Santas e Santos de 10 de julho

1.   Em Roma, os santos már­tires Félix e Fi­lipe, no ce­mi­tério de Pris­cila; Vital, Mar­cial e Ale­xandre, no ce­mi­tério dos Jor­danos; Si­lvano no ce­mi­tério de Má­ximo e Ja­nuário no ce­mi­tério de Pre­tex­tato. Na sua me­mória con­junta se alegra a Igreja Ro­mana, que, no mesmo dia glo­ri­fica o triunfo de todos eles e se sente pro­te­gida com a in­ter­cessão de tantos exem­plos de santidade. († data inc.).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no século II, o martírio dos Santos Januário, Filipe, Silvano, Alexandre, Vital e Marcial, que enfrentaram a morte exortados pela própria mãe Santa Felicidade.

– Ver: Santa Felicidade e seus sete filhos: páginas 341-345: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

– Ver Santa Felicidade de Roma (festa em 23 de novembro): https://pt.wikipedia.org/wiki/Felicidade_de_Roma

Ver também página 213: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

Ver 07 DE MARÇO: Me­mória das santas már­tires Per­pétua e Fe­li­ci­dade, presas em Car­tago com ou­tros jo­vens ca­te­cú­menos no tempo do im­pe­rador Sep­tímio Se­vero: Per­pétua, mu­lher pa­trícia de cerca de vinte e dois anos de idade, era mãe de uma cri­ança de peito; Fe­li­ci­dade, sua es­crava, es­tando grá­vida, se­gundo as leis devia ser con­ser­vada até dar à luz; mas, apesar das dores de parto, mos­trava-se se­rena di­ante das feras. Pas­saram ambas do cár­cere para o an­fi­te­atro, de rosto alegre, se­guras de que iam para o Céu. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória das Santas Perpétua e Felicidade (também na Folhinha do Coração de Jesus), martirizadas no anfiteatro de Cartago no dia 7 de março de 203. De condições sociais diferentes, estas duas jovens mães de família, ainda catecúmenas, enfrentaram a morte com mais coragem do que às dores do parto, na esperança de que não seriam mais elas, mas Cristo, que sofreria então nelas e por elas. (R). Ver sua história mais detalhada, juntamente com outros companheiros, nas págs. 226-243: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%204.pdf(† 203)

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Perp%C3%A9tua_e_Felicidade

– Ver 23 DE NOVEMBRO: Em Roma, no ce­mi­tério de Má­ximo, junto à Via Sa­lária Nova, Santa Fe­li­ci­dade, mártir. († data inc.).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no mesmo dia, receberam a coroa do martírio Santa Felicidade, em Roma, no séc. II e Santa Lucrécia, virgem de Mérida, no séc. IV. (M).

– Sobre Santa Felicidade, o VIDAS DOS SANTOS relata seu martírio e o de sete de seus filhos: Januário, Félix, Filipe, Silano, Alexandre, Vital e Marcial. Ver página 213: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver também sua história e lenda: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Felicidade_de_Roma e

https://pt.wikipedia.org/wiki/Felicidade_de_Roma

– Ver “Felicidade de Roma (em latimFelicitasc. 101 – 165) é uma das primeiras mártires cristãs venerada como santa. Além do nome, a única coisa certa que sabemos sobre ela é que seu corpo foi enterrado na Catacumba de Máximo, na Via Salária, em 23 de novembro[1]. Porém, as lendas posteriores a seu respeito a retratam como mãe de sete filhos mártires cuja festa é celebrada em 10 de julho. Na Igreja Ortodoxa, sua festa é celebrada em 7 de fevereiro (25 de janeiro no calendário juliano).”: Felicidade de Roma – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

2.   Na Via Au­rélia, a nove mi­lhas de Roma, as santas Ru­fina e Se­gunda, mártires. († data inc).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no séc. III, na via Cornélia, as Santas Rufina e Segunda, virgens e mártires. Uma basílica, que foi muito frequentada, foi levantada sobre seu sepulcro. (M)

– Ver “Também em Roma, na perseguição de Valeriano e Galieno, as santas virgens e mártires Rufina e Segunda, irmãs. Depois de serem submetidos a tormentos, e um ter sua cabeça esmagada com uma espada, a outra decapitada, elas partiram para o céu. Seus corpos são guardados com a devida homenagem na basílica de Latrão, próximo ao batistério.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly10.html#975

3.   No ter­ri­tório de Sa­bina, hoje no Lácio, re­gião da Itália, as santas Ana­tólia e Vi­tória, mártires. († data inc).

