Santas e Santos de 20 de julho

DESTAQUES DE 20 DE JULHO:

  1. SANTO ELIAS (nº 2)
  2. 498 MÁRTIRES ESPANHÓIS (nºs 17-21; detalhamento no nº 19)

================

  1. Santo Apolinário (também na Folhinha do Coração de Jesus de 20 de julho), bispo, que, manifestando ao povo as insondáveis riquezas de Cristo, caminhava à frente do seu rebanho como bom pastor e, segundo a tradição, honrou com o seu ilustre martírio a Igreja de Classe, em Ravena, na Flamínia, actualmente na Emília-Romanha, região da Itália. No dia 23 de Julho partiu para o banquete eterno. († c. s. II).Também lembrado dia 23 de julho.Ver “…Apolinário de Ravena, o Santo Apolinário foi o primeiro bispo da cidade de Ravena, sendo seu padroeiro    ”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Apolin%C3%A1rio_de_Ravena

Em 23 de julho, Em Classe, próximo de Ravena, na Flamínia, hoje na Emília- Romanha, região da Itália, a comemoração de Santo Apolinário, bispo, cuja me- mória é celebrada no dia 20 de Julho. († c. s. II).

  • Conforme o Martirológio Romano-Monástico, de 23 de julho, perto do ano 200, Santo Apolinário, primeiro bispo de Ravena. Inicialmente exerceu o ministério entre soldados e marinheiros daquela importante cidade portuária e militar do Império. Os duros trabalhos que teve que suportar em seu apostolado sacerdotal e episcopal conferiram-lhe o título de mártir (M).
  • Ver também página 290:

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2013.pdf

2. A comemoração de Santo ELIAS O TESBITA, profeta do Senhor no tempo de Acab e Acazias, reis de Israel, que reivindicou os direitos do Deus único contra a infidelidade do povo com tanto ardor que prefigurava não só João Baptista mas o próprio Cristo. Não deixou oráculos escritos, mas a sua memória é fielmente conservada, especialmente no monte Carmelo.

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. IX antes da nossa era, o Profeta Elias. Depois de algum tempo de vida solitária, escondida perto da torrente de Carit, a leste do Jordão, deixou inflamar, sobre o monte Carmelo, seu zelo devoto pela fidelidade à Aliança, antes de ir se recolher dentro da fenda do rochedo no alto do monte Horeb, para sentir o suave sopro da voz divina. Foi carregado o céu num turbilhão de fogo, mas retornou na pessoa de João Batista para preparar a vinda do Messias. Em nome de todos os Profetas do Antigo Testamento, Elias deu testemunho da divina missão de Cristo, por ocasião de Sua Transfiguração. (M).

Ver páginas 195-213: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2013.pdf

  • Ver também “Elias (em hebraico: וּהיָּ אלִ, transl. Eliyahu, lit. “Meu Deus

é Javé“;[1][2] em grego: Ηλίας, transl. Elías; em árabe: إﻟﯿﺎس, transl. Ilyās) foi um profeta e taumaturgo que viveu no reino de Israel[3] durante o reinado de Acabe (século IX a.C.)…”: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Elias

Ver ELIAS O PROFETA

Também conhecido como

  • Elias o profeta

Memorial

Perfil

profeta do Antigo Testamento. Ele anunciou a Achad, Rei de Israel, que sob a influência de Jezabel, sua esposa de Tiro, havia erigido um templo a Baal, que Jeová havia determinado vingar a apostasia de Israel trazendo uma longa seca sobre a terra. Durante a seca que durou três anos, Elias retirou-se para as proximidades do ribeiro Carith, onde foi alimentado pelos corvos. Depois que o riacho secou, ​​ele atravessou para Sarepta, onde foi hospitaleiramente recebido por uma pobre viúva , cuja caridade ele recompensou aumentando seu estoque de farinha e óleo e criando seu filho para a vida. Por fim, ele mais uma vez confrontou o reie desafiou os profetas de Baal para uma disputa no Monte Carmelo, quando a oblação de Elias foi consumida pelo fogo do céu, e os falsos profetas foram mortos pelo povo sob seu comando. Ele foi obrigado a fugir da ira de Jezabel e enquanto no monte Horebe foi comissionado por Jeová para ungir Hazael como Rei da Síria, Jeú como Rei de Israel e Eliseu como seu próprio sucessor. Posteriormente, ele denunciou Acabe pelo assassinato de Nabote e repreendeu Ocozias e Jorão, rei de Judá. Enquanto conversava com Eliseu nas colinas de Moabe, ele foi transportado para o céu em uma carruagem de fogo. A Ordem Carmelita tem sua origem nele. Um Apocalipse apócrifo de Elias foi parcialmente recuperado em uma tradução copta.

Patrocínio

Canonizado

informação adicional

Citação MLA

3. A comemoração de São José Barsabás, chamado o Justo, discípulo do Se- nhor, que os Apóstolos propuseram, juntamente com o apóstolo São Matias, para que um deles ocupasse o lugar de Judas o traidor; mas, embora a sorte tenha caído sobre Matias, exercitou igualmente o ministério da pregação e da santidade.

Ver páginas 214-215: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2013.pdf

4. Em Antioquia da Pisídia, na actual Turquia, Santa Marinha, ou Marina ou Margarida, que, segundo a tradição, consagrou o seu corpo a Cristo na santi- dade e no martírio. († data inc.).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Antioquia, no fim do séc. III, Santa Margarida, que consagrou seu corpo a Cristo pela virgindade e pelo martírio. Muito popular durante a Idade Média, foi uma das “vozes” de Santa Joana D’Arc. (M). Ver páginas 216-218: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2013.pdf

como Marina de Antioquia, três dias antes, a 17 de julho. A sua veracidade histórica não está comprovada. De facto, o papa Gelásio I declarou-a

como apócrifa em 494, mas a devoção Ocidental a esta personagem foi reavivada com as Cruzadas. A sua reputação incluía indulgências muito poderosas para todos quanto escrevessem ou lessem a sua vida, ou invocassem a sua intercessão. Não há dúvidas que isto contribuiu decisivamente para o alastramento do seu culto.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Margarida_de_Antioquia

– Ver “Catorze Santos Auxiliares: Catorze santos auxiliares – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

5. Na Etiópia, São Frumêncio, bispo, que, tendo sido prisioneiro, foi depois or- denado bispo por Santo Atanásio e propagou o Evangelho nesta região. († s. IV)

Ver 27 de outubro: Conforme o Martirológio Romano-Monástico, igualmente no séc. IV, a volta para Deus de São Frumêncio (também na Folhinha do Coração de Jesus),originário da Índia, foi levado como escravo para o Egito e consagrado bispo por Santo Atanásio de Alexandria. É considerado o apóstolo da Etiópia. (M).

– Ver “São Frumêncio (Ge’ez ፍሬምናጦስ frēmnāṭōs; em latimFrumentius) foi o primeiro bispo de Axum e acredita-se que foi ele quem introduziu o cristianismo no Império de Axum. Ele às vezes é conhecido por outros nomes, como Abuna (“Pai Nosso“) e Aba Salama[1]… Ele era um Siro-Greco-fenício nascido em Tiro”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Frum%C3%AAncio

6. Em Cartago, na atual Tunísia, Santo Aurélio (também na Folhinha do Coração de Jesus, Santo Aurélio de Cartago), bispo, coluna firmíssima da Igreja, que protegeu os fiéis contra os costumes pagãos e estabeleceu a sede episcopal no lugar onde antes se encontrava uma estátua da deusa Celeste. († c. 430).

Ver páginas 219-220: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2013.pdf

7. No território de Boulogne, na Gália, actualmente na França, São Vulmaro, presbítero, que da condição de humilde pastor foi conduzido aos estudos e admi- tido ao ministério sacerdotal; depois retirou-se num ermo para viver segundo o costume dos padres antigos e finalmente fundou em Hautmont, no Hainaut, entre os bosques da sua terra natal, dois mosteiros, um para os monges e outro para as sagradas virgens. († c. 700).

8. Em Córdova, na Andaluzia, região da Espanha, São Paulo (também na Folhinha do Coração de Jesus, São Paulo da Espanha), diácono e mártir, que, instruído pelo exemplo e pela palavra de São Sisenando, não teve medo de cen- surar aos príncipes e magistrados dos Mouros a falsidade do seu culto e foi morto confessando a fé em Cristo como verdadeiro Deus. († 851).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Córdova, em 851, São Paulo, diácono, martirizado ao confessar a divindade de Cristo diante do Islamismo. (M)

9. Em Hildesheim, na Saxónia, região da atual Alemanha, o Beato Bernardo, bispo, que, embora cego, governou a sua Igreja durante vinte e três anos. († 1153)

10. Em Seul, na Coreia, as santas Madalena Yi Yong-hui, Teresa Yi Mae-im, Marta Kim Song-im, Luzia Kim, Rosa Kim, Ana Kim Chang-gum e Maria Won Kwi-im, virgem, e São João Baptista Yi Kwang-nyol, mártires. († 1839)

– Ver MÁRTIRES DE SEUL

Oito leigos nativos coreanos em vários estados de vida que foram assassinados juntos por sua  .

11. Em Nam Dinh, cidade do Tonquim, no actual Vietnam, São José Maria Díaz Sanjurgo, bispo da Ordem dos Pregadores e mártir, que, na perseguição desen- cadeada pelo imperador Tu Duc, foi condenado à morte em ódio à fé cristã. († 1857)

– Ver MÁRTIRES DO VIETNAM – 24 DE NOVEMBRO: https://catholicsaints.info/martyrs-of-vietnam/  

12. Em Zhoujiahe, cidade próxima de Yingxian, no Hebei, província da China, a paixão dos santos Leão Inácio Mangin e Paulo Denn, presbíteros da Compa- nhia de Jesus, que, na perseguição desencadeada pela seita dos “Yihetuan”, quando confortavam ardentemente os fiéis reunidos na igreja, foram surpreen- didos pelos inimigos que irromperam no templo e mortos diante do altar. Com eles pereceu também Santa Maria Zhou Wuzhi, que, intentando proteger com o seu corpo São Leão, ministro da sagrada Eucaristia, caiu ferida de morte. († 1900).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em 1900, o martírio do Bem- Aventurado Leão-Inácio Mengin, jesuíta de Lorena, que confessou a fé cristã até o derramamento de sangue, juntamente com outros cinquenta e quatro católicos chineses. (X)

Ver MÁRTIRES DE ZHUJIAHE

Dois padres missionários jesuítas e dois leigos locais que apoiaram seu trabalho que foram martirizados juntos na Rebelião dos Boxers durante e imediatamente após a missa .

13. Em Lujiazhuang, próximo de Yingzian, também no Hebei, São Pedro Zhou Rixin, mártir, que, na mesma perseguição dos “Yihetuan”, perante as insistências do prefeito para abjurar, negou poder renegar a sua fé no Deus criador do mundo, e por isso foi decapitado. († 1900)

– Ver MÁRTIRES DE ZHUJIAHE (acima)

14. Em Daliacum, cidade próxima de Wuyi, na mesma província da China, Santa Maria Fu Guilin, uma professora que, na mesma perseguição, foi entregue às mãos dos inimigos do Evangelho de Cristo e morreu decapitada enquanto invo- cava Cristo Salvador. († 1900)

– Ver: 28 DE SETEMBRO – MÁRTIRES DA CHINA…: https://catholicsaints.info/martyrs-of-china/

15. Em Wuqiao Zhaojia, também no Hebei, a comemoração das santas Maria Zhao Guozhi e suas filhas Rosa Zhao e Maria Zhao, que, na mesma perse- guição, para não serem violadas se lançaram num poço; mas foram de lá reti- radas e consumaram o seu martírio. († 1900)

  • – Ver “Mártires de Zhaojia“. CatholicSaints.Info . 23 de janeiro de 2022. Web. 19 de julho de 2022.

