Santas e Santos de 11 de junho

11 DE JUNHO DE 2021: SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS. “A Festa do Sagrado Coração de Jesus, em latim: Sollemnitas Sacratissimi Cordis Iesu) é uma solenidade no calendário litúrgico da Igreja Católica Romana. Ele cai 19 dias após o Pentecostes, na sexta-feira… Dias:; 2021 é 11 de junho; 2022 é 24 de junho…”. Conforme: https://pt.wikipedia.org/wiki/Festa_do_Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o

– Ver também “As 12 Promessas do Sagrado Coração de Jesus:

  1. Dar-lhes-ei todas as graças necessárias ao seu estado de vida.
  2. Estabelecerei a paz nas suas famílias.
  3. Abençoarei os lares onde for exposta e honrada a imagem do Meu Sagrado Coração.
  4. Hei-de consolá-los em todas as dificuldades.
  5. Serei o seu refúgio durante a vida e em especial na hora da morte.
  6. Derramarei bênçãos abundantes sobre todos os seus empreendimentos.
  7. Os pecadores encontrarão no Meu Sagrado Coração uma fonte e um oceano sem fim de Misericórdia.
  8. As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas.
  9. As almas fervorosas ascenderão rapidamente a um estado de grande perfeição.
  10. Darei aos sacerdotes o poder de tocarem os corações mais empedernidos.
  11. Aqueles que propagarem esta devoção terão os seus nomes escritos no Meu Sagrado Coração e d’Ele nunca serão apagados.
  12. Prometo-vos, no excesso de Misericórdia do Meu Coração, que o Meu Amor Todo-Poderoso concederá, a todos aqueles que comungarem na Primeira Sexta-Feira de nove meses seguidos, a graça da penitência final; não morrerão no Meu desagrado nem sem receberem os Sacramentos: o Meu Divino Coração será o seu refúgio de salvação nesse derradeiro momento.[10]

”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Sagrado_Cora%C3%A7%C3%A3o_de_Jesus

– Ver: https://www.newadvent.org/cathen/07163a.htm

–  Ver também: https://www.sistersofcarmel.com/devotion-to-the-sacred-heart-of-jesus.php

– Ver ainda: http://www.arautos.org/secoes/artigos/doutrina/santos/mensageira-do-coracao-de-jesus-143498

– Ver também: “Vinculação entre as devoções ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria”: …O Papa Pio XII exorta: “A fim de que a devoção ao Sagrado Coração de Jesus produza frutos mais abundantes na família cristã e ainda em toda a humanidade, procurem os fiéis unir a ela a devoção ao Coração Imaculado da Mãe de Deus.”:

https://web.archive.org/web/20120412001518/http://www.asc.org.br/site/devocao/intima.htm

Encíclica Haurietis aquas: “74. A fim de que a devoção ao coração augustíssimo de Jesus produza frutos mais copiosos na família cristã e mesmo em toda a humanidade, procurem os féis unir a ela estreitamente a devoção ao coração imaculado da Mãe de Deus. Foi vontade de Deus que, na obra da redenção humana, a santíssima virgem Maria estivesse inseparavelmente unida a Jesus Cristo; tanto que a nossa salvação é fruto da caridade de Jesus Cristo e dos seus padecimentos, aos quais foram intimamente associados o amor e as dores de sua Mãe. Por isso, convém que o povo cristão, que de Jesus Cristo, por intermédio de Maria, recebeu a vida divina, depois de prestar ao sagrado coração o devido culto, renda também ao amantíssimo coração de sua Mãe celestial os correspondentes obséquios de piedade, de amor, de agradecimento e de reparação. Em harmonia com esse sapientíssimo e suavíssimo desígnio da divina Providência, nós mesmo, por ato solene, dedicamos e consagramos a santa Igreja e o mundo inteiro ao coração imaculado da santíssima Virgem Maria.”: http://www.vatican.va/content/pius-xii/pt/encyclicals/documents/hf_p-xii_enc_15051956_haurietis-aquas.html