– Ver “Vitória, Anatólia e Audax são três jovens, duas moças e um rapaz, venerados como mártires e santos pela Igreja Católica e pela Igreja Ortodoxa. Vitória e Anatólia são mencionadas no Martirológio Romano (sem Audax) na data de 10 de julho[1]. Anatólia foi mencionada pela primeira vez na “De Laude Sanctorum”, composta em 396 por Vitríciobispo de Ruão (330-409). Ela e Vitória aparecem juntas no Martyrologium Hieronymianum na data de 10 de julho. Vitória é mencionada também, sozinha, em 19 de dezembro[2]. As duas aparecem em mosaicos na Basílica de Sant’Apollinare Nuovo, em Ravena, entre as santas Paulina e Cristina. Uma “Passio SS. Anatoliae et Audacis et S. Victoriae”, do século VI, que acrescentou o nome de Audax, foi mencionada por Adelmo (m. 709) e Beda (m. 735), que listaram as três em seus martirológios. César Barônio lista Anatólia e Audax em 9 de julho e Vitória, em 23 de dezembro[2]….”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Vit%C3%B3ria,_Anat%C3%B3lia_e_Audax

VER Nº 15, DIA 09 DE JULHO:

Santa Anatólia (também na Folhinha do Coração de Jesus).

– Ver Santa Anatólia e Santo Audácio, mártires. Ver página 322: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

– Ver “… 250 – Santa Anatólia Mártir com a irmã Victoria e seu guarda Audax, em Thora, no Lago Velino, na Itália, recusou o casamento; apoiada na sua decisão por uma visita de um anjo…   Na cidade de Thora, no Lago Velino, na Itália, o martírio dos Santos Anatólia e Audax, sob o imperador Décio. Anatólia, uma virgem consagrada a Cristo, curou muitas pessoas que sofriam de várias enfermidades em toda a província de Piceno e as fez crer em Cristo. Por ordem do juiz Faustiniano, ela foi condenada a diferentes tipos de punições. Ela foi curada da picada de uma serpente à qual havia sido exposta, um milagre que converteu Audax à fé. Por fim, orando com as mãos estendidas, ela foi perfurada por uma espada. Audax foi enviado para a prisão e, sem demora, condenado à pena de morte, obtendo assim a coroa do martírio.
    Anatólia morava com Vitória e foi procurada por um jovem chamado Aurélio, mas recusou. Ela foi apoiada em sua decisão pela visita de um anjo. Sua recusa resultou na prisão das irmãs durante as perseguições conduzidas pelo imperador Trajano Décio. Banido para Thora, Anatólia foi trancada em um quarto com uma serpente venenosa, mas o réptil não a atacou. Seu guarda, um homem chamado Audax, ficou tão comovido com o evento que se tornou cristão e sofreu o martírio com Anatólia pela espada. O martírio foi registrado em duas lendas ou tradições…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly09.html#975

4.   Na África Se­ten­tri­onal, os santos Ja­nuário e Ma­rinho, mártires. († data inc)

5.   Em Icónio, na Li­caónia, hoje Kónya, na Tur­quia, Santo Apo­lónio de Sardes, mártir, que, se­gundo consta, so­freu o mar­tírio da crucifixão. († data inc)

6.   Em Ni­có­polis, na an­tiga Ar­ménia, os santos Leôncio, Mau­rício (também na Folhinha do Coração de Jesus), Da­niel, An­tónio, Ani­ceto, Si­sino e ou­tros már­tires, que no tempo do im­pe­rador Li­cínio e do go­ver­nador Lí­sias foram tor­tu­rados com vá­rios suplícios. († s. IV)

7.   Na Pi­sídia, na ac­tual Tur­quia, os santos Bi­anor e Sil­vano, mártires. († s. IV).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IV, o martírio de vários cristãos que derramaram seu sangue por fidelidade a Cristo: Leôncio, Maurício e Daniel, na Armênia; Bianor, Silvano e Apolônio, na Ásia Menor (M).