Casado com uma leiga e suas duas filhas no vicariato apostólico de Southeastern Zhili, China . Durante as perseguições da Rebelião Boxer , os três se esconderam em um poço para não serem estuprados . Eles foram encontrados, arrastados e mortos por serem cristãos . Mártires . Eles eram

https://catholicsaints.info/martyrs-of-zhaojia/>

– Ver: 28 DE SETEMBRO – MÁRTIRES DA CHINA…: https://catholicsaints.info/martyrs-of-china/

16. Em Dechau, também no Hebei, a comemoração de São Xi Guizi, mártir, que, ainda catecúmeno, na praça em tumulto declarou ser cristão e, dilacerado pelos golpes dos inimigos da fé, foi batizado com o seu sangue. († 1900)

– Ver 28 DE SETEMBRO – MÁRTIRES DA CHINA…: https://catholicsaints.info/martyrs-of-china/

– Ver “… Também neste dia, o catecúmeno chinês Chi Zhuze (1882-1900), ou Chi Zhuzi ou ainda Xi Guizi, nascido numa família pagã, foi torturado, desmembrado e morto na sua aldeia nativa de Dechao, em Shenzhou…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Os_120_M%C3%A1rtires_da_China

17. Em Madrid, na Espanha, as beatas Rita Dolores do Coração de Jesus (Rita Dolores Pujalte y Sánchez) e Francisca do Coração de Jesus (Francisca Aldea y Araújo), virgens da Congregação das Irmãs da Caridade do Sagrado Co- ração de Jesus e mártires, que, durante a perseguição religiosa na guerra civil, foram presas pelos inimigos da Igreja na capela do colégio e pouco depois fuzi- ladas na praça pública. († 1936)

Ver MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/?lcp_page0=16#lcp_instance_0

Ver BEATOS MÁRTIRES ESPANHÓIS: http://santiebeati.it/dettaglio/93425

Ver BEATOS 498 MÁRTIRES: http://santiebeati.it/dettaglio/93425

– Ver HOMILIA DE BEATIFICAÇÃO – 28 DE OUTUBRO DE 2007…: https://www.vatican.va/roman_curia/congregations/csaints/documents/rc_con_csaints_doc_20071028_martiri-spagnoli_po.html

– Ver 498 MÁRTIRES ESPANHÓIS; https://pt.wikipedia.org/wiki/498_m%C3%A1rtires_espanh%C3%B3is

– Ver https://www.google.com/search?q=Beatifica%C3%A7%C3%A3o+de+498+m%C3%A1rtires+espanh%C3%B3is+por+Bento+XVI+em+2007&sxsrf=ALiCzsb9Db825473MqhiCih5VXp-ifkxYg%3A1658258571209&source=hp&ei=iwTXYqjhCrjm1sQPgq6V-Ac&iflsig=AJiK0e8AAAAAYtcSm9ovJgotFGmLjXZ3WCEznEgyti_a&ved=0ahUKEwjo0tLI1oX5AhU4s5UCHQJXBX8Q4dUDCAc&uact=5&oq=Beatifica%C3%A7%C3%A3o+de+498+m%C3%A1rtires+espanh%C3%B3is+por+Bento+XVI+em+2007&gs_lcp=Cgdnd3Mtd2l6EAM6BAgjECc6CwguEIAEELEDEIMBOgsIABCABBCxAxCDAToRCC4QgAQQsQMQgwEQxwEQ0QM6BQgAEIAEOg4ILhCxAxCDARDHARDRAzoICC4QgAQQsQM6CAgAEIAEELEDOgsILhCABBCxAxDUAjoNCC4QgAQQxwEQ0QMQCjoICC4QgAQQ1AI6BQguEIAEOgoIABCxAxCDARAKOgoIABCABBBGEPkBOgcILhCxAxAKOgoILhCxAxDUAhAKOgUIIRCgAToICCEQHhAWEB06BwghEAoQoAFQAFju4AJg8OUCaAFwAHgAgAHnAYgB6T2SAQYwLjYwLjGYAQCgAQE&sclient=gws-wiz

18. Em Sevilha, na Espanha, o Beato António Fernandez Camacho, presbí- tero da Sociedade Salesiana e mártir, que, na mesma perseguição contra a Igreja, confirmou com o seu sangue a sua fidelidade ao Senhor. († 1936)

Ver MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/?lcp_page0=16#lcp_instance_0

Ver BEATOS MÁRTIRES ESPANHÓIS: http://santiebeati.it/dettaglio/93425

Ver BEATOS 498 MÁRTIRES: http://santiebeati.it/dettaglio/93425

– Ver HOMILIA DE BEATIFICAÇÃO – 28 DE OUTUBRO DE 2007…: https://www.vatican.va/roman_curia/congregations/csaints/documents/rc_con_csaints_doc_20071028_martiri-spagnoli_po.html

– Ver 498 MÁRTIRES ESPANHÓIS; https://pt.wikipedia.org/wiki/498_m%C3%A1rtires_espanh%C3%B3is – Ver https://www.google.com/search?q=Beatifica%C3%A7%C3%A3o+de+498+m%C3%A1rtires+espanh%C3%B3is+por+Bento+XVI+em+2007&sxsrf=ALiCzsb9Db825473MqhiCih5VXp-ifkxYg%3A1658258571209&source=hp&ei=iwTXYqjhCrjm1sQPgq6V-Ac&iflsig=AJiK0e8AAAAAYtcSm9ovJgotFGmLjXZ3WCEznEgyti_a&ved=0ahUKEwjo0tLI1oX5AhU4s5UCHQJXBX8Q4dUDCAc&uact=5&oq=Beatifica%C3%A7%C3%A3o+de+498+m%C3%A1rtires+espanh%C3%B3is+por+Bento+XVI+em+2007&gs_lcp=Cgdnd3Mtd2l6EAM6BAgjECc6CwguEIAEELEDEIMBOgsIABCABBCxAxCDAToRCC4QgAQQsQMQgwEQxwEQ0QM6BQgAEIAEOg4ILhCxAxCDARDHARDRAzoICC4QgAQQsQM6CAgAEIAEELEDOgsILhCABBCxAxDUAjoNCC4QgAQQxwEQ0QMQCjoICC4QgAQQ1AI6BQguEIAEOgoIABCxAxCDARAKOgoIABCABBBGEPkBOgcILhCxAxAKOgoILhCxAxDUAhAKOgUIIRCgAToICCEQHhAWEB06BwghEAoQoAFQAFju4AJg8OUCaAFwAHgAgAHnAYgB6T2SAQYwLjYwLjGYAQCgAQE&sclient=gws-wiz

19. Em Madrid, na Espanha, os beatos Luís Furones Furones (Abraão Fu- rones Furones), presbítero, e Jacinto Garcia Riesco, religioso, ambos da Ordem dos Pregadores e mártires, que, na mesma perseguição, pela sua invencível cons- tância na fé alcançaram o reino celeste. († 1936)

Ver MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/?lcp_page0=16#lcp_instance_0

Ver BEATOS MÁRTIRES ESPANHÓIS: http://santiebeati.it/dettaglio/93425

Ver BEATOS 498 MÁRTIRES: http://santiebeati.it/dettaglio/93425

– Ver HOMILIA DE BEATIFICAÇÃO – 28 DE OUTUBRO DE 2007…: https://www.vatican.va/roman_curia/congregations/csaints/documents/rc_con_csaints_doc_20071028_martiri-spagnoli_po.html

– Ver 498 MÁRTIRES ESPANHÓIS; https://pt.wikipedia.org/wiki/498_m%C3%A1rtires_espanh%C3%B3is

– Ver https://www.google.com/search?q=Beatifica%C3%A7%C3%A3o+de+498+m%C3%A1rtires+espanh%C3%B3is+por+Bento+XVI+em+2007&sxsrf=ALiCzsb9Db825473MqhiCih5VXp-ifkxYg%3A1658258571209&source=hp&ei=iwTXYqjhCrjm1sQPgq6V-Ac&iflsig=AJiK0e8AAAAAYtcSm9ovJgotFGmLjXZ3WCEznEgyti_a&ved=0ahUKEwjo0tLI1oX5AhU4s5UCHQJXBX8Q4dUDCAc&uact=5&oq=Beatifica%C3%A7%C3%A3o+de+498+m%C3%A1rtires+espanh%C3%B3is+por+Bento+XVI+em+2007&gs_lcp=Cgdnd3Mtd2l6EAM6BAgjECc6CwguEIAEELEDEIMBOgsIABCABBCxAxCDAToRCC4QgAQQsQMQgwEQxwEQ0QM6BQgAEIAEOg4ILhCxAxCDARDHARDRAzoICC4QgAQQsQM6CAgAEIAEELEDOgsILhCABBCxAxDUAjoNCC4QgAQQxwEQ0QMQCjoICC4QgAQQ1AI6BQguEIAEOgoIABCxAxCDARAKOgoIABCABBBGEPkBOgcILhCxAxAKOgoILhCxAxDUAhAKOgUIIRCgAToICCEQHhAWEB06BwghEAoQoAFQAFju4AJg8OUCaAFwAHgAgAHnAYgB6T2SAQYwLjYwLjGYAQCgAQE&sclient=gws-wiz

Ver BEATOS 498 MÁRTIRES ESPANHÓIS: 1934 – 1936 – 1938 em 28 de outubro de 2007

“… A cerimônia de beatificação oficiada a mando do Santo Padre Bento XVI pelo Cardeal José Saraiva Martins, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, em 28 de outubro de 2007 em Roma, envolvendo nada menos que 498 mártires espanhóis, compreende o maior grupo de testemunhas da fé jamais elevada à glória dos altares nos tempos modernos pela Igreja Católica, se não contarmos os 800 Mártires abençoados de Otranto, cujos nomes, no entanto, não estão completamente listados.

As novas abençoadas vítimas caíram no ódio a sua fé cristã durante a feroz perseguição religiosa que caracterizou a Guerra Civil Espanhola nos anos 30. Neste massacre sangrento que varreu a Espanha, o número de vítimas ultrapassou um milhão, afetando pessoas de todas as idades e classes sociais: bispos, sacerdotes, religiosos e leigos de ambos os sexos. Foi agora estabelecido pelos historiadores que, dentro deste terrível massacre, os anarquistas e social-comunistas perpetraram uma verdadeira perseguição com o objetivo de aniquilar a Igreja Católica na Espanha.

Com esta enésima beatificação dos mártires que pereceram em tais circunstâncias, a Igreja venera hoje um total de 10 santos e 966 abençoados. Somente muitos foram glorificados pela Igreja desde 1987, para que a memória de seu heroico testemunho não se perdesse e pudessem ser postos como modelos para os cristãos do terceiro milênio.

Ao fornecer abaixo a lista completa dos 498 mártires beatificados em 2007, subdivididos de acordo com as causas instituídas pelas diversas dioceses e congregações, nos referimos quando possível a arquivos mais específicos onde será possível encontrar mais informações e imagens dos diversos mártires…

AQUI ESTÃO SEUS NOMES:

95755 Lucas de S. José, carmelitano, Leonardo José, lasalliano, Apolonia Lizarraga del Ss. Sacramento e 61 companheiros
Diocese de Barcelona
Decreto sobre o martírio: 22 junho 2004

93918 Martiri Lasalliani di Barcelona

– Leonardo José (José María Aragonés Mateu), FSC
– Dionisio Luis (Mateo Molinos Coloma), FSC
– Jacob Samuel (José Enrique Chamayou Oulés), FSC
– Crisóstomo (José Llorach Bretó), FSC
– Cándido Alberto (José Ruiz de la Torre ) ), FSC
– Leónides Francisco Colóm González), FSC
– Cirilo Pedro (Cecilio Manrique Arnáiz), FSC
– Indalecio María (Marcos Morón Casas), FSC
– Lorenzo Gabriel (José Figueras Rey), FSC
– Cayetano José (Ramón Palos Gascón), FSC
– Celestino Antonio (Ismael Barrio Marquilla), FSC
– Félix José (José Trilla Lastra), FSC
– Lamberto Carlos (Jaime Mases Boncompte), FSC
– Benito Clemente (Félix España Ortiz), FSC
– Adolfo Mariano (Mariano Anel Andreu), FSC
– Florencio Miguel (Ruperto García Arce), FSC
– Ildefonso Luis (José Llorach Bretó), FSC
– Agapio (José Luis Carrera Comas), FSC
– José Benito (José Mas Pujobrás), FSC
– Mariano León (Santos López Martínez), FSC
– Vicente Justino (Vicente Fernández Castrillo), FSC
– Arnoldo Julián (Jesús Juan Otero), FSC
– Benedicto José (José Bardalet Compte), FSC
– Esiquio José (Baldomero Margenat Puigmitjá), FSC
– Hilarión Eugenio (Eugenio Cuesta Padierna), FSC
– Francisco Alfredo (Francisco Mallo Sánchez), FSC
– Edmundo Ángel (Pedro Masó Llagostera), FSC
– Hugo Julián (Julián Delgado Díez), FSC
– Emerío José (José Plana Rebugent), FSC
– Eusebio Andrés (Eusebio Roldán Vielba), FSC
– Luis de Jesús (Joseph-Louis Marcou Pecalvel) ), FSC
– Adolfo Jaime (Antonio Serra Hortal), FSC
– Miguel de Jesús (Jaime Puigferrer Mora), FSC
– Victorio (Martín Anglés Oliveras), FSC
– Jaime Bertino (Antonio Jaume Secases), FSC
– León Justino (Francisco del Valle ) Villar), FSC
– Honesto María (Francisco Pujol Espinalt), FSC
– Raimundo Eloy (Narciso Serra Rovira), FSC
– Francisco Magín (Antonio Tost Llavería), FSC
– Olegario Ángel (Eudaldo Rodas Mas), FSC
– Honorato Alfredo (Agustín Pedro Calvo), FSC
– Eliseo Vicente (Vicente Alberich Lluch), FSC
– Valeriano Luis (Nicolás Alberich Lluch), FSC
– Onofre (Salvio Tolosa Alsina), FSC

