Santas e Santos de 16 de julho

DESTAQUE DE 16 DE JULHO: NOSSA SENHORA DO CARMO

16 DE JULHO, NOSSA SE­NHORA DO CARMO (também na Folhinha do Coração de Jesus), que evoca o monte Car­melo, onde o pro­feta Elias re­con­duziu o povo de Is­rael ao culto do Deus vivo e, mais tarde, ali se re­ti­raram al­guns ere­mitas à pro­cura de so­lidão, cons­ti­tuindo uma ordem de vida con­tem­pla­tiva sob o pa­tro­cínio da Santa Mãe de Deus.

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, Festa de Nossa Senhora do Carmo (ou Nossa Senhora do Monte Carmelo). As Escrituras cantam a beleza do Carmelo, onde o Profeta Elias defendeu a pureza da fé de Israel no Deus vivo. No tempo das Cruzadas, alguns eremitas cristãos buscaram uma vida contemplativa sobre essa montanha sagrada, perto de Nazaré, onde a Virgem Maria havia vivido, “guardando a Palavra de Deus em seu coração”. (Cf. Liturgia das Horas, p. 1273). (R).

– Ver: “NOSSA SENHORA DO MONTE CARMELO OU NOSSA SENHORA DO CARMO “…Nossa Senhora do Monte Carmelo ou Nossa Senhora do Carmo é o título dado à Maria, Mãe de Jesus, em honra de sua função como padroeira da Ordem dos Carmelitas, assim como testemunha o Cardeal Piazza: “O Carmo existe para Maria e Maria é tudo para o Carmelo, na sua origem e na sua história, na sua vida de lutas e de triunfos, na sua vida interior e espiritual”. A palavra Carmelo em hebraico: (“Carmo” significa vinha, portanto, “Vinha do Senhor”): este nome nos aponta para a famosa montanha que fica na Palestina, onde o profeta Elias e o sucessor Elizeu fizeram história com Deus e com Nossa Senhora, que foi prefigurada pelo primeiro num pequena nuvem (cf. l Rs 18,20-45). [1]Os primeiros carmelitas eram eremitas que viviam no Monte Carmelo, na Terra Santa, entre o final do século XII e meados do século XIII. Eles construíram, no meio de seus eremitérios, uma capela que dedicaram à Santíssima Virgem…

Desde o século XII, a devoção popular a Nossa Senhora do Carmo está centrada em seu escapulário, que originalmente é dois pedaços de tecido ligados por finas fitas que o fiéis leigos carregam em seus ombros, é um resumo da devoção maior do Escapulário marrom como uma veste ´hábito’ usado por Religiosos Monges(as) Carmelitas, é também um sacramental associado às promessas de ajuda feitas por Maria para a salvação do devoto portador, o uso do escapulário é uma via de salvação, mas primeiramente de conversão dos devotos, para que possam viver uma nova espiritualidade. Originalmente, o escapulário em si mesmo, significa a obediência, ou seja, o jugo suave, o fardo leve de Nosso Senhor Jesus Cristo, os monges(as) carmelitas faziam votos de obediência, e havia nas constituições primitivas uma penalidade para quem deixasse de usar o escapulário na ordem religiosa, por que significava que não queriam mais carregar no ombros o peso da obediência o leve fardo de Nosso Senhor Jesus Cristo. A tradição da Santa Igreja afirma que, Nossa Senhora entregou o escapulário ao carmelita chamado Simão Stock.[2][3]”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Carmo

– Ver dia 16 de maio SÃO SIMÃO STOCK E O ESCAPULÁRIO DE NOSSA SENHORA DO CARMO: “São Simão Stock foi um frade carmelita inglês, que viveu no século XIII, e morreu em Bordeaux. Foi Prior Geral da Ordem dos Carmelitas. Segundo uma tradição católica, Nossa Senhora do Monte Carmelo apareceu-lhe numa visão e entregou-lhe o escapulário como sinal de sua proteção. É vastíssima a iconografia a seu respeito. Sua festa é celebrada no dia 16 de Maio.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Sim%C3%A3o_Stock

