Santas e Santos de 26 de junho

Na Wikipedia, dia 26 de junho: Profeta Jeremias. Ver: “…Jeremias (Yirmeyahu em Hebraico, ou Hieremias em Latim) é um dos profetas encontrados no Tanach (Bíblia Hebraica) que corresponde ao Antigo Testamento nas Bíblias Cristãs. O significado do seu nome é incerto, existindo várias interpretações: “Javé (Jeová) exalta/eleva”, “Jeová é sublime” ou “Jeová abre/faz nascer”[1], sendo mais usada a leitura “Jeová exalta/eleva”[2]”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jeremias

SANTAS E SANTOS DE 26 DE JUNHO

1.   Em Roma, a co­me­mo­ração dos santos João e Paulo, a quem está de­di­cada uma ba­sí­lica no monte Célio, junto à la­deira de Scauro, numa pro­pri­e­dade do se­nador Pamáquio. († s. IV).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Roma, o martírio dos Santos João e Paulo. (M).  

– Ver páginas 215-217 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Ver “João e Paulo são dois santos reverenciados pela Igreja Católica e que foram martirizados em Roma no dia 26 de junho. Eles não devem ser confundidos com os apóstolos de mesmo nome (João e Paulo). O ano da morte deles é incerto de acordo com os seus Atos, mas sabe-se que foi durante o reinado de Juliano, o Apóstata (r. 361–363).”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_e_Paulo

2.   Em Trento, na Ve­nécia, hoje no Tren­tino Alto-Ádige, re­gião da Itália, São Vi­gílio (São Vigilo), bispo, que, re­ce­bendo de Santo Am­brósio de Milão as in­síg­nias do seu man­dato e uma ins­trução pas­toral, se em­pe­nhou com grande zelo em for­ta­lecer no seu ter­ri­tório a obra da evan­ge­li­zação e er­ra­dicar todos os ves­tí­gios de ido­la­tria; se­gundo a tra­dição, es­pan­cado por ho­mens cruéis e bár­baros, con­sumou o mar­tírio pelo nome de Cristo. († 405).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no séc. V, São Vigilo, bispo de Trento, que muito favoreceu a evangelização de sua diocese, sem temer expor sua própria vida. (M).

Ver página 218 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

3*.   Em Nola, na Cam­pânia, também re­gião da Itália, São Deus­dado (Deodato), bispo, que su­cedeu a São Paulino. († 405)

4.   No ter­ri­tório de Poi­tiers, na Aqui­tânia, ac­tu­al­mente na França, São Ma­xêncio, abade, cé­lebre pelas suas virtudes. († c. 515).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, perto de 515, São Maxêncio, abade originário do Languedoc, atraído a Poitiers pela irradiação de Santo Hilário. (M)

5.   Em Tes­sa­ló­nica, na Ma­ce­dónia, ac­tu­al­mente na Grécia, São David, ere­mita, que viveu quase oi­tenta anos re­cluso numa pe­quena cela fora dos muros da cidade. († c. 540).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Tessalônica, no começo do séc. VI, São Davi. Viveu por três anos como estilita, e depois construiu para si uma cela, da qual teve que se afastar para cumprir uma missão política e religiosa junto à corte de Bizâncio (M).

– Ver páginas 219-220 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

6.   Em Va­len­ci­ennes, na Aus­trásia, no ter­ri­tório da ho­di­erna França, os santos Sálvio, bispo, e um seu discípulo, que vi­eram do ter­ri­tório de Au­vergne para esta re­gião e por ordem de Vi­ne­gardo, se­nhor do lugar, so­freram o martírio. († s. VIII).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no século VIII, a volta para Deus de São Salvio, bispo. Originário de Auvergne, foi martirizado durante uma missão na região de Valenciennes, junto com seu companheiro São Supério. Um mosteiro que traz seu nome foi erigido mais tarde sobre seu túmulo (M).

Santos Saulve e Superior, mártires. Ver páginas 223-224 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

7.   Em Cór­dova, na An­da­luzia, re­gião da Es­panha, São Pelágio (Paio), mártir, que, aos treze anos, pela fé de Cristo e por con­servar a cas­ti­dade contra as se­du­ções sen­suais do ca­lifa dos Mouros, ‘Abd ar-Rahman III, foi es­quar­te­jado com te­nazes de ferro por ordem deste ca­lifa e assim con­sumou o seu glo­rioso martírio. († 925).