8*.   Em Nantes, na Bre­tanha Menor, na ho­di­erna França, São Pas­cário, bispo, que re­cebeu Santo Her­me­lando com doze com­pa­nheiros, cha­mados do con­vento de Fon­ta­nelle, e o en­viou para a ilha de Indre, a fim de lá fundar um mosteiro. († s. VII)

9.   Em Ta­mise, na Flan­dres, hoje na Bél­gica, Santa Amal­berga, a quem São Wi­li­brordo impôs o véu das vir­gens consagradas. († 772)

10*.   Em Pe­rúgia, na Úm­bria, re­gião da Itália, São Pedro Vin­cióli, pres­bí­tero e abade, que re­cons­truiu a igreja em ruínas de São Pedro e junto dela fundou um mos­teiro, no qual, su­por­tando com pa­ci­ência muitas opo­si­ções, in­tro­duziu a ob­ser­vância cluniacense. († 1007).

– Ver páginas 359-360: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

11.   Em Odense, na Di­na­marca, São Ca­nuto, mártir, que, du­rante o seu reino, ani­mado por ar­dente zelo, di­fundiu o culto di­vino, con­tri­buiu para pro­mover a si­tu­ação e ac­ti­vi­dade do clero e, de­pois de ter fun­dado as Igrejas de Lund e de Odense, foi as­sas­si­nado por al­guns súb­ditos rebeldes. († 1086).

– Ver “Canuto IV (em dinamarquêsKnud 4. den Hellige; c.1043 — 17 de Julho de 1086), também conhecido como Canuto, o Santo 

(em dinamarquêsKnud den Hellige), foi rei da Dinamarca entre 1080 e 1086. É o santo padroeiro da Dinamarca.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Canuto_IV_da_Dinamarca

12*.   Em Orange, na Pro­vença, re­gião da França, as be­atas Santa Sofia (Maria Ger­trudes Ri­pert d’Alau­zier) e Inês de Jesus (Sílvia Inês de Ro­millon), vir­gens da Ordem de Santa Úr­sula e már­tires du­rante a Re­vo­lução Francesa. († 1794)

13.   Em Dong-Hoi, ci­dade do Anam, hoje no Vi­etnam, os santos An­tónio Nguyen Huu (Nam) Quynh e Pedro Nguyen Hhac Tu, már­tires, que eram ca­te­quistas e foram es­tran­gu­lados no tempo do im­pe­rador Minh Mang por causa da sua fé cristã. († 1840)

14*.   Em Da­masco, na Síria, os be­atos már­tires Ma­nuel Ruiz (Emanuel

Ruiz), pres­bí­tero e com­pa­nheiros, sete da Ordem dos Frades Me­nores e três ir­mãos da Igreja Ma­ro­nita, que, en­tre­gues frau­du­len­ta­mente aos ini­migos por um traidor, foram sub­me­tidos à tor­tura de vá­rios su­plí­cios e con­su­maram o seu mar­tírio pela fé cristã com morte gloriosa. São estes os seus nomes: Car­melo Volta, Pedro Soler, Ni­colau Al­berca, En­gel­berto Kol­land, As­cânio Ni­canor, pres­bí­teros; Fran­cisco Pi­nazo e João Diogo Fer­nández, re­li­gi­osos da Ordem dos Frades Me­nores; Fran­cisco, Mooti (Abdul-Muti) e Ra­fael Mas­sabki (também na Folhinha do Coração de Jesus) ir­mãos de sangue. († 1860).

– No Martirológio Romano-Monástico, em Damasco, o martírio de Oito Franciscanos e Três Maronitas, que testemunharam Cristo diante do Islamismo (X).