Ver também “…No ano de 1251, numa visão, Nossa Senhora apareceu-lhe, e, depositando-lhe entre as mãos o escapulário, revelou-lhe que os que morressem trazendo-o consigo certamente escapariam das penas do inferno.”, página 402: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– Ver páginas 91-92: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

VER AINDA SOBRE SÃO SIMÃO STOCK (16 DE MAIO): Em Bor­déus, na Gas­conha, na ho­di­erna França, São Simão Stock, pres­bí­tero, que, de­pois de ter sido ere­mita na In­gla­terra, in­gressou na Ordem dos Car­me­litas, da qual foi ad­mi­rável su­pe­rior, tor­nando-se cé­lebre pela sua sin­gular de­voção à Virgem Maria. († 1265).

Ver “…No ano de 1251, numa visão, Nossa Senhora apareceu-lhe, e, depositando-lhe entre as mãos o escapulário, revelou-lhe que os que morressem trazendo-o consigo certamente escapariam das penas do inferno.”, à página 402: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%208.pdf

– SOBRE O ESCAPULÁRIO DE NOSSA SENHORA DO CARMO, VER:

a. “O Escapulário de Nossa Senhora do Carmo (ou, simplesmente, 

Escapulário do Carmo) é definido como sendo uma “tira de pano que os frades e freiras de certas ordens trazem sobre o peito” (Dicionário Aurélio). Normalmente, quando se fala de um escapulário costuma referir-se sempre ao escapulário da Ordem do Carmo, que é reconhecido pela Igreja Católica e que todos os Papas do século XX usaram.”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Escapul%C3%A1rio_de_Nossa_Senhora_do_Carmo

b.  “O escapulário do Carmo é um sinal externo de devoção mariana, que consiste na consagração à Santíssima Virgem Maria pela inscrição na Ordem Carmelita, na esperança de sua proteção maternal.
O distintivo externo desta inscrição ou consagração é o pequeno escapulário marrom.

O escapulário do Carmo é um sacramental, quer dizer, segundo o Concílio Vaticano II, “um sinal sagrado segundo o modelo dos sacramentos, por meio do qual se significam efeitos, principalmente espirituais, obtidos pela intercessão da Igreja”. (S.C.60).”:

https://www.acidigital.com/Maria/vcarmen/escapulario.htm

– Ver ainda: ORDEM DO CARMO: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ordem_do_Carmo

– EREMITAS DA BEM-AVENTURADA VIRGEM MARIA DO MONTE CARMELO: “Os Eremitas da Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo (ou Carmelitas Eremitas) são um ramo da Ordem do Carmo que se originou com monges eremitas que, desde o século XIII, se tornaram na sua maioria em frades mendicantes. Os Carmelitas Eremitas do ramo masculino da Ordem do Carmo não são, contudo, considerados como os frades carmelitas de vida activa e apostólica. Na actualidade, os Carmelitas Eremitas são comunidades separadas, tanto de homens como de mulheres, que vivem em clausura, inspirada na antiga vida monástica carmelita, sob a autoridade do Prior Geral da Ordem Carmelita (O. Carm.).

Nossa Senhora do Carmo é a principal padroeira deste tipo de comunidades carmelitas. Este ramo baseia-se, por norma, no carisma carmelita primitivo da Antiga Observância, ainda que partilhe a riqueza espiritual do ramo reformado por Santa Teresa de Ávila e São João da Cruz.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Eremitas_da_Bem-Aventurada_Virgem_Maria_do_Monte_Carmelo

– Ver também “…16 de julho, Nossa Senhora do Monte Carmelo: Os eremitas viviam no Monte Carmelo perto da Fonte de Elias (norte de Israel) no século 12. Eles tinham uma capela dedicada a Nossa Senhora. No século 13, eles se tornaram conhecidos como “Irmãos de Nossa Senhora do Monte Carmelo”. Eles logo celebraram uma missa especial e ofício em honra de Maria. Em 1726, tornou-se uma celebração da Igreja universal com o título de Nossa Senhora do Carmo. Durante séculos, os Carmelitas se viram especialmente relacionados com Maria. Seus grandes santos e teólogos promoveram a devoção a ela e muitas vezes defenderam o mistério de sua Imaculada Conceição…