– Conforme o Martirológio Romano-Monástico, em Córdova, na Andaluzia, em 925, a morte sangrenta de São Pelágio, jovem cristão de treze anos, que deu testemunho de Cristo diante do Islamismo e tornou-se logo objeto de veneração dos fiéis. (M).

Ver páginas 225-226 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

Ver: São Paio de Cordova: “Paio de Córdova, conhecido como São Paio,[1] Sampaio ou São Pelágio, nascido no início do século X na Galiza, é um santo cristão, venerado no dia 26 de Junho pela Igreja Católica especialmente em Espanha e Portugal…”:  https://pt.wikipedia.org/wiki/Paio_de_C%C3%B3rdova

8.   Em Gúbbio, na Úm­bria, re­gião da Itália, São Ro­dolfo, bispo, que se de­dicou in­can­sa­vel­mente à pre­gação e dis­tri­buiu li­be­ral­mente pelos po­bres tudo o que havia em sua casa. († 1064)

9.   Em Belley, na Sa­bóia, na ac­tual França, Santo An­telmo (também na Folhinha do Coração de Jesus), bispo. Quando era monge da Grande Car­tuxa, re­cons­truiu os edi­fí­cios des­truídos por uma ava­lanche de neve; eleito prior, con­vocou um ca­pí­tulo geral e, ele­vado à sede epis­copal, em­pe­nhou-se com in­tré­pida fir­meza e in­can­sável vigor em cor­rigir o com­por­ta­mento dos clé­rigos e as ati­tudes dos no­bres da­quelas terras. († 1177).

Conforme o Martirológio Romano-Monástico, no ano da graça de 1178, Santo Antelmo. Nascido perto de Chambéry, foi eleito prior da Grande Cartuxa e depois nomeado bispo de Belley por Alexandre III. Tentou em vão servir como mediador entre São Tomás Becket e o rei Heņrique II da Inglaterra. (M).

Ver páginas 205-214: Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

– Outro Santo Antelmo, Bispo e Confessor. Ver páginas 227-229 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

10*.   Num barco an­co­rado ao largo de Ro­che­fort, na França, o Beato Rai­mundo Pe­ti­niaud de Jourgnac, pres­bí­tero e mártir, que, sendo ar­ce­diago de Li­moges, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, por causa do sa­cer­dócio ficou de­tido em con­di­ções de­su­manas e, con­su­mido pelas chagas e in­sectos ve­ne­nosos, con­sumou o martírio. († 1794)

11*.   Em Cam­brai, na França, as be­atas Ma­da­lena Fontaine, Fran­cisca Lanel, Te­resa Fantou e Joana Gé­rard, vir­gens e már­tires, que eram Fi­lhas da Ca­ri­dade, quando, em ódio à Igreja, du­rante a Re­vo­lução Fran­cesa, foram con­de­nadas à morte e con­du­zidas ao su­plício co­ro­adas por zom­baria com o Rosário. († 1794).

– Bem-Aventuradas Madalena Fontaine, Francisca Lanel, Teresa Fantou e Joana Gerard, virgens e mártires. Ver páginas 230-232 (NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

12.   Em Qi­anshenzhuang, junto da ci­dade de Liushuitao, no Hebei, pro­víncia da China, São José Ma Taishun, mártir, que, sendo mé­dico e ca­te­quista, em­bora na per­se­guição dos se­quazes da seita «Yihe­tuan» os ou­tros fa­mi­li­ares re­ne­gassem da fé, ele pre­feriu dar tes­te­munho de Cristo com o seu sangue. († 1900)

13.   No ter­ri­tório de Ja­lisco, nos ar­re­dores de Gua­la­jara, no Mé­xico, São José Maria Robles, pres­bí­tero e mártir, que, na per­se­guição contra a Igreja du­rante a Re­vo­lução Me­xi­cana, morreu en­for­cado numa árvore. († 1927)

14*.   Em Tre­viso, na Itália, o Beato André Ja­cinto Longhin, bispo, que, no tempo da guerra, so­correu com ge­ne­roso vigor os pró­fugos e os pri­si­o­neiros e, nas con­di­ções di­fí­ceis do seu tempo, de­fendeu com sin­gular so­li­ci­tude os di­reitos dos ope­rá­rios, dos agri­cul­tores e de todos os de­sam­pa­rados da sociedade. († 1936)

15*.   Na flo­resta de Birok, perto da ci­dade de Stradch, no ter­ri­tório de L’viv, na Ucrânia, os be­atos Ni­colau Konrad, pres­bí­tero, e Vla­di­miro Pryjma, que, sob um re­gime hostil a Deus, na sua im­pá­vida morte deram tes­te­munho da res­sur­reição de Cristo. († 1941)