– Ver Os Bem-Aventurados Mártires de Damasco: páginas 361-366: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

– Ver “… 1860 – Mártires de Damasco 8 franciscanos e 3 mártires maronitas mortos em um levante druso em 1860 em Damasco, Síria. Recusaram-se a aceitar a fé muçulmana, eles foram executados O Papa Pio XI os beatificou em 1926 .”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly10.html#975

15♦.   (Ver também 20 de julho, nº 27) Em Rocca Priora, pró­ximo de Roma, o Beato Luís Novarese, pres­bí­tero, fun­dador dos Si­len­ci­osos Ope­rá­rios da Cruz, de­di­cados es­pe­ci­al­mente ao apos­to­lado entre os enfermos. († 1984)

– Ver “… Sacerdote e Fundador da Pia União dos Silenciosos Operários da Cruz

Martirológio Romano: Em Rocca Priora, Roma, o Beato Luís Novarese, sacerdote fundador da Pia União dos Silenciosos Operários da Cruz e do Centro Voluntário do Sofrimento. († 1984)
Data da beatificação: 11 de maio de 2013, durante o pontificado de SS Francisco…

UMA MUDANÇA NA PASTORAL DO SOFRIMENTO
A vida e a obra de Monsenhor Luis Novarese são uma resposta concreta ao problema do sofrimento humano e deixaram uma grande mudança na pastoral do sofrimento. Com a associação “Obreiros Silenciosos da Cruz” e os “Voluntários do Sofrimento”, Monsenhor Novarese lançou as bases para uma ação capilar no grande e misterioso mundo da dor humana, para que uma luz de esperança seja acesa e levedada Evangelho de Cristo crucificado e ressuscitado.
A partir da mensagem que a Virgem deixou em Lourdes e Fátima, Dom Novarese teve desde o início de sua atividade a preciosa e oculta colaboração de Irmã Myriam. Juntos, traçaram para todas as pessoas que sofrem (sacerdotes e leigos doentes, deficientes físicos, sensoriais e mentais de todas as idades…) um caminho luminoso e entusiasmado no coração da Igreja que se articula nas seguintes etapas:
• a vocação específica dos doentes e deficientes à santidade e ao apostolado. Definido por João Paulo II “vocação ao sofrimento, isto é, vocação ao amor”.
• Sua atividade apostólica, concretizada no princípio “doente para doente”.
• O papel insubstituível na Igreja, na família e na sociedade, de ser “sujeitos de ação” e não objetos de caridade, piedade e assistência. A realização desta atividade é oferecida constante e progressivamente por intervenções diretas com os Sumos Pontífices, de Pio XII a Bento XVI, que estenderam este discurso associativo a todos os doentes e deficientes do mundo.
Luis Novarese faleceu aos 70 anos, em 20 de julho de 1984, em Rocca Priora (Roma), deixando um grande apostolado e uma obra que está espalhando pelo mundo.
No sábado, 27 de março de 2010, o Papa Bento XVI deu sua aprovação para a publicação do Decreto sobre as virtudes heroicas de Dom Luigi Novarese.
Sua Santidade Bento XVI assinou em 19 de dezembro de 2011 o decreto com o qual se reconhece um milagre graças à intercessão do Venerável Luis Novarese, que permitirá que sua próxima beatificação ocorra, se Deus quiser, em 11 de maio de 2013…”: http://es.catholic.net/op/articulos/36929/cat/214/luis-novarese-beato.html#modal

 – Ver também “…Estas são as principais datas do processo:

  • 17 de setembro de 1989: início da causa de beatificação;
  • 27 de fevereiro de 2004: entrega da documentação relativa ao inquérito diocesano (46 volumes) à Congregação para as Causas dos Santos ;
  • 17 de setembro de 2007: encerramento da investigação diocesana sobre o suposto milagre ocorrido por intercessão de Monsenhor Novarese;
  • 27 de março de 2010: reconhecimento das virtudes heroicas do venerável Monsenhor Luigi Novarese;
  • 19 de dezembro de 2011: decreto de beatificação assinado pelo Papa Bento XVI;
  • 11 de maio de 2013: beatificação…”: https://it.wikipedia.org/wiki/Luigi_Novarese

– Ver ainda “… Santos do dia 20 de julho. Beato Luis Novarese, sacerdote e fundador.

can.: B: Francisco 11 de maio de 2013
país: Itália – b.: 1914 – †: 1984
formas do nome: Luigi Novarese
hagiografia: Hagiopedia… { https://www.eltestigofiel.org/index.php?idu=sn_santoral&id_fecha=20-7-2022 }…

Ele nasceu em Casale Monferrato (Itália), em uma família camponesa. Luis experimentou pessoalmente a doença e o sofrimento. Aos nove anos, era o ano de 1923, quando sofreu uma terrível queda e ficou gravemente doente, permanecendo imóvel. Ele foi diagnosticado com coxite tuberculosa, teve até 21 abscessos e vomitava quase um litro de pus por dia. Os médicos queriam expulsá-lo.