… Os Carmelitas eram conhecidos desde o início como “Irmãos de Nossa Senhora do Monte Carmelo”. O título sugere que eles viam Maria não apenas como “mãe”, mas também como “irmã”. A palavra “irmã” é um lembrete de que Maria está muito perto de nós. Ela é filha de Deus e, portanto, pode nos ajudar a ser autênticas filhas e filhos de Deus. Ela também pode nos ajudar a aumentar nosso apreço por sermos irmãs e irmãos. Ela nos leva a uma nova compreensão de que todos os seres humanos pertencem à família de Deus. Quando essa convicção cresce, há esperança de que a raça humana possa encontrar seu caminho para a paz. 
Citação: “As várias formas de piedade para com a Mãe de Deus, que a Igreja aprovou dentro dos limites da sã e ortodoxa doutrina, segundo as disposições e a compreensão dos fiéis, asseguram que enquanto a mãe é honrada, o Filho por quem todas as coisas têm o seu ser (cf. Colossenses 1: 15-16) e no qual agradou ao Pai que toda a plenitude habitasse (cf. Colossenses 1:19), é devidamente conhecido, amado e glorificado e os seus mandamentos são observados ” (Constituição dogmática sobre a Igreja, 66)…

… A festa patronal da Ordem Carmelita era originalmente a Assunção da Bem-Aventurada Virgem Maria em 15 de agosto; mas entre 1376 e 1386 surgiu o costume de observar uma festa especial de Nossa Senhora, para celebrar a aprovação de seu governo pelo Papa Honório III em 1226. Esse costume parece ter se originado na Inglaterra; e a observância foi fixada para 16 de julho, data também em que, segundo a tradição carmelita, Nossa Senhora apareceu a São Simão Stock e deu-lhe o escapulário. No início do século XVII, tornou-se definitivamente a “festa escapular” e logo começou a ser observada fora da ordem, e em 1726 foi estendida a toda a igreja ocidental pelo Papa Bento XIII . ”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly16.html

OUTRAS SANTAS E SANTOS DE 16 DE JULHO

2.   Em Anas­ta­sió­polis, na Ga­lácia, na ho­di­erna Tur­quia, Santo An­tíoco, mártir, irmão de São Platão. († s. III-IV)

3.   Em Se­baste, na an­tiga Ar­ménia, hoje Sivas, na Tur­quia, Santo Ate­nó­genes, co­re­pís­copo e mártir, que deixou aos dis­cí­pulos um hino sobre a di­vin­dade do Es­pí­rito Santo e morreu quei­mado vivo por Cristo. († c. 305).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no começo do séc. IV, Santo Atenogênio, bispo de Sebaste, na Armênia, que foi queimado vivo junto com dez de seus discípulos. Segundo São Basílio, ele compusera um hino no qual proclamava a divindade do Espírito Santo (M).

4*.   Em Jersey, ilha do Mar do Norte, Santo He­lério, ere­mita, que, se­gundo a tra­dição, so­freu o mar­tírio às mãos de piratas. († s. VI)

5*.   Em Ma­as­tricht, no Bra­bante, re­gião da Aus­trásia, ac­tu­al­mente na Ho­landa, os santos Mo­nulfo (Monolfo) e Gon­dulfo (Gondolfo), bispos. († s. VI/VII)

6.   Em Saintes, no Hai­naut, na ac­tual França, os santos már­tires Rei­nilde, virgem, Gri­mo­aldo e Gon­dulfo (Gondolfo), que, se­gundo a tra­dição so­freram o mar­tírio às mãos de salteadores. († c. 680)

7.   Em Cór­dova, na An­da­luzia, re­gião da Es­panha, São Si­se­nando, diá­cono e mártir, que foi de­go­lado pelos Mouros por causa da sua fé em Cristo. († 851).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Córdova, em 851, São Sisenando, diácono, cognominado “o Santíssimo Levita”, que proclamou Cristo pelo sacrifício sangrento de sua vida diante do islamismo (M).

