Santas e Santos de 18 de junho

1.   Em Roma, no ce­mi­tério de Bal­bina, junto à Via Ar­de­a­tina, os santos Marcos e Mar­ce­liano (ou Marcelino), már­tires du­rante a per­se­guição de Di­o­cle­ciano, que se tor­naram ir­mãos no mesmo martírio. († c. 304).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no início do séc. IV, o martírio dos Santos Marcos e Marcelino. (M).

Ver página 35 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Marcos e Marceliano (em latimMarcus e Marcellianus) são dois mártires venerados como santos pela Igreja Católica e pela Igreja Ortodoxa[1]. Sua devoção é por vezes associada à dos Santos Tranquilino, Márcia, Nicostrato, Zoé, Cástulo e Tibúrcio, embora não no “Martirológio Romano” oficial da igreja, que menciona apenas Marcos e Marceliano (em primeiro lugar) entre os santos do dia 18 de junho[2]. A menção dos dois no Calendário Geral Romano é anterior à reforma do Calendário Tridentino em 1969 (bula Mysterii Paschalis), pois nada se sabia sobre eles exceto os nomes, o fato de terem sido mártires e terem sido enterrados no dia 18 de junho na catacumba que leva o nome dos dois na Via Ardeatina[3].”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Marcos_e_Marceliano

2.   Em Trí­poli, na Fe­nícia, no ac­tual Lí­bano, São Leôncio, sol­dado, que pelos ter­rí­veis su­plí­cios so­fridos no cár­cere, al­cançou a coroa do martírio. († s. IV).

– No Martirológio Romano-Monástico, São Leôncio, soldado. Não temia pregar o evangelho pela palavra e pelo exemplo. Interrogado sobre sua conduta por um dos oficiais, declarou-se cristão e acrescentou: “De boa vontade eu me proponho a levar todos os meus companheiros a obedecerem ao Messias, para que recebam como herança o reino eterno” (M).

– Ver páginas 36-37 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “São Leôncio de Trípoli foi um general grego do exército romano que serviu na Síria. Um homem religioso, ele foi torturado e espancado até a morte sob o Imperador Vespasiano por converter não-cristãos. Dois soldados que o prenderam, Hypatius e Teodulus também foram convertidos e martirizados.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune18.html

3.   Na África Se­ten­tri­onal, os santos Ci­ríaco e Paula, mártires. († s. IV)

– Ver “Em Málaga, na Espanha, os santos mártires Cyriacus e a virgem Paula, que estavam sobrecarregados com pedras, e renderam suas almas a Deus. Avirgem Santa Paula e Cyriacus foram apedrejadas até a morte em Málaga, Espanha, durante a perseguição Diocleciana (beneditinos).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune18.html

4.   Em Bor­déus, na Aqui­tânia, ac­tu­al­mente na França, Santo Amando (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo. († s. V).

– No Martirológio Romano-Monástico, Santo Amândio, bispo de Bordeaux. Havia preparado para o Batismo São Paulino de Nola, que lhe conservou uma enorme gratidão (M).

5.   No monte Gem­ma­riaro, perto de Sci­acca, na Si­cília oci­dental, São Ca­ló­gero, eremita. († s. V)

6.   Em Schönau, na Re­nânia da Ger­mânia, na ho­di­erna Ale­manha, Santa Isabel (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, in­signe na ob­ser­vância da vida monástica. († 1164).

– No Martirológio Romano-Monástico, no mosteiro de Schönau, na Renânia, no ano do Senhor de 1165, a volta para Deus de Santa Elizabeth, monja, que se esforçou por ser tão fiel à sua vocação de oração e de penitência quanto permitiu sua frágil saúde (M).

– Ver Santa Isabel, abadessa de Schoenaug, às páginas: 32-34 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Isabel de Schönau (português europeu) ou Elisabeth de Schönau (português brasileiro), também Elizabeth, foi uma monja beneditina e santa da Alemanha. Não foi canonizada oficialmente mas seu nome foi incluído no Martirológio Romano em 1584 e nunca foi removido. É celebrada no dia 18 de junho.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Isabel_de_Sch%C3%B6nau

7*.   Em Mântua, na Lom­bardia, re­gião da Itália, a Beata Hos­sana (Osanna) An­dreási, virgem, que, to­mando o há­bito das Irmãs da Pe­ni­tência de São Do­mingos, as­so­ciou com ad­mi­rável sa­be­doria a con­tem­plação das re­a­li­dades di­vinas com as ocu­pa­ções ter­renas e a prá­tica das boas obras. († 1505).

Bem-aventurada Osana de Mântua, virgem. Ver páginas 39-40 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Hosana de Mântua, nascida Osanna Andreasi (Carbonarola17 de janeiro de 1449 — Mântua18 de junho de 1505), foi uma santa católica italiana no século XV.”: Hosana de Mântua – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

8.   Em Pádua, no Vé­neto, também re­gião da Itália, São Gre­gório Bar­ba­rigo, bispo, que ins­ti­tuiu um se­mi­nário para clé­rigos, en­sinou o ca­te­cismo às cri­anças no seu di­a­lecto, con­vocou um sí­nodo e co­ló­quios com o clero, abriu vá­rias es­colas, sendo li­beral para com todos e se­vero para consigo. († 1697).

– Ver “Gregório Barbarigo (nome completo em italiano: Gregorio Giovanni Gasparo BarbarigoVeneza16 de setembro de 1625 – Pádua18 de junho de 1697) foi um cardeal católico, diplomata e académico italiano venerado actualmente como santo pela Igreja Católica.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Hosana_de_M%C3%A2ntua

– Ver também: https://pt.wikipedia.org/wiki/Greg%C3%B3rio_Barbarigo

9. Santa Marina, na Folhinha do Coração de Jesus.

– Também: Bem-aventurada Marina de Espoleto. Ver página 38 : (NÃO TEM LINK)Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959. –

– Ver também, com alguma lenda, Santa Marina, o monge “Marina, o Monge, também conhecida como Marina de Bitínia ou Marina de Alexandria, ficou registrada na história como uma eminente cristã bizantina da Síria, na área que hoje é parte do Líbano,[1] embora muitos detalhes de sua vida possam variar conforme a fonte.: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Marina,_o_Monge 

– Ver também: “São seis santos conhecidos com o nome de Marina ou Marinos – Marina, a Monge (ou Marina, a Síria), Marina, a Mártir de Antioquia, Marina da Espanha, Marina de Alexandria, Marina da Sicília e Marina, a Cisterciana (Clugnet 1904: 564-568). No entanto, há provavelmente dois que realmente existiram – Marina de Antioquia que aceitou o martírio por sua fé e Marina, a Monge, que sofreu as consequências de sua imposição como monge masculino no Mosteiro de Qannoubine, Líbano (Clugnet 1904: 568)…”: Santa Marina, o Monge (maronite-institute.org)

– Ver ainda: http://www.maronite-institute.org/MARI/JMS/january00/Saint_Marina_the_Monk.htm

10. Outros santos do dia 18 DE JUNHO: páginas: 32-41 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 18 de junho, ver ainda: 18 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA:

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIA NO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINA 478-479: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

7. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune18.html

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Virgem Maria, socorra-nos, proteja-nos

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! Obrigado! Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A  MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A SUA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, SEU FILHO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO:

MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE   SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES.

ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro)

“Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

* “Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”,
mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

-Ver o blog:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!