Santas e Santos de 05 de julho

1. Santo An­tónio Maria Zacarias (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, que fundou a Con­gre­gação dos Clé­rigos Re­grantes de São Paulo ou Bar­na­bitas, para pro­mover a re­no­vação moral dos fiéis, e, em Cre­mona, na Lom­bardia, partiu deste mundo ao en­contro do Salvador. († 1539).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Cremona, na Itália, no ano da graça de 1539, o nascimento para Deus de Santo Antônio-Maria Zacaria. Doutor em medicina aos vinte e dois anos fundou, depois de seus estudos teológicos, a Congregação dos Clérigos Regulares de São Paulo, os barnabitas, aos quais ele recomendava “servir sem recompensa e combater sem a garantia de suprimentos” (M). Ver páginas 205-207: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2%2012.pdf

– Ver também “Antônio Maria Zaccaria (em italianoAntonio Maria Zaccaria) (Cremona 1502 – Cremona 5 de julho 1539) foi um médico e padre católico italiano, fundador da Ordem dos Clérigos Regulares de São Paulo, (Barnabitas) e da Congregação das Freiras Angélicas de São PauloPapa Leão XIII o proclamou Santo em 1897.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ant%C3%B4nio_Maria_Zaccaria

– Ver “…1538 Padre Santo Antônio Maria Zacaria; Cofundador dos Barnabitas, médico; popularizou a cerimônia de oração de 40 horas, promoveu os sacramentos do altar e introduziu o toque dos sinos da igreja na sexta-feira. Nascido em 1502 em Cremona, Itália, Anthony tornou-se médico. Em 1528 ele foi ordenado sacerdote e cofundou os Barnabitas, a congregação religiosa assim chamada por estar sediada no Mosteiro de São Barnabé, em Milão. Os Barnabitas ocuparam o mosteiro em 1538, tendo sido aprovado em 1533. Antônio popularizou a cerimônia de oração de quarenta horas, promoveu o uso dos sacramentos do altar e introduziu o toque dos sinos da igreja na sexta-feira. Ele é retratado na arte litúrgica no hábito…

Durante uma missão em Guastalla, adoeceu e, com o corpo esgotado pelas mortificações e pelo trabalho incessante, piorou rapidamente; ele foi levado para a casa de sua mãe em Cremona e lá morreu com a idade de 37 anos. Ele foi canonizado pelo Papa Leão XIII em 1897. Após consideráveis ​​problemas em seus primeiros dias, os Barnabitas prosperaram, mas nunca foram uma ordem grande; eles ainda trabalham na modesta obscuridade entre os párias das grandes cidades; eles educam, pois onde quer que haja uma comunidade Barnabita, há um centro de aprendizagem; e seguindo seu fundador, eles pregam o evangelho com referência especial às epístolas de São Paulo…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly05.html

2.   Em Réggio Ca­lá­bria, também na Itália, Santo Es­têvão de Niceia, bispo e mártir. († c. 78)

– Ver “… 1º v. Estêvão de Reggio ordenado o primeiro bispo de Reggio por São Paulo e ter sido martirizado sob Nero BM (AC)”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly05.html

3.   Em Ci­rene, na Líbia, Santa Ci­prila, mártir, que, se­gundo a tra­dição, du­rante a per­se­guição do im­pe­rador Di­o­cle­ciano, su­portou muito tempo em sua mão car­vões a arder com in­censo, para evitar que, dei­tando fora as brasas, desse a im­pressão de que ofe­recia o in­censo aos deuses; de­pois, cru­de­lis­si­ma­mente di­la­ce­rada, or­nada com o pró­prio sangue partiu deste mundo ao en­contro do Esposo. († s. IV).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Líbia, no séc. IV, Santa Ciprila, mártir. (M)

– Ver “… 300 – Cyrilla de Cyrene M Embora a velha viúva de Cyrene, Santa Cyrilla, tenha sido condenada à morte, ela parece ter morrido na câmara de tortura, e não como planejado. Vários outros mártires sofreram com ela (Beneditinos). (RM)…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly05.html

4.   Co­me­mo­ração de Santo Ata­násio de Jerusalém, diá­cono da Igreja da Santa Res­sur­reição e mártir, as­sas­si­nado pelo monge he­ré­tico Te­o­dósio, por ter cen­su­rado a sua im­pi­e­dade e de­fender o santo Con­cílio de Calcedónia. († 451/452).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto dde 451, o martírio de Santlo Atanásio, diácono de Anástasis, assassinado pouco depois do Concílio de Calcedônia pelos eutiquianos, depois de haver confessado Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro Homem (M).

– Ver página 202: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

5.   Co­me­mo­ração de São Do­mécio o Médico, ere­mita no monte Kurós, na an­tiga Arménia. († s. V).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Síria, São Domécio, médico e mártir, por cuja intercessão um judeu que implorou sua ajuda, obteve a graça da saúde corporal, assim como da espiritual (M).

