Santas e Santos de 07 de novembro

1.   Em Pádua, na Ve­nécia, hoje no Vé­neto, re­gião da Itália, São Pros­dó­cimo, que é con­si­de­rado o pri­meiro bispo desta Igreja. († s. III). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Prosdócimo_de_Pádua

– Ver “Prosdócimo de Pádua (nascido em data e local desconhecidos — Páduac. 100) foi o primeiro bispo de Pádua. Segundo a tradição teria vivido no primeiro século depois de Cristo[1] e teria sido discípulo de são Pedro Apóstolo por quem teria sido consagrado bispo[2]. É patrono da cidade italiana de Pádua junto com santo Antôniosanta Justina e são Daniel.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Prosd%C3%B3cimo_de_P%C3%A1dua

2.   Em Ne­o­ce­sa­reia, no Ponto, hoje Niksar, na ac­tual Tur­quia, Santo Ate­no­doro, bispo, irmão de São Gre­gório Tau­ma­turgo, tão emi­nente nas ci­ên­cias di­vinas que, apesar da sua ju­ven­tude, foi con­si­de­rado digno de exercer o mi­nis­tério episcopal. († s. III)

3.   Em Albi, na Aqui­tânia, ac­tu­al­mente na França, a co­me­mo­ração de Santo Ama­ranto (também na Folhinha do Coração de Jesus), mártir. († c. s. III). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, … igualmente os mártires Santos Amaranto, de Albi; e Herculano (nº 5, abaixo), de Perúgia, no séc. V. (M)

4.   Em Me­li­tene, na Ar­ménia, hoje Ma­latya, na Tur­quia, os santos Hi­erão e muitos seus com­pa­nheiros, mártires. († s. IV)

5.   Em Pe­rúgia, na Úm­bria, re­gião da Itália, Santo Her­cu­lano, bispo e mártir, que, por ordem de To­tila, rei dos Godos, foi decapitado. († 548). Ver: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Herculano_de_Perúgia

Ver “Herculano de Perúgia (em italianoSant’ Ercolanofl. 549 em Perúgia) foi um bispo de Perúgia e é o santo patrono dessa cidade. Seu principal dia consagrado é 7 de novembro; seu dia consagrado secundário é celebrado em 1º de março. Conforme São Gregório o Grande em seus Diálogos[1], Herculano sofreu martírio quando Tótila, rei dos Ostrogodos, capturou Perúgia em 549.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Herculano_de_Per%C3%BAgia

6*.   Em Tours, na Nêus­tria, hoje na França, São Baldo, bispo, que dis­tri­buiu em es­molas para os po­bres o di­nheiro que lhe tinha dei­xado o seu predecessor. († c. 552). Ver página 238, São Baldino Bom administrador, passando da alta magistratura para o episcopado, São Baldino foi um dos organizadores da França cristã. Casto, piedoso, caridoso, teve a serena coragem, como vimos, de distribuir à pobreza todo o tesouro amealhado pelo predecessor, porque achava que as riquezas da Igreja somente assim cumpririam o seu verdadeiro destino: amenizar as agruras dos filhos que gemem na terra.”: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

– Ver também “Décimo sexto bispo de Tours, depois de Ingiurioso e Guntario. De acordo com as parcas, mas preciosas informações deixadas por ele. Gregório de Tours (538-594) O historiador francês Baudino (Baldo, Baudin, Baud), fora ‘servo’ e ‘referendo’ do rei Clotário I (497-561), e tinha mulher e filhos.
Eleito bispo em 546, talvez fosse viúvo, distribuiu o ouro deixado por seu predecessor aos pobres e estabeleceu a “mesa canonicarum” para o clero de sua catedral em Tours.”: http://www.santiebeati.it/dettaglio/92738

7*.   No lugar de­pois cha­mado Con­gres­bury, na In­gla­terra, São Cun­garo, abade, bretão de nas­ci­mento, em cujo nome se honram muitas po­vo­a­ções e igrejas. († s. VI)