11 DE JUNHO DE 2021: DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELA SANTIFICAÇÃO DOS SACERDOTES

Instituído por São João Paulo II em 1995, com a Carta aos Sacerdotes por ocasião da Quinta-feira Santa, o “Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes” é celebrado todos os anos na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus. Seu objetivo é encorajar, tanto os sacerdotes a refletir sobre o dom do sacerdócio que receberam de Cristo, quanto os fiéis a rezar por seus sacerdotes, para que possam ser fortalecidos em seu ministério e permanecer firmes em seu compromisso com o Senhor. Conforme: https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2021-06/11-junho-dia-oracao-sacerdotes-abracar-cruz-pela-causa-evangelho.html

– Ver ainda: “CARTA DO PAPA JOÃO PAULO II AOS SACERDOTES POR OCASIÃO DA QUINTA-FEIRA SANTA DE 1995…

… Queira a Virgem Santa lançar o seu olhar carinhoso sobre todos nós, seus filhos prediletos, nesta festa anual do nosso sacerdócio. Coloque, em nosso coração, sobretudo um grande anseio de santidade. Escrevi na Exortação Apostólica Pastores dabo vobis: «A nova evangelização tem necessidade de evangelizadores novos, e estes são os presbíteros que se esforçam por viver o seu sacerdócio como caminho específico para a santidade» (n. 82). A Quinta-feira Santa, levando-nos até às origens do nosso sacerdócio, recorda-nos também a obrigação de tender para a santidade, a fim de sermos «ministros de santidade» para os homens e mulheres confiados ao nosso serviço pastoral. Nesta perspectiva, vem a ser muito oportuna a proposta, sugerida pela Congregação para o Clero, de se celebrar, em cada diocese, um «Dia pela Santificação dos Sacerdotes», por ocasião da festa do Sagrado Coração de Jesus ou noutra data mais apropriada às exigências e costumes pastorais do lugar. Faço minha esta proposta, almejando que tal iniciativa ajude os sacerdotes a conformarem-se cada vez mais plenamente com o coração do Bom Pastor…”: https://www.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/letters/1995/documents/hf_jp-ii_let_25031995_priests.html

SANTAS E SANTOS DE 11 DE JUNHO

1. Me­mória de São Bar­nabé (também na Folhinha do Coração de Jesus), Após­tolo, que era um homem bom e cheio de fé e do Es­pí­rito Santo, con­tado entre os pri­meiros fiéis de Je­ru­salém. Pregou o Evan­gelho em An­ti­o­quia e in­tro­duziu entre os ir­mãos Saulo de Tarso, recém-con­ver­tido, acom­pa­nhando-o também na sua pri­meira vi­agem para evan­ge­lizar a Ásia. Par­ti­cipou no Con­cílio de Je­ru­salém e, vol­tando para a ilha de Chipre, sua pá­tria, aí pro­pagou o Evangelho.

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, memória de São Barnabé. Sem ter sido um dos doze, recebeu o título de Apóstolo em razão do importante papel que desempenhou na Igreja dos primeiros tempos. Foi ele quem introduziu Saulo no grupo dos Apóstolos, o levou a Antioquia e o acompanhou durante sua primeira viagem missionária. Barnabé deixou em seguida São Paulo, para ir evangelizar a ilha de Chipre. (R).

Ver páginas 206-222 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Barnabé (Chipre, século I – Salaminac. 61) foi um dos primeiros cristãos mencionados no Novo Testamento. Seus pais, judeus helênicos lhe deram o nome de José (em grego bizantino Ιὠσης), mas quando ele vendeu todos os seus bens e deu o dinheiro aos apóstolos em Jerusalém, eles lhe deram um novo nome, Barnabé, que parece originar-se do aramaico בר נביא, que significa “(o filho do) exortação”. No entanto, o texto grego do Atos dos Apóstolos 4:36 explica o nome como υἱός παρακλήσεως (hyios paraklēseōs), que significa “filho da exortação/consolação”.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Barnab%C3%A9_(B%C3%ADblia)

