Santas e Santos de 28 de novembro

1.   Em Se­baste, na Ar­ménia, hoje Sivas, na Tur­quia, Santo Ire­narco, mártir, que, exer­cendo o ofício de ver­dugo, se con­verteu a Cristo im­pres­si­o­nado pela firme per­se­ve­rança das mu­lheres cristãs e, no tempo do im­pe­rador Di­o­cle­ciano e do go­ver­nador Má­ximo, morreu decapitado. († s. IV)

2.   Na África Pro­con­sular, no ter­ri­tório da ac­tual Líbia e Tu­nísia, a co­me­mo­ração dos santos már­tires Pa­pi­niano, bispo de Vita, e Man­sueto, bispo de Urúsi, que, du­rante a per­se­guição dos Vân­dalos, no tempo do rei ariano Gen­se­rico, por de­fender a fé ca­tó­lica foram quei­mados em todo o seu corpo com lâ­minas de ferro in­can­de­centes e assim con­su­maram o seu glo­rioso com­bate. No mesmo tempo, também ou­tros santos bispos – Ur­bano de Girba, Cres­cente de Bi­zácio, Ha­bet­deus de Teu­dáli, Eus­trácio de Sufes, Cres­cónio de Oea, Vicis de Sá­batra e Félix de Ha­dru­meto; de­pois, no tempo de Hu­ne­rico, filho de Gen­se­rico, Hor­tu­lano de Be­nefa e Flo­ren­ciano de Mi­dila – foram exi­lados e ter­mi­naram o curso da sua vida como con­fes­sores da fé. († c. 453-460). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na África, no séc. V, São Pampiniano e seus companheiros, martirizados por terem desejado guardar a fé apostólica (M). Ver páginas 305-306: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

3.   Em Cons­tan­ti­nopla, hoje Is­tambul, na Tur­quia, Santo Es­têvão o Jovem (também na Folhinha do Coração de Jesus, Estêvão, o moço), monge e mártir, que, no tempo do im­pe­rador Cons­tan­tino Co­pró­nimo, por de­fender o culto das sa­gradas ima­gens foi ator­men­tado com vá­rios su­plí­cios, con­fir­mando a ver­dade ca­tó­lica com o der­ra­ma­mento do seu sangue. († 764). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Constantinopla, no ano do Senhor de 764, Santo Estêvão, o Jovem, martirizado juntamente com muitas centenas de monges, por ter defendido o culto dos santos ícones. (M). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Estêvão,_o_Jovem .

– Ver também Santo Estêvão de Auxêncio: páginas 285-300: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver “Estêvão, o Jovem (em grego: Ἂγιος Στέφανος ὁ νέος 713/715 – 28 de novembro de 764/765) foi um monge bizantino de Constantinopla que tornou-se um dos principais oponentes das políticas iconoclastas do imperador Constantino V Coprônimo (r. 741–775). Foi executado em 764, e tornou-se o mais proeminente mártir iconódulo. Sua festa é celebrada anualmente em 28 de novembro. Sua hagiografia, a “Vida de São Estêvão, o Jovem”, é uma importante fonte histórica. Como um proeminente defensor das imagens, e o maior mártir da iconoclastia, Estêvão é retratado segurando um ícone ou um díptico de ícones, geralmente mostrando os bustos de Cristo e Virgem Maria. Ele é também uma das testemunhas do famoso ícone russo celebrando o “Triunfo da Ortodoxia“.[1]”: Estêvão, o Jovem – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

4*.   Perto de Ros­sano, na Ca­lá­bria, re­gião da Itália, Santa Te­o­dora, aba­dessa, dis­cí­pula de São Nilo o Jovem e mestra de vida monástica. († 980)

5.   Em Ná­poles, na Cam­pânia, também re­gião da Itália, o se­pul­ta­mento de São Tiago da Marca (também na Folhinha do Coração de Jesus, Tiago das Marcas), pres­bí­tero da Ordem dos Me­nores, ilustre pela sua pre­gação e aus­te­ri­dade de vida. († 1476). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Nápoles, no ano da graça de 1476, São Tiago della Marca, frade franciscano, célebre por seu sucesso como pregador na Itálía e na Europa central, assim como por suas missões no interesse da Cristandade. (M). Ver páginas 307-311: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver também “O santo de hoje morreu dizendo “Jesus, Maria, bendita Paixão de Jesus”, isto porque sua vida toda foi dedicada para a causa do Evangelho. Tiago da Marca nasceu no ano 1391 numa aldeia da Marca de Ancona, Itália. Recebeu no Batismo o nome de Domingos. Tendo morrido seu pai e sua mãe, ficou aos cuidados de um homem rico que o encaminhou para trabalhos administrativos. Desta forma, São Tiago conheceu a iniquidade do mundo, tomando a decisão de se retirar para um convento.”: https://santo.cancaonova.com/santo/sao-tiago-da-marca-dedicou-sua-vida-para-a-causa-do-evangelho/

