Santas e Santos de 24 de julho

1. Em Anaya, no Lí­bano, o dia natal de São Sar­bélio Makhluf (24 de dezembro, José Makhluf), cuja me­mória se ce­lebra no dia vinte e quatro de Julho. († 1898).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1898, a volta para Deus de São Charbel Makhlouf, maronita libanês. Após cerca de vinte anos de vida cenobítica, abraçou a vida eremitica, equilibrada entre a ascese, o trabalho e a pobreza, e completamente centrada na adoração e na comunhão eucarísticas. (X).

– Anotações de 24 de julho: São Sar­bélio Makhluf (José Makhluf) (Charbel Makhluf, também na Folhinha do Coração de Jesus de 24 de julho), pres­bí­tero da Ordem dos Ma­ro­nitas Li­ba­neses, que, ani­mado pelo de­sejo de aus­tera so­lidão e de mais alta per­feição, passou do ce­nóbio de Anaia, no Lí­bano, ao ermo, onde serviu a Deus dia e noite numa ri­go­rosa so­bri­e­dade de vida com je­juns e ora­ções. Des­cansou no Se­nhor no dia 24 de Dezembro. († 1898).

– Ver “… São Charbel Makhlouf, em árabe مار شربل‎ (Bekaa Kafra8 de maio de 1828 — Annaya24 de dezembro de 1898), foi um monge maronita libanês, declarado santo pela Igreja Católica”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Charbel_Makhlouf

2.   Em Bol­sena, na Tos­cana, ac­tu­al­mente no Lácio, re­gião da Itália, Santa Cris­tina (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem e mártir. († data inc.).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no início do séc. III, Santa Cristina. Uma tradição conta que, não acreditando que objeto inanimados e fabricados pelos homens fossem deuses, mas reconhecendo o Criador pela mediação das criaturas, quebrou os ídolos de metal precioso que pertenciam a seu pai e distribuiu seus pedaços aos pobres. Seu gesto, inspirado pela fé e pela caridade, foi recompensado com a coroa do martírio (M).

– Ver “… Cristina de Bolsena, também conhecida como Cristina de Tiro ou, na Igreja Ortodoxa como Cristina, a Grande Mártir[1] é uma cristã do século III venerada como mártir.

Escavações arqueológicas de um cemitério subterrâneo construído sob o seu túmulo mostraram que ela já era venerada em Bolsena no século IV…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cristina_de_Bolsena

3.   Em Ami­terno, na Sa­bina, junto à Via Sa­lária, também na Itália, São Vi­to­rino, mártir. († c. s. IV)

4*.   Em Tau­riana, na Ca­lá­bria, também na Itália, São Fan­tino o Velho, cha­mado o Taumaturgo. († s. IV)

5.   Na Te­baida, no Egipto, Santa Eu­frásia, virgem, que, pro­ce­dendo de uma nobre fa­mília se­na­to­rial, pre­feriu a vida ere­mí­tica no de­serto, sempre hu­milde, pobre e obediente. († s. V)

6*.   Em Ard­more, na pro­víncia de Munster, na Ir­landa, São De­clano, que é ve­ne­rado como pri­meiro bispo desta Igreja. († c. s. V)

7*.   No ter­ri­tório de Albi, na Aqui­tânia, hoje na França, Santa Si­go­lena, religiosa. († c. s. VI)

8.   Na Rússia, os santos Bóris e Gleb, már­tires, que, sendo prín­cipes ru­tenos e fi­lhos de São Vla­di­miro, pre­fe­riram aceitar a morte a re­sistir pela vi­o­lência contra o irmão Svi­a­to­polk: Boris al­cançou o mar­tírio junto ao rio Alta, pró­ximo de Pe­res­lavl; Gleb pouco tempo de­pois no rio Dni­eper, perto de Smolensk. († 1015)

9*.   Em Riéti, na Sa­bina, ac­tu­al­mente no Lácio, re­gião da Itália, São Bal­duíno (Baldovino), abade, que foi dis­cí­pulo de São Ber­nardo no mos­teiro de Cla­raval e por ele en­viado a esta ci­dade para aí fundar e di­rigir o ce­nóbio de São Mateus. († 1140)