93501 – Apolonia Lizarraga del Santísimo Sacramento, CCV

95707 Martiri Carmelitani Scalzi di Barcelona

94180 – Lucas de San José, OCD

– Jorge de San José, OCD
– Jaime de Santa Teresa, OCD
– Juan José de Jesús Crucificado, OCD
– Romualdo de Santa Catalina, OCD
– Pedro Tomás de la Virgen del Pilar, OCD
– Luis María de la Merced, OCD
– José Mariano de los Ángeles, OCD
– Marcelo de Santa Ana, OCD
– Antonio María de Jesús, OCD
– Alfonso del Sagrado Corazón de María, OCD
– Eduardo del Niño Jesús, OCD
– Gabriel de la Anunciación, OCD
– Joaquín de San José, OCD

93502 – José Casas Ros, Seminarista

95704 Martiri Missionário Carmelitane

95706 – Esperanza de la Cruz, CM
95706 – María Refugio de San Ángelo, CM
95705 – Daniela de San Bernabé, CM
95705 – Gabriela de San Juan de la Cruz, CM


92647 Antero Mateo García, laico, e 11 compagni domenicani
Diocesi di Barcellona
Decreto sobre o martírio: 19 dezembro 2005

94421 – Antero Mateo García, Laico


94422 – Miguel Peiró Victori, Laico


– Josefina Sauleda Paulis, OP
– María del Camen Zaragoza Zaragoza, OP
– María Rosa Adrover Martí, OP
– Ramona Fossas Románs, OP
– Adelfa Soro Bo, OP
– Teresa Prats Martí, OP
– Otilia Alonso González, OP
– Ramona Perramón Vila, OP
– Reginalda Reginalda Picas Planas, OP
– Rosa Jutglar Gallart, OP


95708 Simò Reynés Solivellas, M.SS.CC. e 3 compagni; 2 FHM e Prudencia Canyelles y Ginestá, laica
Diocesi di Barcellona
Decreto sul martirio: 26 giugno 2006

95713 – Simò Reynes Solivellas, M.SS.CC.
95713 – Miquel Pons Ramis, M.SS.CC.
95713 – Francésc Mayol Oliver, M.SS.CC.
95710 – Pau Noguera Trias, M.SS.CC.
95712 – Catalina Caldés Socias, OFM
95711 – Miquela Rullan Ribot, OFM
95709 – Prudencia Canyelles Ginesta, Laica


93919 Ángel María Prat Hostench e 16 compagni, carmelitani dell’antica osservanza
Diocesi di Barcellona
Decreto sobre o martírio: 26 junho 2006

– Angel María Prat Hostench
– Eliseo María Maneus Besalduch
– Anastasio María Dorca Coromina
– Eduardo María Serrano Buj
– Pedro Ferrer Marín
– Andrés Corsino M. Solé Rovira
– Miguel María Solér Sala
– Juan María Puigmitjá Rubió
– Pedro Tomás María Prat Coldecarrera
– Eliseo M. Fontdecava Quiroga
– José María Escoto Ruiz
– Elías María Garre Egea
– Ludovico María Ayet Canós
– Ángel María Presta Batlle
– Fernando M . Llovera Puigsech
– Eufrosino María Raga Nadal
– María Patrocinio de San José

95752 Laurentino (Mariano Alonso Fuente), Virgilio (Trifón Lacunza Unzu) e 44 compagni maristi
Diocesi di Barcelona
Decreto sobre o martírio: 16 dezembro 2006

– Laurentino (Mariano Alonso Fuente)
– Virgilio, ( Trifón Lacunza Unzu)
– Alberto (Nestor Vivar Valdivielso)
– Ángel Andrés (Lucio Izquierdo López)
– Anselmo (Aniceto Falgueras Casellas)
– Antolín (Antonio Roig Alibau)
– Baudillo (Pedro Ciordia Hernández)
– Bernabé (Casimiro Riba Pi)
– Carlos Rafael (Carlos Brengaret, Pujol)
– Dionisio Martín (José Cesari Mercadal)
– Epifanio, (Fernando Suñer Estrach)
– Felipe José (Fermín Latienda Azpilicueta)
– Félix León (Felíx Ayúcar Eraso)
– Fortunato Andrés (Fortunto Ruíz Peña)
– Frumencio (Julio García Galarza)
– Gabriel Eduardo (Segismundo Hidalgo Martínez)
– Gaudencio (Juan Tubau Perello)
– Gil Felipe ( Felipe Ruíz Peña)
– Hermógenes (Antonio Badía Andalé)
– Isaías María (Victoriano Martínez Martín)
– Ismael (Nicolás Ran Goñi)
– Jaime Ramón (Jaime Morella Bruguera)
– José Carmelo (Gregorio Faci Molins)
– José Federico (Nicolás Pereda Revuelta)
– Juan Crisóstomo (Juan Pelfort Planell)
– Juan de Mata (Jesús, Mechon Franco)
– Laureano Carlos (Pedro Sitjes Puig)
– Leónides (Jerónimo Messegue Ribera)
– Leopoldo José (Florentino Redondo Insausti)
– Lino Fernando (Victor Gutierrez Gómez)
– Licarión (Ángel Roba Osorno)
– Martiniano (Isidro Serrano Fabón)
– Miguel Ireneo (Leocadio Rodríguez Nieto)
– Porfirio (Leoncio Pérez ) Gómez)
– Prisciliano (José Mir Pons)
– Ramón Alberto (Feliciano Ayúcar Eraso)
– Silvio (Victoriano Gómez Gutierrez)
– Santiago (Serafín Zugaldía Lacruz)
– Santiago María (Santiago Sáiz Martínez)
– Santos (Santos Escudero Miguel)
– Teódulo (Lucio ) Zudarie Aramendia)
– Víctor Conrado (José Ambrós Dejuán)
– Victorino José (José Blanch Roca)
– Vito José (José Miguel Elola Arruti)
– Vivencio (Juan Núñez Casado)
– Vulfrano (Ramón Mill Arán)

Bernardo (Plácido Fábrega Juliá), Marista
Diocesi di Burgos
Decreto sobre o martírio: 22 junho 2004

93488 – Bernardo (Plácido Fábrega Juliá)


95753 Ovidio Bertrán (Esteban Anunciabay Letona) e 4 compagni lasalliani , e José María Cánovas Martínez, sac. dioc.
Diocesi di Cartegna
Decreto sul martirio: 16 dicembre 2006

95757 – Ovidio Beltrán (Esteban Anuncibay Letona), FSC
95759 – Hermenegildo Lorenzo (Modesto Sáez Manzanares), FSC
95761 – Luciano Pablo (Germán García García), FSC
95758– Estanislao Víctor (Augusto Cordero Fernández), FSC
95760 – Lorenzo Santiago (Emilio Martínez de la Pera y Álava), FSC
95756 – José María Cánovas Martínez, Sac. Dioc.

95739 Narciso de Esténaga y Echevarría, vescovo, 4 sac. dioc., 5 lasalliani e 1 laico
Diocesi di Ciudad Real
Decreto sobre o martírio: 28 abril 2006

95741 – Narciso Estenaga Echevarría, Vescovo
95742 – Julio Melgar Salgado, Sac. Dioc.
95744 – Félix González Bustos, Sac. Dioc.
95745 – Pedro Buitrago Morales, Sac. Dioc.
95746 – Justo Arévalo y Mora, Sac. Dioc.

95740 Martiri Lasalliani di Ciudad Real

95747 – Agapito León (Remigio Olalla Aldea), FSC
95748 – Josafat Roque (Urbano Corral González), FSC
95749 – Julio Alfonso (Valeriano Ruíz Peral), FSC
95750 – Dámaso Luis (Antolín Martínez Martínez), FSC
95751 – Ladislao Luis (Isidro Muñoz Antolín), FSC

95743 – Álvaro Santos Cejudo, Laico

Cruz Laplana y Laguna, Vescovo, e Fernando Español Berdié, Sac. Dioc.
Diocesi di Cuenca
Decreto sobre o martírio: 28 de abril de 2006

93497 – Cruz Laplana y Laguna, Vescovo
93497 – Fernando Español, Sac. Dioc.

94959 María del Carmen, María Rosa y Magdalena Fradera Ferragutcasas, CMF
Diocesi di Gerona
Decreto sul martirio: 16 dicembre 2006

– María del Carmen Fradera Ferragutcasas
– María Rosa Fradera Ferragutcasas
– Magdalena Fradera Ferragutcasas

95727 Mariano de San José (Altolaguirre) e 9 compagni trinitari
Diocesi de Jaén e Cuenca
Decreto sobre o martírio: 26 junho 2006

95731 – Mariano de San José (Santiago Altolaguirre Altolaguirre)
95730 – José de Jesús María (José Vicente Hormaechea y Apoitia)
95732 – Prudencio de la Cruz (Prudencio Gueréquiz y Guezuraga)
95732 – Segundo de Santa Teresa ( Segundo García y Cabezas)
95729 – Juan de Jesús María (Juan Otazua y Madariaga)
95733 – Luis de San Miguel de los Santos (Luis de Erdoiza y Zamalloa)
95733 – Melchor del Espíritu Santo (Melchor Rodríguez Villastrigo)
95733 – Santiago de Jesús ( Santiago Arriaga y Arrien)
95733 – Juan de la Virgen del Castellar (Juan Francisco Joya y Corralero)
95728 – Francisca de la Encarnación (María Francisca Espejo y Martos)

95735 Manuela Arriola del Corazón de Jesús, AASC, e 22 compagne
Diocesi di Madrid
Decreto sobre o martírio: 1° junho 2007

95736 – Manuela del Sagrado Corazón (Manuela Arriola Uranga)
95737 – Blasa de María (Juana Pérez de Labeaga García)
95738 – Lucila María de Jesús (Lucía González García)
– Rosaura de María (Rosa López Brochier)
– Casta de Jesús (Teresa Vives y Missé)
– Borja de Jesús (Mª Zenona Aranzábal Barrutia)
– Luisa de la Eucaristía (Luisa Pérez Andriá)
– María de la Presentación (María García Ferreiro)
– Sulpicia del Buen Pastor (Dionisia Rodríguez de Anta)
– Belarmina de Jesús (Belarmina Pérez Martínez)
– Mª Dolores de la Santísima Trinidad (Mª Dolores Hernández Santorcuato)
– Mª Dolores de Jesús Crucificdo (Mª Dolores Monzón Rosales)
– Máxima de San José (Emilia Echeverría Fernández)
– Prima de Jesús (Mª Prima Ipiña Malzárraga)
– Sinforosa de la Sagrada Familia (Sinforosa Díaz Fernández)
– Purificación de María (Purificación Martínez Vera)
– Josefa de Jesús (Josefa Boix Riera)
– Herlinda (Aúrea González Fernández ) )
– Ángeles (Mercedes Tuní Ustech)
– Ruperta (Concepción Vázquez Áreas)
– Felipa (Felipa Gutiérrez Garay)
– Cecilia (Concepción Iglesias del Campo)
– Magdalena (Magdalena Pérez)

93503 Avelino Rodríguez Alonso e 97 confratelli agostiniani, 5 sac. dioc. e 1 diacono
Diocesi di Madrid, Cuenca, Oviedo
Decreto sobre o martírio: 1° junho 2007

