Santas e Santos de 14 de novembro

1.   Em He­ra­cleia, na Trácia, hoje Már­mara, na Tur­quia, São Teó­doto, mártir. († c. s. III). Também São Clementino e São Filomeno (também na Folhinha do Coração de Jesus). Ver página 20: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

2.   Em Gangra, na Pa­fla­gónia, hoje Trabzon, também na Tur­quia, Santo Hi­pácio, bispo, que morreu mártir, la­pi­dado num ca­minho pelos he­reges novacianos. († s. IV)

3.   Em Avi­nhão, na Pro­vença, ter­ri­tório da ac­tual França, São Rufo, con­si­de­rado o pri­meiro que pre­sidiu à co­mu­ni­dade cristã deste lugar. († s. IV)

4*.   Na ilha de Bardsey, no li­toral da Câm­bria se­ten­tri­onal, hoje País de Gales, São Du­brício, bispo e abade. († s. VI)

5*.   Em Traú, na Dal­mácia, na ho­di­erna Croácia, São João, bispo, que, sendo ere­mita no mos­teiro ca­mal­du­lense de Osor, foi or­de­nado bispo e de­fendeu com êxito a ci­dade do as­salto do rei Colomano. († c. 1111)

6.   Na lo­ca­li­dade de Eu, na Nor­mandia, re­gião da França, o pas­sa­mento de São Lou­renço O’Toole (Lorcan Ua Tu­athail), bispo de Du­blin, que, no meio das di­fi­cul­dades do seu tempo, pro­moveu vi­go­ro­sa­mente a dis­ci­plina re­gular da Igreja e pro­curou es­ta­be­lecer a con­córdia entre os prín­cipes; quando re­gres­sava de uma vi­sita a Hen­rique II, rei da In­gla­terra, chegou às ale­grias da paz eterna. (†1180). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano do Senhor de 1180, São Lourenço. Primo do Rei de Leinster, foi sucessivamente abade de Glandalough e arcebispo de Dublin. Legado do Papa na Irlanda, reformou a Igreja de seu país e morreu em uma missão junto ao rei da Inglaterra. (M). Ver páginas 9-16: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

7*.   No ce­nóbio de Santa Maria de Gualdo Ma­zocca, pró­ximo de Cam­po­basso, na Itália, o Beato João de Tufara, eremita. († 1170)

8*.   Em Mariënga­arde, na Frísia, na ho­di­erna Ho­landa, São Si­ardo, abade da Ordem Pre­mons­tra­tense, me­mo­rável pela sua ob­ser­vância re­gular e pela sua ge­ne­ro­si­dade para com os pobres. († 1230)

9*.   Em Argel, na África se­ten­tri­onal, hoje na Ar­gélia, São Se­ra­pião, o pri­meiro membro da Ordem de Nossa Se­nhora das Mercês para a re­denção dos fiéis ca­tivos e a pre­gação da fé cristã que me­receu a palma do martírio. († 1240). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Argel, em 1240, o Bem-Aventurado Serapião, religioso da Ordem de Nossa Senhora das Mercês. Testemunha da caridade de Cristo em terras do Islão, deu sua vida para resgatar a liberdade de seus irmãos cristãos. (M) .

10.   Em Je­ru­salém, os santos Ni­colau Ta­velic (também na Folhinha do Coração de Jesus), Deus­dado Ari­bert, Es­têvão de Cúneo e Pedro de Nar­bona, pres­bí­teros da Ordem dos Me­nores e már­tires, que, por pre­garem li­vre­mente na praça pú­blica a re­li­gião cristã aos Sar­ra­cenos e con­fes­sarem per­se­ve­ran­te­mente a fé em Cristo, Filho de Deus, foram quei­mados vivos. († 1391)

11*.   Em Các­camo, na Si­cília, re­gião da Itália, o Beato João Líccio, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores, emi­nente pela sua in­fa­ti­gável ca­ri­dade para com o pró­ximo, pro­pa­gação da re­ci­tação do Ro­sário e ob­ser­vância da dis­ci­plina re­gular, que des­cansou no Se­nhor aos cento e onze anos de idade. († 1511)

12♦.   Em Ikit­suki, ci­dade da pro­víncia de Na­ga­sáki, no Japão, os be­atos Gaspar Nishi Genka, sua esposa Úr­sula Nishi e seu filho João Nishi Mataishi, mártires. († 1609)