10*.   Em Sint-Truiden, no Bra­bante, ac­tu­al­mente na Bél­gica, a Beata Cris­tina, virgem, de­no­mi­nada a Ad­mi­rável, porque nela, quer pelos so­fri­mentos cor­po­rais quer pelos êx­tases mís­ticos, o Se­nhor fez maravilhas. († c. 1224)

11.   Em Stary Sacz, perto de Tarnow, na Po­lónia, Santa Kinga ou Cu­ne­gundes, filha do rei da Hun­gria e dada em es­posa ao prín­cipe Bo­leslau, que com ele con­viveu em per­feita vir­gin­dade e, após a morte do es­poso, pro­fessou a Regra de Santa Clara no mos­teiro por ela fundado. († 1293).

– Ver Bem-Aventurada Cunegunda,virgem, páginas: 299-300:

Ver páginas 299-300: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

– Ver também “…Santa Cunegunda da Polônia (em polacoŚwięta KingahúngaroSzent Kinga5 de março de 1224 — 24 de julho de 1292), foi uma princesa húngara”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cunegunda_da_Pol%C3%B4nia

12*.   Em Fer­rara, na Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, o Beato João Ta­vélli de Tossiniano, bispo, da Ordem dos Jesuatos. († 1146).

– Ver Bem-Aventurado João de Tossignano, Bispo e Confessor. Ver páginas 301-302: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

13.   Em Co­lónia, na Lo­ta­ríngia, ac­tu­al­mente na Ale­manha, a tras­la­dação dos três reis magos, sá­bios do Ori­ente, que vi­eram a Belém, tra­zendo pre­sentes, para con­tem­plar no Me­nino o mis­tério su­blime do Uni­gé­nito de Deus. († 1162)

14*.   Em L’Áquila, no ter­ri­tório dos Ves­tinos, ac­tu­al­mente nos Abruzos, re­gião da Itália, o Beato An­tónio Tor­riáni, pres­bí­tero da Ordem dos Ere­mitas de Santo Agos­tinho, mé­dico dos corpos e das almas. († 1494).

– Ver páginas 303-304: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

15*.   Em Orbe, na Sa­bóia, ac­tu­al­mente na França, a Beata Luísa (Ludovica, também na Folhinha do Coração de Jesus), re­li­giosa, filha do Beato Amadeu, que con­traiu ma­tri­mónio com o prín­cipe Hugo de Chalon e, quando ficou viúva, pro­fessou a regra de Santa Clara se­gun do a re­forma de Santa Co­lecta, com grande hu­mil­dade e fidelidade. († 1503).

– Ver páginas 305-306: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

16*.   Em Derby, na In­gla­terra, os be­atos Ni­colau Garlick, Ro­berto Lu­dlam e Ri­cardo Simpson, pres­bí­teros e már­tires, que, de­pois de muitos tor­mentos e ve­xames, foram con­de­nados à morte por causa do seu sa­cer­dócio, no rei­nado de Isabel I e, mortos no pa­tí­bulo, al­can­çaram a ale­gria celeste. († 1588)

17*.   Em New­castle upon Tyne, também na In­gla­terra, o Beato José Lambton, pres­bí­tero e mártir, que, com vinte e quatro anos de idade, no rei­nado da mesma Isabel I, por causa do seu sa­cer­dócio su­portou cruéis tor­turas e foi di­la­ce­rado vivo. († 1592)

18.   Em Durham, também na In­gla­terra, São João Boste, pres­bí­tero e mártir, que, no mesmo rei­nado de Isabel I, so­freu o mar­tírio por causa do sa­cer­dócio e pe­rante o juiz não cessou de con­fortar os companheiros. († 1594)