– Avelino Rodríguez Alonso, OSA
– Benito Alcalde González, OSA
– Bernardino Álvarez Melcón, OSA
– Manuel Álvarez Rego de Seves, OSA
– Juan Baldajos Pérez, OSA
– Senén García González, OSA
– Samuel Pajares García, OSA
– José Peque Iglesias, OSA
– Marcos Pérez Andrés, OSA
– Lucinio Ruiz Valtierra, OSA
– Balbino Villarroel Villarroel, OSA
– Sabino Rodrigo Fierro, OSA
– Antonio María Arriaga Anduiza, OSA
– Ramiro Alonso López, OSA
– Dámaso Arconada Merino, OSA
– Luis Abia Melendro, OSA
– Bernardino Calle Franco, OSA
– Pedro Carbajal Pereda, OSA
– Miguel Cerezal Calvo, OSA
– Víctor Cuesta Villalba, OSA
– José Dalmau Regas, OSA
– Nemesio Díez Fernández, OSA
– José Joaquín Esnaola Urteaga, OSA
– Matías Espeso Cuevas, OSA
– José Agustín Fariña Castro, OSA
– Francisco Fuente Puebla, OSA
– José Gando Uña, OSA
– Joaquín García Ferrero, OSA
– Arturo García de la Fuente, OSA
– Nemesio García Rubio, OSA
– Esteban García Suárez, OSA
– Benito Garnelo Álvarez, OSA
– Gerardo Gil Leal, OSA
– Marcos Guerrero Prieto, OSA
– Miguel Iturraran Laucirica, OSA
– Jesús Largo Manrique, OSA
– José López Piteira, OSA
– Constantino Malumbres Francés, OSA
– Francisco Marcos del Río, OSA
– Ricardo Marcos Reguero, OSA
– Julio Marcos Rodríguez, OSA
– Julio María Fincias, OSA
– Román Martín Mata, OSA
– Melchor Martínez Antuña, OSA
– Pedro Martínez Ramos, OSA
– Isidro Mediavilla Campos, OSA
– Heliodoro Merino Merino, OSA
– Juan Monedero Fernández, OSA
– José Noriega González, OSA
– Gerardo Pascual Mata, OSA
– José Antonio Pérez García, OSA
– Agustín Renedo Martínocia, OSA
– Mariano Revilla Rico, OSA
– Benito Rodríguez González, OSA
– Conrado Rodríguez Gutiérrez, OSA
– Macario Sánchez López, OSA
– Tomás Sánchez López, OSA
– Juan Sánchez Sánchez, OSA
– Pedro Simón Ferrero, OSA
– Luis Suárez Valdés, OSA
– Dionisio Terceño Vicente, OSA
– Máximo Valle García, OSA
– Pedro de la Varga Delgado, OSA
– Benito Velasco Velasco, OSA
– Julián Zarco Cuevas, OSA
– José Gutiérrez Arranz, OSA
– José Aurelio Calleja del Hierro, OSA
– Enrique Serra Chorro, OSA
– Antolín Astorga Díaz, OSA
– Jacinto Martínez Ayuela, OSA
– Nicolás de Mier Francisco, OSA
– Lorenzo Arribas Palacio, OSA
– Primitivo Sandín Miñambres, OSA
– Pedro Alonso Fernández, OSA
– Froilán Lanero Villadangos, OSA
– Vicente Toledano Valenciano, Sac. Dioc.
– Severino Montes Fernández, OSA
– Florencio Alonso Ruiz, OSA
– Juan Pérez Rodríguez, OSA
– Vidal Ruiz Vallejo, OSA
– Claudio Julián García San Roma, OSA
– Leoncio Lope García, OSA
– Miguel Sanrromán Fernández, OSA
– Eugenio Cernuda Ferrero, OSA
– Epifanio Gómez Álvaro, OSA
– Manuel Formigo Giráldez, OSA
– Fortunato Merino Vegas, OSA
– Luis Gutiérrez Calvo, OSA
– Diego Hompanera París, OSA
– Enrique Vidaurreta Palma, Sac. Dioc.
95471 – Juan Duarte Martín, Diacono
– Gabino Olaso Zabala, OSA
– Ángel Pérez Santos, OSA
– Víctor Gaitero González, OSA
– Anastasio Díez García, OSA
– Cipriano Polo García, OSA
– Emilio Camino Noval, OSA
– Felipe Barba Chamorro, OSA
– Luis Blanco Álvarez, OSA
– Luciano Ramos Villafruela, OSA
– Ubaldo Revilla Rodríguez, OSA
– Ribogerto A. de Anta y de Barrio, Sac. Dioc.
– Fortunato Arias Sánchez, Sac. Dioc.
– Miguel Díaz Sánchez, Sac. Dioc.

93504 Enrique Saiz Aparicio, salesiano, e 62 Compagni
Diocesi di Madrid e Siviglia
Decreto sobre o martírio: 26 junho 2006

92168 – Enrique Sáiz Aparicio, SDB
94002 – Félix González Tejedor, SDB
94003 – Germán Martín Martín, SDB
94004 – José Villanova Tormo, SDB
94008 – Pío Conde Conde, SDB
94005 – Miguel Lasaga Carazo, SDB
94006 – Andrés Jiménez Galera, SDB
98265– Luis Martínez Alvarellos, SDB
98267 – Juan Larragueta Garay, SDB
98266 – Pascual de Castro Herrera, SDB
98262 – Virgilio Edreira Mosquera, SDB
98263 – Francisco Edreira Mosquera, SDB
– Pedro Artolozaga Mellique, SDB
– Manuel Borrajo Míguez, SDB
– Justo Juanes Santos, SDB
94034 – Heliodoro Ramos García, SDB
94033 – Esteban Vázquez Alonso, SDB
94025 – Pablo García Sánchez, SDB
94026 – Valentín Gil Arribas, SDB
94032 – Anastasio Garzón González, SDB
94029– Francisco José Martín López de Arroyave, SDB
94031 – Ramón Eirín Mayo, SDB
– Juan de Mata Díez, Laico
93997 – Salvador Fernández Pérez, SDB
94001 – Sabino Hernández Laso, SDB
94007 – Andrés Gómez Sáez, SDB
94036 – Carmelo Juan Pérez Rodríguez , SDB
– Esteban Cobo Sanz, SDB
– Manuel Martín Pérez, SDB
– Teódulo González Fernández, SDB
– Victoriano Fernández Reinoso, SDB
98264 – Florencio Rodríguez Guemes, SDB
94023 – Dionisio Ullívarri Barajuán, SDB
94022 – Mateo Garolera Masferrer, SDB
94028– José María Celaya Badiola, SDB
94024 – Nicolás de la Torre Merino, SDB
94030 – Emilio Arce Díez, SDB
94035 – Antonio Cid Rodríguez, SDB
94027 – Juan Codera Marqués, SDB
– Tomás Gil de la Cal, SDB
– Higinio de Mata Díez , SDB
– Federico Cobo Sanz, SDB
– Antonio Torrero Luque, SDB
– Antonio Fernández Camacho, SDB
– Manuel Fernández Ferro, SDB
– Juan Luis Hernández Medina, SDB
– Antonio Rodríguez Blanco, Sac. Dioc.
49050 – Bartolomé Blanco Márquez, Laico
– José Limón Limón, SDB
– Antonio Enrique Canut Isús, SDB
– Miguel Molina de la Torre, SDB
– Pablo Caballero López, SDB
– Antonio Mohedano Larriva, SDB
– Francisco Míguez Fernández, SDB
– Félix Paco Escartín, SDB
– Manuel Gómez Contioso, SDB
– Antonio Pancorbo López, SDB
– Honorio Hernández Martín, SDB
– Tomás Alonso Sanjuán, SDB
– Esteban García García, SDB
– Rafale Rodríguez Mesa, SDB
– José Blanco Delgado, SDB


93994 – Teresa Cejudo Redondo, Laica

Buenaventura García Paredes, domenicano, Miguel Léibar Garay, marianista, e 40 compagni
Diocesi di Madrid
Decreto sobre o martírio: 26 de julho de 2006

95766 Martiri Domenicani di Madrid

94043 – Buenaventura García Paredes, OP
– Alfredo Fanjul Acebal, OP
– Félix Alonso Muñiz, OP
– Juan Mendibelzúa Ocerin, OP
– José Gafo Muñiz, OP
– José López Tascón, OP
– Reginaldo Hernández Ramírez, OP
– Vicente Álvarez Cienfuegos, OP
– Vicente Peña Ruiz, OP
– Vicente Rodríguez Fernández, OP
– Vidal Luis Gómara, OP
– Antonio Varona Ortega, OP
– Amado Cubeñas Diego-Madrazo, OP
– Cipriano Alguacil Torredenaida, OP
– Eduardo González Santo Domingo, OP
– Manuel Moreno Martínez, OP
– Higinio Roldán Iriberri, OP
– Inocencio García Díez, OP
– Juan Crespo Calleja, OP
– Juan Herrero Arroyo, OP
– José Luis Palacio Muñiz, OP
– José Santonja Pinsach, OP
– Leoncio Arce Urrutia, OP
– Maximino Fernández Marínas, OP
– Teófilo Montes Calvo, OP
– Víctor García Ceballos, OP
– Jesús Villaverde Andrés, OP
– Isabelino Carmona Fernández, OP
– Jacinto García Riesco, OP
– Luis Furones Furones (Arenas), OP
– Manuel Álvarez Álvarez, OP
– José María López Carrillo, OP
– Nicasio Romo Rubio, OP
– Pedro Ibañez Alonso, OP
– Manuel Santiago Santiago, OP
– José Delgado Pérez, OP
– Francisco Fernández Escosura, OP
– José Prieto Fuentes, OP

95767 Martiri Marianisti di Madrid

– Miguel Léibar Garay, SM
– Joaquín Ochoa Salazar, SM
– Sabino Ayastuy Errasti, SM
– Florencio Arnaiz Cejudo, SM

95714 Félix Echevarría Gorostiaga e 6 compagni, Frati Minori
Diocesi di Mérida e Badajoz
Decreto sobre o martírio: 28 abril 2006

95716 – Félix Echevarría Gorostiaga
95715 – José María Azurmendi Mugarza
95718 – Francisco Carlés González
95717 – Luis Echevarría Gorostiaga
95721 – Simón Miguel Rodríguez
95720 – Miguel Zarragúa Iturriaga
95719 – Antonio Sáez de Ibarra López

95768 Celestino José Alonso Villar e 9 compagni domenicani
Diocesi di Oviedo
Decreto sobre o martírio: 26 junho 2006

– Celestino José Alonso Villar
– Santiago Franco Mayo
– Gregorio Díez Pérez
– Abilio Sáiz López
– Miguel Menéndez García
– José María Palacio Montes
– Isidro Ordoñez Díez
– Cristóbal Iturriaga-Echevarría
– Pedro Vega Ponce
– José María Laguía Puerto

Eufrasio del Niño Jesús (Barredo Fernández)
Diocesi di Oviedo
Decreto sobre o martírio: 16 dezembro 2006

93500 – Eufrasio del Niño Jesús (Barredo Fernández), OCD

95769 Enrique Izquierdo Palacios e 13 compagni domenicani
Diocesi di Santander
Decreto sobre o martírio: 16 dezembro 2006

– Enrique Izquierdo Palacios
– Enrique Canal Gómez
– Manuel Gutiérrez Ceballos
– Eliseo Miguel Largo
– Miguel Rodríguez González
– Bernardino Irurzun Otermín
– Eleuterio Marne Mansilla
– Pedro Luis Luis
– José María García Tabar
– Estanislao García Obeso
– Germán Caballero Atienza
– José Menéndez García
– Victoriano Ibáñez Alonso
– Eugenio Andrés Amo

92646 Víctor Chumillas Fernández e 21 compagni, Frati Minori
Diocesi di Toledo
Decreto sobre o martírio: 19 dezembro 2005

95724 – Víctor Chumillas Fernández
95724 – Ángel Hernández-Ranera de Diego
95724– Domingo Alonso de Frutos
95724 – Martín Lozano Tello
95724 – Julián Navío Colado 95724
 Benigno Prieto del Pozo
95724 – Marcelino Ovejero Gómez
95724 – José de Vega Pedraza
95724 – José Álvarez Rodríguez
95724 – Santiago Mate Calzada
95724 – Andrés Majadas Málaga Sánchez Hernández-Raner 

95724 – Anastasio González Rodríguez 

95724 – Félix Maroto Moreno 

95724 – Federico Herrera Bermejo 

95724 – Antonio Rodrigo Anton

95724 – Saturnino Río Rojo 

95724 – Ramón Tejado Librado
95724 – Vicente Majadas Málaga
95724 – Valentín Díez Serna
95722 – Félix Gómez-Pinto Piñero
95723 – Perfecto Carrascosa Santos
93498 Liberio González Nombela, Sac. Dioc., e 12 compagni
Diocesi di Toledo
Decreto sobre o martírio: 28 abril 2006

– Liberio González Nombela, Sac. Dioc.
– Francisco López-Gasco Fernández- Largo, Sac. Dioc.
– Miguel Beato Sánchez, Sac. Dioc.
– Bartolomé Rodríguez Soria, Sac. Dioc.
– Mamerto Carchano Carchano, Sac. Dioc.
– Agrícola Rodríguez G. de los Huertos Sac. Dioc.
– Saturnino Ortega Montealegre, Sac. Dioc.
– Domingo Sánchez Lázaro, Sac. Dioc.
– Joaquín de la Madrid Arespacochaga, Sac. Dioc.
– Justino Alarcón Vera, Sac. Dioc.
– José Polo Benito, Sac. Dioc.