– Ver página 85: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

8*.   No mos­teiro de Chi­emsee, na Ba­viera, re­gião da ac­tual Ale­manha, a Beata Ir­men­garda, aba­dessa, que, desde tenra idade aban­donou o fausto do pa­lácio real e se en­tregou ao ser­viço de Deus, le­vando con­sigo muitas com­pa­nheiras vir­gens para se­guirem o Cordeiro. († 866)

9*.   A paixão do Beato Simão da Costa, re­li­gioso da Com­pa­nhia de Jesus e o úl­timo dos már­tires da nau «São Tiago», que na vés­pera deste dia foram as­sas­si­nados em ódio à Igreja. († 1570)

10*.   Em Viana do Cas­telo, no mos­teiro da Santa Cruz, em Por­tugal, o Beato Bar­to­lomeu dos Mártires Fernandes, bispo de Braga, cuja me­mória em Por­tugal se ce­lebra no dia de­zoito deste mês. († 1590).

– Ver páginas 86-87: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

11*.   Em Warwich, na In­gla­terra, os be­atos João Sugar, pres­bí­tero, e Ro­berto Grissold, már­tires, que foram con­de­nados à morte no rei­nado de Jaime I – o pri­meiro por ter en­trado na In­gla­terra como sa­cer­dote, o se­gundo por tê-lo aju­dado – e, ator­men­tados com duros su­plí­cios, al­can­çaram a palma do martírio. († 1604)

12*.   Em Cu­nhaú, ci­dade pró­xima de Natal, no Brasil, os be­atos André de Soveral, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus, e Do­mingos Carvalho, már­tires, que du­rante a ce­le­bração da Missa com um nu­me­roso grupo de fiéis, foram do­lo­sa­mente re­tidos na igreja e bar­ba­ra­mente assassinados. († 1645).

– Ver também PROTOMÁRTIRES DO BRASIL, MÁRTIRES DA FÉ. Morte: 16 de julho de 1645 e 3 de outubro de 1645 em Engenho de Cunhaú (Canguaretama) e Comunidade Uruaçú (São Gonçalo do Amarante). Veneração por Igreja Católica. Beatificação: 5 março de 2000Praça de São PedroVaticano por São João Paulo II. Canonização 15 de Outubro de 2017Vaticano por Papa Francisco. Principal templo: Capela dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu. Festa litúrgica: 3 de outubro. Padroeiro do estado do Rio Grande do Norte: https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%A1rtires_de_Cunha%C3%BA_e_Urua%C3%A7u

MORTOS EM CUNHAÚ EM 16 DE JULHO DE 1645 (festa litúrgica em 03 de outubro)

  • Padre André de Soveral
  • Domingos Carvalho

 MORTOS EM URUAÇU EM 3 DE OUTUBRO DE 1645

  • Padre Ambrósio Francisco Ferro
  • Mateus Moreira
  • Antônio Vilela e sua filha
  • José do Porto
  • Francisco de Bastos
  • Diogo Pereira
  • João Lostão Navarro
  • Antônio Vilela Cid
  • Estêvão Machado de Miranda e duas filhas
  • Vicente de Souza Pereira
  • Francisco Mendes Pereira
  • João da Silveira
  • Simão Correia
  • Antônio Baracho
  • João Martins e sete companheiros
  • Manuel Rodrigues Moura e sua esposa
  • uma filha de Francisco Dias ” em: https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%A1rtires_de_Cunha%C3%BA_e_Urua%C3%A7u

e https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Mártires_de_Cunhaú_e_Uruaçu

–  Ver: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-41568388

–  Ver: http://www.vatican.va/news_services/liturgy/libretti/2017/20171015-libretto-canonizzazione.pdf

– Ver reportagem do UOL de 15/10/2017 : https://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2017/10/15/papa-canoniza-30-brasileiros.htm

– Ver na Folha de São Paulo em 02/04/2017: “…. MASSACRES

Os crimes foram registrados em 1645, durante a dominação holandesa no Nordeste do país, e tiveram como alvos as duas únicas comunidades paroquiais que existiam na região.

O episódio é descrito pelo monsenhor Francisco de Assis Pereira no livro “Beato Mateus Moreira e seus Companheiros Mártires”.

Segundo a narrativa, os crimes foram praticados em um contexto de perseguição religiosa em que os invasores holandeses, que eram calvinistas, não admitiam a prática da religião católica.