– Ver também “… 1594 – St. John Boste. Um dos Quarenta Mártires da Inglaterra e Gales; nascido em Dufton, em Westmoreland, Inglaterra; estudou em Oxford. Tornando-se católico em 1576, ele foi para Reims e recebeu a ordenação em 1581. John voltou para a Inglaterra, onde trabalhou nas partes do norte do reino.
Ele se tornou o objeto de uma caça ao homem em massa. Ele foi traído, preso e levado para Londres. Lá ele ficou aleijado e voltou para Dryburn, perto de Durham. Em 24 de julho, ele foi enforcado, sorteado e esquartejado. João foi canonizado pelo Papa Paulo VI em 1970 como um mártir de Durham…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly24.html

19♦.   Em Cór­dova, na Es­panha, o Beato Cris­tóvão de Santa Catarina (Cris­tóvão Fer­nández Val­la­dolid), pres­bí­tero da Ordem Ter­ceira Re­gular de São Fran­cisco, que foi ca­pelão mi­litar, de­pois fez-se ere­mita e por fim se de­dicou ao apos­to­lado e as­sis­tência entre os in­di­gentes e os en­fermos, para os quais fundou a Con­gre­gação Hos­pi­ta­leira de Jesus Nazareno. († 1690)

20.   Em Nam Dinh, ci­dade do Ton­quim, ac­tu­al­mente no Vi­etnam, São José Fer­nández, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e mártir, que, no tempo do im­pe­rador Minh Mang, foi de­ca­pi­tado por causa da sua fé em Cristo. († 1838)

21*.   Em Ná­poles, na Cam­pânia, re­gião da Itália, o Beato Mo­des­tino de Jesus e Maria (Do­mingos Ma­za­rello), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores, que, sempre dis­po­nível para todo o gé­nero de pes­soas po­bres e aflitas, morreu num tempo de peste, as­sis­tindo os mo­ri­bundos e con­ta­giado também ele pela epidemia. († 1854)

22*.   Em Gua­da­la­jara, na Es­panha, as beatas Maria do Pilar de São Fran­cisco de Borja (Ja­coba Mar­tínez Garcia), Te­resa do Me­nino Jesus (Eu­sébia Garcia y Garcia) e Maria Ân­gela de São José (Mar­ciana Vol­ti­erra Tor­de­sillas), vir­gens da Ordem das Car­me­litas Des­calças e már­tires, que, em tempo da per­se­guição re­li­giosa, re­ce­beram a coroa do mar­tírio acla­mando com ale­gria o Es­poso, Jesus Cristo. († 1936)

23*.   Em Bar­ce­lona, também na Es­panha, a Beata Maria Mer­cedes Prat, virgem da Com­pa­nhia de Santa Te­resa de Jesus e mártir, que na mesma per­se­guição con­sumou o mar­tírio por ser religiosa. († 1936)

24*.   Também em Bar­ce­lona, o Beato Xa­vier Bordas Piferrer, re­li­gioso da So­ci­e­dade Sa­le­siana, que, com o exemplo e o mar­tírio, deu tes­te­munho de Cristo, o di­vino mestre. († 1936)

25♦.   Em Ronda, perto de Má­laga, na Es­panha, os be­atos An­tónio Hen­rique Canut Isus e An­tónio Tor­rero Luque, pres­bí­teros da So­ci­e­dade Sa­le­siana e már­tires, que, du­rante a per­se­guição contra a fé, foram as­sas­s­si­nados e re­ce­beram a re­com­pensa do Senhor. († 1936)

26♦.   Em Bar­ce­lona, também na Es­panha, o Beato In­da­lécio Maria (Marcos Morón Casas), re­li­gioso da Con­gre­gação dos Ir­mãos das Es­colas Cristãs e mártir, que, du­rante a mesma per­se­guição contra a fé, com­bateu por Cristo um glo­rioso combate. († 1936)

27♦.   Também em Bar­ce­lona, os be­atos Jaime de Santa Teresa (Jaime Gascón Bordás) e Ro­mu­aldo de Santa Catarina (José Guil­lami Rodó) pres­bí­teros da Ordem dos Car­me­litas Des­calços e már­tires, que, du­rante a mesma per­se­guição, como dis­cí­pulos fiéis me­re­ceram a sal­vação no sangue de Cristo. († 1936)

