Santas e Santos de 05 de junho

1. Me­mória de São Bo­ni­fácio (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo e mártir. Era monge de nome Vin­fredo e, vindo da In­gla­terra para Roma, foi re­ce­bido pelo papa Gre­gório II, que o or­denou bispo; to­mando o nome de Bo­ni­fácio, foi en­viado à Ale­manha para anun­ciar o nome de Cristo àqueles povos; ali ga­nhou para a re­li­gião cristã mul­ti­dões inu­me­rá­veis e go­vernou a sede epis­copal de Mo­gúncia; fi­nal­mente, em Dokkum, na Frísia, ac­tu­al­mente na Ho­landa, mas­sa­crado à es­pada por gen­tios fu­ri­osos, con­sumou o martírio. († 754).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de São Bonifácio. Monge beneditino inglês enviado em missão à Germânia, lá organizou a Igreja criando novos bispados e fundando mosteiros. Nomeado arcebispo de Mogúncia pela Sé Romana, foi martirizado em pleno trabalho evangelizador na Frísia. Seu corpo foi enterrado na abadia de Fulda, que ele fundara em 744, e onde se tornou objeto de veneração de toda a Alemanha católica. (R).

Ver páginas 32-60: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS (não tem link) – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

– Ver também sobre São Bonifácio no dia 13 de fevereiro em São Gregório II, páginas 210-229, especialmente a partir da página 211: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%203.pdf

–  Ver também “Bonifácio (em latimBonifacius – “aquele que faz o bem”;ca. 672 — 5 de Junho de 754 ou 755), de seu nome verdadeiro Vinfrido (Wynfrith ou Winfrid; com o mesmo significado em anglo-saxão), e cognominado Apóstolo dos Germanos…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Bonif%C3%A1cio_de_Mog%C3%BAncia

– Ver ainda “… Bonifácio, conhecido como o apóstolo dos alemães, foi um monge beneditino inglês que desistiu de ser eleito abade para dedicar sua vida à conversão das tribos germânicas. Duas características se destacam: sua ortodoxia cristã e sua fidelidade ao papa de Roma…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune05.html

2. No Egipto, os santos Mar­ciano, Ni­candro, Apo­lónio e com­pa­nheiros, már­tires, que, se­gundo a tra­dição, por causa da pro­fissão da fé cristã so­freram grandes tor­mentos e, por fim, en­cer­rados num re­cinto cer­cado por um muro e ex­postos ao calor do sol ar­dente, mor­reram ex­te­nu­ados pela sede e pela fome. († s. III)

3. Em Tiro, na Fe­nícia, hoje no Lí­bano, São Do­roteu, bispo, que, ainda pres­bí­tero, so­freu muitas tri­bu­la­ções no tempo do im­pe­rador Di­o­cle­ciano e viveu até ao tempo do im­pe­rador Ju­liano, sob cuja ju­ris­dição, com a idade de cento e sete anos, se­gundo consta, honrou a sua ve­ne­rável ve­lhice com o mar­tírio na Trácia. († s. IV).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 362, São Doroteu, bispo de Tiro, que, como verdadeiro pastor, deu sua vida por suas ovelhas. (M).

Ver página 61 não tem link): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver ainda “Doroteu de Tiro, também conhecido como Pseudo-Doroteu, bispo de Tiro, é tradicionalmente creditado como o autor dos “Atos” dos Setenta Apóstolos (que pode ser a mesma obra chamada de “Evangelho dos Setenta“), que foram enviados numa missão evangélica em Lucas 10:1.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Doroteu_de_Tiro

– Ver São Doroteu, anacoreta de Tebas, conforme página 62, (não tem link): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver São Doroteu, o jovem, abade. Página 63, (não tem link): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver São Doroteu, o arquimandrita página 64, (não tem link): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

ABAIXO, VÁRIAS REFERÊNCIAS SOBRE SÃO DOROTEU (vários santos com este nome).:

– Ver também “Doroteu de Gaza (505 — 565/620), também chamado de Aba Doroteu e Doroteu, o Eremita, foi um monge e abade cristão. Ele se juntou ao mosteiro de São Seridão, perto de Gaza, por influência dos anciãos Barsanúfio e João, o Profeta. Por volta de 540, ele fundou seu próprio mosteiro nas proximidades e se tornou abade. Ele escreveu instruções para os monges, das quais uma considerável quantidade sobreviveu e foram compiladas numa obra chamada “Instruções sobre o treinamento espiritual”.”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Doroteu_de_Gaza