13.   Na for­ta­leza de Binh Dinh, na Co­chin­china, ac­tu­al­mente no Vi­etnam, Santo Es­têvão Te­o­doro Cuénot, bispo, da So­ci­e­dade das Mis­sões Es­tran­geiras de Paris mártir, que, de­pois de vinte e cinco anos de tra­balho apos­tó­lico, du­rante a feroz per­se­guição do im­pe­rador Tu Duc contra os cris­tãos, foi lan­çado a um es­tá­bulo de ele­fantes, onde morreu con­su­mido pelos sofrimentos. († 1861). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1861, o martírio do Bem-Aventurado Estêvão Teodoro Guenot, das Missões Estrangeiras de Paris, bispo coadjutor da Clochinchina. Excelente administrador e apóstolo zeloso, foi detido durante a perseguição desencadeada pelo imperador Tu-Doc. Mantido preso numa jaula, morreu de doença algumas semanas antes do dia em que seria supliciado e decapitado. (X)

14♦.   Em Nysa, na Prússia, hoje na Po­lónia, a Beata María Luísa Merkert, virgem, co-fun­da­dora da Con­gre­gação das Irmãs de Santa Isabel. († 1872)

15♦.   Em Flo­rença, na Itália, a Beata Maria Te­resa de Jesus (Maria Scrílli), virgem da Ordem das Car­me­litas, fun­da­dora do Ins­ti­tuto das Irmãs de Nossa Se­nhora do Carmo. († 1889)

16♦.   Em Bréscia, também na Itália, o Beato Moisés Tovíni, pres­bí­tero da di­o­cese de Bréscia. († 1889)

17. Santa Veneranda (também na Folhinha do Coração de Jesus). Ver página 20: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

18. Santa Adaltrudes ou Adeltrudes, mãe de São Geraldo, conde de Aurillac (lembrado em 13 de outubro). Ver pág. 19:  http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver também: ]https://www.arautos.org/secoes/servicos/santodia/sao-geraldo-conde-de-aurillac-140244

– Ver ainda: https://www.google.com/search?sxsrf=ACYBGNTtURFKDRS7TkT-CU7P04u_KYOYQQ%3A1573677046700&ei=9mfMXe2tKoqy5OUPo_el2AY&q=Vida+de+S%C3%A3o+Geraldo+por+Santo+Odon+de+Cluny&oq=Vida+de+S%C3%A3o+Geraldo+por+Santo+Odon+de+Cluny&gs_l=psy-ab.3…3148.17029..17344…8.1..0.165.6167.0j47……0….1..gws-wiz…….0i71j35i39j0j0i67j0i131j35i39i19j0i131i67j0i13j0i13i30j0i22i30j0i13i10i30j0i10j0i333j0i22i10i30j33i22i29i30j33i160.nbPsJXCp2Jk&ved=0ahUKEwjtgPDqg-jlAhUKGbkGHaN7CWsQ4dUDCAs&uact=5 

19. Santo Alberico de Utreque. Ver “Santo Alberico de Utreque (falecido em 21 de agosto de 784) foi um monge Beneditino[1] e o bispo de Utreque, no que é hoje a Holanda.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Alberico_de_Utreque

20. São José Pignateli. Ver “José Pignatelli ou Giuseppe Pignatelli em italiano (Zaragoza27 de Dezembro de 1737 – Roma14 de Novembro de 1811) foi um padre jesuíta santo italiano e um dos que mais contribuíram para a restauração da Companhia de Jesus.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Pignatelli

21. São Serapião de Tmuis. Ver “Serapião de Tmuis foi um monge egípcio de grande erudição e muito inteligente. Por certo período ele dirigiu a famosa Escola Catequética de Alexandria, mas renunciou de modo a ter mais tempo para as orações e reflexões. Lutou contra o macedonianismo e o arianismo. É considerado um santo e faleceu em 370… Acima de tudo São Serapião tornou-se conhecido por causa de um escrito sacramentário de sua autoria chamado Eucológio, que foi descoberto e publicado em 1899. Esta coleção de orações litúrgicas foi traduzido para várias línguas, inclusive o inglês, e era destinado primeiramente aos bispos. Não obstante, é muito usado pelo publico em geral em todo o oriente e pela Igreja Copta.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Serapi%C3%A3o_de_Tmuis

22. Outros santos do dia 14 de novembro: págs. 9-20: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf                

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XX – Editora das Américas – 10 de julho de

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 14 de novembro, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/14_de_novembro

 1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 876-878:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DAI-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR! DAI-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS EM VÓS! AMÉM!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/