Os algozes teriam sido soldados holandeses e índios comandados por um alemão, a serviço da Holanda e identificado como Jacó Rabe.

As chacinas deixaram cerca de 150 vítimas, mas só 30 foram identificadas.

Para serem declarados beatos e posteriormente santos, três elementos são considerados, segundo a igreja: as virtudes em grau heroico, a fama de santidade e a realização de possíveis milagres.

“Mas o papa autorizou um processo mais simples, dispensando milagres, tendo em vista a antiguidade do martírio”, diz o arcebispo de Natal.

A Igreja não exige comprovação de milagres para a canonização, mas ao menos 5.000 cartas foram enviadas à arquidiocese atribuindo a eles “graças alcançadas”.” – https://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/04/1872002-papa-francisco-pode-canonizar-vitimas-de-massacre-no-rn.shtml

– VER SUA FESTA LITÚRGICA NO DIA 03 DE OUTUBRO.

13*.   Num barco-prisão an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, os be­atos Ni­colau Sa­vouret, da Ordem dos Frades Me­nores Con­ven­tuais, e Cláudio Bé­guignot, da Ordem Car­tu­siana, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, en­car­ce­rados na sór­dida ga­lera em ódio ao seu sa­cer­dócio, pe­re­ceram con­su­midos pela enfermidade. († 1794)

14*.   Em Orange, na França, as be­atas Amada de Jesus (Maria Rosa de Gordon) e seis companheiras, vir­gens e már­tires, que, na mesma re­vo­lução, tendo-se re­cu­sado a aban­donar a vida re­li­giosa, foram con­de­nadas à morte e re­ce­beram com ale­gria a palma do martírio. São estes os seus nomes: Maria de Jesus (Mar­ga­rida Te­resa Cha­ransol), São Jo­a­quim (Maria Ana Bé­guin-Royal), São Mi­guel (Maria Ana Doux), Santo André (Maria Rosa Laye), Do­ro­teia do Co­ração de Maria (Do­ro­teia Ma­da­lena Júlia de Jus­ta­mond) e Ma­da­lena do San­tís­simo Sa­cra­mento (Ma­da­lena Fran­cisca de Justamont). († 1794)

VER 09 DE JULHO: MÁRTIRES DE ORANGE: https://catholicsaints.info/martyrs-of-orange/

15.   No ter­ri­tório de Saint-Sau­veur-le-Vi­comte, na Nor­mandia, re­gião da França, Santa Maria Ma­da­lena Postel (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, que, na mesma per­se­guição, pe­rante a ex­pulsão dos sa­cer­dotes, prestou todo o gé­nero de au­xílio aos en­fermos e aos fiéis e, es­ta­be­le­cida a paz, fundou a Con­gre­gação das Fi­lhas da Mi­se­ri­córdia para a for­mação cristã das me­ninas pobres. († 1846).

– Ver páginas 88-90: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

16.   Em Lu­jiapo, lo­ca­li­dade pró­xima de Qinghe, no Hebei, pro­víncia da China, os santos Lang Yangzhi, ca­te­cú­mena, e Paulo Lang Fu, seu filho, már­tires, que, du­rante a per­se­guição dos «Yihe­tuan», porque a mãe se de­clarou cristã, con­su­maram o mar­tírio por Cristo na sua casa de­vo­rada pelas chamas. († 1900)

Ver 28 DE SETEMBRO: MÁRTIRES DA CHINA: https://catholicsaints.info/martyrs-of-china/

17. Na localidade de Zhangjiaji em Hebei Ningjin, Santa Teresa Zhang Hezhi, que durante a mesma perseguição,  pega em um pagode, recusou-se a adorar a divindade do lugar e foi lancinada com seus dois filhos com uma lança.

Ver 28 DE SETEMBRO: MÁRTIRES DA CHINA: https://catholicsaints.info/martyrs-of-china/

18. Santo Hilarino (também na Folhinha do Coração de Jesus). Santo Hilarino, monge, que tendo sido preso com São Donato, durante a perseguição de Juliano e recusando-se a sacrificar, foi tratado a golpes de porrete, e terminou o martírio em Arezzo, na Toscana, de onde suas relíquias foram levadas a Óstia.