– Ver ainda: http://www.orthodoxphotos.com/readings/instructions/dorotheus.shtml

– Ver “Doroteu de Gaza, humildade e comunhão”: https://www.taize.fr/pt_article5261.html

– Ver: https://en.wikisource.org/wiki/Dictionary_of_Christian_Biography_and_Literature_to_the_End_of_the_Sixth_Century/Dorotheus_(3),_presbyter_at_Antioch

– Ver ainda: https://en.wikisource.org/wiki/Dictionary_of_Christian_Biography_and_Literature_to_the_End_of_the_Sixth_Century/Dorotheus_(10),_bp._of_Thessalonica

4. Em Ar­vena, na Aqui­tânia, hoje Cler­mont-Fer­rand, na França, Santo Ilídio, bispo, que, cha­mado pelo im­pe­rador a Tré­veris para li­bertar sua filha do es­pí­rito imundo, no re­gresso à sua sede, partiu ao en­contro do Senhor. († 384)

5*. Em Como, na Li­gúria, hoje na Lom­bardia, re­gião da Itália, Santo Eu­tí­quio, bispo, in­signe pela sua oração in­tensa e seu amor da so­lidão com Deus. († 539)

6. Em Dokkum, na Frísia, na ho­di­erna Ho­landa, Santo Eu­bano, bispo, Ade­lário e nove companheiros, már­tires, que, jun­ta­mente com São Bo­ni­fácio, foram co­ro­ados no mesmo com­bate glorioso. São estes os nomes: santos Vin­trungo e Gualter, pres­bí­teros; Amundo, Se­vi­baldo e Bosa, diá­conos; Va­caro, Gun­de­caro, Eluro e Ate­vulfo, monges. († 754)

7. Em Cór­dova, na An­da­luzia, re­gião da Es­panha, o Beato Sancho, mártir, que, ainda ado­les­cente, le­vado pri­si­o­neiro da ci­dade de Albi e ins­truído em Cór­dova na corte do rei, du­rante a per­se­guição dos Mouros não he­sitou em so­frer o mar­tírio pela fé em Cristo. († 851).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Córdova, em 851, o Bem-Aventurado Sancho, jovem cristão que confessou Cristo até o martírio, diante do Islamismo. (M).

8*. Em As­sérgi, nos Abruzos, re­gião da Itália, São Franco, ere­mita, que cons­truiu uma es­treita cela numa ca­verna entre os ro­chedos e aí viveu em suma as­pe­reza e frugalidade. († s. XII)

9. Em Ciano, perto de Mi­leto, na Ca­lá­bria, também re­gião da Itália, São Pedro Spanò, ere­mita, in­signe pela sua po­breza e es­pí­rito de compunção. († s. XII)

10♦. Em Shiki, no Japão, o Beato Adão Arakawa, pai de fa­mília e mártir. († 1614)

11. Em Hanói, no Ton­quim, hoje no Vi­etnam, São Lucas Vu Ba Loan, pres­bí­tero e mártir, de­go­lado no tempo do im­pe­rador Minh Mang pela sua fé em Cristo. († 1840)

12. Em Tang Gia, também no Ton­quim, os santos Do­mingos Toai e Do­mingos Huyen, már­tires, pais de fa­mília e pes­ca­dores, que, no tempo do im­pe­rador Tu Duc, apesar de serem ator­men­tados com vá­rios gé­neros de tor­tura du­rante o seu longo ca­ti­veiro, com grande co­ragem exor­tavam os com­pa­nheiros de prisão a con­servar a fé, con­su­mando de­pois na fo­gueira o seu martírio. († 1862)

13. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Cesaréia da Palestina, a paixão das Santas Círia (também na Folhinha do Coração de Jesus) Valéria e Márcia.

14. Bem-aventurado Fernando de Portugal, também na Folhinha do Coração de Jesus. Jesus. Ver páginas 65-70 (não tem link): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

15. Outros santos do dia 05 DE JUNHO: páginas: 32-71 – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959 – NÃO TEM LINK

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 05 de junho, ver ainda: 5 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA:

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINA 450-452: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

7. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune05.html

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Virgem Maria, socorra-nos, proteja-nos

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! Obrigado! Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A  MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A SUA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, SEU FILHO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO:

MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE   SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES.

ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro)

“Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

* “Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”,
mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

-Ver o blog:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!