Santas e Santos de 25 de junho

1.   Em Turim, na Li­gúria, re­gião da Itália, São Má­ximo, pri­meiro bispo desta ci­dade, que chamou com lin­guagem pa­terna mul­ti­dões de pa­gãos à fé de Cristo e com a sua dou­trina ce­leste as con­duziu ao prémio da salvação. († 408-423).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, durante a primeira metade do séc. V, São Máximo, bispo de Turim, cujos escritos revelam um pastor popular. (M).

Ver páginas 194-195 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Máximo de Turim (em latimMaximus Taurinensis) foi um bispo e escritor de teologia e é considerado santo e mártir pela Igreja Católica. É o primeiro bispo que se tem memoria em Turim, considerado o fundador da sua diocese, erigida pela iniciativa de santo Ambrósio e de santo Eusébio de Vercelli, de quem o próprio São Máximo se declarava discípulo[1]. Foi sucedido por São Vítor de Turim.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%A1ximo_de_Turim

2.   Co­me­mo­ração de São Prós­pero de Aquitânia (também na Folhinha do Coração de Jesus) bem for­mado em fi­lo­sofia e arte li­te­rária, que, de­pois da sua vida ma­tri­mo­nial ín­tegra e ho­nesta, fez-se monge em Mar­selha, de­fendeu vi­go­ro­sa­mente a dou­trina de Santo Agos­tinho contra os Pe­la­gi­anos sobre a graça de Deus e sobre o dom da per­se­ve­rança e exerceu a função de se­cre­tário do papa São Leão Magno em Roma († c. 463).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, no séc. IV, São Próspero, teólogo, originário da Aquitânia, Que colocou sua sabedoria a serviço da verdade católica combatendo, a exemplo de Santo Agostinho, o semi-pelagianismo provençal. (M).

Ver páginas 192-193 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver também “Próspero da Aquitânia (em latimProsper Aquitanus) ou Próspero Tiro (c. 390 – c. 465) foi um escritor cristão e discípulo de Agostinho de Hipona…”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pr%C3%B3spero_da_Aquit%C3%A2nia   

3.   Em Réggio Emília, ci­dade da Emília-Ro­manha, re­gião da Itália, São Prós­pero, bispo. († s. V/VI)

4*.   Em Mau­ri­enne, na Sa­bóia, hoje na França, Santa Tí­grides, virgem, que neste lugar pro­moveu com grande fervor o culto de São João, o Precursor. († s. VI)

5*.   Em Ro­se­markie, na Es­cócia, São Moloc ou Luano (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo. († c. 592)

– Ver “… Saint Moloc Bispo escocês missionário ST MOLOC, OU LUAN, BISPO (A.D. 572 ?). ST MOLOC, Molluog, ou Murlach foi anteriormente homenageado em toda a Escócia, e seu culto generalizado pode ser traçado nos numerosos nomes de lugares dos quais ele é o homônimo … Às vezes chamado Lugaidh, Molvanus, Molluog, ou Murlach. Filho de um nobre escocês, ele foi educado na Irlanda sob St. Brendan, o Velho e evangelizado a região de Hebrides da Escócia. Ele morreu em Rossmarkie, Escócia. Seu santuário era em Martlach, e ele é venerado em Argyll.”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

6*.   Em Jaca, na His­pânia Tar­ra­co­nense, Santa Eu­rósia ou Orósia, virgem e mártir. († c. 714)

– Ver “Nascido em Bayonne; culto confirmado por Leão XIII em 1902. Segundo a lenda, Eurósia foi martirizada pelos sarracenos em Jaca, nos Pirineus Aragoneses, perto da fronteira francesa. Ainda hoje ela é venerada na padroeira da diocese de Jaca, e seu culto se espalhou pelo sul da França e norte da Itália. Sua existência, no entanto, é duvidosa. Algumas versões da história fazem dela uma nativa da Boêmia (Beneditinas)…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

7.   Em Eg­mond, na Frísia, ac­tu­al­mente na Ho­landa, Santo Adal­berto (também na Folhinha do Coração de Jesus), diá­cono e abade, que au­xi­liou Santo Vi­li­brordo na obra da evangelização. († s. VIII in.).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. VIII, a volta para Deus de Santo Adalberto, diácono, discípulo de S. Vilibrordo. Evangelizou a região de Egmond, na Holanda, onde um mosteiro lhe foi dedicado. (M).