8.   Em Es­tras­burgo, na Bor­gonha, na ho­di­erna França, a co­me­mo­ração de São Flo­rêncio, bispo, que su­cedeu a Santo Argobasto. († a. 614)

9.   Em Ech­ter­nach, na Aus­trásia, hoje no Lu­xem­burgo, o se­pul­ta­mento de São Vi­li­brordo, que, de origem in­glesa, foi or­de­nado bispo de Utrecht pelo papa São Sérgio I, pregou o Evan­gelho na Frísia e na Di­na­marca e fundou sedes epis­co­pais e mos­teiros, até que, ex­te­nuado pelo tra­balho e de­bi­li­tado pela idade, ador­meceu no Se­nhor dentro dos muros do mos­teiro que tinha construído. († 739). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em 739, São Vilibrordo, apóstolo dos Países Baixos. Monge originário das Ilhas Britânicas, chegou à costa continental do Mar do Norte, região que evangelizou, e depois estabeleceu uma Sé episcopal em Utrecht. Morreu na abadia de Echternach, no Luxemburgo, que havia sido fundada por ele. (B). Ver páginas 229-237: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

– Ver também: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Vilibrordo  

– Ver “Vilibrordo,[1][2] também referido como Vilibrordo de Utreque (Utrecht em inglêsWillibrordNortúmbria658 – EchternachLuxemburgo7 de novembro de 739) foi um missionário cristão anglo-saxão, primeiro bispo de Utreque e membro da chamada missão anglo-saxã. Considerado o «apóstolo da Frísia e os Países Baixos históricos» (com Flandres e Luxemburgo), é venerado como santo por diversas confissões cristãs… (Conta-se que) Vilibrordo tentou converter o rei frísio Radbodo, o rei dos frísios, mas não conseguiu e voltou a Fontenelle. A tradição diz que Radbodo esteve a ponto de batizar-se, mas que, no último momento, quando soube que não encontraria no céu a nenhum de seus antepassados, já que ao não ser cristãos estavam condenados, preferiu «passar a eternidade no inferno com os seus, que no céu com estranhos».”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Vilibrordo

10*.   No monte Ga­lésio, pró­ximo de Éfeso, em ter­ri­tório da ac­tual Tur­quia, São Lá­zaro, es­ti­lita, que viveu em vá­rios lu­gares du­rante muitos anos sobre a co­luna, su­por­tando peças de ferro e ca­deias, sus­ten­tado apenas a pão e água, e com esta forma de vida atraiu a si muitos fiéis. († 1054). Ver páginas 239-241: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf

11.   Em Co­lónia, na Lo­ta­ríngia, ac­tu­al­mente na Ale­manha, Santo En­gel­berto, bispo e mártir, que, por de­fender a jus­tiça e a li­ber­dade da Igreja, foi in­ter­cep­tado no ca­minho e es­pan­cado até à morte por uns sicários. († 1225). Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Westfália, a volta para Deus de Santo Engelberto, arcebispo de Colônia. Em sua juventude fora excomungado por causa de seus atos de violência. Mas submeteu-se a uma penitência voluntária, tomando parte na cruzada contra os albigenses. Sua preocupação pastoral em defender os fracos atraiu-lhe a inimizade de vários poderosos, que o assassinaram em 1225. (M)

12*.   Em Pófi, lo­ca­li­dade do Lácio, re­gião da Itália, o Beato An­tónio Baldinúcci, pres­bí­tero da Com­pa­nhia de Jesus, que se de­dicou to­tal­mente à pre­gação das mis­sões populares. († 1717)

13*.   Em Ket Cho, ci­dade do Ton­quim, agora no Vi­etnam, os santos Ja­cinto Castañeda e Vi­cente Lê Quang Liêm, pres­bí­teros da Ordem dos Pre­ga­dores e már­tires, que, sob o re­gime de Trinh Sâm, co­ro­aram os tra­ba­lhos evan­gé­licos com o der­ra­ma­mento do seu sangue. († 1773)