– Ver pág. 94: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

19. Santa Rainelda, virgem e mártir no Brabante. Ver página 83: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

– Ver “… Reineldis (também Reinhild , Reinaldes , Rainelde entre outros; c. 630 – c. 700) foi um santo do século VII, martirizado pelos hunos … Reineldis nasceu em um lugar chamado Condacum (que é identificado com Condé-sur-l’Escaut ou Kontich ). Ela era filha do Duque Witger de Lotharingia e Santa Amalberga de Maubeuge . Seu irmão Emebert era sacerdote na diocese de Cambrai . Sua biografia menciona Gudula como sua irmã. Sua mãe entrou na vida religiosa na Abadia de Maubeuge .

Reineldis fez uma peregrinação à Terra Santa . Sua vita , escrita entre 1048 e 1051 na Abadia de Lobbes , [1] registra esse fato, afirmando que ela visitou Jerusalém .

Ela voltou para casa e se dedicou a uma vida de trabalho de caridade em Saintes . [2] Ela foi decapitada pelos hunos em Saintes, junto com o diácono Grimoaldus e seu servo Gondulphus…”: https://en.wikipedia.org/wiki/Reineldis

20. Santo Eustáquio, bispo de Antioquia. Ver página 84: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

– Ver: Santo Eustácio Eustácio de Antioquia, também chamado de o Eustácio, o Grande, foi o bispo de Antioquia entre 324 e 332 (quando ele foi banido)[2] ou 337 (quando ele morreu).[3] Ele era natural de Side, na Panfília. Por volta de 320, ele era bispo de Beroia (atual Alepo, na Síria) e se tornou bispo de Antioquia imediatamente antes do Primeiro Concílio de Niceia (325). Nele, ele se destacou como um opositor zeloso contra o arianismo, embora o Allocutio ad Imperatorem, que tem sido atribuído a ele dificilmente seja genuíno.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Eust%C3%A1cio_de_Antioquia

– Ver “…Em Antioquia é o aniversário do beato Eustácio, bispo e confessor, celebrado pela erudição e pela santidade. Sob o imperador ariano Constâncio, para a defesa da fé católica, ele foi banido para Trajanópolis, na Trácia, onde descansou no Senhor. (também conhecido como Eustace) Nasceu em Side, Panfília; morreu na Trácia, Grécia, c. 335, ou Illyricum, c. 337. Muito do que sabemos sobre Eustácio vem de Santo Atanásio. Confessor durante uma perseguição por Diocleciano de Licínio, Eustácio era um homem culto, eloqüente e virtuoso. Seu ardente zelo pela pureza da fé fez com que fosse feito bispo de Beroea, na Síria…

… Santo Eustáquio era natural de Side, na Panfília, e confessou a fé em Cristo perante os perseguidores, como nos assegura Santo Atanásio. Ele era culto, eloqüente e virtuoso. Tendo sido feito bispo de Beroea na Síria, ele passou a ser altamente considerado na Igreja; e no devido tempo ele foi transladado à sé de Antioquia, com dignidade a seguinte a Alexandria, e então a terceira no mundo. Ele, ao mesmo tempo, foi chamado para auxiliar no Concílio geral de Nicéia, onde foi recebido com muita honra e se destacou por sua oposição ao arianismo. Em meio ao seu trabalho externo para o serviço dos outros, ele não se esqueceu de que a caridade deve começar em casa, e ele trabalhou em primeiro lugar para santificar sua própria alma; mas depois de regar seu próprio jardim, ele não confinou o riacho lá, mas deixe-o fluir para o exterior para enriquecer o solo vizinho e dispensar abundância e fecundidade ao redor. Ele enviou a outras dioceses que estavam sujeitas à sua supervisão homens capazes de instruir e encorajar os fiéis, e ficou muito alarmado ao descobrir que Eusébio, Bispo de Cesaréia na Palestina, favorecia a nova heresia (este mesmo Eusébio é conhecido e honrado como “o pai da história da igreja “). A desconfiança de Eustáquio pela doutrina deste e de outros bispos, e sua acusação de que alteraram o credo niceno, provocou uma tempestade contra ele entre os arianos, que por volta do ano 330 obtiveram seu depoimento…