6*.   No monte Ad­mi­rável, perto de An­ti­o­quia, na Síria, hoje An­takya, na Tur­quia, Santa Marta, mãe de São Si­meão Es­ti­lita o Jovem. († 551)

7*.   No mos­teiro de Santa Maria de Ter­reto, perto de Réggio Ca­lá­bria, na Itália, São Tomás, abade. († 1000)

8*.   No Monte Athos, na Grécia, Santo Ata­násio, he­gú­meno, homem hu­milde e pa­cí­fico, que ins­ti­tuiu na Grande Laura uma forma de vida cenobítica. († c. 1004).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no século seguinte (X), Santo Atanásio Atonita (também na Folhinha do Coração de Jesus), que se esforçou para introduzir a vida cenobítica estudita, fundando uma laura que se tornou célebre e redigindo uma Regra, ou “Typicon”,  que proporcionou a expansão do monaquismo do Monte Athos ao longo de muitos séculos. Os católicos de rito oriental festejam São Pedro Hagiorita no dia 12 de junho e Santo Atanásio Atonita no dia 05 de julho.

– Ver páginas 203-204: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

São Pedro Hagiorita Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IX, São Pedro Hagiorita. De origem grega, passara sua mocidade junto à corte imperial de Constantinopla. Após um cativeiro de nove anos entre os árabes, chegou a Roma, onde fez profissão monástica. Depois, partiu para o Monte Atos, onde levou vida hesicasta até sua morte. (X). Ver: São Pedro do Monte Athos. Ver páginas 260-261 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

9*.   Em Wex­ford, na Ir­landa, os be­atos Ma­teus Lambert, Ro­berto Meyler, Edu­ardo Che­e­vers e Pa­trício Cavanagh, már­tires – pa­deiro, o pri­meiro, e ma­ri­nheiros os ou­tros – que, por causa da sua fi­de­li­dade à Igreja Ro­mana e do au­xílio pres­tado aos ca­tó­licos, no rei­nado de Isabel I foram en­for­cados e esquartejados. († 1581)

10*.   Em Ox­ford, na In­gla­terra, os be­atos már­tires Jorge Nichols e Ri­cardo Yaxley, pres­bí­teros, Tomás Belson, can­di­dato ao sa­cer­dócio, e Hun­fredo Pritchard, que, con­de­nados à morte no tempo da mesma rainha, uns porque eram sa­cer­dotes que en­traram na In­gla­terra, ou­tros porque lhes pres­taram au­xílio, so­freram todos o su­plício do patíbulo. († 1589)

11.   Perto de Hu­an­geryin, lo­ca­li­dade pró­xima de Ning­jin­xian, no Hebei, pro­víncia da China, as santas irmãs Te­resa Chen Jinxie e Rosa Chen Aixie, vir­gens e már­tires, que, du­rante a per­se­guição mo­vida pelos «Yihe­tuan», para sal­va­guar­darem a honra da vir­gin­dade e a sua fé cristã, re­sis­tiram co­ra­jo­sa­mente às bár­baras de­pra­va­ções e à feroz cru­el­dade dos per­se­gui­dores e foram tres­pas­sadas pelos golpes das lanças dos seus verdugos. († 1900)

12. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VII, São Numeriano. Filho de um senador de Treves, entrou muito jovem para o mosteiro de Ramiremont, que abandonou junto com seu irmão para ir para Luxeuil. Nomeado para a Sé Episcopal de Treves, favoreceu a fundação de diversos mosteiros (M).

13. Santo Agatão, na Folhinha do Coração de Jesus.

– Ver 10 de janeiro: Em Roma, junto de São Pedro, o se­pul­ta­mento de Santo Agatão, papa, que con­firmou a in­te­gri­dade da fé contra os erros do mo­no­te­lismo e pro­moveu sí­nodos para for­ta­lecer a uni­dade da Igreja. († 681). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, em 681, o sepultamento de Santo Agatão, papa, cuja carta expondo a doutrina católica das duas vontades -humana e divina em Jesus Cristo, foi aprovada pelo VI Concílio Ecumênico de Constantinopla. (M). Ver páginas 274-279: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

Ver  “Papa Agatão era de origem siciliana e vivia num mosteiro em Palermo. Foi eleito em 27 de junho de 678 aos 58 anos de idade.[1] Relacionou-se com os bispos ingleses e promoveu a Irlanda a centro de cultura. Condenou o monotelismo e opôs-se aos abusos imperiais, pelo que enviou 680 legados ao Concílio Ecumênico de Constantinopla. Autor do juramento papal, desde então feito por todos os papas eleitos. Faleceu antes de assinar os decretos do concílio. Santo Agatão recebeu os títulos de “Taumaturgo” e de “Fazedor de Milagres”, pelos numerosos milagres que teria realizado. Morreu em 10 de janeiro de 681.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Papa_Agatão

14. Outros santos do dia 05 de JULHO, páginas 194-208:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 05 de julho, ver ainda: 5 de julho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA:

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIA NO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 517-519: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

7. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly05.html

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Virgem Maria, socorra-nos, proteja-nos

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! Obrigado! Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A  MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A SUA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, SEU FILHO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO:

MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE   SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES.

ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro)

“Ó meu Deus, “sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.”  (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

* “Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”,
mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: Meios de se preparar para uma boa morte …: Na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado...”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!

PAI, ABRACE-NOS! JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO! DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS UNA! MÃEZINHA MARIA, VELE POR NÓS! EM NOME DE JESUS, PAI! AMÉM!

-Ver o blog

https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.