28♦.   Em Hos­pi­talet de Llo­bregat, ci­dade da pro­víncia de Bar­ce­lona, também na Es­panha, o Beato Mi­guel Peiró Victóri, da Ordem Ter­ceira de São Do­mingos e mártir, que, na mesma per­se­guição contra a Igreja, con­firmou com o seu sangue a sua fi­de­li­dade ao Senhor. († 1936)

29♦.   Em Ma­drid, na Es­panha, José Jo­a­quim Es­naola Urteaga, o Beato pres­bí­tero da Ordem de Santo Agos­tinho e mártir, que, acei­tando fi­el­mente as pa­la­vras de Jesus, na mesma per­se­guição contra a fé, pela sua morte passou à vida gloriosa. († 1936)

30♦.   Também em Ma­drid, os be­atos João An­tónio Pérez Mayo, pres­bí­tero da Con­gre­gação dos Mis­si­o­ná­rios Oblatos de Maria Ima­cu­lada e com­pa­nheiros, már­tires, que, du­rante a mesma per­se­guição contra a fé cristã, der­ra­maram o seu sangue por Cristo. São estes os seus nomes: Ce­cílio Vega Do­mín­guez, Fran­cisco Pol­vo­rinos Gómez, João Pedro Co­tillo Fer­nández, Justo Gon­zález Lo­rente, Ma­nuel Gu­tiérrez Martín e Pas­coal Aláez Me­dina, re­li­gi­osos da Con­gre­gação dos Mis­si­o­ná­rios Oblatos de Maria Ima­cu­lada, e Cân­dido Castán San José, pai de família. († 1936)

31. Santo Ursino (também na Folhinha do Coração de Jesus)

– Ver Santo Ursicino, Bispo e Confessor: página 309: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

– Ver “… Ursicinus de Sens B (RM) morreu c. 380. São Ursicinus é registrado como o quarto bispo de Sens, França. Ele era um oponente do arianismo (beneditinos)…”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly24.html

32. São Niceta (também na Folhinha do Coração de Jesus).

– Ver páginas 308-309,  Santos Niceta e Aquilina  que, tendo se convertido pela pregação de São Cristóvão, mártir, e tendo sido decapitadas, conseguiram apalma do martírio: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

– Ver “… Soldados Martirizados, Santos Niceta e Aquilina. Nas tradições originais, eles foram chamados de Nicetas e Aquila. Em Lycia sanctárum Mártyrum Nicétæ et Aquilínæ, quæ, beáti Christóphori Mártyris prædicatióne ad Christum convérsæ, martyrii palmam obtruncatióne cápitis sumpsérunt.
   Na Lícia, os santos mártires Niceta e Aquilina, que se converteram a Cristo pela pregação do beato mártir Cristóvão, ganharam a palma do martírio ao serem decapitados.”: https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly24.html

33. Santo Himeneu e Capitão, mártires orientais, conforme o Martirológio Romano-Monástico.

– Ver Santo Meneu e Capiton, página 309: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

34. Outros santos do dia 24 de JULHO, páginas: 291-309

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2013.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 24 de julho, ver ainda: 24 de julho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA:

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi eCaterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS  571-574: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-
  3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes,sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-

%201.pdf

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Virgem Maria, socorra-nos, proteja-nos

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! Obrigado! Amém!

PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA PARA LUTAR COM ENTUSIASMO

E FORÇA DE VONTADE,

POR MEIO DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO,

MESMO EM SITUAÇÕES DIFÍCEIS E ESPINHOSAS,

PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ

DE BONS COSTUMES E SANTIDADE!

LIVRA-NOS DA CERVIZ DURA E DO CORAÇÃO EMPEDERNIDO!

EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!

AMÉM!

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DESANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

* SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio,lembrado em 10 de fevereiro)

“Ó meu Deus, “sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

“Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo,na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica apóso Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

“Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

“…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

* Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!

* PAI, ABRACE-NOS! JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS UNA!

MÃEZINHA MARIA, VELE POR NÓS!

EM NOME DE JESUS, PAI! AMÉM!

* Ver o blog https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.