14.   Em Zunyi, lo­ca­li­dade do Guizhou, pro­víncia da China, São Pedro Wu Guosheng, ca­te­quista e mártir, que foi es­tran­gu­lado por causa da sua fé em Cristo. († 1814)

15.   Em Cre­mona, na Itália, São Vi­cente Gróssi, pres­bí­tero, que, de­di­cado ao mi­nis­tério pa­ro­quial, fundou o Ins­ti­tuto das Fi­lhas do Oratório. († 1917)

16♦.   Em Pa­ra­cu­ellos del Ja­rama, lo­ca­li­dade pró­xima de Ma­drid, na Es­panha, os be­atos már­tires Al­fredo Fanjul Acebal, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores e com­pa­nheiros már­tires, que, du­rante a per­se­guição contra a fé cristã, der­ra­maram o seu sangue por Cristo. São estes os seus nomes: Isa­be­lino Car­mona Fer­nández, João Men­dil­belzua Ocerin e Vi­cente Ro­drí­guez Fer­nández, pres­bí­teros da Ordem dos Pre­ga­dores, José Del­gado Pérez, re­li­gioso da Ordem dos Pre­ga­dores e Ma­nuel Martin Pérez, re­li­gioso da So­ci­e­dade Salesiana. († 1936)

17♦.   Também em Pa­ra­cu­ellos de Ja­rama, o beato José Vega Riaño, pres­bí­tero da Con­gre­gação dos Mis­si­o­ná­rios Oblatos de Maria Ima­cu­lada e mártir, que, em tempo de per­se­guição re­li­giosa, con­sumou o seu com­bate pela fé. († 1936)

18♦.   Em Soto de Al­dovea, lo­ca­li­dade da pro­víncia de Ma­drid, na Es­panha, o Beato Ser­vi­liano Riaño, re­li­gioso da Con­gre­gação dos Mis­si­o­ná­rios Oblatos de Maria Ima­cu­lada e mártir, que, por Cristo e pela Igreja, foi as­sas­si­nado du­rante a per­se­guição religiosa. († 1936)

19. Santa Carina (também na Folhinha do Coração de Jesus). Ver “Converteu-se ao cristianismo e transformou sua casa em um pequeno hospital para os pobres, mas durante as perseguições do imperador Diocleciano foi presa e martirizada com o seu esposo Melasippus e seu filho Antonio em Ancyra (moderna Ankara, Turquia) para renegar a sua fé e oferecer sacrifícios aos deuses romanos. Com não cederam eles foram decapitados e ela morreu durante o martírio no ano de 360 DC.”: https://www.facebook.com/santododia/posts/santa-carina-7-de-novembroconverteu-se-ao-cristianismo-e-transformou-sua-casa-em/1717979838266399/

20. São Pedro de Ruffia (também na Folhinha do Coração de Jesus). Ver em 02 de fevereiro “Em Piemonte, o bem-aventurado Pedro Cambiano de Ruffia, O. P., mártir”, página 362: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%202.pdf

21. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Alexandria, no ano do Senhor de 312, o Bem-Aventurado Áquila, bispo. Antigo mestre de filósofos, acabou por fazer-se discípulo do Evangelho. (M)

22. Outros santos do dia 07 de novembro: págs. 229-243, em: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%2019.pdf  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XIX – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex. ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 07 de novembro, ver ainda: https://pt.wikipedia.org/wiki/7_de_novembro

 1. MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIANO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINAS 860-862:

Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%20-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Maria, protegei-nos!

São José, Anjos e Santos, intercedei por nós!

Amém!

PAI AMADO DAI-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A MÃEZINHA MARIA, E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR! DAI-NOS A VOSSA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO!  NÓS CONFIAMOS EM VÓS! AMÉM!

OBSERVAÇÃO: MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE SANTAS/OS E MÁRTIRES. ACEITAMOS SUGESTÕES.

CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS!

MUITO OBRIGADO!

Ver:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.