93499 – Francisco Maqueda López, Suddiacono
– Ricardo Pla Espí, Sac. Dioc.

95754 Teodosio Rafael (Diodoro López), FSC, e 3 compagni
Diocesi di Toledo
Decreto sobre o martírio: 28 de abril de 2006

95763 – Teodosio Rafael (Diodoro López Hernando)
95764 – Eustaquio (Luis Villanueva Montoya)
95765 – Carlos Jorge (Dalmacio Bellota Pérez)
95762 – Felipe José (Pedro Juan Álvarez Pérez)

94181 Eusebio del Niño Jesús (Ovidio Fernández Arenillas) e 15 compagni, carmelitani scalzi
Diocesi di Toledo
Decreto sobre o martírio: 28 abril 2006
– Eusebio del Niño Jesús (Ovidio Fernández Arenillas)
– Nazario del Sagrado Corazón (Nazario del Valle González)
– Pedro José de los Sagrados Corazones (Pedro Jiménez Vallejo)
– Ramón de la Virgen del Carmen (José Grijalvo Medel)
– Tirso de Jesús María (Gregorio Sánchez Sancho)
– José Agustín del Santísimo Sacramento (Tomás Mateos Sánchez)
– Hermilo de San Eliseo (Pedro Ramón Rodríguez ) Calle)
– Eliseo de Jesús Crucificado (Esteban Cuevas Casquero)
– Perfecto de la Virgen del Carmen (Perfecto Domínguez Monge)
– Melchor del Niño Jesús (Melchor Martín Monge)
– Constancio de S. José (José Mata Luis)
– Félix de la Virgen del Carmen (Luis Gómez de Pablo)
– Plácido del Niño Jesús (José Luis Collado Oliver)
– José María de la Dolorosa (Vicente Álamo Jiménez)
– Daniel de la Sagrada Pasión (Daniel Mora Nine)
– Clemente de los Sagrados Corazones (Clemente López Yagüe)

Autor: Fabio Arduino

Nota: Para maiores informações, consulte o site dell’Ufficio della Cause dei Santi della Conferenza Episcopale Spagnola: www.conferenciaepiscopal.es/santos/default.htm … ”: http://santiebeati.it/dettaglio/93425

20. Em Barcelona, na Espanha, os beatos mártires Lucas de São José (José Tristañy Pujol), presbítero da Ordem dos Carmelitas Descalços, e João José de Jesus Crucificado (João Páfila Montlleó), presbítero da Ordem da Santíssima Trindade, que, na mesma perseguição, mereceram diante de Deus omnipotente a palma da vitória. († 1936)

Ver MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/?lcp_page0=16#lcp_instance_0

Ver BEATOS MÁRTIRES ESPANHÓIS: http://santiebeati.it/dettaglio/93425

Ver BEATOS 498 MÁRTIRES: http://santiebeati.it/dettaglio/93425

– Ver HOMILIA DE BEATIFICAÇÃO – 28 DE OUTUBRO DE 2007…: https://www.vatican.va/roman_curia/congregations/csaints/documents/rc_con_csaints_doc_20071028_martiri-spagnoli_po.html

– Ver 498 MÁRTIRES ESPANHÓIS; https://pt.wikipedia.org/wiki/498_m%C3%A1rtires_espanh%C3%B3is

– Ver https://www.google.com/search?q=Beatifica%C3%A7%C3%A3o+de+498+m%C3%A1rtires+espanh%C3%B3is+por+Bento+XVI+em+2007&sxsrf=ALiCzsb9Db825473MqhiCih5VXp-ifkxYg%3A1658258571209&source=hp&ei=iwTXYqjhCrjm1sQPgq6V-Ac&iflsig=AJiK0e8AAAAAYtcSm9ovJgotFGmLjXZ3WCEznEgyti_a&ved=0ahUKEwjo0tLI1oX5AhU4s5UCHQJXBX8Q4dUDCAc&uact=5&oq=Beatifica%C3%A7%C3%A3o+de+498+m%C3%A1rtires+espanh%C3%B3is+por+Bento+XVI+em+2007&gs_lcp=Cgdnd3Mtd2l6EAM6BAgjECc6CwguEIAEELEDEIMBOgsIABCABBCxAxCDAToRCC4QgAQQsQMQgwEQxwEQ0QM6BQgAEIAEOg4ILhCxAxCDARDHARDRAzoICC4QgAQQsQM6CAgAEIAEELEDOgsILhCABBCxAxDUAjoNCC4QgAQQxwEQ0QMQCjoICC4QgAQQ1AI6BQguEIAEOgoIABCxAxCDARAKOgoIABCABBBGEPkBOgcILhCxAxAKOgoILhCxAxDUAhAKOgUIIRCgAToICCEQHhAWEB06BwghEAoQoAFQAFju4AJg8OUCaAFwAHgAgAHnAYgB6T2SAQYwLjYwLjGYAQCgAQE&sclient=gws-wiz

21. Em Moiá, perto de Barcelona, na Espanha, o Beato Jorge de São José (An- tónio Bosch Verdura), presbítero da Ordem dos Carmelitas Descalços e

mártir, que, durante a perseguição contra a Igreja, alcançou a recompensa eterna pelo combate da fé. († 1936)

Ver MÁRTIRES DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA: http://catholicsaints.info/martyrs-of-the-spanish-civil-war/?lcp_page0=16#lcp_instance_0

Ver BEATOS MÁRTIRES ESPANHÓIS: http://santiebeati.it/dettaglio/93425

Ver BEATOS 498 MÁRTIRES: http://santiebeati.it/dettaglio/93425

– Ver HOMILIA DE BEATIFICAÇÃO – 28 DE OUTUBRO DE 2007…: https://www.vatican.va/roman_curia/congregations/csaints/documents/rc_con_csaints_doc_20071028_martiri-spagnoli_po.html

– Ver 498 MÁRTIRES ESPANHÓIS; https://pt.wikipedia.org/wiki/498_m%C3%A1rtires_espanh%C3%B3is

– Ver https://www.google.com/search?q=Beatifica%C3%A7%C3%A3o+de+498+m%C3%A1rtires+espanh%C3%B3is+por+Bento+XVI+em+2007&sxsrf=ALiCzsb9Db825473MqhiCih5VXp-ifkxYg%3A1658258571209&source=hp&ei=iwTXYqjhCrjm1sQPgq6V-Ac&iflsig=AJiK0e8AAAAAYtcSm9ovJgotFGmLjXZ3WCEznEgyti_a&ved=0ahUKEwjo0tLI1oX5AhU4s5UCHQJXBX8Q4dUDCAc&uact=5&oq=Beatifica%C3%A7%C3%A3o+de+498+m%C3%A1rtires+espanh%C3%B3is+por+Bento+XVI+em+2007&gs_lcp=Cgdnd3Mtd2l6EAM6BAgjECc6CwguEIAEELEDEIMBOgsIABCABBCxAxCDAToRCC4QgAQQsQMQgwEQxwEQ0QM6BQgAEIAEOg4ILhCxAxCDARDHARDRAzoICC4QgAQQsQM6CAgAEIAEELEDOgsILhCABBCxAxDUAjoNCC4QgAQQxwEQ0QMQCjoICC4QgAQQ1AI6BQguEIAEOgoIABCxAxCDARAKOgoIABCABBBGEPkBOgcILhCxAxAKOgoILhCxAxDUAhAKOgUIIRCgAToICCEQHhAWEB06BwghEAoQoAFQAFju4AJg8OUCaAFwAHgAgAHnAYgB6T2SAQYwLjYwLjGYAQCgAQE&sclient=gws-wiz

22. Santa Severa, na Folhinha do Coração de Jesus.

Em Trèves, Santa Severa, virgem, irmã de Modoaldo, bispo daquela cidade. Falecida em 660. Ver página 224: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2013.pdf

  • Ver “… Severa (Sevère) de Villeneuve, Abadessa (RM). Santa Severa, irmã de São Modoald de Trier, foi a primeira abadessa de Santa Gema (mais tarde Sainte-Sevère) em Villeneuve, na diocese de Bourges (Beneditinas)”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly20.html

23. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no começo do séc. VIII, São Vulmério, eremita. Os discípulos que vieram reunir-se em torno dele formaram um novo centro de vida monástica em Flandres, que se colocou mais tarde sob seu patrocínio. (M)

24. Bem-Aventurado Gregório Lopes, confessor. Ver páginas 221-223: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2013.pdf

25. No ano do Senhor de 833, Santo Ansegísio, nobre franco, excelente administrador do imperador. Foi nomeado abade de Fontenelle. (X)

– Ver “… Sob Ansegisus, os monges de Fontenelle tornaram-se famosos por sua biblioteca e seu scriptorium, e não menos pelo trabalho do abade em fazer uma coleção de capitulares, que por muito tempo permaneceram um livro de leis oficial no império. Essas capitulares eram leis ou decretos promulgados pelos reis francos, e a coleção de Ansegisus foi dividida em livros contendo decretos civis e eclesiásticos de Carlos Magno e Luís…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly20.html

26. Santa Vilgeforte, ou Santa Liberata. Ver “Vilgeforte,[3] também conhecida como Santa Liberata[1] (Lusitânia, c. 119 — Lusitânia, c. 139), é

uma santa lendária de tradição católica, cuja lenda data do século

XIV.[4] Retratada como uma mulher barbada, algumas referências indicam que o seu nome provém do alto-alemão antigo heilige Vartez (santa face),[5] uma tradução do italiano Volto Santo, e outras referências indicam que teria se originado do latim virgo fortis (virgem forte).[6]

Na Inglaterra, é conhecida como Uncumber (não oprimida),

em holandês como Ontkommer (libertada), e em alemão como Kümmernis (aflita ou ansiosa). Na Itália e Galiza é conhecida por Liberata,

em Espanha por Librada (libertada), e na França por Débarras (libertada). Na cidade espanhola de Siguença, é por vezes confundida com a Santa Liberata, uma das irmãs de Santa Marinha de Águas Santas, cuja festa litúrgica também é celebrada a 20 de julho.[7] É considerada a padroeira das mulheres malcasadas…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Vilgeforte

– Ver também: página 224: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2013.pdf

27. Beato Luís Novarese. (Ver também 10 de julho, nº 15)

( Ver também 20 de julho)Em Rocca Priora, pró­ximo de Roma, o Beato Luís Novarese, pres­bí­tero, fun­dador dos Si­len­ci­osos Ope­rá­rios da Cruz, de­di­cados es­pe­ci­al­mente ao apos­to­lado entre os enfermos. († 1984)

– Ver “… Sacerdote e Fundador da Pia União dos Silenciosos Operários da Cruz

Martirológio Romano: Em Rocca Priora, Roma, o Beato Luís Novarese, sacerdote fundador da Pia União dos Silenciosos Operários da Cruz e do Centro Voluntário do Sofrimento. († 1984)
Data da beatificação: 11 de maio de 2013, durante o pontificado de SS Francisco…

UMA MUDANÇA NA PASTORAL DO SOFRIMENTO
A vida e a obra de Monsenhor Luis Novarese são uma resposta concreta ao problema do sofrimento humano e deixaram uma grande mudança na pastoral do sofrimento. Com a associação “Obreiros Silenciosos da Cruz” e os “Voluntários do Sofrimento”, Monsenhor Novarese lançou as bases para uma ação capilar no grande e misterioso mundo da dor humana, para que uma luz de esperança seja acesa e levedada Evangelho de Cristo crucificado e ressuscitado.
A partir da mensagem que a Virgem deixou em Lourdes e Fátima, Dom Novarese teve desde o início de sua atividade a preciosa e oculta colaboração de Irmã Myriam. Juntos, traçaram para todas as pessoas que sofrem (sacerdotes e leigos doentes, deficientes físicos, sensoriais e mentais de todas as idades…) um caminho luminoso e entusiasmado no coração da Igreja que se articula nas seguintes etapas:
• a vocação específica dos doentes e deficientes à santidade e ao apostolado. Definido por João Paulo II “vocação ao sofrimento, isto é, vocação ao amor”.
• Sua atividade apostólica, concretizada no princípio “doente para doente”.
• O papel insubstituível na Igreja, na família e na sociedade, de ser “sujeitos de ação” e não objetos de caridade, piedade e assistência. A realização desta atividade é oferecida constante e progressivamente por intervenções diretas com os Sumos Pontífices, de Pio XII a Bento XVI, que estenderam este discurso associativo a todos os doentes e deficientes do mundo.
Luis Novarese faleceu aos 70 anos, em 20 de julho de 1984, em Rocca Priora (Roma), deixando um grande apostolado e uma obra que está espalhando pelo mundo.
No sábado, 27 de março de 2010, o Papa Bento XVI deu sua aprovação para a publicação do Decreto sobre as virtudes heroicas de Dom Luigi Novarese.
Sua Santidade Bento XVI assinou em 19 de dezembro de 2011 o decreto com o qual se reconhece um milagre graças à intercessão do Venerável Luis Novarese, que permitirá que sua próxima beatificação ocorra, se Deus quiser, em 11 de maio de 2013…”: http://es.catholic.net/op/articulos/36929/cat/214/luis-novarese-beato.html#modal