16*.   Em Sykhiv, lo­ca­li­dade do mesmo ter­ri­tório de L’viv, na Ucrânia, o Beato André Iscak, pres­bí­tero e mártir, que na mesma per­se­guição foi fu­zi­lado pela fé de Cristo. († 1941)

17♦.   Em Bei­rute, no Lí­bano, o Beato Tiago Ghazir Haddad (Khalil Haddad), pres­bí­tero da Ordem dos Frades Me­nores Ca­pu­chi­nhos e fun­dador da Con­gre­gação das Irmãs Fran­cis­canas da Cruz no Líbano. († 1954)

18.   Em Roma, São Jo­se­maria (José Maria) Es­crivá y Ba­la­guer (também na Folhinha do Coração de Jesus), pres­bí­tero, fun­dador do Opus Dei e da So­ci­e­dade Sa­cer­dotal da Santa Cruz. († 1975).

– Ver também: “…São Josemaría Escrivá de Balaguer (BarbastroAragão9 de janeiro de 1902 — Roma26 de junho de 1975), 3.º Marquês de Peralta, foi um sacerdote católico espanhol e fundador do Opus Dei, uma Prelazia Pessoal da Igreja Católica. Foi canonizado em 2002 por São João Paulo II. Sua festa litúrgica é celebrada no dia 26 de junho…

Sobre ele João Paulo II disse: São Josemaría foi um mestre na prática da oração, o que considerava uma extraordinária “arma” para redimir o mundo. Recomendava sempre: “”Primeiro, oração; depois expiação; em terceiro lugar, muito “em terceiro lugar”, ação”” (Caminho, n. 82). Não é um paradoxo, se não uma verdade perene: a fecundidade do apostolado reside, antes de tudo, na oração e numa vida sacramental intensa e constante. Este é, no fundo, o segredo da santidade e do verdadeiro êxito dos santos. (Da homilia na missa de canonização): ”https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Josemaría_Escrivá_de_Balaguer

– Ver “prelazia pessoal”: https://pt.wikipedia.org/wiki/Prelazia_pessoal

– Ver “prelatura pessoal”: https://opusdei.org/pt-pt/article/o-que-e-uma-prelatura-pessoal/

– Ver também “Opus Dei”: https://opusdei.org/pt-pt/

19. São João dos Godos, na Folhinha do Coração de Jesus.

– Ver “…São João, Bispo dos Gotos, viveu durante o século VIII. O futuro santo nasceu em resposta à oração fervorosa de seus pais. Desde cedo, ele viveu uma vida de ascetismo.
O santo fez uma peregrinação a Jerusalém, e passou três anos visitando todos os lugares sagrados. Então ele voltou para seu país natal. Naquela época, o imperador Constantino Copronymos, o Iconoclasta (741-775), baniu o bispo gótico, e os godos suplicaram fervorosamente a São João para se tornar seu bispo…”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune26.html

20. Santa Perseveranda, na Folhinha do Coração de Jesus.

21. São Baboleno, abade. Ver página 222(NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

22. São Deserto, confessor. Ver página 221(NÃO TEM LINK): Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959.

23.Outros santos do dia 26 DE JUNHO: páginas: 205-232 (NÃO TEM LINK):  Rohrbacher, Padre – VIDAS DOS SANTOS – Volume XI – Editora das Américas – 10 de julho de 1959

“E em outras partes, muitos outros santos Mártires, Confessores, Virgens, Santas e Santos”.

R/: Demos graças a Deus!”

OBSERVAÇÃO: Transcrito acima conforme os textos da bibliografia: português de Portugal, por ex., ou português da época em que o livro foi escrito.

Sobre 26 de junho, ver ainda: 26 de junho – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

BIBLIOGRAFIA:

1.MARTIROLÓGIO ROMANO – Secretariado Nacional de Liturgia – Portugal http://www.liturgia.pt/martirologio/

2. MARTIROLÓGIO ROMANO ITALIA NO – Editore: LIBRERIA EDITRICE VATICAN – A © Copyright by Fondazione di religione Santi Francesco di Assisi e Caterina da Siena, Roma, 2004 ISBN 978-88-209-7925-6 – PÁGINA 493-496: Via Internet: https://liturgico.chiesacattolica.it/wp-

3. VIDAS DOS SANTOS – PADRE ROHRBACHER – Abaixo o vol 1. São 22 volumes, sendo 20 volumes em PDF; 2 volumes não estão em PDF: Vol. 10 e 11: http://obrascatolicas.com/livros/Biografia/VIDAS%20DOS%20SANTOS%2 0-%201.pdf