6*.   Em York, na In­gla­terra, o Beato Jaime Thomson, pres­bí­tero e mártir, que, con­de­nado à morte no rei­nado de Isabel I por ter re­con­ci­liado muitas pes­soas com a Igreja ca­tó­lica, so­freu o su­plício do patíbulo. († 1582)

7.   No ter­ri­tório de Kham Duong, no Anam, hoje no Vi­etnam, Santo André Tran Van Trong, mártir, que, no tempo do im­pe­rador Minh Mang, por se re­cusar a calcar a cruz, de­pois de ser en­car­ce­rado e su­portar cruéis tor­turas, fi­nal­mente foi degolado. († 1835)

8*.   Em Pa­ra­cu­ellos del Ja­rama, lo­ca­li­dade pró­xima de Ma­drid, na Es­panha, o Beato João Jesus (Ma­riano Adradas Gon­zalo), pres­bí­tero, e ca­torze companheiros, már­tires, re­li­gi­osos da Ordem de São João de Deus, que, du­rante a per­se­guição re­li­giosa, foram co­ro­ados com a glo­riosa paixão. São estes os seus nomes: Gui­lherme (Vi­cente Llop Gayá), Cle­mente Díez Sahagún, Lá­zaro (João Maria Mú­gica Goi­buru), Mar­ti­niano (An­tónio Me­léndez Sán­chez), Pedro Maria Al­calde Ne­gredo, Ju­lião Pla­zaola Ar­tola, Hi­lário (An­tónio Del­gado Víl­chez), re­li­gi­osos pro­fessos; Pedro de Al­cân­tara Ber­nalte Cal­zado, João Al­calde y Al­calde, Isi­doro Mar­tínez Iz­qui­erdo, Ân­gelo Sastre Cor­po­rales, no­viços; José Mora Ve­lasco, pres­bí­tero e pos­tu­lante; José Ruiz Cu­esta, pos­tu­lante; e Edu­ardo Bap­tista Jiménez. († 1936)

9♦.   Também em Pa­ra­cu­ellos del Ja­rama, os be­atos már­tires Ave­lino Ro­drí­guez Alonso, pres­bí­tero da Ordem de Santo Agos­tinho e de­za­nove companheiros már­tires, que, na mesma per­se­guição, ven­ceram glo­ri­o­sa­mente o seu com­bate por Cristo. São estes os seus nomes: Ber­nar­dino Ál­varez Melcón, Bal­bino Vil­la­roel Vil­la­roel, Bento Al­calde Gon­zález, Bento Gar­nelo Ál­varez, Bento Ve­lasco Ve­lasco, Ma­nuel Ál­varez Rego de Seves, Sa­bino Ro­drigo Fi­erro, Sa­muel Pa­jares Garcia, Sénen Garcia Gon­zález, pres­bí­teros da Ordem de Santo Agos­tinho; João Bal­dajos Pérez, José Peque Iglé­sias, Lu­cínio Ruíz Val­ti­erra, Marcos Pérez An­drés, Marcos Guer­rero Prieto, re­li­gi­osos da Ordem de Santo Agos­tinho; Anas­tásio Garzón Gon­zález, pres­bí­tero da So­ci­e­dade Sa­le­siana; Justo Ju­anes Santos e Va­lentim Gil Ar­ribas, re­li­gi­osos da So­ci­e­dade Sa­le­siana; João Her­rero Ar­royo e José Prieto Fu­entes, re­li­gi­osos da Ordem dos Pregadores. († 1936)