 – Ver também “…Estas são as principais datas do processo:

  • 17 de setembro de 1989: início da causa de beatificação;
  • 27 de fevereiro de 2004: entrega da documentação relativa ao inquérito diocesano (46 volumes) à Congregação para as Causas dos Santos ;
  • 17 de setembro de 2007: encerramento da investigação diocesana sobre o suposto milagre ocorrido por intercessão de Monsenhor Novarese;
  • 27 de março de 2010: reconhecimento das virtudes heroicas do venerável Monsenhor Luigi Novarese;
  • 19 de dezembro de 2011: decreto de beatificação assinado pelo Papa Bento XVI;
  • 11 de maio de 2013: beatificação…”: https://it.wikipedia.org/wiki/Luigi_Novarese

– Ver ainda “… Santos do dia 20 de julho. Beato Luis Novarese, sacerdote e fundador.

can.: B: Francisco 11 de maio de 2013
país: Itália – b.: 1914 – †: 1984
formas do nome: Luigi Novarese
hagiografia: Hagiopedia… { https://www.eltestigofiel.org/index.php?idu=sn_santoral&id_fecha=20-7-2022 }…

Ele nasceu em Casale Monferrato (Itália), em uma família camponesa. Luis experimentou pessoalmente a doença e o sofrimento. Aos nove anos, era o ano de 1923, quando sofreu uma terrível queda e ficou gravemente doente, permanecendo imóvel. Ele foi diagnosticado com coxite tuberculosa, teve até 21 abscessos e vomitava quase um litro de pus por dia. Os médicos queriam expulsá-lo.

Em 17 de maio de 1931, aos 17 anos, Luís finalmente obteve o tão esperado milagre, uma cura completa e instantânea, graças à intercessão de Maria Auxiliadora, com a mediação do Beato Padre Felipe Rinaldi, sucessor de Dom Bosco , naquele que pediu o favor de rezar por sua cura ao fundador dos Salesianos. 

Ele então prometeu à Santíssima Virgem que, caso fosse curado, se dedicaria totalmente ao povo sofredor. Ele havia sofrido muito nos hospitais por causa da forma como as pessoas doentes eram tratadas.

Sua cura milagrosa foi publicada no Boletim “O Sagrado Coração de Jesus” da comunidade salesiana de Casale Monferrato em setembro de 1931. Ainda tem uma sequela: uma perna é 15 cm mais curta que a outra. então você tem que usar um sapato ortopédico com tirantes.

O jovem Luís foi enviado pelo Bispo de Casale a Roma, ao Almo Colegio Capranica. Foi ordenado sacerdote em 17 de dezembro de 1938 na Basílica de San Juan de Letrán. Exerceu seu primeiro ministério sacerdotal na paróquia de San Saturnino e dos Padroeiros de Roma. Obteve a licenciatura em Sagrada Teologia em 1939; em 1942 graduou-se em Direito Canônico na Universidade Gregoriana. Em 1945 obteve o diploma de Advogado Rotal do Tribunal de la Rota (Santa Sé).

Em 1º de maio de 1942 foi chamado por Monsenhor Giovanni Batista Montini para trabalhar na Secretaria de Estado (Vaticano). Como redator de sumários pontifícios, há vinte anos Monsenhor Montini, futuro Papa Paulo VI, terá a oportunidade de apreciar suas qualidades de laboriosidade e tenacidade, espiritualidade, discrição e inteligência. Foi nomeado Garçom Secreto Supernumerário em 12 de março de 1952, prelado doméstico de Sua Santidade Pio XII em 17 de outubro de 1957, título que lhe permite ser chamado de Monsenhor.

De 1964 a 1977 dirigiu o escritório de assistência espiritual hospitalar C.E.I. (Conferência Episcopal Italiana). Nesse meio tempo, passou a realizar inúmeras atividades de formação e trabalhos de caridade a serviço da pastoral do sofrimento. Monsenhor Novarese “acreditava” na pessoa doente e em suas infinitas possibilidades; à condição de que a pessoa doente se entrega totalmente à misteriosa ação da graça, que silenciosamente opera em seu coração através da fé.

A atividade pastoral diária e o trabalho no Vaticano não distrairam o Padre Luis de seu projeto de dedicar-se às pessoas que sofrem; com a irmã Elvira Psorulla, a quem pede colaboração neste novo apostolado, deu vida a uma fundação que tem diferentes níveis, propondo o apoio espiritual, humano e material das pessoas que sofrem:

Em maio de 1943, com o apoio e apoio do Padre Gabriel Roschini OSM dá vida à Liga Sacerdótea Mariana (LSM). O objetivo específico de ajudar padres, saudáveis e doentes, a espalhar a verdadeira devoção à Virgem Maria, especialmente entre os doentes, de acordo com o espírito de “oração e penitência” que Nossa Senhora pediu em Lourdes e Fátima. Começa o apostolado dos Voluntários do Sofrimento. Com a autorização do Papa Pio XII, começa a transmissão semanal de rádio “Quarto de uma Hora de Serenidade” na estação de rádio do Vaticano. Começa a publicação da revista mensal gratuita “el Ancora” para os voluntários do sofrimento. Fundou os Trabalhadores Silenciosos da Cruz, uma associação privada internacional dos fiéis, reconhecida pelo Pontifício Conselho para os Leigos, para a qual leigos e clérigos podem se juntar. Eles professam os três conselhos evangélicos.

Em junho de 1952, o Dom Novarese fez a primeira peregrinação de apenas padres doentes para Lourdes coordenada pela Liga Sacerdotisa Mariana. Em seguida, ele realiza no santuário de Oropa (Itália) o primeiro retiro espiritual para pessoas com deficiência e doentes de diferentes partes da Itália. Nasceu a ideia de fazer retiros e exercícios espirituais, onde pessoas com deficiência e doentes, podem viver anualmente a experiência de exercícios espirituais. Ele fez a primeira e maior audiência do Papa Pio XII para 7.000 “Voluntários do Sofrimento” da Itália e do exterior. É a primeira vez que um Papa recebe um grande número de doentes e deficientes (o primeiro encontro na história da Igreja).

Em 1954, nasceu a primeira oficina para pessoas com limitações físicas em Re (Verbania). Com o objetivo de as pessoas serem ativas na sociedade: elas são seres humanos com capacidades e podem fazer muitas coisas.

Atualmente, os Trabalhadores Silenciosos da Cruz estão localizados em diferentes países do mundo: Itália, Polônia, Portugal, Israel (Jerusalém), Camarões e Colômbia.

Monsenhor Novarese deixou estas palavras nas mãos dos doentes, deficientes e membros de suas Associações: “Que a pessoa doente e deficiente seja um instrumento ativo nas mãos de Nossa Senhora para a Glória de Deus e a salvação de todos os homens. Ativo por sua vida de graça, viveu sem tristeza ou anseio pelo que não pode fazer; ativo para o trabalho de conquista que Ele deve fazer em torno dele. “O Imaculado quer que pessoas doentes e deficientes se tornem apóstolos e anunciem o Plano de Redenção.”

Luis Novarese morreu aos 70 anos, em 20 de julho de 1984, em Rocca Priora (Roma), deixando um grande apostolado e uma obra que está se espalhando pelo mundo. Ele foi beatificado pelo Papa Francisco em maio de 2013. (fonte:Hagiopedia)…”: https://www.eltestigofiel.org/index.php?idu=sn_5009

28. VER SANTAS E SANTOS DE 19 DE JULHO (ALGUNS DESTACADOS ACIMA):

<- OntemCalendárioAmanhã ->
Apolinário de Ravena (Memorial Opcional) Akhtyrskaya Ícone da Mãe de Deus Nossa Senhora da Zocueca — Anne Cartier Ansegisus Aurélio de Cartago Bernward de Hildesheim Caramnan Cassiano de São Sabá Chi Zhuze Elias o profeta Elswith Frumentius da Etiópia Gregório Lopez José Maria Díaz Sanjurjo José Barsabás Luís Novarese Margarida de Antioquia Maria Fu Guilin Mero Pafnutius de Skete Paulo de São Zoilo Roriz de Limoges Severa de Oehren Severa de Santa Gema WulmarMártires de Corinto – 22 santos Mártires de Damasco – 16 santos Mártires de Seul – 8 santos Mártires de Zhaojia – 3 santos Mártires de Zhujiahe – 4 santos Martirizado na Guerra Civil Espanhola Abraham Furones e Furones Ángel Martínez Miquélez Antoni Bosch Verdura Antonio Fernández Camacho Argimiro Garcia Sandoval Bernardo Sáiz Gutierrez Crescencio Ortiz Blanco Francisca Aldea e Araújo Jacinto Garcia Riesco Joan Páfila Monllaó Josep Tristany Pujol Manuel Trachiner Montaña Rita Josefa Pujalte y Sánchez Vicente Lopez e Lopez — Arnold Vessem Elias de Jerusalém Elias Tsjavtsjavadse Flaviano II de Antioquia Folmer de Alslev Gepa de Füssenich
todos esses memoriais em uma única página

29. Outros santos do dia 20 de JULHO, páginas: 183 -224

http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-

%2013.pdf

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XII – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santase Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

– Sobre 20 de julho, ver ainda: 20 de julho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (Na internet, foram consultadas no dia de hoje):

  1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia –Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/
  2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 560-563: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf
  3. https://idoc.pub/queue/martirologio-romanopdf-2nv8gx23j9lk
  4. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf
  5. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para o Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997
  6. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com
  7. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.
  8. The Book of Saints – A Comprehensive Biographical Dictionary – Dom Basil Watkins, OSB on behalf of the Benedictine monks of St Augustine’s Abbey, Ramsgate Eighth Edition Entirely revised and reset – T&T Clark; 8ª edição (19 novembro 2015)
  9. https://www.eltestigofiel.org/index.php
  10. https://catholicsaints.info/20-july/
  11. https://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJuly20.html#

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* SENHOR, NOSSO DEUS E PAI AMADO, OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR NOS TEM DADO E PERMITIDO VIVER!

QUERIDA MÃE VIRGEM MARIA, SOCORRA-NOS, PROTEJA-NOS!

SÃO JOSÉ, SANTAS/OS E ANJOS, INTERCEDAM POR NÓS! OBRIGADO TODOS! BENDITO SEJA DEUS PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO!   AMÉM!

================

* PAI AMADO, DÊ-NOS ESPÍRITO DE ORAÇÃO, VIGILÂNCIA, RENÚNCIA, PENITÊNCIA! DÊ-NOS ARDOR MISSIONÁRIO PARA E PELO SENHOR! TIRE-NOS O TORPOR E A TIBIEZA! DÊ-NOS, AMADO PAI, CORAGEM DE LUTAR COM ENTUSIASMO E FORÇA DE VONTADE, MESMO EM SITUAÇÕES SEDUTORAS, DIFÍCEIS E ESPINHOSAS, PARA ALCANÇAR AQUELA PERFEIÇÃO CRISTÃ DE BONS COSTUMES E SANTIDADE POR MEIO  DA ORAÇÃO, ESFORÇO E TRABALHO. DÊ-NOS A DOCILIDADE DAS OVELHAS! SOBRETUDO, DÊ-NOS A GRAÇA! PEDIMOS EM NOME DE JESUS, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

* MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA, ESCREVA-NOS:

barpuri@uol.com.br

================

  • SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

================

* “O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

================

Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu só lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

================

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

================

  • “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”, mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível”.