Ver página 196 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

8*.   Na Bre­tanha Menor, hoje na França, São Sa­lomão, mártir, que, du­rante o tempo em que foi rei, fa­vo­receu a ins­ti­tuição de sedes epis­co­pais, pro­tegeu os mos­teiros e pro­cedeu com justa equi­dade; mas, de­posto da re­a­leza, os ad­ver­sá­rios ce­garam-no e as­sas­si­naram-no quando es­tava numa igreja. († 874)

9.   Em Go­leto, perto de Nusco, na Cam­pânia, re­gião da Itália, São Gui­lherme (também na Folhinha do Coração de Jesus, São Guilherme de Vercelli), abade, que, pro­ce­dendo da ci­dade de Ver­celas como pe­re­grino e abra­çando a po­breza por amor de Cristo, por su­gestão de São João de Ma­tera fundou o mos­teiro de Mon­te­vér­gine, onde reuniu ou­tros com­pa­nheiros, que formou na sua pro­funda dou­trina es­pi­ri­tual; fundou ainda ou­tros nu­me­rosos mos­teiros, mas­cu­linos e fe­mi­ninos, nas re­giões me­ri­di­o­nais da Itália. († 1142).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1142, São Guilherme. Depois de uma peregrinação a Compostela, retirou-se para a solidão na Itália, onde discípulos se juntaram a ele, recebendo uma regra oral que é a base da regra da congregação beneditina de Montevergine. (M).

Ver páginas 199-201 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

10*.   Na Car­tuxa de Le Re­po­soir, na Sa­bóia, na ho­di­erna França, São João de Espanha, monge, que es­creveu os es­ta­tutos das monjas da Ordem Cartusiana. († 1160).

– Ver páginas 202-203 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

11*.   Em Ma­ri­enwerder, na Prússia, hoje Kwidzyn, na Po­lónia, a Beata Do­ro­teia de Montau, que, de­pois de ficar viúva, passou o resto da sua vida como re­clusa numa cela junto à igreja ca­te­dral, de­di­cando-se as­si­du­a­mente à oração e à penitência. († 1394)

12*.   Em Laval, na França, a Beata Maria Lhuil­lier, virgem e mártir, das Hos­pi­ta­leiras da Mi­se­ri­córdia, que, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, ar­den­te­mente fiel à Igreja nos votos re­li­gi­osos, morreu decapitada. († 1794)

13*.   Em Nam Dinh, ci­dade do Ton­quim, no ac­tual Vi­etnam, os santos Do­mingos He­nares, bispo, da Ordem dos Pre­ga­dores, e Fran­cisco Do Minh Chieu, már­tires: o pri­meiro tra­ba­lhou na pro­pa­gação da fé cristã du­rante qua­renta e nove anos e o se­gundo co­la­borou va­lo­ro­sa­mente com ele como ca­te­quista; no tempo do im­pe­rador Minh Mang, ambos foram ao mesmo tempo de­ca­pi­tados por amor de Cristo. († 1838)

14. Santa Febrônia, virgem e mártir. Ver páginas 179-183 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “Durante a perseguição de Diocleciano, o prefeito Selenus ofereceu sua liberdade se ela renunciasse à sua religião e se casasse com seu sobrinho Lysimachus, um jovem suspeito de se inclinar para o cristianismo. Quando Febronia se recusou, ela foi torturada, mutilada e espancada até a morte; Selenus enlouqueceu e se matou.
Lysimachus e muitos dos espectadores foram convertidos e batizados. Esta história, que ganhou imensa popularidade, não é ouvida antes do século VII e não há nada que sugira que Febronia era mais do que um personagem fictício (Attwater, Beneditinos)”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