2.   Em Ná­poles, na Cam­pânia, re­gião da Itália, São Má­ximo, bispo, que foi man­dado para o exílio pelo im­pe­rador Cons­tâncio por causa da fé ni­cena, onde, con­su­mido pelas tri­bu­la­ções, morreu como con­fessor da fé. († s. IV)

3.   Em Bremen, na Sa­xónia, na ac­tual Ale­manha, São Rem­berto, bispo de Ham­burgo e de Bremen, fiel dis­cí­pulo e su­cessor de Santo Óscar (ou Ans­cário), que ex­pandiu o seu mi­nis­tério até às terras da Di­na­marca e da Suécia e, no tempo da in­vasão dos Nor­mandos, se de­dicou à li­ber­tação dos cris­tãos cativos. († 888)

4*.   Em Mo­gúncia, ci­dade da Fran­cónia, também na ac­tual Ale­manha, São Bardão, bispo, que, de­pois de ser abade de He­res­feld, foi ele­vado à sede epis­copal e tra­ba­lhou ex­ce­len­te­mente pela sua Igreja com in­can­sável so­li­ci­tude pastoral. († 1051)

– Ver em 10 de junho: São Bardon. Ver páginas 202-203 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS (do dia 10 de junho) – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

5*.   No mos­teiro de La Cambre, pró­ximo de Bru­xellas, no Bra­bante, na ac­tual Bél­gica, Santa Alaíde, virgem da Ordem Cis­ter­ci­ense, que, atin­gida pela lepra aos vinte e dois anos de idade, foi cons­tran­gida a uma vida mar­gi­nada e, nos úl­timos anos da sua vida, perdeu a vista e nem um só membro do corpo ficou são, ex­cepto a língua para cantar os lou­vores de Deus. († 1250)

6.   Em Tre­viso, no Vé­neto, re­gião da Itália, São Páris ou Parísio (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero da Ordem Ca­mal­du­lense, que, du­rante se­tenta e sete anos, ajudou as monjas com sa­lu­tares con­se­lhos de vida es­pi­ri­tual e morreu de­pois dos cento e oito anos de idade. († 1267).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Itália, no ano do Senhor de 1267, São Parísio, monge camaldulense, diretor espiritual do convento de Santa Cristina de Treviso. (M).

Ver página 223 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

7*.   Em Gni­ezno, na Po­lónia, a Beata Io­landa, aba­dessa, que, de­pois da morte do es­poso, o duque Bo­leslau Pio, re­nun­ci­ando às ri­quezas ter­renas, pro­fessou a vida mo­nás­tica com sua filha na Ordem de Santa Clara. († 1298)

8*.   Em Sa­luzzo, no Pi­e­monte, re­gião da Itália, o Beato Es­têvão Bandélli, pres­bí­tero da Ordem dos Pre­ga­dores, emi­nente na pre­gação e as­síduo no mi­nis­tério das confissões. († 1450)

9.   Em Sa­la­manca, na Es­panha, São João de São Fa­cundo Gon­zález de Castrillo, pres­bí­tero da Ordem dos Ere­mitas de Santo Agos­tinho, que res­taurou a con­córdia entre os ci­da­dãos, agi­tados em con­flitos cru­entos, com os seus con­se­lhos par­ti­cu­lares e a san­ti­dade da sua vida. († 1479).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, na Espanha, no ano da graça de 1479, São João de São Facundo. Professor de Direito e de Teologia em Salamanca, exerceu grande influência sobre os estudantes daquela cidade universitária. Tornando-se eremita de Santo Agostinho, conseguiu, através de sua intercessão, restabelecer a paz na cidade dilacerada pelas discórdias. (M)