================

* 07 de janeiro ou 09 de abril – Beata Lindalva Justo de Oliveira: Toda santidade passa pelo crisol (lugar ou circunstância apropriada a evidenciar as melhores qualidades de algo ou alguém) do sofrimento

(referente à Beata Lindalva de Oliveira, conforme http://www.santosdobrasil.org.br/?system=news&eid=294)

================

* 17 de janeiro: Santo Antão ou Antônio

Oração: “Santo Antônio, você falou da importância de perseverar em nossa fé e nossa prática. Ajude-nos a acordar a cada dia com um novo zelo pela vida cristã e um desejo de enfrentar o próximo desafio em vez de apenas ficar parado. Amém!”

================

* 19 de janeiro, São Macário. “… A oração não requer muitas palavras. sobre você, você só precisa dizer: “SENHOR, TEM MISERICÓRDIA!” O Senhor sabe o que é útil para nós e nos concede misericórdia.”… “Se você deseja ser salvo, seja como um morto. Não fique com raiva quando insultado (e provocado), nem orgulhoso quando elogiado.” E ainda: “Se a calúnia (e a provocação) é como o louvor para você, a pobreza como a riqueza, a insuficiência como a abundância, então você não perecerá.“…

================

  • 04 de fevereiro, SANTO ANDRÉ CORSINI: “Ele trabalhou arduamente para subugar suas paixões por meio de humilhações extremas, obediência até mesmo à última pessoa na casa, pelo silêncio e oração (HUMILHAR-SE, OBEDECER, SILENCIAR, REZAR)”.

================

* 10 de fevereiro, SÃO JOSÉ SÁNCHEZ DEL RIO “Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio).

Ver: https://catholicsaints.info/saint-jose-sanchez-del-rio/

================

* 14 de fevereiro, SÃO JOÃO BATISTA DA CONCEIÇÃO GARCIA Ó meu

Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de

São João Batista da Conceição Garcia).

Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

================

* 14 de março, Albert Einstein: Deus Todo-Poderoso não joga dadosDiante de Deus somos todos igualmente sábios – igualmente tolos!

================

  • 15 de março: São Clemente-Maria Hoffbauer: “Ó Meu Redentor, chegará aquele terrível momento em que restarão poucos cristãos inspirados pelo espírito de fé, aquele momento em que Sua indignação será provocada e Sua proteção será tirada de nós? Nossos vícios e nossas vidas más moveram irrevogavelmente Sua justiça a se vingar, talvez neste mesmo dia, de Seus filhos para não deixar que a luz da fé se apague nas almas? “Lembre das antigas misericórdias, volta os olhos compassivos para a vinha plantada com a sua destra, regada pelas lágrimas dos Apóstolos, pelo sangue precioso de inúmeros mártires, e fecundada pelas orações de tantos confessores e virgens inocentes.

“Ó divino Mediador, olhe para aquelas almas zelosas que elevam seus corações ao Senhor e oram sem cessar pela manutenção desse seu dom mais precioso, a Verdadeira Fé. Mantenha-nos seguros na verdadeira fé católica e romana. Preserve-nos em sua santa fé, pois se formos ricos com este dom precioso, suportaremos com prazer todas as tristezas e nada poderá mudar nossa felicidade. Sem este grande tesouro da fé, nossa       infelicidade seria indizível e sem limites.

“Ó Bom Jesus, Autor da nossa fé, conservai-a pura em nós; guardai-nos na barca de Pedro, fiel e obediente ao seu sucessor, e Vosso vigário aqui na terra, para que se mantenha a unidade da santa Igreja, a santidade promovida, a Santa Sé protegida em liberdade e a Igreja universal estendida em benefício das almas.

“Ó Jesus, Autor da nossa fé, humilha e converte os inimigos da Sua Igreja; conceda verdadeira paz e concórdia a todos os reis e príncipes cristãos e a todos os crentes; fortalece-nos e preserva-nos no Seu santo serviço até ao fim, para que vivamos com o Senhor e morramos no Senhor. “Ó Jesus, Autor de nossa fé, deixe-nos viver pelo Senhor e morrer pelo Senhor. Amém.”

================

  • 15 de março, SANTA LUÍSA DE MARILLAC “… SEDE DILIGENTES NO SERVIÇO AOS POBRES . . . AMEM OS POBRES, HONREM-NOS, MEUS FILHOS, COMO VOCÊS HONRARIAM O PRÓPRIO CRISTO”

================

  • 21 de março, SÃO NICOLAU DE FLUE: “Salve, ó Mãe de toda pureza, virgem imaculada, Mãe de toda misericórdia e Mãe de nosso Salvador; venho rogar-lhe que interceda por um pobre pecador junto ao Seu Divino Filho, para que me conceda Sua santa Graça. O inimigo implacavelmente me persegue e me ataca. Você uma vez esmagou a cabeça da serpente ao dar à luz nosso Salvador – ajude-me a superar suas artimanhas e enganos. Você é meu refúgio. Por que você me afastaria? …

Não, ó Virgem graciosa! Você virá em meu socorro e o inimigo será derrotado. Amém! “São Nicolau relatou que nunca invocou Maria em vão e que sempre sentiu visivelmente os efeitos de sua proteção.”

================

  • 21 de março, SÃO SERAPIÃO DE THMUIS A mente é purificada pelo conhecimento espiritual (ou pela santa meditação e oração), as paixões espirituais da alma pela caridade e os apetites irregulares pela abstinência e penitência… (regra resumida da perfeição cristã – que São Serapião repetia muitas vezes) … “Nossos corpos podem se tornar instrumentos do bem ou do mal, dependendo da disposição do coração; tanto os homens justos quanto os ímpios são frequentemente mudados para o outro tipo.” http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayMarch21.html#370_St._Serapion_th e_Scholastic_Bishop)

================

  • 05 de abril, SÃO VICENTE FERRER “Faça o que fizer, não pense em si mesmo, mas em Deus…

Você deseja estudar a seu favor? Deixe a devoção acompanhar todos os seus estudos, e estude menos para se tornar um sábio do que para se tornar um santo.

Consulte a Deus mais do que seus livros, e peça-Lhe, com humildade, que faça você entender o que lê.

O ESTUDO CANSA E ESGOTA A MENTE E O CORAÇÃO. VÁ DE VEZ EM QUANDO, PARA REFRESCÁ-LOS, AOS PÉS DE JESUS CRISTO SOB SUA CRUZ. REPOUSE ALI.

Alguns momentos de repouso em suas chagas sagradas dão novo vigor e novas luzes.

Aplique-se por orações curtas, mas fervorosas e jaculatórias. Nunca comece ou termine seu estudo, sem ser pela oração.

A ciência é um dom do Pai das luzes“.

================

* 06 de abril: São Zeferino Agostini

Fundou a Pia União das Irmãs Devotas de Santa Ângela Merici…

Dizia a elas: “Não se assustem com o trabalho ou o sofrimento, nem com o fruto escasso de seu trabalho. Lembrem-se de que Deus recompensa não pelos resultados, mas pelo esforço.” (L’Observattore Romano).

Ele sabia que sua primeira prioridade era desenvolver seu relacionamento com Deus por meio da oração pessoal, porque Deus era a fonte de sua alegria e poder para fazer o bem…

================

*12 de abril: São David Uribe

“Perdoo todos os meus inimigos e peço a Deus e a quem ofendi que me perdoe.” -da última vontade e testamento de Saint David

PAI AMADO, QUE ESTA SEJA A MINHA (NOSSA) VONTADE E MEU (NOSSO) TESTAMENTO! AMÉM!

===============

* 21 de maio, PADRE MANOEL E COROINHA ADÍLIO “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio)

================

  • 20 de abril: Projeto de vida de SÃO CONRADO DE PARZHAM

“MEU PROJETO DE VIDA É PRINCIPALMENTE ESTE: amar e sofrer, sempre meditando, adorando e admirando o amor indizível de Deus por suas criaturas mais humildes.”

RESOLUÇÕES DE SÃO CONRADO DE PARZHAM:

  • Resolvo em primeiro lugar permanecer continuamente na presença de Deus e perguntar-me frequentemente se faria isto ou aquilo se meu confessor ou superior estivesse me observando e principalmente se Deus e meu anjo da guarda estivessem presentes.
  • Resolvo me perguntar, sempre que tenho que encontrar cruzes de sofrimento: “Conrad, por que você veio aqui?”
  • Resolvo evitar sair do convento, na medida do possível, a menos que seja por amor ao próximo, obediência, motivos de saúde, peregrinação piedosa ou outra boa causa.
  • Resolvo fomentar a caridade fraterna em mim e nos outros. Portanto, resolvo tomar cuidado para nunca dizer uma palavra

indelicada. Resolvo suportar pacientemente os defeitos e as fraquezas dos outros e, na medida do possível, escondê-los com o manto da caridade, a menos que seja obrigado a manifestá-los a alguém que possa corrigi-los.

  • Resolvo observar o silêncio conscientemente. Resolvo falar brevemente e assim evitar muitas armadilhas e ser mais capaz de conversar com Deus.
  • Quando à mesa, resolvo colocar-me na presença de Deus o máximo que puder, permanecer recolhido e deixar de lado meus pratos favoritos para praticar uma forma oculta de mortificação. Resolvo não comer entre as refeições, a menos que seja ordenado a fazê-lo sob obediência.
  • Resolvo atender ao primeiro toque da campainha, a menos que seja legitimamente impedido.
  • Resolvo evitar, na medida do possível, conversar com o sexo oposto, a menos que a obediência me imponha deveres que tornem necessário falar com mulheres. Nesse caso, resolvo ser muito reservado e manter a guarda dos olhos.
  • Resolvo cumprir as ordens pontualmente e ao pé da letra. Resolvo especialmente fazer todos os esforços para conquistar minha própria vontade em todas as coisas.
  • Resolvo me forçar a prestar muita atenção aos pequenos detalhes e, na medida do possível, evitar todas as imperfeições. Resolvo observar fielmente a santa regra e não me afastar dela um fio de cabelo, aconteça o que acontecer.
  • Resolvo cultivar uma profunda devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria e me esforçar para imitar suas virtudes.

UMA COMUNHÃO ESPIRITUAL, À NOITE, DE SÃO CONRADO DE PARZHAM

“Vim para passar alguns momentos contigo, ó Jesus, e em espírito me prostro no pó diante do Teu Santo Tabernáculo para adorar-Te, meu Senhor e Deus, na mais profunda humildade. Mais uma vez, um dia chegou ao fim, querido Jesus, outro dia que me aproxima da sepultura e do meu amado lar celestial. Mais uma vez, ó Jesus, meu coração anseia por Ti, o verdadeiro Pão da Vida, que contém toda doçura e prazer. Ó meu Jesus, perdoa-me misericordiosamente pelas faltas e ingratidão deste dia, e vem a mim para refrescar o meu pobre coração que anseia por Ti. Como o coração anseia pelas águas, como a terra seca anseia pelo orvalho do céu, assim meu pobre coração anseia por Ti, Tu Fonte da Vida. Eu Te amo, ó Jesus, espero em Ti, Te amo, e por Ti lamento sinceramente todos os meus pecados. Que Tua paz e Tua bênção sejam minhas agora e sempre e por toda a eternidade. Um homem.”

================

  • 28 de abril, São Luís Maria Grignion de Montfort. Algumas máximas… “…Você é verdadeiramente abençoado se o mundo o persegue injustamente, opondo-se a seus desígnios, por melhores que sejam, julgando mal suas intenções, caluniando sua conduta, roubando injustamente sua reputação ou sua riqueza.

Cuida, então, minha filha (meu filho), de não reclamar a ninguém, a não ser a mim, dos maus-tratos que você está sendo tratado, e de buscar meios de se justificar quando, em particular, é só você que sofre com isso…

Pelo contrário, reza por aqueles que te trazem a felicidade da perseguição…

Agradeça-me por tratarem-no como fui tratado na terra, sendo um sinal de contradição…

Não desanime em suas boas intenções, por causa da contradição; é uma marca de vitória futura; uma boa obra que não está marcada com o sinal da cruz, não tem grande valor diante de mim e em breve será destruída”. Conforme: https://catholicsaints.info/saint-louis-marie-grignion-de-montfort/

================

  • 29 DE ABRIL: SANTA CATARINA DE SENA:

«Por misericórdia Vós lavastes-nos no Sangue e por misericórdia desejastes dialogar com as criaturas. Ó Louco de amor! Não vos foi suficiente encarnar, mas também quisestes morrer! …»

================

* 31 de maio: NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO

Lembrai-vos, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, do poder inefável que vosso divino filho vos concedeu sobre seu Coração adorável.

Com a maior confiança em vossos merecimentos, vimos
implorar a vossa proteção.
Vós sois celeste Tesoureira do Coração de Jesus, daquele coração que é o
manancial inexaurível de todas as graças e que podeis abrir a vosso
bel prazer para fazer descer sobre os homens todos os tesouros de amor e
misericórdia, de luz e salvação que Ele encerra;

concedei-nos, vo-lo pedimos, os favores que suplicamos (fazer o pedido).
Sois nossa Mãe, ó Nossa Senhora do Sagrado Coração.

