dade de Roma, Santo Ale­xandre, mártir. († data inc)

6.   Em Gaza, na Pa­les­tina, os santos Eu­sébio, Nés­tabo e Zenão, már­tires, três ir­mãos que, no tempo do im­pe­rador Ju­liano Após­tata, foram es­pan­cados e mortos por uma mul­tidão en­fu­re­cida de pa­gãos. Com eles pa­deceu também São Nestor, que, pelas fe­ridas re­ce­bidas, pouco de­pois con­sumou o seu martírio. († 362)

7*.   Em Apt, na Pro­vença, ac­tu­al­mente na França, São Castor, bispo, que, de­se­jando expor aos ir­mãos de um novo mos­teiro o modo de viver dos monges, pediu a São João Cas­siano que es­cre­vesse as cé­le­bres “Con­fe­rên­cias” sobre os as­cetas do Egipto. († c. 426). Ver páginas 370-371: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

8*.   No mos­teiro de Llan­carfan, no País de Gales, São Cadoc, abade, em cujo nome foram fun­dados muitos mos­teiros também na Cor­nu­alha, re­gião da In­gla­terra, e na Bre­tanha Menor, re­gião da França. († s. VI)

9*.   No mos­teiro de Et­te­nheim, na re­gião de Baden, na Ale­manha, São Lan­de­lino, monge, na­tural da Irlanda. († s. VII)

10*.   Em Tron­chi­ennes, na Flan­dres, re­gião da Aus­trásia, ac­tu­al­mente na Bél­gica, São Ge­rulfo, mártir, adolescente. († c.750)

11*.   Em Troyes, na Gália, hoje na França, Santa Maura (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, cé­lebre pela sua pi­e­dade e obras de caridade. († c. 850) Conforme o Martirológio Romano-Monástico, cristã de vinte e três anos, que havia consagrado de sua juventude a socorrer todas as misérias. (M)

12*.   Em Pê­saro, no Pi­ceno, hoje nas Marcas, re­gião da Itália, o Beato Marcos de Mó­dena Scalabríni, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores, que re­con­duziu muitos pe­ca­dores ao ca­minho da santidade. († 1498)

13.   Junto à for­ta­leza de Quang-Tri, no Anam, ac­tu­al­mente no Vi­etnam, os santos Fran­cisco Jac­card, pres­bí­tero da So­ci­e­dade das Mis­sões Es­tran­geiras de Paris, e Tomé Tran Van Thien, már­tires, que, no tempo do im­pe­rador Munh Mang, por Cristo so­freram o cár­cere e a fla­ge­lação e fi­nal­mente foram enforcados. († 1838)

14.   Em Sai-Nam-Hte, na Co­reia, a paixão dos santos már­tires Lou­renço Imbert, bispo, Pedro Mau­bant e Tiago Chastan, pres­bí­teros da So­ci­e­dade das Mis­sões Es­tran­geiras de Paris, que, para salvar a vida de ou­tros cris­tãos, se en­tre­garam aos sol­dados e foram decapitados. († 1839). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1839, o martírio do  Bem-Aventuradfo Lourenço Imbert, das Missões Estrangeiras, vigário apostólico da Coréia, condenado à morte juntamente com dois de seus companheiros, por causa da fé cristã. (X)

15*.   Em Be­ni­soda, po­vo­ação da pro­víncia de Va­lência, na Es­panha, os be­atos már­tires Vi­cente Gálbis Gi­ronês, pai de fa­mília, e Ma­nuel Torró Garcia, que, con­fi­gu­rados à paixão de Cristo na sua vida, O imi­taram no triunfo do martírio. († 1936)

16♦.   Em Má­laga, também na Es­panha, o Beato Diogo Hom­pa­nera Paris, re­li­gioso da Ordem de Santo Agos­tinho e mártir, as­sas­si­nado em ódio à fé. († 1936)

17♦.   Em Cu­enca, também na Es­panha, os be­atos Ni­colau de Mier Francisco, pres­bí­tero, e Ja­cinto Mar­tínez Ayuela, re­li­gioso, ambos da Ordem de Santo Agos­tinho e már­tires, as­sas­si­nados em ódio à fé. († 1936)

18♦.   Em Azuaga, perto de Ba­dajoz, também na Es­panha, o Beato José Maria (José Ma­riano Azur­mendi de Lar­ri­naga Mu­garza), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores e mártir, as­sas­si­nados em ódio à fé. († 1936)

19. Santa Ifigênia (também na Folhinha do Coração de Jesus). Ver páginas 368-369: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf  

20. Outros santos do dia 21 de setembro: págs. 350-372, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2016.pdf

 Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores e Santas virgens.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre o dia 21 de setembro, ver ainda: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/21_de_setembro

BIBLIOGRAFIA e DIVERSOS

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para  Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.