Em 17 de maio de 1931, aos 17 anos, Luís finalmente obteve o tão esperado milagre, uma cura completa e instantânea, graças à intercessão de Maria Auxiliadora, com a mediação do Beato Padre Felipe Rinaldi, sucessor de Dom Bosco , naquele que pediu o favor de rezar por sua cura ao fundador dos Salesianos. 

Ele então prometeu à Santíssima Virgem que, caso fosse curado, se dedicaria totalmente ao povo sofredor. Ele havia sofrido muito nos hospitais por causa da forma como as pessoas doentes eram tratadas.

Sua cura milagrosa foi publicada no Boletim “O Sagrado Coração de Jesus” da comunidade salesiana de Casale Monferrato em setembro de 1931. Ainda tem uma sequela: uma perna é 15 cm mais curta que a outra. então você tem que usar um sapato ortopédico com tirantes.

O jovem Luís foi enviado pelo Bispo de Casale a Roma, ao Almo Colegio Capranica. Foi ordenado sacerdote em 17 de dezembro de 1938 na Basílica de San Juan de Letrán. Exerceu seu primeiro ministério sacerdotal na paróquia de San Saturnino e dos Padroeiros de Roma. Obteve a licenciatura em Sagrada Teologia em 1939; em 1942 graduou-se em Direito Canônico na Universidade Gregoriana. Em 1945 obteve o diploma de Advogado Rotal do Tribunal de la Rota (Santa Sé).

Em 1º de maio de 1942 foi chamado por Monsenhor Giovanni Batista Montini para trabalhar na Secretaria de Estado (Vaticano). Como redator de sumários pontifícios, há vinte anos Monsenhor Montini, futuro Papa Paulo VI, terá a oportunidade de apreciar suas qualidades de laboriosidade e tenacidade, espiritualidade, discrição e inteligência. Foi nomeado Garçom Secreto Supernumerário em 12 de março de 1952, prelado doméstico de Sua Santidade Pio XII em 17 de outubro de 1957, título que lhe permite ser chamado de Monsenhor.

De 1964 a 1977 dirigiu o escritório de assistência espiritual hospitalar C.E.I. (Conferência Episcopal Italiana). Nesse meio tempo, passou a realizar inúmeras atividades de formação e trabalhos de caridade a serviço da pastoral do sofrimento. Monsenhor Novarese “acreditava” na pessoa doente e em suas infinitas possibilidades; à condição de que a pessoa doente se entrega totalmente à misteriosa ação da graça, que silenciosamente opera em seu coração através da fé.

A atividade pastoral diária e o trabalho no Vaticano não distrairam o Padre Luis de seu projeto de dedicar-se às pessoas que sofrem; com a irmã Elvira Psorulla, a quem pede colaboração neste novo apostolado, deu vida a uma fundação que tem diferentes níveis, propondo o apoio espiritual, humano e material das pessoas que sofrem:

Em maio de 1943, com o apoio e apoio do Padre Gabriel Roschini OSM dá vida à Liga Sacerdótea Mariana (LSM). O objetivo específico de ajudar padres, saudáveis e doentes, a espalhar a verdadeira devoção à Virgem Maria, especialmente entre os doentes, de acordo com o espírito de “oração e penitência” que Nossa Senhora pediu em Lourdes e Fátima. Começa o apostolado dos Voluntários do Sofrimento. Com a autorização do Papa Pio XII, começa a transmissão semanal de rádio “Quarto de uma Hora de Serenidade” na estação de rádio do Vaticano. Começa a publicação da revista mensal gratuita “el Ancora” para os voluntários do sofrimento. Fundou os Trabalhadores Silenciosos da Cruz, uma associação privada internacional dos fiéis, reconhecida pelo Pontifício Conselho para os Leigos, para a qual leigos e clérigos podem se juntar. Eles professam os três conselhos evangélicos.