15. São Sosípatro, confessor. Ver páginas 184-185 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– “Em Beraea, o aniversário de São Sosipater, discípulo do abençoado apóstolo Paulo. SéculoII. Sopater, filho de Pirro, parente de São Paulo, e cristão de Beroea, acompanhou São Paulo em sua viagem da Grécia a Jerusalém (Atos 20:4). Muitos estudiosos acreditam que ele é o Sosipater a quem Paulo chama de compatriota e inclui suas saudações aos romanos de Corinto (Romanos 16:21). De acordo com a tradição, mais tarde ele foi para Corfu (Beneditinos, Delaney, Enciclopédia) …”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

16. Santa Lúcia e companheiros: Auceu, Antônio, Irineu, Teodoro, Dionísio, Apolônio, Apâmio, Prânico, Coteus, Orion, Pápico, Sátiro, Vítor e mais oito. Ver páginas 186-187 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

17. Santo Amando, ermitão e confessor. Ver páginas 188-189 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

18. São Gohard e Companheiros, mártires. Ver página 190 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

19. São Salomão, rei e mártir: Ver página 191 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

20. Santa Tigre, virgem. Ver páginas 197-198 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

OBSERVAÇÃO DE 25 DE JUNHO: CONFISSÃO DE AUGSBURGO E REFORMA DE LUTERO.

“A CONFISSÃO DE AUGSBURGO, em latim Confessio Augustana, é um documento central na reforma de Lutero, que foi uma reação à Igreja Católica. Foi apresentado na Dieta de Augsburgo de 1530… Juntamente com outros documentos, os Artigos de Schwabach e Torgau foram levados a Augsburgo. Lá foi decidido fazer uma declaração luterana conjunta em vez de uma simples declaração saxônica, a explanação a ser apresentada ao Imperador… Todos estes fatores contribuíram para determinar as características do documento que estava sendo preparado por Felipe Melanchthon…  Lutero, que não estava presente em Augsburgo, foi consultado por correspondência, mas as emendas e revisões continuaram sendo feitas até a véspera da apresentação formal ao imperador, em 25 de Junho de 1530. Assinada por sete príncipes e pelos representantes de duas cidades livres, a Confissão imediatamente adquiriu importância peculiar como uma declaração pública de fé…”: Ver: https://pt.wikipedia.org/wiki/Confiss%C3%A3o_de_Augsburgo

– Ver ainda “…Com a sessão de Augsburgo de 1530 tentava-se acalmar as crescentes tensões entre católicos e protestantes, que apresentaram ao imperador a Confessio Augustana (“Confissão de Augsburgo“, 25 de junho de 1530), um documento central para o luteranismo.”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dieta_de_Augsburgo

– Ver “refutação pontifícia”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Refuta%C3%A7%C3%A3o_Pontif%C3%ADcia

– Ver “Apologia da Confissão de Augsburgo”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Apologia_da_Confiss%C3%A3o_de_Augsburgo

– Ver também: https://pt.wikipedia.org/wiki/Filipe_Mel%C3%A2ncton 

21. Outros santos do dia 25 DE JUNHO: páginas: 179-204 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 25 de junho, ver ainda: 25 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA:

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIA NO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINA 491-493: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

7. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune25.html

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Virgem Maria, socorra-nos, proteja-nos

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! Obrigado! Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A  MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A SUA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, SEU FILHO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO:

MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE   SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES.

ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro)

“Ó meu Deus,

“sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

* “Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”,
mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: Meios de se preparar para uma boa morte:…Na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado...”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!

PAI, ABRACE-NOS! JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO! DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS UNA! MÃEZINHA MARIA, VELE POR NÓS! EM NOME DE JESUS, PAI! AMÉM!

-Ver o blog

https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.