10.   Em Tor­tosa, na Es­panha, Santa Rosa Fran­cisca Maria das Dores (Maria Rosa Molas Vallvé), virgem, que trans­formou uma as­so­ci­ação de pi­e­dosas mu­lheres na Con­gre­gação das Irmãs de Nossa Se­nhora da Con­so­lação, des­ti­nada ao ser­viço dos atribulados. († 1876)

11.   Em Roma, Santa Paula Frassinétti (também na Folhinha do Coração de Jesus), virgem, que, su­pe­rando muitas di­fi­cul­dades ini­ciais, fundou a Con­gre­gação das Irmãs de Santa Do­ro­teia, des­ti­nada à for­mação das jo­vens cristãs, di­ri­gindo-a com grande for­ta­leza de alma, be­ne­vo­lente su­a­vi­dade e enér­gica actividade. († 1882).

– Ver páginas 225-226 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Paola “Paula” Frassinetti (Génova3 de março de 1809 — Roma11 de junho de 1882) foi uma religiosa italiana canonizada pela Igreja católica. Foi irmã de Giuseppe Frassinetti, declarado venerável pela Igreja católica em 1991.[1]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Paula_Frassinetti

– Ver também “Bem-aventurada Paula Frassinetti, Fundadora (AC) Nasceu em Gênova, Itália, em 1809; morreu em 1882; beatificada em 1930. Paula vivia com o irmão que era pároco em Quinto, perto de Génova. Lá ela começou a ensinar os filhos dos pobres, o que foi o início da Congregação de Santa Doroteia. A congregação floresceu em toda a Itália e no Novo Mundo (Beneditinos, Enciclopédia).”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune11.html

12*.   Em Ra­gusa, na Si­cília, re­gião da Itália, a Beata Maria Schininá, virgem, que optou por viver com grande hu­mil­dade e sim­pli­ci­dade para tratar os en­fermos, os aban­do­nados e os po­bres, e fundou o ins­ti­tuto das Irmãs do Sa­grado Co­ração de Jesus, des­ti­nado a prestar au­xílio a todo o gé­nero de miséria. († 1910)

13*.   Em Kara-Kenpru, ci­dade pró­xima de Diyar­bakir, na Tur­quia, o Beato Inácio Maloyan, bispo de Mardin dos Ar­menos e mártir du­rante o ge­no­cídio dos cris­tãos, per­pe­trado na­quela re­gião pelos per­se­gui­dores da fé. Tendo re­cu­sado abraçar uma re­li­gião di­versa do cris­ti­a­nismo, de­pois de con­sa­grado o pão para ali­mento es­pi­ri­tual do grupo dos com­pa­nheiros de prisão, foi fu­zi­lado jun­ta­mente com ou­tros inú­meros cris­tãos, al­can­çando pelo der­ra­ma­mento do seu sangue a fe­li­ci­dade da paz eterna. († 1915)

14♦.   Em Viena, na Áus­tria, Hil­de­garda Burjan, mãe de fa­mília, que, con­ver­tida do ju­daísmo ao ca­to­li­cismo, fundou a or­ga­ni­zação fe­mi­nina Cá­ritas So­ci­alis, des­ti­nada a vá­rias obras de as­sis. ­tência so­cial e caritativo. († 1933)

15. Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Aquiléia, a paixão dos Santos Félix e Fortunato (M).

16. Santa Adelaide, virgem. Ver página 224 (NÃO TEM LINK): – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

17. Outros santos do dia 11 DE JUNHO: páginas: 206-226 – Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume X – Editora das Américas – 10 de julho de 1959 – NÃO TEM LINK

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 11 de junho, ver ainda: 11 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA:

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIA NO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINA 463-465: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp- content/uploads/sites/8/2017/09/21/Martirologio-Romano.pdf

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

7. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune11.html

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Virgem Maria, socorra-nos, proteja-nos

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! Obrigado! Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A  MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A SUA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, SEU FILHO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO:

MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE   SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES.

ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDEI POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

“Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro)

“Ó meu Deus, sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

* “Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”,
mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

-Ver o blog:

https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.