Em junho de 1952, o Dom Novarese fez a primeira peregrinação de apenas padres doentes para Lourdes coordenada pela Liga Sacerdotisa Mariana. Em seguida, ele realiza no santuário de Oropa (Itália) o primeiro retiro espiritual para pessoas com deficiência e doentes de diferentes partes da Itália. Nasceu a ideia de fazer retiros e exercícios espirituais, onde pessoas com deficiência e doentes, podem viver anualmente a experiência de exercícios espirituais. Ele fez a primeira e maior audiência do Papa Pio XII para 7.000 “Voluntários do Sofrimento” da Itália e do exterior. É a primeira vez que um Papa recebe um grande número de doentes e deficientes (o primeiro encontro na história da Igreja).

Em 1954, nasceu a primeira oficina para pessoas com limitações físicas em Re (Verbania). Com o objetivo de as pessoas serem ativas na sociedade: elas são seres humanos com capacidades e podem fazer muitas coisas.

Atualmente, os Trabalhadores Silenciosos da Cruz estão localizados em diferentes países do mundo: Itália, Polônia, Portugal, Israel (Jerusalém), Camarões e Colômbia.

Monsenhor Novarese deixou estas palavras nas mãos dos doentes, deficientes e membros de suas Associações: “Que a pessoa doente e deficiente seja um instrumento ativo nas mãos de Nossa Senhora para a Glória de Deus e a salvação de todos os homens. Ativo por sua vida de graça, viveu sem tristeza ou anseio pelo que não pode fazer; ativo para o trabalho de conquista que Ele deve fazer em torno dele. “O Imaculado quer que pessoas doentes e deficientes se tornem apóstolos e anunciem o Plano de Redenção.”

Luis Novarese morreu aos 70 anos, em 20 de julho de 1984, em Rocca Priora (Roma), deixando um grande apostolado e uma obra que está se espalhando pelo mundo. Ele foi beatificado pelo Papa Francisco em maio de 2013. (fonte: Hagiopedia)…”: https://www.eltestigofiel.org/index.php?idu=sn_5009

16. Bem-Aventurado Pacífico, confessor. Guilherme Divini, depois Frei Pacífico. Ver páginas 346-358: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf

– Ver Beato Pacífico

Também conhecido como

  • Pacífico

Memorial

Perfil

Músico viajante , foi coroado “príncipe dos poetas” em Roma , Itália , pelo Imperador, e viveu uma vida muito dissoluta. Ele foi levado a uma fé ativa pela pregação de São Francisco de Assis , unindo-se aos frades franciscanos em 1212 , tornou-se um dos companheiros de viagem favoritos de São Francisco e até musicou alguns de seus escritos . São Francisco o enviou para difundir a espiritualidade e a vida franciscana em Paris , França em 1217 . Encarregado pelo Papa Gregório IX da direção espiritual das Clarissas em Siena , Itália , em 1223 . Líder espiritual dos franciscanos no norte da França c. 1230 .

Nascer

Morreu

informação adicional

Citação MLA

17. VER SANTAS E SANTOS DE 10 DE JULHO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Nossa Senhora de Bolonha — Amalburga Anatólia de Thora Antôn Nguyen Huu Quynh Apolônio de Sardes Arnaldo de Camerino Bianor da Pisídia Cuán de Airbhre Elilantus Etto Euménios Faustino Villanueva Villanueva Knud da Dinamarca Lantfrid Marie-Gertrude de Ripert d’Alauzier Nicolau Spira Pacificus Partênio Pascário de NantesPedro Vincioli Phêrô Nguyen Khac Tu Silvestre da Pisídia Sylvie-Agnès de Romillon Vitória WaltramMártires da África – 4 santos Mártires de Antioquia – 10 santos Mártires de Damasco – 11 beatas Mártires de Nicópolis – 45 santos Mártires da Nitria – 5 santos Mártires de Tomis – 45 santos Sete Santos Irmãos – 7 mártires Martirizado em Roma Rufina Secunda — Antonios Petsjerskij Bernardo de Quintavalle
todos esses memoriais em uma única página

18. Outros santos do dia 10 de JULHO, páginas 341-367:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2012.pdf – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 10 de julho, ver ainda: 10 de julho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 531-533: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php
  10. https://catholicsaints.info/10-july/
  11. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly10.html#                              

  (sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição e obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!