Acolhei benignamente as nossas preces e dignai-vos a deferi-las.

Amém!
Nossa Senhora do Sagrado Coração, rogai por nós!

(conf.https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o)

================

  • 31 de maio, São NICOLAS BARRÉ, citações:
  • ACONTEÇA O QUE ACONTECER, ESTEJA SEMPRE EM PAZ E CONFIE EM DEUS, ISSO SERÁ FEITO A VOCÊ DE ACORDO COM SUA FÉ, SUA ESPERANÇA E SUA CARIDADE E MUITO MAIS. » Carta 61 (OC p 538) – Máxima de conduta para as amantes número 21 obras completas p.128
  • “DEVEMOS NOS CONCENTRAR MAIS EM ESTABELECER O BEM AO INVÉS DE DESTRUIR O MAL. ESTABELECIDO O BEM, O MAL NÃO PODERÁ MAIS SUBSISTIR. » Máxima para a Direção das Almas 17 Obras Completas p.357
  • “QUANTO MAIS ESTAMOS UNIDOS A DEUS, MAIS RECEBEMOS FORÇA DE ESPÍRITO E INFLUÊNCIA, POIS ELE É SUA FONTE E

OCEANO”. – Carta 27 (OC p 457)

================

* 08 DE JUNHO (09 de junho): SANTO EFRÉM

As virtudes são formadas pela oração. A oração preserva a temperança. A oração suprime a raiva. A oração previne emoções de orgulho e inveja. A oração atrai para a alma o Espírito Santo e eleva o homem ao céu. – Santo Efrém

Lembrem-se de mim, vocês, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo; suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja liberto por meio de Cristo daquele que luta contra mim dia a dia. – Santo Efrém, O Medo no Fim da Vida

Vós, mártires vitoriosos , que suportastes com alegria os tormentos por amor de Deus e Salvador, vós que tendes ousadia de falar para com o próprio Senhor, vós santos, intercedei por nós, homens tímidos e pecadores, cheios de preguiça, para que a graça de Cristo venha sobre nós e ilumine os corações de todos nós para que possamos amá-lo. – Santo Efrém, de Comentário sobre Marcos

Senhor, derrama sobre nossas almas obscurecidas a luz brilhante de tua sabedoria para que possamos ser iluminados e servi-lo com pureza renovada. O nascer do sol marca a hora para os homens começarem sua labuta, mas em nossas almas, Senhor, prepare uma morada para o dia que nunca terminará. Através do nosso zelo incessante por você. Senhor, coloca sobre nós o sinal do teu dia que não é medido pelo sol. Em seu sacramento, todos os dias te abraçamos e te recebemos em nossos corpos; torna-nos dignos de experimentar a ressurreição pela qual esperamos. Ensina-nos a encontrar a nossa alegria a teu favor! Salvador, sua crucificação marcou o fim de sua vida mortal; ensina-nos a crucificar-nos e a abrir caminho para a nossa vida no Espírito. – de um sermão de Santo Efrém”

================

* 13 DE JUNHO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

“…. António de Pádua, ou de Lisboa como é conhecido, definiu a oração «como uma relação de amor, que leva o homem ao diálogo o Senhor”, e descreveu quatro “atitudes” que devem caracterizá-la: “(1) abrir com confiança o nosso coração a Deus, (2) conversar afetuosamente com Ele, (3) apresentar-lhe as nossas necessidades, (4) dar-lhe louvor e gratidão…” Conforme:

http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune13.html#1231_St._Anthony_or_Antonio_Of_Padua_a

================

* 21 DE JUNHO: SÃO LUÍS GONZAGA

“Não há sinal mais evidente de que alguém é santo e do número dos eleitos, do que vê-lo levando uma vida boa e ao mesmo tempo vítima de desolação, sofrimento e provações”– São Luís Gonzaga

“Aquele que deseja amar a Deus não o ama verdadeiramente se não tiver um desejo ardente e constante de sofrer por Ele”– São Luís Gonzaga

“Ó Santa Maria! Minha mãe; em tua bendita confiança e custódia especial, e no seio de tua misericórdia, eu neste dia, e todos os dias, e na hora de minha morte, entrego minha alma e meu corpo. A ti entrego todas as minhas ansiedades e dores, minha vida e o fim de minha vida, para que por tua santíssima intercessão e por teus méritos, todas as minhas ações sejam dirigidas e governadas por tua vontade e a de teu Filho– São Luís Gonzaga

“Que o conforto e a graça do Espírito Santo sejam seus para sempre, honrada senhora. Sua carta me encontrou ainda nesta região dos mortos, mas agora devo me levantar para finalmente fazer meu caminho para o céu e louvar a Deus para sempre na terra dos vivos; na verdade, eu esperava que antes dessa época minha viagem tivesse terminado. Se a caridade, como diz São Paulo, significa “chorar com os que choram e alegrar-se com os que se alegram”, então, querida mãe, você se alegrará muito que Deus em sua graça e seu amor por você está me mostrando o caminho para a verdadeira felicidade e me assegurando que nunca o perderei. Cuide-se acima de tudo, honrada senhora, para não insultar a infinita bondade de Deus; você certamente faria isso se lamentasse como morto um vivo face a face com Deus , alguém cujas orações podem lhe trazer em seus problemas uma ajuda mais poderosa do que jamais poderiam na terra. E nossa separação não será por muito tempo; nos veremos novamente no céu; estaremos unidos com nosso Salvador; lá o louvaremos de coração e alma, cantaremos suas misericórdias para sempre e desfrutaremos da felicidade eterna”– de uma carta à mãe de São Luís Gonzaga

Ó Deus, doador de dons celestiais, que em São Luís Gonzaga uniu a penitência a uma maravilhosa inocência da vida, concede por seus méritos e intercessão que, embora não o tenhamos seguido na inocência, possamos imitá-lo na penitência. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos– coleta para a memória litúrgica de São Luís Gonzaga

Citação MLA

================

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: “Meios de se preparar para uma boa morte: na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado…” Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém! http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

================

27 de junho: NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO”

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força do nosso coração, amparar a cada um de nós em Vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento.

Que o Vosso olhar esteja sempre atento, para não nos deixar cair em tentação e, que em vosso silêncio, aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai.

Intercedei junto a Ele pela paz no mundo e por nossas famílias.

Abençoai todos os Vossos filhos e filhas enfermos.

Iluminai nossos governantes e representantes para que sejam sempre servidores do grande povo de Deus.

Concedei-nos, ainda, muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias para a maior difusão do Reino de Vosso Filho Jesus Cristo. Enfim, derramai no coração dos Vossos filhos e filhas a Vossa bênção de amor e misericórdia. Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e, principalmente, na hora da morte.

Amém.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

================

* 15 de julho: SÃO BOAVENTURA

A oração é, portanto, a fonte e a origem de todo caminho ascendente em direção a Deus. Que cada um de nós, então, volte-se para a oração e diga ao nosso Senhor Deus: ‘Guia-me, Senhor, no teu caminho, para que eu possa andar na tua verdade.’ “

Cristo é tanto o caminho quanto a porta. Cristo é a escada e o veículo, como o “trono da misericórdia sobre a Arca da Aliança” e “o mistério oculto dos séculos”. 

Um homem deve voltar toda a sua atenção para este trono de misericórdia, e deve olhar para ele pendurado na cruz, cheio de fé, esperança e caridade, devoto, cheio de admiração e alegria, marcado pela gratidão e aberto ao louvor e júbilo. 

Então, tal homem fará com Cristo uma “pasch”, {uma páscoa} isto é, uma passagem. Pelos ramos da cruz ele passará o Mar Vermelho, deixando o Egito e entrando no deserto. Lá ele provará o maná escondido e descansará com Cristo no sepulcro, como se estivesse morto para as coisas de fora. Ele experimentará, tanto quanto for possível para quem ainda vive, o que foi prometido ao ladrão pendurado ao lado de Cristo: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

================

* 19 DE JULHO: SANTO AMBROSIO AUTPERTO:

…ressaltando a prioridade que em cada busca teológica da verdade compete ao amor, ele dirige-se a Deus com estas palavras:Quando por nós és perscrutado intelectualmente, não és descoberto como és realmente; quando és amado, és alcançado“.

================

  • 15 de setembro, SANTA CATARINA DE GÊNOVA:

“… a oração por um ente querido é, para o crente, uma forma de apagar qualquer distância, até mesmo a morte. Em oração, permanecemos na presença de Deus na companhia de alguém que amamos, mesmo que essa pessoa tenha morrido antes de nós

Não devemos transformar o purgatório em um campo de concentração em chamas à beira do inferno – ou mesmo em um ‘inferno por um curto período de tempo’. É uma blasfêmia pensar nisso como um lugar onde um Deus mesquinho cobra a última libra – ou grama – de carneSanta Catarina de Gênova (Festa dia 15 de setembro, mística do século 15), escreveu ‘fogo’ do purgatório é o amor de Deus ‘queimando’ a alma para que, por fim, a alma esteja totalmente em chamas. É a dor de querer ser feito totalmente digno de Alguém que é visto como infinitamente amável, a dor do desejo de união que agora está absolutamente assegurada, mas ainda não completamente experimentada

(Leonard Foley, OFM, Crendo em Jesus) …”:

================

* 21 de outubro, SANTO AGATÃO “… Não há nada mais difícil do que a oração, pois não há esforços que os demônios não façam para interromper este poderoso meio de os desanimar

================

*        27 de outubro SANTO ABRAÃO, ERMITÃO “… A PAIXÃO VIVE; APENAS ESTÁ REPRIMIDA… ESTÁ APENAS PRESA… AS PAIXÕES VIVEM, APENAS SÃO REPRIMIDAS PELOS SANTOS (COM A GRAÇA DE DEUS!) …”. SANTAS E SANTOS, INTERCEDAM POR NÓS PARA QUE POSSAMOS REPRIMIR AS PAIXÕES! PAI AMADO, DÊ-NOS A GRAÇA DE REPRIMIR AS PAIXÕES! SANTO

ABRAÃO, ROGUE POR NÓS! AMÉM!”, conforme páginas 52-53: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

================

* ORAÇÃO DO ANO DE SÃO JOSÉ “PATRIS CORDE”

Salve, guardião do Redentor e esposo da Virgem Virgem Maria!

A vós, Deus confiou o seu Filho;

em vós Maria depositou a sua confiança;

  convosco, Cristo tornou-Se homem.

Ó Bem-aventurado José, mostrai-vos pai

também para nós e guiai-nos no caminho da vida.

Alcançai-nos graça, misericórdia e coragem e coragem,

e defendei-nos de todo o mal. Amém!

(Conforme < https://radio.cancaonova.com/sao-jose-do-rio-preto/oracao-ano- de-sao-jose/ >)

================

” Santo não é aquele que não cai, santo é aquele que mesmo caindo não desiste de levantar” (São João Paulo II)

================

* PAI, ABRACE-NOS!

JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO!

DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS ENCHA E NOS UNA NO AMOR!

MÃEZINHA MARIA, CUIDE DE NÓS!

SÃO JOSÉ, SANTAS, SANTOS E ANJOS, ROGUEM POR NÓS! POR CRISTO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO! AMÉM!

================

  • Após Deus, o Pai amado, chamar minha amada esposa e companheira por 38 anos, 9 meses e oito dias, em 24.09.2017, descobri:
    • Posso comunicar com a minha Frô, pela ORAÇÃO;
    • Posso VER, ESCUTAR, SENTIR a FRÔ (transformada, sem dores, linda, maravilhosa) em meu ser;
    • Ela está vivendo nos braços de Deus (bondosos, vigorosos);
    • Um dia vamos estar juntos;
    • Quando Deus me chamar, quero levar coisas boas para o banquete celeste (contrição … obediência ao que Jesus mandou: amor a Deus e ao próximo. Jo 15,14.17)…

Dê-nos essa Graça, Pai amado! Dê-nos A GRAÇA! AMÉM! Obrigado, Senhor, por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

                                                         ================                                  

“Senhor, eu tenho fé. Ajude-me a ter mais fé ainda!” (Mc 9,24)

================

“Coração de meu Jesus, doce e terno alanceado, seja o meu no vosso amor, cada vez mais abrasado”

“Doce coração de Maria, sede a nossa salvação”

================

* Ver o blog: https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

  (sites que mostram os santos do dia, em inglês: Tradução Google) 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.