10♦.   Também em Pa­ra­cu­ellos de Ja­rama, os be­atos Fran­cisco Es­tevão Lacal e Vi­cente Blanco Guadilla, pres­bí­teros da Con­gre­gação dos Mis­si­o­ná­rios Oblatos de Maria Ima­cu­lada, e onze companheiros, mártires. São estes os seus nomes: Ân­gelo Fran­cisco Bocos Her­nández, Cle­mente Ro­drí­guez Te­je­rían, Da­niel Gómez Lucas, Eleu­tério Prado Vil­lar­roel, Gre­gório Es­cobar García, José Guerra An­drés, João José Ca­bal­lero Ro­drí­guez, Justo Gil Pardo, Justo Fer­nández Gon­zález, Mar­ce­lino Sán­chez Fer­nández e Pú­blio Ro­drí­guez Mos­lares, re­li­gi­osos da Con­gre­gação dos Mis­si­o­ná­rios Oblatos de Maria Imaculada. († 1936)

11*.   Em Pi­ca­dero de Pa­terna, no ter­ri­tório de Va­lência, também na Es­panha, o Beato Luís Campos Górriz, mártir, que, du­rante a mesma per­se­guição, co­roou com o seu glo­rioso mar­tírio uma vida fer­vo­ro­sa­mente de­di­cada ao apos­to­lado e às obras de caridade. († 1936)

12. São José Pignatelli, (também na Folhinha do Coração de Jesus)

– Ver 14 de novembro: São José Pignateli. Ver “José Pignatelli ou Giuseppe Pignatelli em italiano (Zaragoza27 de Dezembro de 1737 – Roma14 de Novembro de 1811) foi um padre jesuíta santo italiano e um dos que mais contribuíram para a restauração da Companhia de Jesus.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Pignatelli

13. Bv. Maria Helena Stollenwerk, (também na Folhinha do Coração de Jesus). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, Neste dia, celebra-se a memória da Bem-Aventurada Madre Maria Stollenwerk, que partiu para junto de Deus no dia 3 de fevereiro de 1900, três dias depois de ter feito profissão no ramo contemplativo da sua congregação. Não obstante ser fundadora e professa, teve que refazer toda a formação. João Paulo II a beatificou em sete de maio de 1995.

14. São Sóstenes, discípulo de São Paulo. Ver páginas: 301-302: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

– Ver “Sóstenes (do grego “salvo na força”) era o líder da sinagoga judaica em Corinto que, de acordo com os Atos dos Apóstolos (Atos 18:12-17), foi capturado e surrado por uma multidão na presença de Gálio, o governador romano, quando ele se recusou a iniciar os procedimentos contra Paulo, como queria a turba (veja Julgamento de Paulo em Corinto). Sóstenes era o “principal da sinagoga” e, quando foi espancado, em nada se incomodou Gálio. Na verdade, não se sabe porque Sóstenes foi espancado e nem se quem o espancou eram os gregos, judeus ou romanos. Acredita-se que seja o mesmo Sóstenes mencionado em I Coríntios 1:1 e, portanto, um cristão. Ele é um dos Setenta Discípulos e acredita-se que tenha sido bispo da cidade de Cólofon.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%B3stenes

15. Santos Hilário e Quieta, esposos. Ver “” páginas 303-304: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf

16. Santa Catarina Labouré. Ver “Santa Catarina Labouré (2 de maio de 1806 – 31 de dezembro de 1876) foi uma freira da Companhia das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, com seu confessor Padre Aladel fundou a Juventude Mariana Vicentina. Recebeu três aparições de Nossa Senhora reconhecidas pela Igreja Católica com a revelação de um devocional: a chamada Medalha Milagrosa (Nossa Senhora das Graças).”: Catarina Labouré – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

– Ver também “A breve jaculatória que os cristãos recitam há mais de um século “Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós” foi ditada pela Bem-Aventurada Virgem no dia 28 de julho de 1830…”: https://comeceodiafeliz.com.br/santo/santa-catarina-laboure

– Ver ainta: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós. Essa inscrição já sintetiza boa parte da mensagem que a Virgem Mãe revelou: a Imaculada Conceição, pela primeira vez objeto de revelação particular, em 1858 ratificada em Lourdes, e transformada em dogma pelo papa Pio IX, com a bula Ineffabilis Deus, e a mediação da Mãe de Deus junto ao seu Divino Filho. Usar essa invocação, portanto, significa acreditar que a Virgem das virgens é a Medianeira Imaculada”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_das_Gra%C3%A7as

17. Outros santos do dia 28 de novembro: págs. 285-311: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2020.pdf                

Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XX – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 28 de novembro, ver ainda: 28 de novembro – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

 1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 911-913:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DAI-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR! DAI-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS EM VÓS! AMÉM!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.