…O santo pastor reuniu o povo antes de sua partida de Antioquia, e os exortou a permanecer firmes na verdadeira doutrina, exortações que foram de tão grande peso na preservação de muitos na fé ortodoxa que um corpo de “Eustáticos” foi formado, que se recusou a reconhecer bispos nomeados sobre eles pelos arianos. Mas esse comportamento leal posteriormente se desenvolveu em um sectarismo faccioso e problemático em face dos prelados ortodoxos.
   Santo Eustáquio foi exilado com vários padres e diáconos em Trajanópolis, na Trácia, mas o local e a data de sua morte são um tanto incertos. A maioria de seus copiosos escritos pereceu; sua principal obra existente é uma dissertação contra Orígenes, na qual os poderes da pitonisa de Endor (I Reis xxviii 7-23) são criticados. Sozomen elogia essas obras tanto por seu estilo quanto por sua matéria – mas nada mostra sua virtude tão bem quanto a paciência com que sofreu primeiro acusações mentirosas em questões de peso, e depois deposição injusta e exílio. Santo Eustáquio suportou seu exílio com resignação e submissão, maior sob sua desgraça e adversidades do que enquanto suas virtudes brilharam com brilho na cadeira episcopal…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly16.html

– Ver MÁRTIRES DE ANTIOQUIA – Dionísio – Eustácio – Máximo – Teodósio – Theódulo: https://catholicsaints.info/martyrs-of-antioch-16-july/

21. São Vitalino, também na Folhinha do Coração de Jesus, de 16 de julho.

Ver dia 03 de setembro: “…São Vitaliano de Cápua ( italiano : San Vitaliano di Capua ) foi um bispo do século 7 daquela cidade .

Tanto o Martirológio Romano (em 3 de setembro) quanto o Martyrologium Hieronymianum afirmam que Vitalian era natural da antiga cidade de Caudium , que corresponde à atual Montesarchio , que fica na Via Ápia entre Cápua e Benevento . [1] Ele é considerado o vigésimo quinto bispo de Cápua, bem como um bispo de Benevento”: https://en.wikipedia.org/wiki/Vitalian_of_Capua

22. VER SANTAS E SANTOS DE 16 DE JULHO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Nossa Senhora do Carmo (Memorial Opcional) Santíssima Virgem das Graças Nossa Senhora de Ziteil — André de Soveral André o Eremita Antíoco de Sebaste Arnaldo de Claraval Arnaldo de Hildesheim Athenogenes de Sebaste Bartolomeu Fernandez dei Martiri Fernandes Benedito o Eremita Domingos Carvalho Domnin Domnio de Bérgamo Elvira de Ohren Eugênio de Noli Fausto Fausto de Roma e Milão Fulrad de Saint Denis Generoso de Poitou Gobbán Beg Guadalupe Ortiz de Landázuri Fernández de Heredia Helier de Jersey Irmengard John Sugar Justiniano de Limoges Landerico de Séez Marie Madeline Postel Milon de Thérouanne Ornandus de Vicogne Robert GrissoldSimão da Costa Sisenando de Córdoba Tenenan de Leão Valentim de Trier Vitaliano de Osimo — Bispos de Tongeren-Maastricht Gondolfo Monulphus Mártires de Antioquia – 5 santos Mártires da China Paulus Lang Fu Teresa Zhang Heshi Yangzhi Lang Mártires de Orange Dorothée-Madeleine-Julie de Justamond Madeleine-Françoise de Justamond Marguerite-Rose de Gordon Marguerite-Thérèse Charensol Marie-Anne Béguin-Royal Marie-Anne Doux Marie-Rose Laye Mártires de Rochefort Claude Beguignot Nicolas Savouret Mártires de Santos Gondolf Grimoaldo Reinildis — Egidius Biervliet
todos esses memoriais em uma única página

23. Outros santos do dia 16 de JULHO, páginas: 67-94 http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2013.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 16 de julho, ver ainda: 16 de julho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 549-552: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php
  10. https://catholicsaints.info/16-july/
  11. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly16.html#

  (sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA “… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição e obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17).

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!