4. Martirológio Romano-Monástico – adaptado para Brasil – Abadia de S. Pierre de Solesmes – Mosteiro da Ressurreição, Edições – 1997

5. Martirológio Romano – Editora Permanência – Rio de Janeiro, 2014 – Livraria on line – www.editorapermanencia.com

6. Folhinha do Coração de Jesus – virtual – aplicativo para celular.

7. http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune26.html

DIVERSOS (OBSERVAÇÕES, CITAÇÕES E ORAÇÕES)

* Senhor, nosso Deus e Pai amado, obrigado por tudo o que o Senhor nos tem dado e permitido viver!

Querida Mãe Virgem Maria, socorra-nos, proteja-nos

São José, Anjos e Santos, intercedam por nós! Obrigado! Amém!

PAI AMADO DÊ-NOS, À NOSSA FAMÍLIA E A TODOS OS QUE O SENHOR JÁ CHAMOU E OS QUE ESTÃO AQUI, A GRAÇA DE ESTARMOS COM O SENHOR, A  MÃEZINHA MARIA, SÃO JOSÉ E TODAS AS SANTAS E SANTOS QUANDO O SENHOR NOS CHAMAR TAMBÉM! DÊ-NOS A SUA GRAÇA! OBRIGADO PAI AMADO! PEDIMOS POR JESUS CRISTO, SEU FILHO, NA UNIDADE DO DIVINO ESPÍRITO SANTO! NÓS CONFIAMOS NO SENHOR! AMÉM!

OBSERVAÇÃO:

MUITO MAIS PODE SER ACRESCENTADO A ESSA LISTA DE   SANTAS, SANTOS E MÁRTIRES.

ACEITAMOS SUGESTÕES. CONTATE-NOS, POR GENTILEZA:

barpuri@uol.com.br

SANTAS E SANTOS DE DEUS, INTERCEDAM POR NÓS! AMÉM!

“O maior jejum é a abstinência do vício” (Santo Agostinho)

Nos vemos no Céu. Viva Cristo Rei! Viva sua mãe, a Virgem de Guadalupe!” (últimas palavras do jovem mártir São José Sánchez del Rio, lembrado em 10 de fevereiro)

“Ó meu Deus,

“sabeis que fiz tudo quanto me foi dado fazer.” (últimas palavras de São João Batista da Conceição Garcia, 14 de fevereiro). Que essas palavras sejam também as nossas, quando o Pai amado nos chamar. Amém!

* “Senhor, não permita que eu entristeça o Divino Espírito Santo que o Senhor derramou sobre mim na Confirmação. Divino Espírito Santo me inspire, me guie para que eu sempre lhe dê alegria! Peço-lhe, Senhor, Pai amado, por Jesus Cristo, na unidade do Divino Espírito Santo! Amém!” (baseado na Coleta Salmódica após o Cântico Ez 36,24-28 do sábado depois das cinzas de 2021)

* Jesus me diz: “Filho (filha), eu estou com você!”

* “Os santos são uma “nuvem de testemunhas sobre a nossa cabeça”,
mostrando-nos que a vida de perfeição cristã é possível.

(conforme: Saint of the Day (lngplants.com)

ou

Saint of the Day May 20 (lngplants.com)

* “…santo é aquele que está de tal modo fascinado pela beleza de Deus e pela sua perfeita verdade que é por elas progressivamente transformado…” (Homilia de Beatificação de Padre Manoel e o Coroinha Adílio, lembrados em 21 de maio)

* Dia 23 de junho: SÃO JOSÉ CAFASSO: Meios de se preparar para uma boa morte:…Na primavera de 1860 Dom Cafasso previu que a morte o levaria durante o ano. Ele redigiu um testamento espiritual, ampliando os meios de preparação para uma boa morte que tantas vezes expôs aos retirantes de Santo Inácio, a saber, uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado...”: http://www.lngplants.com/Saint_of_the_DayJune23.html

Pai amado, dê-nos a graça de nos prepararmos bem para a morte vivendo uma vida piedosa e justa, o desapego do mundo e o amor a Cristo crucificado. Amém!

PAI, ABRACE-NOS! JESUS, ACOLHA-NOS EM SEU CORAÇÃO! DIVINO ESPÍRITO SANTO, NOS UNA! MÃEZINHA MARIA, VELE POR NÓS! EM NOME DE JESUS, PAI! AMÉM!

-Ver o blog

https://vidademartiressantasesantos.blog/

MUITO OBRIGADO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.